Música, na sexta, dia 18 de Março a música universal de Hermeto Pascoal e Aline Morena



Baixar 12.7 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho12.7 Kb.

Nota à Imprensa | segunda-feira, 14 de Março de 2011

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Música, na sexta, dia 18 de Março

A música universal de Hermeto Pascoal e Aline Morena
Hermeto Pascoal é provavelmente o multi-instrumentista activo mais importante do Brasil que em 2010 editou com Aline Morena o disco “Bodas de Latão”, um trabalho que assinala sete anos de parceria dos dois músicos brasileiros. O duo actua no TMG na próxima sexta-feira, dia 18, e traz ao Grande Auditório músicas novas e antigas de Hermeto Pascoal, além de uma música de Astor Piazolla e alguns clássicos do folclore gaúcho e do cancioneiro nordestino. A maior parte das músicas são de autoria do próprio Hermeto, mas Aline Morena participa com algumas letras e estreia-se como compositora num dos temas.

Este é um concerto de música universal. Vai do mais popular ao mais contemporâneo, do complexo ao simples, misturando diferentes ritmos e estilos. O concerto contará com a voz, o piano, a viola caipira, o violão, a zabumba e a percussão corporal de Aline Morena e o cavaquinho, o piano, a viola caipira, o trompete, as flautas, o berrante, a escaleta e o “oito baixos” de Hermeto Pascoal, além de um palco recheado de instrumentos alternativos como uma piscina, bacias, chocalhos de boi, bonequinhos, saia de alumínio, vestido de copos de iogurte... entre muitos e muitos outros objectos inusitados.

Sobre “Bodas de Latão”, Hermeto Pascoal disse em entrevista ao BIS (Boletim do TMG) que «há novos arranjos para músicas antigas já gravadas, como Nenhum Talvez, que gravei com o Miles e agora tem uma letra feita pela Aline, além de músicas novas, uma música composta pela Aline, uma do Piazzolla, algumas músicas do folclore do Rio Grande do Sul e duas faixas multimédia... mas o show é sempre diferente do disco.». Hermeto Pascoal promete surpresas! O espectáculo está marcado para as 21h30.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


Dança e teatro, no Pequeno Auditório, dia 19

Lola”, da Calamar Teatro: espectáculo para as famílias

“Lola”, da companhia espanhola Calamar Teatro, é um espectáculo de dança e teatro baseado num conto de Coseli Josephus Jitta e que conta história de Lola, uma velhinha, e do seu gato. «Lola e Yan são idosos. Apaixonaram-se ainda jovens. Juntos envelheceram, amaram-se, ajudaram-se, cuidaram-se até que um dia o coração de Yan pára, para sempre. “Lola” fica sozinha. Os dias são compridos e não tem ninguém a quem cuidar. As suas distracções são os livros, a televisão e a Internet, essa moderna “varinha mágica”».

Esta é a história que o TMG propõe para a tarde do próximo sábado, dia 19 de Março, às 16h00, no Pequeno Auditório. Trata-se de um espectáculo sobre a relação positiva entre netos e avós, a necessidade de diálogo e partilha de afectos entre gerações. Um espectáculo que o TMG promove no âmbito das Famílias ao Teatro, a actividade que uma vez por mês leva o público das famílias ao Teatro num sábado à tarde. O espectáculo tem criação e interpretação de Virgínia Caballero e Tâmara Rodríguez, do Calamar Teatro. A companhia espanhola foi criada em 1999 com a finalidade de criar peças exclusivamente para a infância.

Até à data, a companhia produziu, para além de “Lola” (2009): “La voz que sale del mar” (1999); “Titirifauna” (2001); “Cosmobasura” (2003); “La cama voladora” (2005) e “Cuentos blancos” ( 2007).
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Música no Café Concerto, dia 19 de Março

Regressa o Clubbing com “FAD!GAZ”

O TMG e a associação 30porumalinha apresentam este sábado (19 de Março) a partir das 23h00 e madrugada dentro nova sessão de clubbing com “FAD!GAZ”. Trata-se do projecto de Fernando Fadigas, um artista intermédia com formação em Artes Visuais. Enquanto produtor, tem trabalhos realizados em Instalação, Vídeo, Performance, Teatro, Espectáculos Multimédia e Filmes Institucionais. No Clubbing vem apresentar-se como “FAD!GAZ” e mostrar as novas tendências da música de dança. Música para dançar madrugada dentro!


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Poesia no Café Concerto, dia 17 de Março

Poesia de Fernando Pinto Ribeiro no CC

O Teatro Municipal da Guarda e a Câmara Municipal da Guarda promovem, na próxima quinta-feira, dia 17 de Março, no Café Concerto do TMG, uma Sessão Evocativa do poeta guardense Fernando Pinto Ribeiro.

Na sessão, que tem entrada livre e está marcada para as 21h30, será feito o lançamento da obra póstuma “O cisne submerso”, um livro que inclui poemas do autor guardense dispersos por diferentes publicações. A actividade vai contar com as presenças de Julião Bernardes (poeta e coordenador do livro), Joaquim Murale (poeta) e J. Leitão Baptista (poeta e prefaciador), Carlos Augusto Ribeiro (irmão e detentor do espólio do poeta), Eduardo Sucena (escritor conterrâneo e estudioso do fado), Jorge Castelo Branco (responsável pela Edium Editores). A sessão contará ainda com a leitura de poemas do autor por Américo Rodrigues (poeta e director do TMG).

Fernando Pinto Ribeiro colaborou em páginas literárias de jornais. Está representado, entre outras, nas revistas “Flama”, “Panorama”, “O Arauto de Bocage”, “Palavra em Mutação” e “Praça Velha”. Foi Colaborador permanente no Jornal dos Poetas e Trovadores e na Colectânea anual Poetas de Sempre. Dirigiu, com Eduíno de Jesus e J.M. Pereira Miguel, sob orientação artística de Artur Bual, a revista de letras e artes “Contravento” (1968 – 1971).

O poeta nasceu na Guarda em 1928. Estudou Direito na Universidade Clássica de Lisboa. Foi revisor de Imprensa no “Diário de Notícias” e noutras publicações. Faleceu em 2009.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -



Para mais informações, contactar:

Gabinete de Comunicação e Imagem

Teatro Municipal da Guarda

Rua Batalha Reis, 12, 6300-668, GUARDA, PORTUGAL



Tel. 271 205 240 • Fax. 271 205 248

gci@tmg.com.pt

www.tmg.com.pt


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal