O musical “Meu caro amigo” reestreia temporada no sesc tijuca, com direção de Joana Lebreiro



Baixar 16.77 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho16.77 Kb.



De 31/8 a 30/9/2012

 

O musical “Meu caro amigo” reestreia temporada no SESC Tijuca, com direção de Joana Lebreiro

 

Kelzy Ecard, que vive a personagem central da história, está indicada para o Prêmio Shell de melhor atriz

 

 



“Meu caro amigo” é um musical em formato monólogo, com dramaturgia de Felipe Barenco, sobre uma fã apaixonada por Chico Buarque de Hollanda, vivida no palco pela premiada atriz Kelzy Ecard, e sobre como este amor foi capaz de transformar a sua vida. No espetáculo, que fará temporada no SESC Tijuca de 31/8 a 30/9/2012, de sexta a sábado, às 20h, Kelzy estará acompanhada no palco pelo pianista João Bittencourt. Das 21 canções que compõem o roteiro, ela entoa dez ao vivo. As outras surgem em gravações do próprio Chico, ao longo do espetáculo. Fazem parte do repertório joias buarquianas como "Valsa brasileira", "Quem te viu, quem te vê", "Roda Viva" e "Todo sentimento". E para os fãs da atriz que estará em cena, uma boa notítica: Kelzy Ecard acaba de ser indicada para o Prêmio Shell de melhor atriz pela atuação no espetáculo “Breu”.

 

Em “Meu caro amigo” é contada a história de Norma, uma mulher de 52 anos, professora de História do Brasil no Colégio Pedro II, que compartilha suas memórias com o público, constituindo, assim, a verdadeira ação dramática do espetáculo em dois âmbitos: a história pessoal desta mulher e a história recente do país, embaladas e inspiradas pelas canções de Chico Buarque. Desde os 10 anos sua vida coexiste com fatos, fotos e discos do astro brasileiro. Norma conta detalhadamente como tudo isso começou, e canta também, muito, nos 75 minutos de "Meu caro amigo", espetáculo escrito por Felipe Barenco e dirigido por Joana Lebreiro (diretora dos bem-sucedidos musicais sobre Antonio Maria, Mario Lago e Ary Barroso), sob a direção musical de Marcelo Alonso Neves (do espetáculo sobre Renato Russo).



 

“Meu caro amigo” estreou em 12 de fevereiro de 2009 no Espaço Cultural Correios. Desde então já teve mais de 150 apresentações e foi assistido por mais de 15.000 espectadores.

 

- Um dos principais objetivos do espetáculo é estabelecer um diálogo entre memória individual e memória nacional fazendo, com a ajuda da obra de Chico Buarque, um pequeno painel da história recente do país. Através da vida de nossa personagem buscamos encontrar pontos de identificação de sua trajetória com o público – declara Kelzy Ecard.



 

Brasil de 1964 a 1998

Neste diálogo, além de soltar a voz, Norma também traz à tona o Brasil de 1964 a 1998. "Meu caro amigo" focaliza a intensa relação no imaginário que a fã estabelece em torno de seu ídolo. O texto inclui fatos reais para atravessar os anos da história fictícia de Norma. Estão ali, por exemplo, os festivais da canção, a histórica montagem da peça “Roda Viva”, a Passeata dos Cem Mil. Até o livro “1968”, de Zuenir Ventura, entra como elemento de uma aula da professora.

 

“Meu caro amigo” tem o poder de comover e transformar o espectador que assiste ao espetáculo. Pessoas que se transportaram para momentos narrados da história do país, que mergulharam em memória própria ou alheia, reconhecendo-se em acontecimentos e épocas vividos ou não vividos.



 

O musical foi a primeira criação realizada pela dupla Joana Lebreiro e Kelzy Ecard, que formaram um núcleo de estudos sobre a cena intitulado Padedéu. Esta parceria se aprofundou com a realização da oficina Memória e Música e está gerando frutos com sua mais recente pesquisa sobre a construção da memória em cena.

 

Kelzy Ecard – perfil

A primeira formação foi em arquitetura. Já a aproximação com o teatro foi estudando cenografia na Unirio (não chegou a completar o curso). Depois foi estudar na Martins Pena, onde se formou em 1993 com direção de Moacir Chaves em Fausto, de Goethe (fazendo Mephisto). Depois teve uma companhia de teatro chamada Atores da Truanesca, onde realizou três espetáculos infantis: “Rapunzel” (com texto e direção de Leonardo Simões - foi indicada para o extinto Prêmio Mambembe com esta peça); “João sem medo” (direção de Marcos Ácher e texto de Anamaria Nunes) e “Aladim” (texto de Fátima Valença e direção de Dudu Sandroni).

 

Entre os principais trabalhos de Kelzy estão “A confissão de Leontina”, de Lygia Fagundes Telles, com direção de Antônio Guedes; “Sapatinhos vermelhos”, de Caio Fernando Abreu, direção de Camilla Amado; “Rasga coração”, de Oduvaldo Viana Filho, direção de Dudu Sandroni (com este trabalho ganhou o Prêmio APTR 2007 de Melhor Atriz em Papel Coadjuvante); “Gota D'água”, de Chico Buarque e Paulo Pontes, com direção de João Fonseca; “Um violinista no telhado”, direção de Charles Moeller e Cláudio Botelho; “Breu”, de Pedro Brício, direção de Miwa Yanagizawa e Maria Silvia Siqueira Campos; além de “Meu caro amigo”.



 

Trabalhou também como assistente de cenografia na TV Globo por dois anos e no teatro nos espetáculos “A prova”, de David Alburn, e “Casa de boneca”, de Ibsen, ambos com direção de Aderbal Freire-Filho e cenografia de José Manuel Castanheira. Entre os cursos de especialização estão o de canto, com Sérgio Lavor, Breno Pessurno e Pedro Lima; o Fórum Shakespeare; aulas com Antunes Filho, na CAL, e residência artística para “A gaivota”, com Enrique Diaz, Mariana Lima e Emílio de Mello.

 

 

Contatos



Kelzy Ecard – kelzyecard@gmail.com

8746.0116

Monica Farias  (produtora)– monica@aruandaeventos.com.br

(21)9612.9192

 

 

Ficha técnica



Ideia original – Kelzy Ecard

Texto – Felipe Barenco

Direção – Joana Lebreiro

Direção Musical – Marcelo Alonso Neves

Atriz – Kelzy Ecard

Pianista – João Bittencourt

Produção – Monica Farias – Aruanda Eventos

Iluminação – Paulo Cesar Medeiros

Cenário e Figurino – Ney Madeira

Programação visual – Leonardo Miranda

Crédito das fotos: Lorena Lima

 

 



Serviço

Musical “Meu caro amigo”

Temporada de 31/8 a 30/9/2012

De sexta a domingo, às 20h

SESC Tijuca: Rua Barão de Mesquita 539

Tel.: (21) 3238-2100

Ingressos: R$ 4 (associados Sesc Rio), R$ 8 (estudantes e idosos) e R$ 16.

Classificação: 12 anos

Capacidade – 259 lugares


Assessoria de Imprensa

Sesc Rio

grupoimprensa@sescrio.org.br

Telefones - (21) 3138-1210 / 3138-1232 / 3138-1235 / 3138-1233


www.sescrio.org.br

www.twitter.com/Sesc_Rio
www.facebook.com/SescRJ



Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal