MissãO, objetivos filosofia e princípios: o que isto pode fazer por uma organizaçÃO



Baixar 76.58 Kb.
Encontro05.08.2016
Tamanho76.58 Kb.
MISSÃO, OBJETIVOS FILOSOFIA E PRINCÍPIOS: O QUE ISTO PODE FAZER POR UMA ORGANIZAÇÃO. *

Agirei como se minhas ações fizessem alguma diferença” Willian James
A excelência é fazer algo comum de maneira incomum” Booker Washington
“A vida só pode ser compreendida olhando-se para trás, mas só pode ser vivida olhando-se para frente” soren jierkegaard


PALAVRAS CHAVES

Visão, missão, valores, princípios, metas, objetivos, compartilhar, comprometimento.
RESUMO

O enfoque é estabelecer a definição de visão, valores e crenças, missão, objetivos e filosofia e princípios de uma organização. Ressaltar a importância do envolvimento e a participação de todos neste processo, assim como estabelecer um vínculo entre o compromisso firmado e uma proposta de ação para que o mesmo seja realizado.



INTRODUÇÃO

Toda empresa deve ter sua missão, objetivos e metas bem definidos sendo, de tal forma que possibilite responder as seguintes questões:

  • Qual é o negócio da empresa?

  • Qual é a razão de existir da empresa?

  • Quais as necessidades e expectativas?

  • Onde se situa a empresa hoje e para onde vamos encaminhá-la no futuro?

  • O que se pode esperar como resultado ao agir desta ou daquela forma?

  • Qual o seu público alvo e /ou fatia do mercado?

  • O que para meu cliente é agregação de valor?

  • Que tipos de instrumentos de controles agradam meu cliente interno e externo?

  • O Foco da atenção está na solução de problemas?

  • O que meu concorrente potencial pode fazer? E o que posso fazer para neutralizá-lo?

Ao delinear os princípios, filosofia e seus compromissos a empresa coloca em ordem todo seu planejamento e o vincula a ação necessária para que tudo que deseja seja atingido, pulverizando as vantagens que vislumbra tanto a sua empresa quanto à de seus clientes, estabelecendo forma de competição sadia.

Promover eficácia global faz parte dos objetivos de cada etapa enquanto se trabalha os problemas atuais se vê que está lá a frente, identificar obstáculos ainda não identificados e transformá-los em oportunidades, assim como respeitar os valores diversificados e transformá-los em valores compartilhados, pois isto fará com que clientes internos e externos cooperem mais

É de fundamental importância neste processo da empresa que ela tenha boa compreensão de todos envolvidos em seu negócio assim como deixar a claro a que veio neste universo, o que pretende, o que quer fazer e sempre estar revendo isto.

Sabemos que nosso maior defeito é nossa qualidade utilizada de forma exagerada isto acontece quando ocorre um desequilíbrio ou quando não se conhece onde se pretende chegar.

Quando se define a missão, objetivos, filosofia e princípios de uma organização deve-se buscar facilitar a obtenção das rédeas de todo processo organizacional, lembrando sempre, que não existe no mundo a função “parado” quando ocorre de se ficar parado com certeza existirá o movimento de se estar andando para trás

O respeito aos valores são importantes como força, história e memória, mas sempre em comunhão com as mudanças que se fizerem necessárias, pois aderência é significado de dor e não de prazer. Ficar grudado em algo e na dependência de outros a espera dos acontecimentos não é algo para seres humanos é para objetos inanimados. Seres humanos existem para interferirem de alguma maneira.

Ter uma visão de abertura e amplitude, pois seguir um único caminho pode levar a obsessão e camuflar ótimos potenciais de negócios.

Conhecer a cultura de sua empresa, como ela está posicionada no mercado e o que fazer para cada vez se tornar melhor. A interferência de uma ação em todo processo aliada a uma visão sistêmica onde todos os setores da organização sejam considerados importantes, assim como a valorização cada serviço realizado na organização.

Para que todo projeto tenha sucesso é importante ressaltar a necessidade de se traçar objetivos, metas e um planejamento com resultados mensuráveis para que se possa ter um gabarito de resultados e sua evolução ser progressiva.

O foco deve star em provocar mudanças e não ser apenas reagente a ela, um prever e não apenas reagir, sendo a empresa que divulgue sua habilidades para correr riscos: em enfrentar os desafios, superá-los e obtendo como resultado o crescimento e ampliação de seu repertório de respostas a soluções de problemas. Apresentado um crescimento a medida em que se expõe


MISSÃO

Deve ser elaborada com uma frase de impacto que divulgue o negócio atual e futuro da empresa, seu envolvimento econômico, comunitário, social e com o meio ambiente e representando o caminho que a empresa deve seguir. São compromissos que a empresa se impõe no sentido de cumprir sua missão.

Os benefícios ao se definir a missão são:


  • Orientar e delimitar a ação da empresa

  • Unanimidade de propósito na organização

  • Especificar propósitos e os converter em objetivos alcançáveis.

  • Foco na satisfação do cliente e não no produto ou serviço;

  • Habilidades essenciais da empresa, ou seja, pontos fortes e a desenvolver;

  • Critérios claros, realistas e flexíveis (capazes de adaptar ao meio).

Exemplos:

Missão da Transbrasa

Em nossa empresa trabalhamos para o desenvolvimento, progresso com apelo social e respeito ao Meio Ambiente, objetivando a satisfação do cliente, resultado de eficiência e lucro – Esta é a TRANSBRASA”.


Missão da B & G Marketing

Nosso compromisso é fazer da b&g, marketing a melhor empresa prestadora de serviços no segmento de marketing e comunicação com qualidade superior. Faremos isso oferecendo atendimento diferenciado, sempre nos preocupando em superar o cliente no atendimento aos seus desejos e necessidades, sendo sempre atendidos por pessoas amáveis, atenciosas e eficientes.”
VISÃO, VALORES E CRENÇAS

Visão

O ser humano criativo é aquele que cria um futuro da forma como deseja compatível com todas as situações que giram em torno disto, ou seja, dentro das premissas que a realidade impõe, porém com uma participação ativa dos desejos e expectativas reais deste ser humano criativo.

Quando se vive de forma reativa fica-se à mercê do que o destino coloca em nossas vidas diferente da orientação criativa em que o profissional participa do mundo interno e externo, conhece tanto os obstáculos quanto as oportunidades, ou melhor, gerar as oportunidades e transformar os assustadores obstáculos em grandes desafios a serem conquistados e transformados em oportunidades. O cuidado que se deve ter é sempre estabelecer uma percepção real do mundo assim como ter momentos de criação e de acomodação para não ficar algo exaustivo e passar do criativo ao manipulativo.

Ao desenvolver uma visão organizacional deve se ter em mente algo em que muitos anos à frente as pessoas sentirão orgulho de estar nesta empresa e ações coerentes com o fluxo do sistema maior que gira em torno de cada um.

Uma pessoa com visão em longo prazo vem o futuro e valoriza a economia e persistência já aquelas de curto prazo valorizam o passado e o presente e dá ênfase ao respeito á tradição e a realização de obrigações sociais. Estas duas coisas devem estar aliadas para que se possa contemplar de forma global o passado, presente e futuro.

Criar e articular uma visão realista e atraente do futuro da organização em conjunto com suas unidades de negócios que cresce e melhora a partir do presente. Uma visão deve ter um conjunto de imagens de direção claro e atraente e oferecer uma maneira inovadora de melhorar que reconheça as suas tradições e conecte-se com as ações que as pessoas possam assumir. A visão ideal é aquela que contamina e atraia emoção e energia das pessoas, articulada de tal forma que injete entusiasmo e envolva a todos aos acontecimentos trazendo compromisso ao local de trabalho. Deve ser inspiradora, aquela que consiga se mover adiante mesmo enfrentando as maiores dificuldades.

A visão de uma organização é o que vai distingui-la das demais. Deve contemplar uma imagem do futuro clara que combine tempos e circunstâncias e reflitam a união da organização. Deve ser percebida como desafiadora, porém com resoluções atingíveis. Deve ser clara em ação e propósito e expressá-la através de atitudes mostrando um link de interesse e de compromisso com o cliente interno externo e fornecedores, portanto ser significativa a todos os setores. Cabe aqui as palavras de um homem de visão Bill Gates em um entrevista sobre o medo dos outros empresários com relação a ele querer dominar o mundo ”meu foco é na revolução da informação e nas mudanças que faço e isto geralmente é acompanhado de problemas, pois a pessoas têm medo de mudanças e a microsfot fazendo coisas novas o tempo todo, as pessoas imaginam que nossa preocupação seja com eles, muito pelo contrário nossa preocupação é a já mencionada: foco na resolução da informação”

Uma visão holística do comportamento organizacional e sistêmica, onde esteja identificados e estabelecidos os valores que as empresas prezam, contemplando a união dos interesses das pessoas, pois em qualquer situação de parceria os demais também trazem seus objetivos sociais e econômicos que são expressos individualmente e coletivamente.

Deve ser comunicada aos profissionais de tal forma que saberão qual sua parte para que sejam cumpridos os objetivos assim como do seu companheiro de trabalho

É importante saber diferenciar entre uma visão limitada onde gera muitas fronteiras entre aquela que abre um leque de variedade e alternativas de escolha



DIFERENÇA DE VISÕES DE NEGÓCIOS

Visão estreita do negócio

Visão ampliada do negócio

A empresa vende tinta

A empresa atua no mercado de revestimentos.

A empresa vende impressos

A empresa atua no mercado de comunicação visual.

A empresa vende roupas

A empresa atua no mercado de moda.

A empresa vende passagens

A empresa atua no mercado de turismo e lazer.


Valores e Crenças

Representam a ética profissional que deve ser compatível com a visão de futuro definida pela empresa.

Reunião para falar sobre valores pessoais e daí sair o valor coletivo, pois assim eles comprarão algo e defenderão o que depois se formará os princípios e as normas da organização de forma compartilhada, o que permitirá maior responsabilidade e autonomia, pois oferece tanto aos fornecedores quanto aos clientes internos e externos uma linguagem de confiança e um objetivo comum que faz parte da verdadeira parceria.

As pessoas só podem ajudar quando existir transparência do que a organização deseja em comunhão do que ela própria quer para si enfatizando mais a mentalidade de conquista, do mérito e produtividade e não posição e titulagem

Um valor compartilhado é como um certificado de garantia de que a grande maioria irá cumprir o determinado. Está muito ligado ao: “faça o que digo porque eu faço exatamente o que digo!”.

Os valores formam a base para o entendimento das atitudes e motivação e são eles que influenciam a percepção das pessoas que podem nublar a objetividade e racionalidade Valores são importantes e muito necessários para se conviver em equipe, mas eles devem estar alinhados tanto as pessoas que estão próximas, a empresa em que se trabalha e ao mercado, pois se algo contrário ao apregoado for necessário ser feito a insatisfação será a companheira não só dos profissionais como era repercussão de forma feral.

As atitudes e comportamentos estão vinculados aos valores de cada um e estas seriam melhores se estivessem alinhadas com as políticas da organização.

A origem dos valores está na família, amigos, professores, cultura da região em que vive, estabelecidas no primeiro ano de vida que pode ir se modificando de acordo com a influência do meio em que vive eles são geralmente duráveis e estáveis. Somente sendo alterado quando se questiona e se compara com os das demais pessoas e situações.

Milton Rockeach criou o levantamento de valores de Rockeach que consiste em dois conjuntos valores terminais e valores instrumentais. Os valores terminais que são as metas desejadas de conduta e os valores instrumentais que é o modo de comportamentos preferíveis.


Valores Terminais

Valores Instrumentais

Uma vida confortável e próspera

Uma vida excitante - estimulante e ativa

Um sentido de realização - contribuição duradoura

Um mundo em paz, livre de guerras e conflitos

Um mundo de beleza – da natureza re das artes

Igualdade – fraternidade e oportunidades iguais a todos

Segurança familiar - tomar conta de quem se ama

Liberdade – independência e liberdade de escolha

Felicidade – contentamento

Harmonia interior – livre de conflitos interiores

Amor maduro – parceria, cumplicidade, intimidade sexual e espiritual

Segurança nacional – proteção contra ataques

Prazer – uma vida agradável e de lazer

Salvação – vida salva, eterna

Auto respeito – auto estima

Reconhecimento social – respeito admiração

Amizade verdadeira – companheirismo

Sabedoria – um entendimento maduro da vida



Ambicioso – trabalhador aspirador

Liberal – mente aberta

Capaz – competente, eficaz

Animado – despreocupado e alegre

Limpo – arrumado e ordeiro

Corajoso – defende suas crenças

Clemente – desejoso de perdoar outros

Prestativo – trabalha para o bem estar dos demais

Honesto – sincero e verdadeiro

Imaginativo – ousado e criativo

Independente – autoconfiante e auto suficiente

Intelectual – inteligente e reflexivo

Lógico – coerente e racional

Amoroso – afetuoso e suave

Obediente – consciencioso ser respeitoso

Educado – cortês e de boas maneiras

Responsável - digno de confiança

Auto controlado – reprimido e auto disciplinado



Fonte : M. Rokeach, The nature of Human Values (new York: the free press – 1973

A organização deve contemplar



  • A flexibilidade que é a inovação, adaptação e mudança

  • Aliar a estabilidade, a ordem e a previsibilidade aliada a flexibilidade

  • Ênfase tanto na coordenação e nos membros da organização até o bem estar e o desenvolvimento da organização de uma forma holística

  • Planejamento e estabelecimentos de metas compartilhados com os resultados finais como produtividade lucratividade.

  • Que enfatize uma força de trabalho coesa e qualificada. Ser um catalisador/facilitador para manter um relacionamento colaborativo em igualdade entre os membros da organização

  • Sistema aberto definido pela descentralização/diferenciação, expansão/ adaptação e a posição competitiva com ênfase na criação, na flexibilidade e na capacidade em obter recursos.

  • Um modelo racional de metas em uma visão competitiva maximizando os resultados e centralização/ integração que acentua o planejamento a eficiência e a produtividade

  • Manutenção de sistema social que destaca a disseminação de informações, a estabilidade e a ordem. Valores humanísticos que reflitam uma preocupação com a saúde e o bem estar dos indivíduos num sistema social amplo melhorias do desempenho organizacional e da condição humana

É compromisso organizacional que deve estar aliado com as metas e estimular a todos o desejo em estar ligado a ela.

Exemplos:

Valores da Transbrasa


Manter a integridade da organização oferecendo segurança e credibilidade à sociedade atuando de forma competitiva, primando pelos princípios éticos.

Valores da B&G Marketing


B & G Marketing foi criada para atender às empresas ajudando-as a alcançar o resultado econômico prestando serviços com qualidade superior, idéias jovens com perspectiva de ser a melhor empresa neste setor desenvolvendo trabalhos no âmbito nacional.

OBJETIVOS

É a definição dos produtos e serviços oferecidos que devem estar diretamente correlacionados com a satisfação das necessidades dos clientes, ou seja: produto, mercado, clientes internos e externos. É necessário ser complementado por estabelecimento de metas.

As pessoas precisam ser reconhecidas e recompensadas por suas ações que fortalecem os objetivos e as aspirações compartilhadas ” O mestre é aquele que se mantém no caminho, dia após dia, ano após ano. É aquele que está disposto a tentar, e fracassar e tentar novamente a vida inteira” Leonard

Deve estar aliado a humildade, pois a vaidade excessiva leva ao descontentamento e a uma critica ferina que não é construtiva ao grupo (constantemente insatisfeita)

Segundo Peter Senge as buscas de objetivos concretos e legítimos devem ser compartilhadas a partir de uma visão comum de futuro, com engajamento espontâneo e verdadeiro, ao invés de simples anuência.

Dá ênfase à determinação participativa e por metas que sejam tangíveis, verificáveis e mensuráveis. Segundo Peter Ducker é transformar os desejos em objetivos tangíveis que possam ser medidos e avaliados. Que não devem ser determinados de forma unilateral devem ser elaboradas de forma participativa.

Tanto os líderes quando os profissionais da empresa devem escolher em conjunto as metas e de como elas deverão ser colocadas em prática e qual deverá ser a melhor forma de medida. O tempo deve ser estipulado (geralmente de 3 a 6 meses no máximo um ano) assim como os objetivos específicos e tempo estipulados para atingi-los finalizando com um feedback continuo de desempenho para que se possa corrigir suas próprias ações

As pessoas só podem ajudar quando existir transparência do que a organização deseja em comunhão ao que ela própria quer para si enfatizando mais a mentalidade de conquista, por mérito e produtividade e não posição e titulagem.




Exemplos:

Objetivos da Transbrasa:

  • Ser a mais eficiente;

  • Ser a mais competitiva;

  • Ser a mais fiel com suas obrigações;

  • Ser a melhor parceira;

  • Ter o melhor e mais cordial quadro de colaboradores”



Objetivos da B & G Marketing:

  • Tratar os nossos clientes de forma personalizada.

  • Ter profissionais que fazem as coisas certas e da maneira certa, de forma rápida e com qualidade.

  • Prever as necessidades dos nossos clientes com disponibilidade para sempre darem orientações atuais e adequadas aos recursos dos nossos clientes.

  • Antever as situações que necessitem de acertos sempre canalizando nossas energias as soluções dos mesmos.

FILOSOFIA E PRINCÍPIOS


As ações esperadas do que a empresa julgue que seja importante para o cumprimento dos valores estabelecidos dentro da ética empresarial.

Os princípios devem estar enfatizados com comportamento condizente com os valores estabelecidos. Estabelecer as rotinas de acordo com os planos revendo as rotinas reavaliando às situações encontrando novas formas e métodos para alcançar as metas e seus objetivos

Padrões aceitáveis de comportamento que são partilhados entre os membros do grupo e o elenco de coisas que se pode ou não fazer sob determinadas circunstâncias e quando acordadas e aceitas pelo grupo sua tendência é influenciar as atitudes dos profissionais da organização são maiores do que quando imposta. É necessário conhecer bem a organização e quais os comportamentos que serão importantes para que tudo funcione eficazmente. A norma deve contemplar o facilitar a sobrevivência do grupo com previsibilidade de comportamento e preparar respostas apropriadas

Que reduza problemas interpessoais e assegure sua satisfação prevenindo possíveis desconfortos. Que permita que os membros do grupo expressem valores centrais e esclareça o que é característico sobre a identidade do grupo

Envolver uma discussão e colaboração conjunta onde avaliam o grau de necessidades e da organização, fornecedores, profissionais e cliente externos assim como sua capacitação. Submetida a alta gerencia com definição de planos de ação. Enfocados nas soluções e nos pontos fortes da organização

Estabelecer um enfoque de cunho social. É reconhecer que aquilo que acontece fora da empresa influenciará as práticas de comportamento organizacional dentro da empresa e que o que ocorre dentro da empresa deve influenciar a sociedade a empresa deve estar pronta e alerta para responder ao ambiente interno e externo de forma satisfatória. A sociedade espera algo das empresas e que elas operem com responsabilidade social em relação ao meio ambiente, em relação a s necessidades da comunidade, ou seja, rever e adequar as condições da empresa em um casamento com as expectativas da sociedade



Exemplos:

Filosofia e Princípios da Transbrasa

  • Promovemos ações empresariais audaciosas; produtivas; gratificantes e com riscos calculados vinculados ao crescimento econômico que contemplem a eficiência e produtividade;

  • Trabalhamos para oferecer serviços em sinergia com as necessidades do cliente e condizente com a realidade da empresa;

  • Acompanhamos as evoluções tecnológicas dos equipamentos; processos e procedimentos de trabalho adequando-os continuamente, visando facilitar sua operacionalização e racionalização de custos;

  • Compatibilizamos os custos com a tríade empresa/parceiro/mercado visando oferecer preços para os serviços dentro do mercado, com lucratividade, criatividade e imaginação, criando formas alternativas e econômicas para realização dos mesmos;

  • Participamos ativamente do desenvolvimento humano promovendo eventos sociais e colaborando com o governo na geração de empregos para a sociedade;

  • Conservamos e mantemos os equipamentos e veículos com tecnologia inovadora objetivando manter a qualidade do meio ambiente;

  • Compatibilizamos parcerias necessárias dos nossos clientes com outros segmentos visando proporcionar conforto e facilidade aos clientes;

  • Prestamos serviços com rapidez e agilidade;

  • Geramos condições para o auto desenvolvimento e aprimoramento técnico contínuo a todos os nossos empregados, promovendo cursos internos e incentivando a participação em cursos externos, objetivando a especialização e profissionalização;

  • Mantemos programas de conscientização do profissional sobre o seu papel na sociedade, estimulando questionamentos, reflexões e o compromisso com metas e responsabilidade social e profissional;

A chave do nosso sucesso são os clientes que conquistamos - aqueles que nos indicam para outras empresas porque nossos valores são consistentes com a qualidade dos serviços e produtos.
Filosofia e princípios da B & G Marketing:

Acreditamos que nossos clientes fazem da b&g marketing sua escolha quando:



  • Verificam que nossos trabalhos são bem conceituados nas empresas em que prestamos serviços e sempre primamos pela ética e qualidade.

  • Verificam que identificamos novas tendências e as maximizamos.

  • Somos perceptivos, sensíveis, reagimos rapidamente e corremos riscos calculados.

  • Verificam que nosso pessoal é:

  • Amável e atencioso;

  • Eficaz e eficiente;

  • Profissional e “Fácil de lidar”.

  • Identificamos novas tendências e as maximizamos.

Fazemos o que é certo para o cliente, quando:

  • Mostramo-nos interessados, somos amáveis e procuramos ajudar.

  • Oferecemos os serviços que vão ao encontro às necessidades de nossos clientes.

  • Nunca deixamos um cliente sem retorno.

  • Prometemos o que podemos cumprir e fazemos mais do que prometemos.

  • Criamos em nosso escritório um clima que oferece aos nossos clientes um ambiente conveniente e eficiente.

Atitudes que devemos adotar com nossos clientes, fornecedores e colaboradores.

Todos as pessoas envolvidas no processo de trabalho devem perseguir a perfeição procurando atender nossos clientes com atenção, respeito e nunca deixá-los sem resposta.

Entendemos como nossos clientes todas as pessoas as quais prestamos e recebemos serviços sendo estes:


  • Internos: quando fazem parte do nosso quadro de pessoal (nossos colegas de trabalho);

  • Externos: Todos aqueles externos à empresa usuários dos nossos serviços.

  • Fornecedores e comunidade: Todos devem ser tratados com gentileza e presteza procurando solucionar seus problemas da melhor maneira possível.

Como conseguimos agradar nossos clientes?

  • Mostrando-nos interessados, sendo amáveis e procurando ajudar.

  • Oferecendo os serviços que vão ao encontro às necessidades de nossos clientes.

  • Nunca deixando um cliente sem retorno.

  • Prometendo o que podemos cumprir e fazendo mais do que prometemos.

  • Criando em nosso escritório um clima que oferece aos nossos clientes um ambiente conveniente e eficiente.

Todos os dias, devemos nos fazer a seguinte pergunta:

“Hoje eu já fiz algo que beneficiou meu cliente?”


ETAPAS NA ELABORAÇÃO DA MISSÃO
É um processo que requer a participação de todos, em um primeiro momento com os líderes da organização, depois o trabalho deve ser apresentado a todos os profissionais da empresa para que haja envolvimento e um resultado representativo do real negócio da empresa.

Para delinear os princípios, filosofia e compromissos da empresa os líderes são orientados e esclarecidos sobre a forma correta do desenvolvimento do trabalho. É importante que exista todo um preparo e que fique bem esclarecido do significado do trabalho e de cada item que terão que elaborar.

Em um primeiro momento cada um dos líderes faz o trabalho individualmente e depois, em conjunto com os demais irão compor uma única proposta em equipe.

O planejamento para que este projeto tenha resultado coerente com a organização deve contemplar:



  1. Distribuir aos líderes roteiros para construção da missão, visão, objetivos e filosofias e princípios, que devem em conjuntos com os membros de sua equipe realizar tal atividade, pois desta forma despertará o sentido verdadeiro de equipe e o compromisso em estar cumprindo o que foi idealizado.

  2. De posse do material toda diretoria irá definir da missão aos objetivos, devem receber antecipadamente estes trabalhos dos líderes e demais diretores para definir o resultado final do trabalho

  1. Para que seja algo que não fique apenas no papel, concluída a elaboração da mesma cada líder em seu setor de trabalho deverá apresentar a sua equipe todo o projeto e definir com o que cada um deve fazer para que tudo aquilo se cumpra, ou seja, qual contribuição de cada profissional e de cada setor para que a missão seja cumprida.

  2. Este compromisso deve ser escrito e colocado de forma visível em cada setor

  3. A missão pronta deve ser amplamente divulgada junto aos clientes externos, fornecedores e comunidade. Através de cartazes, revistas, jornais e distribuído em todos setores da empresa.

  4. Deve ser confeccionado em conjunto um cronograma de auto avaliação se o que está sendo divulgado pela empresa está condizente com as atividades desenvolvidas pela organização.



CONCLUSÃO

Estágios do desenvolvimento moral alto de alguém resultam em pessoas que são independentes que independente dos demais fazerem certo ou errado a conduta da pessoa será aquela em que acreditar ser correta. Estas pessoas dão um valor a muito grande ao respeito humano e aos direitos dos demais.

Hoje se vive em um mundo das globalizações, instabilidade econômica, informática, e da rapidez que acaba gerando estress entre as pessoas. O que propicia as pessoas a valorizar o ter um tempo maior para si e viverem em uma qualidade de vida maior em busca de seu equilíbrio e, portanto menos dedicados a fidelização de seu empregador a menos que ele também tenha em mente que profissionais com vida própria têm suas mentes mais oxigenadas com idéias mais inovadoras e geram ambientes com menos conflitos.

A política, as finalidades claramente definidas e amplamente divulgadas fazem com que a organização estimule a todos setores e mercado a cumpri-los. Cada profissional e setor deve ter condição de se identificar com os objetivos da empresa de tal forma que se sinta atuante dentro de todo processo organizacional. Gerar responsabilidade entre os profissionais dos níveis operacionais aos níveis táticos, soluções integradas que beneficiem todos os setores e que seja percebida esta integração, com informações claras e de acesso a todos em uma linguagem compatível tanto aos membros da organização quanto aos fornecedores, clientes externos e mercado.

Uma empresa de sucesso é aquela em que tantos os profissionais, quanto os clientes externos têm uma gama de possibilidades de crescer junto com a organização, seus objetivos devem ser o crescimento harmonioso de todos os setores em conjunto com as pessoas e o mercado.

Atitude analítica/critica e espírito cientifico para enfrentar os problemas e confrontá-los com erros passados evitando suas repetições no futuro se baseando mais nos acertos do que nos erros. É necessário o gradual enriquecimento das atividades ligadas ás pessoas e ao mercado. É visualizar a organização com um sistema total, ou seja, uma abordagem sistêmica do negócio conectado não só dentro de si mesma como fora. Seja uma empresa de forte influência dentro de sua comunidade que seja aquela que contamine o universo com sua habilidade em estabelecer uma harmonia entre a frieza necessária para tomar algumas decisões e fazer cumprir seu compromisso e a emoção em saber analisar com ponderação e flexibilidade as prioridades de todos envolvidos.

A em presa eficaz é aquela que enriquece suas atividades sempre com um efeito especial, um plus, encontra com primazia alternativas que personalizarão seu produto. É criativa. Seus acertos nunca são obra e arte da sorte. Vincula o que ocorre no universo com sua história. Visualiza tanto seus profissionais quanto seus clientes e fornecedores de forma global: de forma profissional, social e familiar. Formula questões que vai fornecer os conteúdos básicos do exercício e de seu negócio.Valoriza a roda social e da amizade e com isto sempre tem muitas pessoas prontas a colaborarem em momento cruciais dos negócios, ou seja, está socialmente está inserida nos mais diferentes grupos sociais, está bem representada nas esferas sociais e com isto será sempre lembrada de forma positiva.

Está à frente de seu tempo, com resoluções simples, aproveitando bem os recursos, escolhendo bem sua equipe de trabalho. Prioriza dar recursos ao aprimoramento profissional Compartilha os conhecimentos adquiridos já adaptados ao negócio da empresa.

Preocupa-se com a comunidade e em difundir tais conceitos. Mantém os clientes sempre atualizados em informações condizentes a área de atuação. Considera o cliente/fornecedor/equipe de trabalho como parceiros.

Tem seu foco nas oportunidades. na amplitude do mercado, na confiança, nas parcerias, na criatividade, na inovação


BIBLIOGRAFIA

BUONO – Anthony F. – BOWDITCH, James L. Elementos de Comportamento Organizacional – Editora Biblioteca de Administração e Negócios.

KEITH, Davis; NEWSTROM, John W. –O Comportamento Humano no trabalho –Editora Pioneira – SP - 1992

ROBBINS, Stephen P. – Comportamento Organizacional – editora ABDR LTC 1999 RJ

SENGE, Peter M. A. - A quinta disciplina – Editora Best Seller

TELES, Antonio Xavier - Psicologia Organizacional – Editora Ática – SP – 1994


*Oleni de Oliveira Lobo é psicóloga com especialização em Psicodrama Terapêutico, pós-graduada em Gestão da Qualidade, consultora em recursos Humanos e professora Universitária. Realiza implantação dos Recursos humanos nas organizações, ministra treinamentos de qualificação atendimento, criatividade, desenvolvimento liderança, 5 ´s um passo a qualidade total e outros olenilobo@yahoo.com.br olenilobo@hotmail.com.  www.olenilobo.hpg.com.br


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal