Monografia do Curso de Licenciatura e Bacharelado em História a elaboração de monografia



Baixar 16.47 Kb.
Encontro28.07.2016
Tamanho16.47 Kb.
Monografia do Curso de Licenciatura e Bacharelado em História

A elaboração de MONOGRAFIA de tema histórico faz parte do Projeto Pedagógico do curso de Licenciatura e Bacharelado em HISTÓRIA. A monografia, exigência parcial para a obtenção do grau de Licenciado e Bacharel em História, é atividade curricular obrigatória à qual corresponde o crédito de 300 horas.

Sendo trabalho de nível de Graduação, a monografia propicia ao discente adquirir conhecimentos e habilidades próprios da pesquisa Histórica, bem como que se aproprie de instrumental de pesquisa do campo profissional da História, tais como coleta e análise de informações, modo de ordenamento e análise e a consequente produção de um trabalho acadêmico de qualidade. A monografia tem se caracterizado por ser atividade que possibilita ao aluno, antes da conclusão do curso, uma experiência de realização de pesquisa em História, sobre assunto de seu interesse, sob a orientação de professor(a) do curso.

A orientação é realizada pelos professores(as) que compõem o Colegiado de História e tem como tarefa de fundamental importância para a formação do futuro profissional em História, oferecer instrumental acadêmico que propicie condições de o(a) aluno(a) elaborar e desenvolver projeto de pesquisa monográfica.

Com a intenção de sistematizar critérios gerais e norteadores da elaboração da monografia, como também das inerentes relações que se estabelecem entre orientador(a) e orientando(a), o Colegiado de História sistematizou aspectos pertinentes aos objetivos finais e formas de avaliação da monografia.

O desenvolvimento da atividade de monografia, ao longo de mais de uma década de funcionamento do curso, tem contribuído para o alargamento da compreensão de aspectos da realidade social local/regional, uma vez que as expectativas e anseios sociais que se fazem presentes no cotidiano do curso são trazidos por meio dos temas, pesquisas e estudos realizados no processo de elaboração da monografia.

7.4. Regulamento da Atividade de Pesquisa para a elaboração da Monografia do Curso de Licenciatura e Bacharelado em História

REGULAMENTO DA ATIVIDADE DE MONOGRAFIA

1. Definição

1.1. A monografia para aluno(a) de História, é atividade curricular individual obrigatória.

1.2. A monografia tem por objetivo tratar de temas de natureza acadêmica que estejam vinculados às Linhas de Pesquisa em História definidas pelo Colegiado do Curso de História.

1.3. As linhas de pesquisa são a) Cultura, Cidade e Representações; b) Cultura e Ensino: Narrativas e Linguagens; c) Cultura, Trabalho e Relações de Poder.



2. Finalidade

2.1 A monografia visa a fornecer ao(a) aluno(a), durante o curso (Escolha do Tema, Elaboração do Projeto de Pesquisa, Levantamento de Fontes/Bibliografia e Elaboração da Monografia) e antes de sua conclusão, uma experiência de realização de pesquisa em História sobre assunto de seu interesse, que tenha vínculo com as linhas de pesquisa do curso de História.

2.2. Visa, ainda, avaliar a capacidade de dialogar com textos historiográficos e/ou fontes documentais históricas, para produção de texto monográfico de valor social e histórico e de qualidade acadêmica.

3. Organização das Atividades

3.1. Para cumprir o disposto no Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura e Bacharelado em História e fazer frente às finalidades acima citadas, as atividades de produção de monografia deverão observar o prazo legal de conclusão e de integralização do Curso de História.



4. Orientação

4.1. A orientação de monografia dar-se-á exclusivamente pelos(as) professores(as) membros do Colegiado do Curso de História, havendo possibilidade de co-orientação por parte de professores de outros colegiados que ministrem aulas no Curso de História.

4.2. A orientação será realizada em horário específico, previamente determinado, não podendo coincidir com nenhuma outra atividade curricular.

4.3. O número de orientandos será distribuído equitativamente entre os(as) professores(as) que compõem as respectivas linhas de pesquisa em História.



5. São atribuições do(a) Orientador(a) de Monografias

5.1. Propor e discutir com o(a) orientando(a) as atividades próprias de elaboração de projeto de pesquisa em História, visando a organização de cronograma de atividades a serem desenvolvidas no processo de realização das atividades de pesquisas e elaboração da monografia.

5.2. Controlar a frequência das sessões de orientação do(a) orientando(a), mantendo registros na “Ficha de Orientação de Monografia”.

5.3. Organizar as Bancas Examinadoras das monografias elaboradas sob sua orientação.

5.4. Retornar a avaliação da Banca Examinadora para que o(a) orientando(a) incorpore, na redação da monografia as respectivas sugestões de alterações indicadas, se for o caso.

5.5. Preencher a “Ata de Exame da Monografia do(a) aluno(a)” e encaminhá-la à Secretaria de Cursos da Fafil para demais procedimentos.

5.6. Encaminhar, à Coordenação do Curso de História, “Carta de solicitação de pagamento de orientação das atividades de Monografia”, comprovadamente concluída, juntamente com cópia da “Ficha de Orientação de Monografia”, devidamente preenchia e assinada pelas partes.

6. São atribuições do Orientando(a)

6.1. Comparecer a, no mínimo, dez (10) sessões de orientação.

6.2. Desenvolver as atividades propostas pelo(a) professor(a) orientador(a) e elaborar projeto de pesquisa em História, incluindo referências bibliográficas, teóricas e fontes documentais.

6.3. Definir, até o final da 2ª Série do curso, o tema/objeto de pesquisa em História a ser desenvolvido visando à elaboração de sua monografia.

6.4. Escolher, até o mês de maio do 1º semestre da 3ª Série, o(a) professor(a) que irá orientar sua pesquisa monográfica. Para tanto, formalizar a relação de orientação conforme “Termo de Compromisso de Orientação”.

6.5. Entregar sua monografia até o final do mês de outubro de cada ano letivo, concomitante à conclusão das disciplinas do curso de História.



7. Responsabilidades: créditos e direitos autorais

7.1. O orientando é responsável pela autoria da monografia, devendo observar a normatização estabelecida pela Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT e Manual da FSA.

7.2. O orientando é responsável pelo uso e/ou abuso dos direitos autorais, resguardados por lei a favor de terceiros, sempre que copiar ou transcrever, no todo ou em parte, textos de outra autoria, sem a devida citação dos créditos autorais, bem como é responsável pela utilização de idéias de terceiros sem a devida menção e/ou a autorização do dono dos direitos autorais, quando for o caso.

8. Carga Horária

8.1. A atividade acadêmica da Monografia equivale a um total de 300 horas, conforme definido no Plano Pedagógico do Curso de História.

8.2. As sessões de orientação de, no mínimo, 10 (dez), equivalem a 10% do total de 300 horas da atividade de Monografia.

8.3. A entrega da monografia, em conformidade com as normas deste Regulamento, equivale aos 90% restantes de horas de atividades pesquisa acadêmicas da monografia.



9. Prazos

9.1 O aluno deve reunir-se com o(a) professor(a) orientador(a) até o final do primeiro semestre da 3ª Série, para programar o início da pesquisa, o levantamento bibliográfico, o planejamento das leituras e a organização de fontes/documentos.

9.2. A entrega da monografia deverá ocorrer até a data limite do dia 31 de outubro de cada ano letivo.

9.3. O aluno deverá entregar a monografia final em quatro (04) vias escritas e duas (02) em arquivo eletrônico, a saber:

a) Três vias, em espiral simples, para avaliação da Banca Examinadora;

b) Uma via encadernada em capa dura após as alterações solicitadas pela Banca Examinadora, na cor azul ou preta para composição do acervo do Laboratório de Ensino e Pesquisa em História (LEPH);

c) Duas cópias em arquivo eletrônico (CD-WR, pdf) para composição do acervo do Laboratório de Ensino e Pesquisa em História (LEPH) e para o da Biblioteca Comunitária “Jacob Daghlian”, do Centro Universitário Fundação Santo André.

10. Banca Examinadora

10.1 Somente o(a) aluno(a) que tiver obtido frequência igual ou superior a dez (10) sessões de orientação, e tiver sua monografia qualificada pelo(a) professor(a) orientador(a), poderá fazer o depósito dos volumes de sua monografia.

10.2. A Banca Examinadora será formada pelo(a) professor(a) orientador(a), que a presidirá, e por mais dois professores que ministram aulas no curso.

10.3. Para ser considerada aprovada, a monografia necessita obter, no mínimo, a nota 7,0 (sete) a ser atribuída pelos membros componentes da Banca Examinadora.

10.4. A nota final a ser atribuída ao trabalho monográfico do(a) aluno(a) será resultante da média aritmética simples das três notas, de igual peso, atribuídas pelos membros da Banca Examinadora.

11. Fraude

11.1 Trabalhos caracterizados como plágio, total ou parcial e/ou fraude, são considerados como gravíssima infração à ética acadêmica, implicando a imediata reprovação do(a) aluno(a) e a aplicação de outras sanções, segundo o Regimentos e Estatutos do Centro Universitário Fundação Santo André/FAFIL, conforme legislação vigente.




©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal