Nogueira, Francisco José



Baixar 7.42 Kb.
Encontro18.07.2016
Tamanho7.42 Kb.
NOGUEIRA, Francisco José. Disfunção erétil em homossexuais portadores de HIV/aids após o uso dos anti-retrovirais – inibidores da protease – Uma contribuição à Psicologia da Saúde ­– Guarulhos, 2001. 203 p. Dissertação (Mestrado). Psicologia da Saúde, Universidade de Guarulhos.

RESUMO

Este estudo vem discutir a influência dos possíveis fatores psicológicos envolvidos na disfunção erétil em homossexuais soropositivos para HIV/aids, a partir das entrevistas realizadas, e sobre o referencial teórico junguiano. Iniciamos nosso estudo com o histórico do HIV/aids, para informar o leitor do contexto da epidemia desde seu surgimento até os tempos de hoje. A seguir, pensamos a questão do homossexual, uma vez que a sexualidade homoerótica tem um histórico traçado de medos e preconceitos desde séculos passados até nossos dias, mostrando o quanto tais aspectos dificultam a aceitação da identidade homossexual, dificuldade agravada ainda mais pela infecção. Discorremos sobre os medicamentos circunscritos ao HIV/aids para avaliarmos o quanto de fato contribuem para uma sobrevida, sem deixar de lado os aspectos simbólicos neles depositados. Entre os fatores psicológicos conflitivos projetados nos remédios estão: a soropositividade, a identidade homossexual, as alterações na imagem corporal decorrentes das manifestações do HIV/aids e os efeitos adversos do “coquetel”. Todos esses aspectos constituem-se em complexos com atuações sombrias interferindo no relacionamento afetivo, bem como promovendo alterações da função erétil dos homossexuais soropositivos que compõem nosso estudo. A análise final vem nos apontar que, ao integrar os conteúdos da sombra, o indivíduo tem a possibilidade de revalorizar sua vida, elaborando melhor a questão da identidade homossexual quanto à soropositividade com suas repercussões orgânicas, psíquicas e sociais, restabelecendo o eixo ego-self, o que promoverá maior equilíbrio psíquico dentro das limitações de cada indivíduo.

NOGUEIRA, Francisco José. Erectile dysfunction in homosexual HIV/aids bearer after anti-retrovirus use – proteases inhibitors – A Health Psychology’s contribution – Guarulhos, 2001. 203 p. (Master Lecture). Health Psychology, Guarulhos University.

ABSTRACT

This study discuss the effects off the possible psychological factors involved in the Erectile disfunction in serumpositive homosexual for HIV/aids, in accordance with several interview, and Jungian theory. We start the study with the HIV/aids in order to inform the reader into the context in the evolution of the epidemic since its appearance up to now.

After this, we think the question of the homosexual , once the eroticism among the homosexual has a historical with a great amount of fears and prejudice, since previous centuries up to now, showing how much such aspects turns difficult the accept of the homosexual, and this difficulty is increased by the infection.

We speak about the medicine concerned to HIV/aids in order to evaluate how much in true they contribute to a overtime life, regarding all the symbolical aspects on it. Among the psychological conflictive factors projected in the medicine are: serumpositive, homosexual identity , changes in the body outlook due to HIV/aids manifestation and the adverse effects of the “cocktail”. All these aspects take part in complexes with daring acting interfering in affective involvement, as well as promoting the erection functions alterations of the serumpositive homosexual group of our study.



The final analysis shows us that integrates contents in the shadows, people has the possibility of reevaluate his life, turning best his homosexual identity and his serumpositivity as well with its organic repercussion, psychological an social, restoring his ego-Self shaft, and this will promote more psycho equilibrium inside the boundary of each people.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal