Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO



Baixar 5.7 Mb.
Página1/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   197
ORIGEM DO MUNDO E DA HUMANIDADE

1. A CRIAÇÃO

Gênesis 1

A HUMANIDADE, PONTO ALTO DA CRIAÇÃO
1. No princípio, Deus criou o céu e a terra.
2. A terra estava sem forma e vazia; as trevas cobriam o abismo e um vento impetuoso soprava sobre as águas.
3. Deus disse: "Que exista a luz!" E a luz começou a existir.
4. Deus viu que a luz era boa. E Deus separou a luz das trevas:
5. à luz Deus chamou "dia", e às trevas chamou "noite". Houve uma tarde e uma manhã: foi o primeiro dia.
6. Deus disse: "Que exista um firmamento no meio das águas para separar águas de águas!"
7. Deus fez o firmamento para separar as águas que estão acima do firmamento das águas que estão abaixo do firmamento. E assim se fez.
8. E Deus chamou ao firmamento "céu". Houve uma tarde e uma manhã: foi o segundo dia.
9. Deus disse: "Que as águas que estão debaixo do céu se ajuntem num só lugar, e apareça o chão seco". E assim se fez.
10. E Deus chamou ao chão seco "terra", e ao conjunto das águas "mar". E Deus viu que era bom.
11. Deus disse: "Que a terra produza relva, ervas que produzam semente, e árvores que dêem frutos sobre a terra, frutos que contenham semente, cada uma segundo a sua espécie". E assim se fez.
12. E a terra produziu relva, ervas que produzem semente, cada uma segundo a sua espécie, e árvores que dão fruto com a semente, cada uma segundo a sua espécie. E Deus viu que era bom.
13. Houve uma tarde e uma manhã: foi o terceiro dia.
14. Deus disse: "Que existam luzeiros no firmamento do céu, para separar o dia da noite e para marcar festas, dias e anos;
15. e sirvam de luzeiros no firmamento do céu para iluminar a terra". E assim se fez.
16. E Deus fez os dois grandes luzeiros: o luzeiro maior para regular o dia, o luzeiro menor para regular a noite, e as estrelas.
17. Deus os colocou no firmamento do céu para iluminar a terra,
18. para regular o dia e a noite e para separar a luz das trevas. E Deus viu que era bom.
19. Houve uma tarde e uma manhã: foi o quarto dia.
20. Deus disse: "Que as águas fiquem cheias de seres vivos e os pássaros voem sobre a terra, sob o firmamento do céu".
21. E Deus criou as baleias e os seres vivos que deslizam e vivem na água, conforme a espécie de cada um, e as aves de asas conforme a espécie de cada uma. E Deus viu que era bom.
22. E Deus os abençoou e disse: "Sejam fecundos, multipliquem-se e encham as águas do mar; e que as aves se multipliquem sobre a terra".
23. Houve uma tarde e uma manhã: foi o quinto dia.
24. Deus disse: "Que a terra produza seres vivos conforme a espécie de cada um: animais domésticos, répteis e feras, cada um conforme a sua espécie". E assim se fez.
25. E Deus fez as feras da terra, cada uma conforme a sua espécie; os animais domésticos, cada um conforme a sua espécie; e os répteis do solo, cada um conforme a sua espécie. E Deus viu que era bom.
26. Então Deus disse: "Façamos o homem à nossa imagem e semelhança. Que ele domine os peixes do mar, as aves do céu, os animais domésticos, todas as feras e todos os répteis que rastejam sobre a terra".
27. E Deus criou o homem à sua imagem; à imagem de Deus ele o criou; e os criou homem e mulher.
28. E Deus os abençoou e lhes disse: "Sejam fecundos, multipliquem-se, encham e submetam a terra; dominem os peixes do mar, as aves do céu e todos os seres vivos que rastejam sobre a terra".
29. E Deus disse: "Vejam! Eu entrego a vocês todas as ervas que produzem semente e estão sobre toda a terra, e todas as árvores em que há frutos que dão semente: tudo isso será alimento para vocês.
30. E para todas as feras, para todas as aves do céu e para todos os seres que rastejam sobre a terra e nos quais há respiração de vida, eu dou a relva como alimento". E assim se fez.
31. E Deus viu tudo o que havia feito, e tudo era muito bom. Houve uma tarde e uma manhã: foi o sexto dia.

[Gênesis 2]Gênesis 2



1. Assim foram concluídos o céu e a terra com todo o seu exército.
2. No sétimo dia, Deus terminou todo o seu trabalho; e no sétimo dia, ele descansou de todo o seu trabalho.
3. Deus então abençoou e santificou o sétimo dia, porque foi nesse dia que Deus descansou de todo o seu trabalho como criador.
4a. Essa é a história da criação do céu e da terra.

A HUMANIDADE É O CENTRO DA CRIAÇÃO
4b. Quando Javé Deus fez a terra e o céu,
5. ainda não havia na terra nenhuma planta do campo, pois no campo ainda não havia brotado nenhuma erva: Javé Deus não tinha feito chover sobre a terra e não havia homem que cultivasse o solo
6. e fizesse subir da terra a água para regar a superfície do solo.
7. Então Javé Deus modelou o homem com a argila do solo, soprou-lhe nas narinas um sopro de vida, e o homem tornou-se um ser vivente.
8. Javé Deus plantou um jardim em Éden, no Oriente, e aí colocou o homem que havia modelado.
9. Javé Deus fez brotar do solo todas as espécies de árvores formosas de ver e boas de comer. Além disso, colocou a árvore da vida no meio do jardim, e também a árvore do conhecimento do bem e do mal.
10. Um rio saía de Éden para regar o jardim, e de lá se dividia em quatro braços.
11. O primeiro chama-se Fison: é aquele que rodeia toda a terra de Hévila, onde existe ouro;
12. e o ouro dessa terra é puro, e nela se encontram também o bdélio e a pedra de ônix.
13. O segundo rio chama-se Geon: ele rodeia toda a terra de Cuch.
14. O terceiro rio chama-se Tigre e corre pelo oriente da Assíria. O quarto rio é o Eufrates.
15. Javé Deus tomou o homem e o colocou no jardim de Éden, para que o cultivasse e guardasse.
16. E Javé Deus ordenou ao homem: "Você pode comer de todas as árvores do jardim.
17. Mas não pode comer da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, com certeza você morrerá".
18. Javé Deus disse: "Não é bom que o homem esteja sozinho. Vou fazer para ele uma auxiliar que lhe seja semelhante".
19. Então Javé Deus formou do solo todas as feras e todas as aves do céu. E as apresentou ao homem para ver com que nome ele as chamaria: cada ser vivo levaria o nome que o homem lhe desse.
20. O homem deu então nome a todos os animais, às aves do céu e a todas as feras. Mas o homem não encontrou uma auxiliar que lhe fosse semelhante.
21. Então Javé Deus fez cair um torpor sobre o homem, e ele dormiu. Tomou então uma costela do homem e no lugar fez crescer carne.
22. Depois, da costela que tinha tirado do homem, Javé Deus modelou uma mulher, e apresentou-a para o homem.
23. Então o homem exclamou: "Esta sim é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque foi tirada do homem!"
24. Por isso, um homem deixa seu pai e sua mãe, e se une à sua mulher, e eles dois se tornam uma só carne.
25. Ora, o homem e sua mulher estavam nus, porém, não sentiam vergonha.

[Gênesis 3]2. AMBIGÜIDADE HUMANA E GRAÇA DE DEUS



Gênesis 3

A ORIGEM DO MAL
1. A serpente era o mais astuto de todos os animais do campo que Javé Deus havia feito. Ela disse para a mulher: "É verdade que Deus disse que vocês não devem comer de

nenhuma árvore do jardim?"


2. A mulher respondeu para a serpente: "Nós podemos comer dos frutos das árvores do jardim.
3. Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, Deus disse: 'Vocês não comerão dele, nem o tocarão, do contrário vocês vão morrer' ".
4. Então a serpente disse para a mulher: "De modo nenhum vocês morrerão.
5. Mas Deus sabe que, no dia em que vocês comerem o fruto, os olhos de vocês vão se abrir, e vocês se tornarão como deuses, conhecedores do bem e do mal".
6. Então a mulher viu que a árvore tentava o apetite, era uma delícia para os olhos e desejável para adquirir discernimento. Pegou o fruto e o comeu; depois o deu também ao marido que estava com ela, e também ele comeu.
7. Então abriram-se os olhos dos dois, e eles perceberam que estavam nus. Entrelaçaram folhas de figueira e fizeram tangas.
8. Em seguida, eles ouviram Javé Deus passeando no jardim à brisa do dia. Então o homem e a mulher se esconderam da presença de Javé Deus, entre as árvores do jardim.
9. Javé Deus chamou o homem: "Onde está você?"
10. O homem respondeu: "Ouvi teus passos no jardim: tive medo, porque estou nu, e me escondi".
11. Javé Deus continuou: "E quem lhe disse que você estava nu? Por acaso você comeu da árvore da qual eu lhe tinha proibido comer?"
12. O homem respondeu: "A mulher que me deste por companheira deu-me o fruto, e eu comi".
13. Javé Deus disse para a mulher: "O que foi que você fez?" A mulher respondeu: "A serpente me enganou, e eu comi".
14. Então Javé Deus disse para a serpente: "Por ter feito isso, você é maldita entre todos os animais domésticos e entre todas as feras. Você se arrastará sobre o ventre e comerá pó todos os dias de sua vida.
15. Eu porei inimizade entre você e a mulher, entre a descendência de você e os descendentes dela. Estes vão lhe esmagar a cabeça, e você ferirá o calcanhar deles".
16. Javé Deus disse então para a mulher: "Vou fazê-la sofrer muito em sua gravidez: entre dores, você dará à luz seus filhos; a paixão vai arrastar você para o marido, e ele a dominará".
17. Javé Deus disse para o homem: "Já que você deu ouvidos à sua mulher e comeu da árvore cujo fruto eu lhe tinha proibido comer, maldita seja a terra por sua causa. Enquanto você viver, você dela se alimentará com fadiga.
18. A terra produzirá para você espinhos e ervas daninhas, e você comerá a erva dos campos.
19. Você comerá seu pão com o suor do seu rosto, até que volte para a terra, pois dela foi tirado. Você é pó, e ao pó voltará".
20. O homem deu à sua mulher o nome de Eva, por ser ela a mãe de todos os que vivem.
21. Javé Deus fez túnicas de pele para o homem e sua mulher, e os vestiu.
22. Depois Javé Deus disse: "O homem se tornou como um de nós, conhecedor do bem e do mal. Que ele, agora, não estenda a mão e colha também da árvore da vida, e coma, e viva para sempre".
23. Então Javé Deus expulsou o homem do jardim de Éden para cultivar o solo de onde fora tirado.
24. Ele expulsou o homem e colocou diante do jardim de Éden os querubins e a espada chamejante, para guardar o caminho da árvore da vida.

[Gênesis 4]Gênesis 4



O ROMPIMENTO DA FRATERNIDADE
1. O homem se uniu a Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz Caim. E disse: "Adquiri um homem com a ajuda de Javé".
2. Depois ela também deu à luz Abel, irmão de Caim. Abel tornou-se pastor de ovelhas e Caim cultivava o solo.
3. Depois de algum tempo, Caim apresentou produtos do solo como oferta a Javé.
4. Abel, por sua vez, ofereceu os primogênitos e a gordura do seu rebanho. Javé gostou de Abel e de sua oferta,
5. e não gostou de Caim e da oferta dele. Caim ficou então muito enfurecido e andava de cabeça baixa.
6. E Javé disse a Caim: "Por que você está enfurecido e anda de cabeça baixa?
7. Se você agisse bem, andaria com a cabeça erguida; mas, se você não age bem, o pecado está junto à porta, como fera acuada, espreitando você. Por acaso, será que você pode dominá-la?"
8. Entretanto, Caim disse a seu irmão Abel: "Vamos sair". E quando estavam no campo, Caim se lançou contra o seu irmão Abel e o matou.
9. Então Javé perguntou a Caim: "Onde está o seu irmão Abel?" Caim respondeu: "Não sei. Por acaso eu sou o guarda do meu irmão?"
10. Javé disse: "O que foi que você fez? Ouço o sangue do seu irmão, clamando da terra para mim.
11. Por isso você é amaldiçoado por essa terra que abriu a boca para receber de suas mãos o sangue do seu irmão.
12. Ainda que você cultive o solo, ele não lhe dará mais o seu produto. Você andará errante e perdido pelo mundo".
13. Caim disse a Javé: "Minha culpa é grave e me atormenta.
14. Se hoje me expulsas do solo fértil, terei de esconder-me de ti, andando errante e perdido pelo mundo; o primeiro que me encontrar, me matará".
15. Javé lhe respondeu: "Quem matar Caim será vingado sete vezes". E Javé colocou um sinal sobre Caim, a fim de que ele não fosse morto por quem o encontrasse.
16. Caim saiu da presença de Javé, e habitou na terra de Nod, a leste de Éden.

PROGRESSO E VIOLÊNCIA
17. Caim se uniu à sua mulher, que concebeu e deu à luz Henoc. Caim construiu uma cidade, e deu à cidade o nome de seu filho Henoc.
18. Henoc gerou Irad, e Irad gerou Maviael; Maviael gerou Matusael, e Matusael gerou Lamec.
19. Lamec tomou para si duas mulheres: a primeira se chamava Ada e a segunda se chamava Sela.
20. Ada deu à luz Jabel, que foi o antepassado dos pastores nômades.
21. Seu irmão se chamava Jubal, que foi o antepassado de todos os tocadores de lira e flauta.
22. Sela, por sua vez, deu à luz Tubalcaim, que foi o antepassado de todos os que forjam ferramentas de bronze e ferro. A irmã de Tubalcaim era Noema.
23. Lamec disse para as suas mulheres: "Ada e Sela, ouçam minha voz; mulheres de Lamec, escutem minha palavra: Por uma ferida, eu matarei um homem, e por uma cicatriz matarei um jovem.
24. Se a vingança de Caim valia por sete, a de Lamec valerá por setenta e sete".
25. Adão se uniu à sua mulher; ela deu então à luz um filho, e lhe deu o nome de Set, dizendo: "Deus me concedeu outro descendente no lugar de Abel, que Caim matou".
26. Set também teve um filho, a quem deu o nome de Enós. Este foi o primeiro a invocar o nome de Javé.

[Gênesis 5]Gênesis 5



A SALVAÇÃO PRESENTE NA HISTÓRIA
1. Lista dos descendentes de Adão: Quando Deus criou Adão, ele o fez à semelhança de Deus.
2. Homem e mulher ele os criou, os abençoou e lhes deu o nome de "Homem", no mesmo dia em que foram criados.
3. Quando Adão completou cento e trinta anos, gerou um filho à sua semelhança e imagem, e lhe deu o nome de Set.
4. O tempo que Adão viveu, depois do nascimento de Set, foi de oitocentos anos, e gerou filhos e filhas.
5. Ao todo, Adão viveu novecentos e trinta anos. E morreu.
6. Quando Set completou cento e cinco anos, gerou Enós.
7. Depois do nascimento de Enós, Set viveu oitocentos e sete anos, e gerou filhos e filhas.
8. Ao todo, Set viveu novecentos e doze anos. E morreu.
9. Quando Enós completou noventa anos, gerou Cainã.
10. Depois do nascimento de Cainã, Enós viveu oitocentos e quinze anos, e gerou filhos e filhas.
11. Ao todo, Enós viveu novecentos e cinco anos. E morreu.
12. Quando Cainã completou setenta anos, gerou Malaleel.
13. Depois do nascimento de Malaleel, Cainã viveu oitocentos e quarenta anos, e gerou filhos e filhas.
14. Ao todo, Cainã viveu novecentos e dez anos. E morreu.
15. Quando Malaleel completou sessenta e cinco anos, gerou Jared.
16. Depois do nascimento de Jared, Malaleel viveu oitocentos e trinta anos, e gerou filhos e filhas.
17. Ao todo, Malaleel viveu oitocentos e noventa e cinco anos. E morreu.
18. Quando Jared completou cento e sessenta e dois anos, gerou Henoc.
19. Depois do nascimento de Henoc, Jared viveu oitocentos anos, e gerou filhos e filhas.
20. Ao todo, Jared viveu novecentos e sessenta e dois anos. E morreu.
21. Quando Henoc completou sessenta e cinco anos, gerou Matusalém.
22. Henoc andou com Deus. Depois do nascimento de Matusalém, Henoc viveu trezentos anos, e gerou filhos e filhas.
23. Ao todo, Henoc viveu trezentos e sessenta e cinco anos.
24. Henoc andou com Deus e desapareceu, porque Deus o arrebatou.
25. Quando Matusalém completou cento e oitenta e sete anos, gerou Lamec.
26. Depois do nascimento de Lamec, Matusalém viveu setecentos e oitenta e dois anos, e gerou filhos e filhas.
27. Ao todo, Matusalém viveu novecentos e sessenta e nove anos. E morreu.
28. Quando Lamec completou cento e oitenta e dois anos, gerou um filho.
29. Deu-lhe o nome de Noé, dizendo: "Este nos consolará do trabalho e do cansaço de nossas mãos, causados pela terra que Javé amaldiçoou".
30. Depois do nascimento de Noé, Lamec viveu quinhentos e noventa e cinco anos, e gerou filhos e filhas.
31. Ao todo, Lamec viveu setecentos e setenta e sete anos. E morreu.
32. Quando Noé completou quinhentos anos, gerou Sem, Cam e Jafé.

[Gênesis 6]Gênesis 6



O AUGE DA CORRUPÇÃO
1. Quando os homens se multiplicaram sobre a terra e geraram filhas,
2. os filhos de Deus viram que as filhas dos homens eram belas, e escolheram como esposas todas aquelas que lhes agradaram.
3. Javé disse: "Meu sopro de vida não permanecerá para sempre no homem, pois ele é carne, e não viverá mais do que cento e vinte anos".
4. Nesse tempo - isto é, quando os filhos de Deus se uniram com as filhas dos homens e geraram filhos - os gigantes habitavam a terra. Esses foram os heróis famosos dos tempos antigos.
5. Javé viu que a maldade do homem crescia na terra e que todo projeto do coração humano era sempre mau.
6. Então Javé se arrependeu de ter feito o homem sobre a terra, e seu coração ficou magoado.
7. E Javé disse: "Vou exterminar da face da terra os homens que criei, e junto também os animais, os répteis e as aves do céu, porque me arrependo de os ter feito".
8. Noé, porém, encontrou graça aos olhos de Javé.

O JUSTO PRESERVA A VIDA
9. Eis a história de Noé. Noé era um homem justo, íntegro entre seus contemporâneos, e andava com Deus.
10. Noé gerou três filhos: Sem, Cam e Jafé.
11. A terra se corrompera diante de Deus e estava cheia de violência.
12. Deus viu a terra corrompida, porque todo homem da terra tinha se corrompido em seu comportamento.
13. Então Deus disse a Noé: "Para mim, chegou o fim de todos os homens, porque a terra está cheia de violência por causa deles. Vou destruí-los junto com a terra.
14. Faça para você uma arca de madeira resinosa; divida em compartimentos e calafete com piche, por dentro e por fora.
15. A arca deverá ter as seguintes dimensões: cento e cinqüenta metros de comprimento, vinte e cinco de largura e quinze de altura.
16. No alto da arca, faça uma clarabóia de meio metro, como arremate. Faça a entrada da arca pelo lado; e faça a arca em três andares superpostos.
17. Eu vou mandar o dilúvio sobre a terra, para exterminar todo ser vivo que respira debaixo do céu: tudo o que há na terra vai perecer.
18. Mas com você eu vou estabelecer a minha aliança, e você entrará na arca com sua mulher, seus filhos e as mulheres de seus filhos.
19. Tome um casal de cada ser vivo, isto é, macho e fêmea, e coloque-os na arca, para que conservem a vida juntamente com você.
20. De cada espécie de aves, de cada espécie de animais, de cada espécie de todos os répteis da terra, tome com você um casal, para os conservar vivos.
21. Quanto a você, ajunte e armazene todo tipo de alimento; isso vai servir de alimento para você e para eles".
22. E Noé fez tudo como Deus havia mandado.

[Gênesis 7]Gênesis 7



1. Javé disse a Noé: "Entre na arca com toda a sua família, porque você é o único justo que encontrei nesta geração.
2. Tome sete pares, o macho e a fêmea, de todos os animais puros; tome um casal, o macho e a fêmea, dos animais que não são puros;
3. e tome também sete pares, macho e fêmea, das aves do céu, para perpetuarem a espécie sobre toda a terra.
4. Porque eu, daqui a sete dias, farei chover sobre a terra durante quarenta dias e quarenta noites, e eliminarei da face da terra todos os seres que eu fiz".
5. E Noé fez tudo como Javé havia mandado.

O RETORNO AO CAOS
6. Noé tinha seiscentos anos quando o dilúvio veio sobre a terra.
7. Noé, com seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos, entrou na arca para escapar das águas do dilúvio.
8. Dos animais puros e impuros, das aves e dos répteis,
9. entrou um casal, macho e fêmea, na arca de Noé, conforme Deus havia ordenado a Noé.
10. Depois de sete dias, veio o dilúvio sobre a terra.
11. Noé tinha seiscentos anos quando se arrebentaram as fontes do oceano e se abriram as comportas do céu. Era exatamente o décimo sétimo dia do segundo mês.
12. E a chuva caiu sobre a terra durante quarenta dias e quarenta noites.
13. Nesse mesmo dia, entraram na arca Noé e seus filhos Sem, Cam e Jafé, com a mulher de Noé e as três mulheres de seus filhos;
14. e, com eles, as feras de toda espécie, animais domésticos de toda espécie, répteis de toda espécie, pássaros de toda espécie, todas as aves, tudo o que tem asas.
15. Com Noé entrou na arca um casal de tudo o que é criatura que tem sopro de vida;
16. e os que entraram, eram um macho e uma fêmea de cada ser vivo, conforme Deus havia ordenado. E Javé fechou a porta por fora.
17. Durante quarenta dias caiu o dilúvio sobre a terra. As águas subiram e ergueram a arca, que ficou acima da terra.
18. As águas subiram e cresceram muito sobre a terra. E a arca flutuava sobre as águas.
19. As águas subiam cada vez mais sobre a terra, até cobrirem as montanhas mais altas que há debaixo do céu.
20. A água alcançou a altura de sete metros e meio acima das montanhas.
21. Pereceram todos os seres vivos que se movem sobre a terra: aves, animais domésticos, feras, tudo o que vive sobre a terra e todos os homens.
22. Morreu então tudo o que tinha sopro de vida nas narinas, isto é, tudo o que estava em terra firme.
23. Desapareceram todos os seres que estavam no solo, desde o homem até os animais, os répteis e as aves do céu. Foram todos extintos da terra. Ficou somente Noé e os que com ele estavam na arca.
24. E a enchente encobriu a terra durante cento e cinqüenta dias.

[Gênesis 8]Gênesis 8



A NOVA CRIAÇÃO
1. Então Deus se lembrou de Noé e de todas as feras e animais domésticos que estavam com ele na arca. Deus fez soprar um vento sobre a terra, e as águas baixaram.
2. As fontes do oceano e as comportas do céu se fecharam, a chuva parou de cair,
3. e as águas, pouco a pouco, se retiraram da terra. As águas se retiraram depois de cento e cinqüenta dias.
4. No décimo sétimo dia do sétimo mês, a arca encalhou sobre os montes de Ararat.
5. E as águas continuaram escoando até o décimo mês, e no primeiro dia do décimo mês apareceram os picos das montanhas.
6. No fim de quarenta dias, Noé abriu a clarabóia que tinha feito na arca,
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   197


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal