O prof. Doutor cruz pontes na passagem dos seus 90 anos o professor jubilado da Faculdade de Letras, José Maria da Cruz Pontes, completou no passado dia 10 o seu 90.º aniversário



Baixar 6.57 Kb.
Encontro30.07.2016
Tamanho6.57 Kb.
O PROF. DOUTOR CRUZ PONTES NA PASSAGEM DOS SEUS 90 ANOS

O professor jubilado da Faculdade de Letras, José Maria da Cruz Pontes, completou no passado dia 10 o seu 90.º aniversário. Nascido na Póvoa de Varzim a 10 de Julho de 1925, licenciou-se em Ciências Históricas e Filosóficas pela Universidade de Coimbra com a dissertação “Estudo para uma edição crítica do Livro da Corte Enperial” (1959). Durante dois anos frequentou o Centro de Wulf-Mansion do Instituto Superior de Filosofia da Universidade de Lovaina em ordem à preparação da tese doutoral “Pedro Hispano Portucalense e as controvérsias doutrinais do séc. XIII – A origem da alma” (Coimbra 1964) à qual foi atribuído o galardão do Prémio Ocidente.

Como professor e investigador muito honrou a sua Faculdade e a Universidade de Coimbra, bem como os Estudos Gerais de Lourenço Marques onde leccionou e dirigiu a secção de Letras. Ao longo da sua carreira académica como professor e investigador dedicou especial interesse às áreas de História da Filosofa e da Cultura Medieval de que resultou uma vasta bibliografia. Também escreveu estudos importantes sobre figuras gradas da sua terra natal e desenvolveu uma participação frequente na imprensa com artigos de reconhecido merecimento sobre diversos temas.

Recordamos aqui a apresentação do livro de Cruz Pontes “Correspondência de Trindade Coelho para António Corrêa d' Oliveira” (Ed. Minerva, Coimbra) que decorreu na Casa Municipal da Cultura de Coimbra, em 21 de Abril de 2012, à qual se reporta a foto que encima este texto. A obra primorosamente editada inclui cerca de 50 cartas enviadas por Trindade Coelho a Corrêa de Oliveira. Cruz Pontes, que desde a sua juventude conviveu de perto com os dois autores, na sua magnífica intervenção deliciou os presentes ao contar episódios, pormenores e curiosidades dos seus contactos com ambos e também com José Régio. A evocação dos anos 40/50 do século passado decorreu em especial na zona  de Belinho, Póvoa de Varzim e Esposende. Referiu ainda que a obra literária de  António Corrêa d'Oliveira foi apadrinhada com carinho por Trindade Coelho.



O livro que foi publicado na passagem dos 150 anos do nascimento de Trindade Coelho (e também no âmbito das comemorações dos 50 anos da morte de António Corrêa d'Oliveira) reveste-se de uma importância acrescida, já que vem trazer de novo para a ribalta editorial dois autores que, apesar da elevada qualidade das suas produções artísticas, têm estado arredados da esfera dos estudos literários.

No fim de tão brilhante sessão marcada por um elevado sentido pedagógico Cruz Pontes foi calorosamente saudado por todos os presentes, amigos, colegas e admiradores, que enchiam por completo a Sala Nobre da Casa Municipal da Cultura.

Cruz Pontes que se encontra na Casa de Repouso Rainha Santa de Cernache não esconde a sua incontida satisfação pela visita de amigos e colegas com os quais conversa coma uma lucidez admirável, manifestando a cada passo que se mantém observador atento dos acontecimentos do dia a dia. Auguramos ao estimado aniversariante as maiores felicidades e formulamos votos para que o possamos fazer por muitos e dilatados anos.



Manuel Augusto Rodrigues


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal