Noah’s nakedness and the curse on canaan



Baixar 20.42 Kb.
Encontro31.07.2016
Tamanho20.42 Kb.
NOAH’S NAKEDNESS AND THE CURSE ON CANAAN”
A nudez de Noé e a maldição em Canaã

(Gênesis 9:20-27)
Introdução

Quando se olha para o relato em questão, temos algumas primeiras impressões de boa compreensão. Contudo, quando atribuímos um pouco mais de tempo para s acontecimentos do relato, observamos que muito do que está descrito não está tão claro assim. Ou apesar de claro não explica em sua totalidade o sentido de várias afirmações. Essa abordagem é um tentativa de explicar ou alcançar as nuances do texto sagrado.


Não podemos negar a seriedade do texto em questão. Quem foi Cam? Pai de Canaã. Canaã foi pai de quem? Genesis 10:15-19 “CANAÃ GEROU A SIDOM, SEU PRIMOGÊNITO, E A HETE, 16 E AOS JEBUSEUS, AOS AMORREUS, AOS GIRGASEUS, 17 AOS HEVEUS, AOS ARQUEUS, AOS SINEUS, 18 AOS ARVADEUS, AOS ZEMAREUS E AOS HAMATEUS; E DEPOIS SE ESPALHARAM AS FAMÍLIAS DOS CANANEUS. 19 E O LIMITE DOS CANANEUS FOI DESDE SIDOM, INDO PARA GERAR, ATÉ GAZA, INDO PARA SODOMA, GOMORRA, ADMÁ E ZEBOIM, ATÉ LASA.”
Assim, quando estudamos um texto de natureza genealógica temos que nos cuidar pois são textos sagrados que registram a história de gerações, nações e povos.

Este texto bíblico tem desafiado os estudiosos da Bíblia e principalmente do Antigo Testamento. A impressão que se tem é que pelos termos empregados e pela conseqüência desses atos sexuais há mais no relato do que o autor deixou explicito.


Duas questões são levantadas nesse momento: 1. QUAL A NATUREZA DA OFENSA DE CAM (PORQUE “VER” A NUDEZ DE NOÉ PODERIA SER CAUSA DE MALDIÇÃO); 2. A RAZÃO PARA A PUNIÇÃO DE CANAÃ (SE CAM FOI PERPETRADOR DA AÇÃO PORQUE CANAÃ FOI AMALDIÇOADO?)
O contexto histórico é bastante conhecido: depois do dilúvio Noé começa a plantar uvas. Desfrutando de sua própria vinha Noé bebe demais fica embriagado e tira a roupa. Cam “vê” a nudez de seu pai e fala para seus irmãos. Por sua vez os irmãos vão e vestem seu pai. Quando Noé acorda percebe o que Cam fez com ele. Aí ele abençoa Jafé e Sem e amaldiçoa Canaã.
Algumas razões são levantadas para explicar o relato, algumas são mais tradicionais como por exemplo: 1. mostrar a nudez do pai; 2. Castração (visão rabínica tradicional); 3. Incesto com o pai, que talvez seja a interpretação mais recorrente nos círculos acadêmicos bíblicos. Contudo, desejamos apresentar uma interpretação diferente sobre essa visão dos acontecimentos do capítulo 9.

I. Leituras tradicionais do texto
1. Mostrar a nudez do pai

É muito comum essa leitura nas igrejas cristãs. Canaã fora amaldiçoado porque seu pai Cam expôs seu pai diante dos demais irmãos. Essa interpretação não é tão somente moderna, mas também bastante antiga.


Essa interpretação recusa ver no texto o que não esteja explícito apresentando dois problemas: 1. A gravidade da ofensa de Cam e a conseqüente maldição sobre Canaã; 2. Não existe nos textos hebraicos outras passagens que vão elucidar essa gravidade pelo simples – “revelar a nudez ou contar a nudez” – que seria expor ao ridículo.
Donald J. escreve: “Quem defender essa possibilidade precisa se apoiar em uma situação que não sabemos absolutamente nada.”
2. Castração (visão rabínica tradicional)
Essa interpretação, como dissemos, está mais presente nos círculos rabínicos. Textos míticos do Antigo Oriente mostram conflitos entre filhos que castram seus pais para usurpar-lhes a autoridade. Não existe nenhum texto na Bíblia que faça referência a essa realidade.
A interpretação dos rabinos é que Cam teve seu quarto filho amaldiçoado porque privou Noé de um quarto filho para si. Se aceitarmos essa possibilidade de castração.
3. Incesto paterno
Dentre todas as possibilidades mais tradicionais essa é a que ganha maior destaque em círculos acadêmicos. Não precisa falar absolutamente nada para compreendermos que essa seria uma atitude mais que necessário para a maldição de qualquer pessoa, mas mesmo assim ainda faltaria a compreensão do porque o filho do abusador é amaldiçoado e não o próprio violentador.
Herman Gunkel, um dos mais brilhantes biblistas alemães do século passado escreve que: verso 24: “DESPERTANDO NOÉ DO VINHO, PERCEBEU O QUE SEU FILHO MAIS NOVO TINHA FEITO A ELE...” “Essa expressão sugere algum tipo de ação, muito mais do que simplesmente expor ao ridículo.” Uma ação em que Noé tivesse sido a vítima. Aqui se pensa em algum tipo de violência sexual mas não se menciona qual.
Essa possibilidade de interpretação ganhou destaque quando os estudiosos observaram a recorrência de termos referentes à violência sexual em outros textos. Por exemplo: Levitico 20:17 “SE UM HOMEM TOMAR A SUA IRMÃ, FILHA DE SEU PAI OU FILHA DE SUA MÃE, E VIR A NUDEZ DELA, E ELA VIR A DELE, TORPEZA É; PORTANTO, SERÃO ELIMINADOS NA PRESENÇA DOS FILHOS DO SEU POVO; DESCOBRIU A NUDEZ DE SUA IRMÃ; LEVARÁ SOBRE SI A SUA INIQÜIDADE.”
Dessa forma o verso: Genesis 9:22 “CAM, PAI DE CANAÃ, VENDO A NUDEZ DO PAI,” pode implicar um pouco mais do que simplesmente “ver”. A relação do “ver” com alguma ação sexual pode ser confirmado em outro texto.
O termo “embriagar-se” na Bíblia, está relacionado com alguma atividade sexual. Em Gn. 19:30-38 vamos observar, com a experiência de Ló e suas filhas, que definitivamente “embriagar-se” e “relação sexual” de algum tipo existe.
Outros textos bíblicos, em gênesis, vão indicar a proximidade de Gn. 9:20 em seu contexto mais próximo.

Por exemplo:
Gn. 5:32 “ERA NOÉ DA IDADE DE QUINHENTOS ANOS E GEROU A SEM, CAM E JAFÉ.” – a história de Noé começa a ser narrada, porém é abruptamente interrompida pela história da corrupção do gênero humano:

- Verso 6:4 – “OS FILHOS DE DEUS POSSUÍRAM AS FILHAS DOS HOMENS.” – Apresenta contexto sexual;

- A história do dilúvio se inicia: 6:5 – “VIU O SENHOR QUE A MALDADE DO HOMEM SE HAVIA MULTIPLICADO NA TERRA E QUE ERA CONTINUAMENTE MAU TODO DESÍGNIO DO SEU CORAÇÃO;”

- Nossa história finaliza o dilúvio: 9:20



- O que começou em 5:32 vai continuar em 10:1.
A história do dilúvio é moldada pelas histórias de relação sexual textual. Uma história de grande destaque para simplesmente “ver a nudez de alguém.”
Todos esse são exemplos da possibilidade de ter havido algum tipo de violência sexual contra Noé. Essa violência de incesto paternal vai responder os anseios sobre a gravidade do pecado de Cam, mas ainda assim, não responderá a maldição sobre Canaã.

II. Leitura do incesto materno
Vamos olhar mais uma vez para a expressão: “VER A NUDEZ DO PAI” – 22. Essa expressão pode muito bem ser comparada com a expressão: “DESCOBRIR A NUDEZ”. Assim, aquele que “vê” a nudez de alguém é o mesmo que “descobrir” a nudez de alguém.
Se olharmos para a expressão que aparece em Levítico 18:7-8 teremos: “NÃO DESCOBRIRÁS A NUDEZ DE TEU PAI E DE TUA MÃE; ELA É TUA MÃE; NÃO LHE DESCOBRIRÁS A NUDEZ. 8 NÃO DESCOBRIRÁS A NUDEZ DA MULHER DE TEU PAI; É NUDEZ DE TEU PAI.”
Também, em outros textos como: Levitico 18:14 e 16 “A NUDEZ DO IRMÃO DE TEU PAI NÃO DESCOBRIRÁS; NÃO TE CHEGARÁS À SUA MULHER; ELA É TUA TIA.” 16 “A NUDEZ DA MULHER DE TEU IRMÃO NÃO DESCOBRIRÁS; É A NUDEZ DE TEU IRMÃO.”
Assim, poderíamos afirmar que temos diante de nós um texto que pode muito bem fazer relação com um descobrir a nudez ou vir a nudez não de Noé, mas de sua mulher – tendo assim um incesto materno.
Essa possibilidade apresenta a mais plausível explicação para a maldição de Canaã, pois ele seria o fruto desse relacionamento pecaminoso.
Outra indicação interessante que aparece no texto que lemos está presente nos versos 18 e 22: “OS FILHOS DE NOÉ, QUE SAÍRAM DA ARCA, FORAM SEM, CAM E JAFÉ; CAM É O PAI DE CANAÃ.

22 CAM, PAI DE CANAÃ, VENDO A NUDEZ DO PAI, FÊ-LO SABER, FORA, A SEUS DOIS IRMÃOS.” Aqui perguntamos, porque o autor deseja enfatizar a paternidade de Cam sobre Canaã?
Uma explicação interessante que podemos ter de todo o texto é que, assim como acontecia em textos do Antigo Oriente, Cam toma sua mãe como mulher para gerar um filho tirando do seu pai a sua autoridade sobre a família, do seu pai e dos seus irmãos. Isso explicaria porque Cam conta imediatamente o que aconteceu aos seus irmãos. Para que eles saibam de quem é toda a autoridade agora.
A reação dos irmãos de Cam é louvável, pois não reconhecem seu irmão autoridade e imediatamente devolvem essa autoridade ao pai.

Conclusão
Considerando todas as possibilidades de interpretação do texto lido voltamos à possibilidade de um apenas “ver” ou “mostrar” a nudez do pai – expondo-o ao ridículo. Essa interpretação não responde a gravíssima infração para a maldição de Canaã.
A outra interpretação da castração sofre pela ausência de textos que a corroborem.
A interpretação do incesto paternal, como vimos, tem todas as indicações que poderia se aproximar muito mais de um incerto maternal do que paternal.
Se entendermos que o incesto foi maternal então teremos explicação para: 1. A gravidade do pecado de Cam, 2. A razão para a maldição de Canaã, 3. A motivação de Cam em cometer o pecado – a usurpação da autoridade familiar, 4. A repetição da paternidade de Cam sobre Canaã, 5. A densa linguagem sexual do texto junto com todas os outros textos que mencionam esse tipo de relacionamento no Pentateuco.
Essa proposta, evidentemente, não está descrita no texto, contudo pelo contexto dos séculos que se seguiram – maldição sobre Canaã, poderíamos muito bem confiar nessa possibilidade de leitura textual.
De todas as possibilidades de leitura algumas lições aprendemos:

1. Usurpar autoridade de outra pessoa e desrespeitar a autoridade alheia não são aceitos pelo texto sagrado;

2. A violência dentro de casa é uma abominação para Deus;

3. Deus não aceita a exposição da vida privada, intimidade e a maledicência no seio familiar;



4. Graves serão as conseqüências para os filhos e os netos daqueles que não ouvirem os mandamentos do Senhor.
Catálogo: media -> downloads
media -> Plano de trabalho da tese de doutorado
media -> AvaliaçÃO, currículo e precarizaçÃo do trabalho docente: algumas contribuiçÕes no desenvolvimento do fracasso escolar
media -> Peugeot em linha com o objectivo
downloads -> Diagramação Eletrônica e Capa: Rev. Dallmer p r de Assis Foto da Capa
downloads -> Primeira igreja presbiteriana independente de s. J. Rio preto série de estudos: “cadê a vaca gorda?” Princípios bíblicos sobre finançAS
downloads -> Salmo 80 Introdução Ao mestre de canto, segundo a melodia Os lírios. Testemunho de Asafe. Salmo
downloads -> CelebraçÃo eucarística em açÃo de graçAS
downloads -> Viking fecha o ano de 2011 com 20% de crescimento de facturação
downloads -> Primeira ipi de sjrp células de geraçÕes integradas sugestão de roteiro semana de 24 a 30 outubro/2010
downloads -> Ata da reunião extraordinária da assembléIA


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal