MOÇÃo nº 57, de 2007



Baixar 7.51 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho7.51 Kb.



MOÇÃO Nº 57 , DE 2007


As imagens de tristeza de inúmeros familiares e amigos das vítimas do acidente com o vôo da “TAM”, transmitidas diariamente pelas televisões e publicadas nos jornais, faz com que todos os cidadãos de bem dessa Nação fiquem sensibilizados e, ainda mais, preocupados.

A cada dia, novas informações, que nos chegam pela mídia, só faz aumentar nossa perplexidade e as providências necessárias não são tomadas.

A aeronave, da “TAM”, tinha um dos “reversos” das turbinas imobilizado(pinado, com um pino colocado que bloqueia seu funcionamento).

A mesma “TAM”, que em 1996, por causa de um dos “reversos” das turbinas sem funcionamento adequado, foi protagonista de um outro acidente, na região do Jabaquara, aqui na Capital de São Paulo, onde 99 pessoas perderam a vida.

A mesma “TAM” que “lançou” para fora de uma de suas aeronaves um engenheiro, e depois quiseram crer que o mesmo carregava explosivo. Comprovado que a vítima não tinha resquício algum de material explosivo no corpo, desviaram a atenção sobre um professor, numa história até hoje nada convincente.

Ainda a “TAM”, que uma das passageiras de outro vôo, ainda que não “lançada” para fora da aeronave por um problema de despressurização, veio a falecer com a aeronave aterrissando com metade de seu corpo exposto por uma das janelas.

A “TAM” que aviões não conseguiram pousar adequadamente nos últimos anos, escapando para áreas próximas aos aeroportos. Enfim, a “TAM” que já tirou muitas vidas.

A impressão que se tem é de uma manutenção inadequada.

E aí indagamos: em vista de tantas empresas aéreas, que nos últimos anos faliram, encerraram suas atividades, não conseguindo se manter em razão dos altos custos da atividade, não pode indicar que as atuais empresas de aviação estão se mantendo ativas negligenciando a manutenção de suas aeronaves?

Entendemos que essa dúvida precisa ser devidamente apurada e com urgência.

Uma vez que no Congresso Nacional estão em andamento os trabalhos de uma CPI, conhecida como CPI do Apagão Aéreo, pensamos que este será um fórum adequado e competente para esta apuração.

Assim, diante de todo o exposto, propomos a seguinte MOÇÃO:


A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO apela AO EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO CONGRESSO NACIONAL se digne, através dos órgãos competentes, determinar que a CPI, conhecida como CPI do Apagão Aéreo, investigue em profundidade como as empresas aéreas brasileiras vêm realizando a manutenção de suas aeronaves.





Sala das Sessões, em 1/8/2007
a) Valdomiro Lopes


SPL - Código de Originalidade: 729880 010807 1648


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal