Nota informativa colectiva inter-regional de fotografia



Baixar 8.34 Kb.
Encontro31.07.2016
Tamanho8.34 Kb.

NOTA INFORMATIVA



COLECTIVA INTER-REGIONAL DE FOTOGRAFIA

Paulo Monteiro expõe nas Canárias

No âmbito da execução do “MEDIAT-Memória Digital Atlântica”, projecto de cooperação inter-regional embrionário de um Arquivo de Imagem dos Açores, e na sequência da segunda edição do Concurso Fotográfico da Macaronésia Europeia, foi inaugurada em Santa Cruz de Tenerife no dia 10 de Abril a exposição colectiva intitulada “La Manera Atlántica II”, dos fotógrafos premiados Paulo Monteiro, dos Açores, e Francisco Macías González, das Canárias.

Fundador de uma colecção contemporânea de fotografia da Macaronésia, o concurso visou o objectivo de propiciar um espaço de diálogo em que, através da expressão criativa no domínio da fotografia, os arquipélagos atlânticos pudessem pelo conhecimento mútuo aprofundar a compreensão de traços comuns e de diferenciação, na procura de uma hipotética “maneira atlântica” de entender a vida, assumindo também a função de elemento facilitador de novas formas autónomas de cooperação dinâmica entre as regiões após o encerramento em Junho de 2008 do projecto MEDIAT.

Ao parceiros no projecto do âmbito do programa de iniciativa Comunitária INTERREG III B – Direcção Regional da Cultura, Centro de Fotografia Isla de Tenerife e Photographia-Museu Vicentes, da Madeira – ambicionam na edição de 2008 do concurso fotográfico conseguir ultrapassar a fronteira politica da Europa para incluir o arquipélago de Cabo Verde, na assumpção plena do espaço geográfico da Macaronésia.

OS AUTORES

Paulo Monteiro - Com um dos mais sólidos percursos nos Açores no domínio da fotografia documental de autor, é natural de São Miguel, ilha onde nasceu em 1963 e onde reside. Constituído por dez imagens de todas as ilhas açorianas, em registo analógico a preto e branco, o projecto fotográfico premiado e agora exposto assume-se como testemunho de “práticas que poderão encontrar-se em perigo de extinção ou de séria adulteração por via da globalização”.

Francisco Macías González – Docente da cadeira de Engenharia de Construção Civil no curso de Licenciatura em Geografia da Escola Universitária de Las Palmas da Gran-Canária, nasceu em 1960. Constituído por dez imagens de uma das ilhas canarinas, em registo analógico a preto e branco com posterior tratamento digital, o projecto fotográfico premiado e agora exposto é intitulado “Inafortunada isla de Fuerteventura”.

SEMANA DA FOTOGRAFIA

A par da exposição, e integrada na designada “IV Semana da Fotografia da Macaronésia Europeia”, terá lugar em Santa Cruz de Tenerife um colóquio em que participaram o investigador Carlos Enes com a Comunicação intitulada “A Expansão da Fotografia nos Açores”, bem como o docente de História da Universidade dos Açores, Carlos Guilherme Riley, com a Comunicação caracterizadora da obra do fotógrafo dos Açores intitulada “Paulo Monteiro: Um olhar franciscano”.

UMA ITINERÂNCIA



A exposição colectiva inter-regional que está patente ao público no Centro de Fotografia de Tenerife, dará lugar a uma itinerância pelos arquipélagos da Madeira e dos Açores, a iniciar em 23 de Maio na Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal