Não Deixe o samba Morrer Alcione



Baixar 202.01 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho202.01 Kb.

Não Deixe O Samba Morrer

Alcione



Tom: D



(Atempo)(Acapella)

“...Não deixe o samba morrer

Não deixe o samba acabar

O morro foi feito de samba

De samba pra gente sambar
(intro 2x) Bm C#m7/b5 F#7
Bm B7 Em Em/D

Quando eu não puder pisar mais na avenida

C#m7/b5 F#7 Bm

Quando as minhas pernas não puderem aguentar

Em A D7+

Levar meu corpo junto com meu samba

G7+ C#m7/b5 F#7 Bm

O meu anel de bamba entrego a quem mereça usar (2x)

Em A D7+

Eu vou ficar no meio do povo espiando

C#m7/b5 B7 Em

Minha escola perdendo ou ganhando...”

A D7+ C#m7/b5 B7

Juízo Final

Nelson Cavaquinho



Tom: D#



Gm Ab7 D7

“...O sol....há de brilhar mais uma vez

Cm Eb7 D7

A luz....há de chegar aos corações

Gm D7

O mal....será queimada a semente

Cm D7 Gm G7

O amor...será eterno novamente

Cm D7 Eb D7

É o Juízo Final, a história do bem e do mal

Cm D7 Eb D7

Quero ter olhos pra ver, a maldade desaparecer
Cm D7 Eb D7

É o Juízo Final, a história do bem e do mal

Cm D7 Eb D7

Quero ter olhos pra ver, a maldade desaparecer...”

Balança Pema

Jorge Ben Jor




“...Balança Pema

Am7 D7(9) G7+ G#m6

Balança sem parar

Am7 D7(9) G7+ G#m6

Arrasta as sandálias

Am7 D7(9) G7+ G#m6 Am7 D7(9)

Arrasta até gastar

Bm7 Am7

Se você jurar

Bm7

Me ensinar

Am7

A sambalançar assim

Bm7 Am7

Eu lhe darei uma sandália de prata

Bm7 Bbm7 Am7 D7(9)

Pra você sambalançar só pra mim....”

Pintou Uma Lua Lá

Arlindo Cruz



Tom: D



Introdução: G A7 D C B7 Em A7 D

A7 D

“...Pintou uma lua lá

A7 D

Pintou uma lua lá

B7 Em

Entre as nuvens negras

A7 D

Pintou uma lua lá

Em A7 D7 B7 Em A7 D7

No cé.é.é.éu, no cé.é.é.éu
A7 D B7

Será um quarto minguante ?

Em

Um quarto crescente ?

A7 D A7

Uma lua nova ou cheia ?...”


Mãos

Zeca Pagodinho




“...Pago pra ver

Bm5-/7 E7 Am

Quei...mar em brasa

Bm5-/7 E7

As mãos de bacharéis

Am Am/G

Que não condenam o mal

Bm5-/7 E7

Que inocentam reús

A7

Em troca do vil metal

Dm E7

As mãos de bacharéis

Am F7

Que não condenam o mal

Bm5-/7 E7

Que inocentam reús

A F#7 Bm E7

Em troca do vil metal

A

Mãos de infiéis

C#m

Revés que não contentam

E A7 D

Movendo a diretriz tão fraudulenta

D#o

Sem réu e sem juiz

C#m F#7

Mãos não se acorrentam

B7 Bm E7

Justiça põe as mãos na consciência

A...”

Samba do Arnestro

Demônios da Garoa



“...O Arnesto nos convidô

C7

Prum samba, ele mora no Brás

F D7 Gm G7

Nóis fumo e não encontremos ninguém

C7 F D7

Nóis vortemo cuma baita duma reiva

Gm C7 F

Da outra veiz, nóis num vai mais
Nóis não semos Tatus

F C7

O Arnesto nos convidô

F C7

Prum samba, ele mora no Brás

F D7 Gm G7

Nóis fumo e não encontremos ninguém

C7 F D7

Nóis vortemo cuma baita duma reiva

Gm C7 F

Da outra veiz, nóis num vai mais...”

Iracema

Adoniran Barbosa



Tom: F



E7 Am

“...Iracema, eu nunca mais te vi.

A7 Dm

Iracema meu grande amor foi embora.

E7 Am

Chorei, eu chorei de dor porque,

Dm6 E7 Am E7

Iracema meu grande amor foi você.

Am E7 A7

Iracema, eu sempre dizia,

Gm A7 Dm

Cuidado ao atravessar essas ruas,

Dm6 Am

Eu falava, mas você não escutava não.

Dm6 E7 Am

Iracema você atravessou na contra mão.

E7 Am

E hoje ela vive la no céu,

E7 Gm A7

E ela vive juntinho de nosso senhor.

Dm Dm6

De lembrança guardo somente,

Am

Suas meias e seu sapato,

F7 E7 Am

Iracema eu perdi o seu retrato...”


As Rosas Não Falam

Beth Carvalho



Tom: B



Introdução: Em Am Bb° B7 Em Am B7 Em F#7 Am B7 Em

E7 Am B° Em F#7 Am B7 Em Am Bb° B7 Em

Em

Bate outra vez

F#7

Com esperanças o meu coração

Am B7

Pois já vai terminando o verão

Em Am B7

Emfim

Em

Volto ao jardim

F#7

Com a certeza de que devo chorar

Am

Pois bem sei que não queres voltar

B7 Em E7

Para mim

Am

Queixo-me as rosas mas que bobagem

As rosas não falam

Bb°

Simplesmente as rosas exalam

Preciso me encontrar

Cartola



“...Deixe-me ir, preciso andar

G#º

Vou por aí a procurar

A7 Dm C#º A7 Dm

Rir pra não chorar

Dm Dm/C Bb7M

Deixe-me ir, preciso andar

G#º

Vou por aí a procurar

A7 Dm

Rir pra não chorar
Em7/5 Gm7

Quero assistir ao sol nascer

C7

Ver as águas dos rios correr


Testamento de Partideiro

Candeia


Compositor: Candeia

Tom: D


Introdução: A7 D B7 Em A7/13
D Em A7

“Pra minha mulher deixo amor, sentimento, na paz do Senhor

D A7 D

E para os meus filhos deixo um bom exemplo, na paz do Senhor

Em A7

Deixo como herança, força de vontade, na paz do Senhor

D A7 D

Quem semeia amor, deixa sempre saudade, na paz do Senhor

Bm Em A7

Pros meus amigos deixo meu pandeiro, na paz do Senhor

D A7 D

Honrei meus pais e amei meus irmãos, na paz do Senhor...”


Canto das Três Raças

Clara Nunes



Tom: D



Bm C#m7(b5) F#

“Ninguém ouviu um soluçar de dor

G F#

No canto do Brasil.

Em Bm

Um lamento triste sempre ecoou

G

Desde que o índio guerreiro

F# Bm

Foi pro cativeiro e de lá cantou.

Em C#m7(b5) D7M Em C#m7(b5) D7M

Negro entoou um canto de revolta pelos ares

Em G F#

No Quilombo dos Palmares, onde se refugiou.

Em Bm

Fora a luta dos inconfidentes

C#m7(b5) D7M

Pela quebra das correntes.

G F#

Nada adiantou...”

Mina do Condomínio

Seu Jorge



Tom: D



(intro 4x) Bm7 E7(9)
Bm7 E7(9) Bm7

“... Tô namorando aquela mina

E7(9) Em7(9)

Mas não sei se ela me namora (2x)

C#m7(5-)

Mina maneira do condomínio

F#7(13-) Bm7

Lá do bairro onde eu moro
E7(9) Bm7

Seu cabelo me alucina

E7(9) Em7(9)

Sua boca me devora

C#m7(5-)

Sua voz me ilumina...”

Espelho

João Nogueira



Tom: C



Intr.: D/F# Gm6 (2X) A G

D/F# Gm6

“... Nascido no subúrbio nos melhores dias

D/F# Eº Gº

Com votos da família de vida feliz

D D/C G7M

Andar e pilotar um pássaro de aço

C7(9) D/F#

Sonhava ao fim do dia ao me descer cansaço

G7M C7(9) D/F#

Com as fardas mais bonitas desse meu país

Gm7 Gm6

O pai de anel no dedo, o dedo na viola

D D7

Sorria e parecia mesmo ser feliz

Gm6 C7(9) D/F# G7M Gm6 D/F# C7 Am G7M

Eh! Vida boa quanto tempo faz

Gm6 D/F# C7(9) G7M

Que felicidade E que vontade de tocar viola de verdade

Gm6 D/F#

E de fazer canções como as que fez meu pai

D/F# G7M

E de fazer canções como as que fez meu pai...”

Amigo É Para Estas Coisas

Aldir Blanc



Tom: G



Introdução: Em7/9 F#m7(b5) B7(b9) 2X



Em Em7

“... Salve (como é que vai?)

F#m7(b5) B7 Em7

Amigo, há quanto tempo (um ano ou mais)

F#m7(b5) B7/5+ Bm7/5- E7 Bm7/5-

Posso sentar um pouco (faça o favor)

E7/9- Am7 Am7/9 E7(#9)

A vida é um dilema (nem sempre vale a pena)

Am7

Oh! (o que que há)

D7 D#° Em7

Rosa acabou comigo (meu Deus porquê?)

G7 C#° F#7

Nem Deus sabe o moti__vo (Deus é bom)

C7 B7

Mas não foi bom pra mim (todo amor um dia chega ao fim).

Em7/9

Triste (é sempre assim)

F#m7(b5) B7 Em7

Eu desejava um trago (garçom mais dois)...”

Brasil Pandeiro

Assis Valente



Tom: D



(intro) A7 D7+ A7 D7+
D7+ D#° Em A7 D7+

“...Chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor

D7 G7+

Eu fui à Penha e pedi à padroeira para me ajudar

A7

Salve o Morro do Vintém, pendura a saia que eu quero ver

D7+ A7

Eu quero ver o Tio Sam tocar pandeiro para o mundo sambar

D7+ D#° Em A7 D7+

O Tio Sam está querendo conhecer a nossa batucada

D7 G7+

Anda dizendo que o molho da baiana melhorou seu prato

A7

Vai entrar no cuscuz, acarajé e abará

D7+

Na Casa Branca já dançou a batucada de Ioiô e Iaiá...”

Meus tempos de criança

Ataulfo Alves



Tom: C



Am E7 Am G7

“...Eu daria tudo que eu tivesse

C

Pra voltar aos dias de criança

F E7 A

Eu não sei prá que que a gente cresce

F E7

Se não sai da gente essa lembrança

Am E7 Am

Aos domingos missa na matriz

G7 C

Da cidadezinha onde eu nasci

F E7 A

Ai meu Deus eu era tão feliz

F E Am

No meu pequenino Miraí

E7 Am

Que saudade da professorinha

G7 C

Que me ensinou o be-a-bá...”

Na Linha do Mar

Clementina de Jesus



Tom: E



Intro: A7+ A#dim E7 C#7 F#m7 B7 E E7
B7 E

“... Galo cantou!
Galo cantou às quatro

A6

Da manhã
Céu azulou na linha

E E7

Do mar
A7+ A#dim

Vou me embora desse

E7 C#7

Mundo de ilusão

F#m

Quem me vê sorrir,

B7

Não há de me ver

E E7 (em todas menos na última) BIS

Chorar...”

Conversa de botequim

Noel Rosa



Tom: F



(De.: Noel Rosa e Vadico)
Intr.:

(F D7/F# C/G A7 D7 G7 C7 C/Bb F/A Ab C/G A7 D7 G7 C)
C D7/F# G/F C/E

“...Seu garçom faça o favor de me trazer depressa

A7/C# Dm7 G7 C7 C/Bb

Uma boa média que não seja requentada

F/A E7/G# Am

Um pão bem quente com manteiga à beça

D7/F# G7

Um guardanapo e um copo d'água bem gelada

D7/F# G/F C/E

Feche a porta da direita com muito cuidado

A7/C# D7 G7 C7 C/Bb

Que eu não estou disposto a ficar exposto ao sol

F/A Ab C/G

Vá perguntar ao seu freguês do lado

A7 D7 G7 C C/Bb

Qual foi o resultado do fute..bol...”

Liberdade Demais

Cyro Monteiro


Compositor: Cyro Monteiro

Tom: C



Am

“...Sair a passeio

Dm

Deixei

E7

Boate, cinema

Am

Deixei

A7

Os amigos falavam

Dm

Nem sei

Am E7 Am

Foi liberdade demais que lhe dei...”

Ave Maria do Morro

Dalva de Oliveira



Tom: A



E Bm7 E7

“...Barracão de zinco

A7+ Am7 D7/9

Sem telhado, sem pintura

Abm7/B G7/B F#m7/4 B7 E

Lá no morro barracão é bangalô

Bm7 E7 A7+

Lá não existe felicidade de arranha-céu

Am7 D7/9 Abm7/B G7/B F#m7/4 B7 E

Pois quem morra lá no morro já vive pertinho do céu...”


Perdoa

Leci Brandão



Tom: D#



Eb Bb Bº Cm

“......Estou sofrendo, te querendo....não dá mais pra controlar

Ab Bb7 Eb

Essa dor que me invade, dá vontade de te amar

Bb Bº Cm

Estou quase enlouquecendo, você não quer perdoar

Ab Bb7 Eb

Sei que estou te perdendo impossível aceitar

Bb Bº Cm

Se te machuquei amor...........perdoa }

Ab Bb7 Eb

Não sentir o teu calor.............magoa }

Bb Bº Cm BIS

Volta e vamos ficar...........na boa }

Ab Bb7 Eb

Nunca mais vamos brigar......à toa...”

Tom Maior

Martinho da Vila


Compositor: Martinho da Vila

Tom: G



Gm6 D7/9- Gm6

“...Esta em você

G7 Cm7

O que o amor gerou

D7/9- D7 Gm6 G7

Ele vai nascer e há de ser sem dor

Cm7 D7/9-

Ah! Eu hei de ver

D7 D7/A Gm6 G7

Você ninar e ele dormir

Cm7 D7/9- D7 D7/A Gm6 G7

Hei de vê-lo andar, falar, sorrir
Cm7 D7/9-

Ah! Eu hei de ver

D7 D7/A Gm6

Você ninar e ele dormir

Cm7 D7/9- D7 D7/A Gm6 D7/9-

Vaze-lo andar, falar, cantar, sorrir...”


Esperanças Perdidas

Os Originais do Samba



Tom: F



( Davi Moreira / Nelson Custódio )
Intr.:

Dm | Dm7 | Gm | Gm7 | C7 | % | F7+ | Em5-/7 | A7 ....
Dm D7 Gm6

“...Quantas belezas deixadas nos cantos da vida

C7/5+ C7 F7+ A7

Que ninguém quer e nem mesmo procura encontrar

Dm D7 Gm6

E quando os sonhos se tornam esperanças perdidas

Em5-/7 A7 Dm A7

Que alguém deixou morrer sem nem mesmo tentar
Dm D7 Gm6

Minha beleza encontro num samba que faço

C7/5+ C7 F7+ A7

Minha tristeza se torna um alegre cantar

Dm D7 Gm6

É que carrego um samba bem dentro do peito

Em5-/7 A7 Dm

Sem a cadência do samba não posso ficar...”

Coração Leviano

Paulinho da Viola



Tom: E



E Eº E

“...Trama em segredo teus planos

G#m7 C#7(b9) F#m7 C#7(b9) C#7

Parte sem dizer adeus

F#m7 D7M/F# B7

Nem lembra dos meus desenganos

F#7 F#m7 B7

Fere quem tudo perdeu
A7M A#º E/B

Ah!Coração leviano

C#7 F#7 B7 G#m7 Gm7

Não sabe o que fez do meu

F#m7 Gº E/G#

Ah!Coração leviano

C#7 F#7 B7 E F#m7

Não sabe o que fez do meu...”

Dança da Solidão

Paulinho da Viola



Tom: C



[Intro:] Am
A7 Dm

“...Solidão é lava que cobre tudo

E7 Am B7 E7

Amargura em minha boca, sorri seus dentes de chumbo

Am A7 Dm

Solidão palavra cavada no coração

Am E7 Am

Resignado e mudo no compasso da desilusão
Dm E7 A7

Desilusão, desilusão

Dm

Danço eu dança você

E7 Am

Na dança da solidão...”


Carinhoso

Pixinguinha



Tom: G



Adaptado da versão: Paulinho da Viola e Marisa Monte
Intro 2x: G G5+ G6 G5+
Primeira Parte:

G G5+ G6

“...Meu coração

G5+ G G5+ G6

Não sei por quê

G7 Bm Bm5+ Bm6

Bate feliz

Bm5+ Bm Bm5+ Bm6

Quando te vê
Segunda Parte:

B7 Em7 A7(13) D6(9)

E os meus olhos ficam sorrindo

G7(13) C6(9) E7 Am7

E pelas ruas vão te seguindo

A7(13) D/C G/B Eb7 D7 G6(9)

Mas mesmo assim, foges de mim...”


Iniguálavel Paixão

Reinaldo



Tom: E


E6/9 G#m7

“...És inigualável na arte de amar

Bm7/11

Sou tão feliz que até posso afirmar

E7 A7+

Jamais vivi um amor assim fez renascer

Am7 B7 G#m7

De dentro de mim um sentimento que eu sepultei

C#7 F#7/9 F#m7

Por desamor sofri confesso que chorei

B7 E6/9 G#m7

Foi bom surgir você pra reabrir o meu coração e me

Bm7 E7 A7+

Induzir de novo a paixão e outra vez me fazer sorrir

Am7 B7

A solidão se afastou enfim tudo que eu quero é ir mais

G#m7 C#7 F#7/9 B7 E B7

Além pois encontrei o amor com a vida estou de bem (que a lua!)...”


Conselho

Almir Guineto



Tom: G



G

“...Deixe de lado esse baixo astral

Bm

Erga a cabeça enfrente o mal

Dm G7 C

Que agindo assim será vital para o seu coração
Cm G F E7

É que em cada experiência se aprende uma lição

A7

Eu já sofri por amar assim

Am D7

Me dediquei mas foi tudo em vão
G Bm

Pra que se lamentar

Dm G7 C

Se em sua vida pode encontrar

Cm G E7

Quem te ame com toda força e ardor

A7 Cm D7 G D7

Assim sucumbirá a dor (tem que lutar)...”



©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal