Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO


O pobre é honrado por seu saber, e o rico por suas riquezas. 31



Baixar 5.7 Mb.
Página102/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   98   99   100   101   102   103   104   105   ...   197

30. O pobre é honrado por seu saber, e o rico por suas riquezas.
31. Quem é honrado na pobreza mais ainda o será na riqueza. Quem é desprezado na riqueza mais ainda o será na pobreza.

[Eclesiástico 11]Eclesiástico 11



AS APARÊNCIAS ENGANAM
1. A sabedoria do pobre o faz andar de cabeça erguida, e lhe permite sentar-se entre os grandes.
2. Não elogie um homem por sua beleza, nem deteste uma pessoa por sua aparência.
3. A abelha é pequena entre os seres que voam, mas o que ela produz é o que há de mais doce.
4. Não fique envaidecido por causa das roupas que você usa, nem se torne soberbo nos dias gloriosos, porque as obras do Senhor são admiráveis, mas permanecem ocultas aos homens.
5. Muitos soberbos acabaram por sentar-se no chão, e um desconhecido recebeu a coroa deles.
6. Muitos poderosos foram profundamente humilhados, e muitos homens ilustres caíram em poder de outros.

NÃO DAR PASSO MAIOR DO QUE A PERNA
7. Não critique antes de verificar; examine primeiro, para depois julgar.
8. Não responda antes de escutar, e não interrompa a conversa.
9. Não brigue por alguma coisa que não diz respeito a você, nem se meta em briga de pecadores.
10. Meu filho, não se encha de coisas para fazer. Se exagerar, acabará cometendo erros; e mesmo se correr, não chegará, nem fugindo conseguirá escapar.
11. Há pessoas que trabalham, se afadigam e se atropelam e, apesar de tudo, estão sempre atrasadas.

PERSEVERANÇA CONFIANTE
12. Existem pessoas fracas e necessitadas de ajuda, carentes de bens e ricas de miséria. O Senhor, porém, olha para elas com benevolência e as reergue da miséria,
13. fazendo-as ficar de cabeça erguida, a tal ponto que muitos se admiram.
14. Bem e mal, vida e morte, pobreza e riqueza, tudo provém do Senhor.
15. Sabedoria, bom senso e conhecimento da Lei vêm do Senhor, e dele procedem o amor e a prática das boas obras.
16. O erro e as trevas foram criados para os pecadores; e os que gostam do mal, no mal envelhecem.
17. O dom do Senhor é reservado para os justos, e o seu favor sempre os conduz.
18. Há quem se enriquece por meio de privação e economia, e acaba ganhando isto:
19. Quando ele pensa que já pode descansar e aproveitar seus bens, não sabe que logo vai chegar o tempo de morrer e deixar tudo para os outros.
20. Persevere em sua tarefa, faça dela a sua vida, e envelheça cumprindo o seu dever.
21. Não admire o que o pecador faz. Confie no Senhor e persevere na fadiga, pois é fácil para o Senhor enriquecer um pobre de repente.
22. A bênção do Senhor é a recompensa para quem é fiel, e a bênção dele floresce num instante.
23. Não diga: "Do que é que eu preciso? O que ainda me falta?"
24. Não diga: "Tenho tudo o que preciso. Que desgraça me pode acontecer?"
25. No tempo da prosperidade, a pessoa se esquece da desgraça, e no tempo da desgraça nem se lembra da prosperidade.
26. É fácil para o Senhor, na hora da morte, pagar ao homem conforme a conduta de cada um.
27. A infelicidade de um momento faz esquecer o bem-estar, e é na hora da morte que as obras de um homem se manifestam.
28. Não proclame feliz uma pessoa antes que ela morra, pois é somente no fim que se conhece o homem.

PROTEGER A PRÓPRIA FAMÍLIA
29. Não introduza qualquer pessoa em sua casa, porque são muitas as ciladas do fraudulento.
30. O coração do orgulhoso é como a perdiz que serve de isca na gaiola: como espião, ele fica esperando que você caia em ruína.
31. Ele arma ciladas, transformando o bem em mal, e encontra defeitos até mesmo nas melhores coisas.
32. Como a faísca acende um grande braseiro, o homem perverso tem sede de sangue.
33. Cuidado com o perverso, pois ele trama o mal: ele poderá sujar para sempre o nome que você tem.
34. Hospede o estrangeiro, e ele provocará desordens, transformando você num estranho para seus próprios familiares.

[Eclesiástico 12]Eclesiástico 12



NÃO AJUDAR O DOMINADOR
1. Se você faz o bem, saiba a quem, e assim terá recompensa pelo benefício que fez.
2. Faça o bem ao justo, e você será recompensado, ou por ele ou pelo Altíssimo.
3. Não existe recompensa para quem persevera no mal e se recusa a dar esmola.
4. Ajude o homem fiel, e nunca o pecador.
5. Faça o bem ao pobre, mas não dê nada ao injusto. Recuse dar-lhe pão, e não o ajude em nada, para que ele não tire proveito às custas de você, que acabará encontrando o dobro de males por todos os benefícios que tiver feito a ele.
6. O próprio Altíssimo detesta os pecadores, e inflige aos injustos o castigo que eles merecem.
7. Ajude o homem bom, e não o pecador.

DISCERNIR A VERDADEIRA AMIZADE
8. O amigo não se revela na prosperidade, nem o inimigo se esconde no tempo da desgraça.
9. Quando alguém prospera, os inimigos ficam tristes, mas quando alguém cai na desgraça, até o amigo vai embora.
10. Jamais confie no inimigo, pois a sua maldade é metal que enferruja.
11. Mesmo que ele se abaixe e faça muitos cumprimentos, tome cuidado e desconfie dele; comporte-se com ele como quem limpa o espelho, e você perceberá que a ferrugem dele não resiste por muito tempo.
12. Não o coloque ao seu lado, para que ele não empurre você e ocupe o seu lugar; não o coloque sentado à sua direita, para que ele não procure ocupar a sua cadeira. Caso contrário, tarde demais você verá que eu tenho razão, e ficará arrependido por não ter ouvido os meus conselhos.
13. Quem vai ter dó de um encantador que é mordido pela serpente e de todos os que domam feras?
14. É o que acontece com quem se associa a um pecador e se envolve nos pecados dele.
15. Por um instante, ficará com você, mas quando você tropeça, ele não lhe dá apoio.
16. O inimigo tem lábios doces, mas no coração planeja como jogar você no buraco. O inimigo tem lágrimas nos olhos, mas na primeira ocasião lhe beberá até o sangue.
17. Se acontecer a você uma desgraça, ele será o primeiro a chegar e, com a desculpa de ajudar, pegará você pelo pé.
18. Ele vai sacudir a cabeça e agitar as mãos, mas logo depois fará mexericos e voltará as costas.

[Eclesiástico 13]Eclesiástico 13



CUIDADO COM OS RICOS!
1. Quem mexe com piche, acaba se sujando, e quem freqüenta o orgulhoso, torna-se como ele.
2. Não levante peso muito grande para você, e não conviva com alguém mais forte ou mais rico que você. Pode, por acaso, a panela de barro se juntar com a panela de ferro? Haverá um choque, e a primeira se quebrará.
3. O rico comete injustiça, e ainda ameaça; o pobre é injustiçado, e ainda precisa pedir desculpas.
4. Enquanto você for útil, o rico o explorará, mas quando você precisar, ele o abandonará.
5. Se você possuir bens, ele viverá com você, e o explorará sem remorso.
6. Enquanto ele precisar, enganará você, sorrirá e lhe dará esperanças. Dirá coisas bonitas e perguntará: "Do que você precisa?"
7. Fará você ficar envergonhado nos banquetes dele, até despojá-lo por duas ou três vezes. Por fim, vendo você, passará adiante e sacudirá contra você a cabeça.

CUIDADO COM OS PODEROSOS!
8. Cuidado para não enganarem você, e para não ficar humilhado por sua própria falta de bom senso.
9. Quando um poderoso o convidar, recuse com alguma desculpa, e ele o convidará com maior insistência.
10. Não se entusiasme muito para depois não ser rejeitado, nem se mantenha muito distante, para não ser esquecido.
11. Não se dirija a ele de igual para igual, nem acredite em suas muitas palavras:
12. com seu palavreado, ele põe você à prova e, mesmo sorrindo, ele o está examinando.
13. Ele não guardará os segredos que você lhe confiar, e não o poupará de maus tratos e correntes.
14. Tenha cuidado e preste atenção, porque você está caminhando na beira do precipício.

O PERIGO DO PRECONCEITO
15. Todo animal gosta do seu semelhante, e todo homem gosta do seu próximo.
16. Todo animal se une com os de sua espécie, e todo homem se associa com seu semelhante.
17. O que há de comum entre o lobo e o cordeiro? A mesma coisa acontece entre o pecador e o fiel.
18. Que paz pode haver entre a hiena e o cão? E que paz pode haver entre o rico e o pobre?
19. Os leões caçam os asnos selvagens, e os ricos caçam os pobres.
20. Para o orgulhoso a humildade é humilhação, e para o rico o pobre é detestável.
21. Quando o rico tropeça, seus amigos o sustentam; quando o pobre cai, seus amigos o rejeitam.
22. Quando o rico comete um erro, muitos o defendem; e se ele diz tolices, os outros o aprovam. Quando o pobre erra, todos o condenam; e quando fala com bom senso, ninguém o escuta.
23. Quando o rico fala, todos se calam e elevam até às nuvens o seu talento; quando o pobre fala, as pessoas perguntam: "Quem é esse fulano?" E quando tropeça, o ajudam a cair.
24. A riqueza é boa quando nela não há pecado; mas a pobreza é má, na opinião do injusto.

A VERDADEIRA FELICIDADE
25. A consciência do homem modifica as feições do seu rosto, tanto para o bem quanto para o mal.
26. Rosto alegre é sinal de bom coração, mas inventar provérbios é trabalho fatigante.

[Eclesiástico 14]Eclesiástico 14



1. Feliz o homem que não pecou por palavras e não é atormentado pelo remorso dos pecados.
2. Feliz quem não é acusado por sua consciência e quem não perdeu a esperança.

USAR E REPARTIR OS BENS
3. A riqueza não convém para o homem mesquinho, nem grandes bens para o homem invejoso.
4. Quem se priva para acumular, ajunta para os outros. Serão outros que desfrutarão seus bens.
5. Quem é mau para si mesmo, com quem será bom? Não aproveita nem mesmo os seus próprios bens.
6. Ninguém é pior do que aquele que maltrata a si mesmo. Essa é a recompensa de sua própria maldade.
7. Se faz o bem é por distração, mas no fim mostrará a sua maldade.
8. Mau é o homem de olhar invejoso, que vira o rosto e despreza a vida dos outros.
9. O avarento não se satisfaz com uma parte apenas, pois a avidez insana resseca-lhe a alma.
10. O avarento é cioso do seu pão e mesquinho em sua própria mesa.
11. Meu filho, trate-se bem na medida do possível, e apresente ao Senhor as ofertas que deve a ele.
12. Lembre-se: a morte não tarda, e você não sabe a que horas ela vai chegar.
13. Antes de morrer, faça o bem ao amigo e reparta com ele conforme o que você possui.
14. Não se prive de um dia feliz, nem deixe escapar um desejo legítimo.
15. Por acaso você não vai deixar para outros o fruto de suas fadigas, e não vai ficar para os herdeiros o fruto de seus sacrifícios?
16. Dê e receba, e divirta-se, porque no mundo dos mortos não existe alegria.
17. Todo corpo envelhece como roupa, porque a morte é uma lei eterna.
18. As folhas verdes em árvore frondosa caem ou brotam. O mesmo acontece com as gerações humanas: uns morrem, outros nascem.
19. Toda obra perecível desaparece, e aquele que a fez irá com ela.

A EXPERIÊNCIA DA SABEDORIA
20. Feliz o homem que se dedica à sabedoria, que reflete com inteligência,
21. que medita no coração sobre os caminhos da sabedoria e com a mente penetra os segredos dela.
22. Ele a persegue como caçador e põe-se de espreita em seus caminhos.
23. Ele se inclina para olhar por suas janelas e escuta junto às suas portas.
24. Ele pára perto da casa da sabedoria e fixa o prego nas suas paredes.
25. Ele arma a tenda junto a ela, e acampa na moradia da felicidade.
26. Ele coloca seus filhos sob a proteção dela e se abriga debaixo de seus ramos.
27. Ela o protege do calor, e ele habita à sombra de sua glória.

[Eclesiástico 15]Eclesiástico 15



1. Assim age quem teme ao Senhor, e quem é fiel à Lei alcançará a sabedoria.
2. A lei irá ao seu encontro como mãe, e o acolherá como jovem esposa.
3. Ela o alimentará com o pão da inteligência e o saciará com a água da sabedoria.
4. Ele se apoiará nela, e não vacilará. Nela confiará, e não será confundido.
5. Ela o elevará acima de seus companheiros e o fará falar no meio da assembléia.
6. Ele ficará contente, terá uma coroa de alegria e alcançará fama duradoura.
7. Os insensatos nunca alcançarão a sabedoria, e os pecadores jamais a contemplarão.
8. Ela está longe do orgulhoso, e os mentirosos nem a percebem.
9. O louvor destoa na boca dos pecadores, porque não lhes foi concedido pelo Senhor.
10. Porque, de fato, é na sabedoria que se exprime o louvor, e é o Senhor quem o inspira.

DEUS CRIOU O HOMEM PARA A LIBERDADE
11. Não diga: "Eu me afastei por culpa do Senhor". Porque Deus não faz aquilo que ele próprio detesta.
12. Não diga: "Foi ele quem me fez desviar". Porque Deus não tem necessidade do pecador.
13. O Senhor detesta qualquer tipo de abominação, e nenhuma delas é desejada por quem teme ao Senhor.
14. Desde o princípio, Deus criou o homem e o entregou ao poder de suas próprias decisões.
15. Se você quiser, observará os mandamentos, e sua fidelidade vai depender da boa vontade que você mesmo tiver.
16. Ele pôs você diante do fogo e da água, e você poderá estender a mão para aquilo que quiser.
17. A vida e a morte estão diante dos homens, e a cada um será dado o que cada um escolher.
18. De fato, a sabedoria do Senhor é grande, pois ele é Todo-poderoso e tudo vê.
19. Seus olhos estão sobre aqueles que o temem, e ele conhece cada ação que o homem realiza.
20. Ele não mandou ninguém se tornar injusto e a ninguém deu permissão para pecar.

[Eclesiástico 16]Eclesiástico 16



DEUS JULGA O HOMEM
1. Não deseje ter muitos filhos, para serem inúteis, nem fique alegre com filhos injustos.
2. Ainda que eles se multipliquem, não fique alegre, se neles não houver o temor do Senhor.
3. Não confie na longa vida deles, nem se apóie no seu grande número, porque é preferível ter apenas um, a ter mil, e morrer sem filhos a ter filhos injustos.
4. A cidade poderá ser repovoada por meio de uma só pessoa de bom senso, enquanto a raça dos injustos será destruída.
5. Meu olho já viu muitas coisas desse tipo e meu ouvido já ouviu coisas mais espantosas ainda.
6. Na assembléia dos pecadores um fogo se acende, e a cólera de Deus se acende contra um povo rebelde.
7. Deus não perdoou os gigantes de outrora, que se revoltaram, prevalecendo-se de suas próprias forças.
8. Ele não poupou os concidadãos de Ló, mas os detestou por causa do orgulho deles.
9. Não teve compaixão de um povo que foi destinado à destruição, por causa do orgulho de seus pecados.
10. Assim ele tratou os seiscentos mil soldados que se uniram na própria arrogância.
11. Mesmo que houvesse um só homem obstinado, seria estranho se ficasse sem castigo.
12. Pois a misericórdia e a ira pertencem ao Senhor, poderoso quando perdoa e quando derrama a ira.
13. Sua misericórdia é tão grande quanto o seu castigo, e ele julga o homem conforme as obras de cada um.
14. O pecador não fugirá com o seu roubo, e a paciência do fiel não ficará frustrada.
15. Todo aquele que dá esmola terá uma recompensa, e cada um será tratado segundo as próprias ações.

DE DEUS NINGUÉM FOGE
16. Não diga: "Vou me esconder do Senhor. Lá de cima, quem se lembrará de mim?
17. No meio de tanta gente, quem me reconhecerá? Quem sou eu nesta imensa criação?"
18. Veja bem! O céu, o mais alto do céu, o abismo e a terra, tudo isso treme diante da visita de Deus.
19. Os montes e os alicerces da terra se abalam de pavor quando Deus olha para eles.
20. Mas ninguém reflete sobre essas coisas. Quem faz caso do modo de agir dele?
21. Assim como o furacão que ninguém vê, a maior parte das obras de Deus fica escondida.
22. "Quem anunciará as obras da justiça de Deus, ou quem esperará por elas? A aliança, de fato, está longe".
23. Assim pensa o homem de mente curta; o insensato que se transvia só pensa loucuras.

A GRANDEZA DA CRIAÇÃO
24. Escute-me, filho, e aprenda a ciência. Aplique sua mente aos meus conselhos.
25. Vou apresentar a minha instrução de maneira precisa, e com exatidão anunciarei a ciência.
26. No princípio, o Senhor criou as suas obras e, depois de havê-las feito, colocou cada uma em seu lugar.
27. Fixou uma ordem eterna para suas obras, desde a origem delas até o seu futuro longínquo. Elas não têm fome e não se cansam, e nunca abandonam suas atividades.
28. Nenhuma delas jamais se choca com a outra, e nunca desobedecem ao comando dele.
29. Depois disso, o Senhor olhou para a terra e com seus bens a encheu.
30. Cobriu a superfície dela com todo tipo de animais, e eles voltarão para ela.

[Eclesiástico 17]Eclesiástico 17



1. Da terra o Senhor criou o homem, e para ela o faz voltar novamente.
2. Concedeu aos homens dias contados e tempo medido, e deu-lhes poder sobre todas as coisas que existem na terra.
3. Revestiu-os com a sua própria força e os criou à sua imagem.
4. Infundiu em todos os seres vivos o temor para com os homens, para que estes dominassem as feras e pássaros.
5. Deu-lhes discernimento, língua, olhos, ouvidos e mente para pensar.
6. Encheu-os de ciência e inteligência, e também mostrou-lhes o bem e o mal.
7. Infundiu o seu temor na consciência deles, para mostrar-lhes a grandeza de suas obras.
8. Eles louvarão o seu nome santo, cantando a grandeza de suas obras.
9. Concedeu aos homens a ciência e lhes entregou como herança a lei da vida.
10. Fez com eles uma aliança eterna e deu-lhes a conhecer suas sentenças.
11. Os olhos dos homens contemplaram a grandeza da glória de Deus, e seus ouvidos ouviram a majestade de sua voz.
12. E disse a eles: "Cuidado para não cometer injustiça!" E ordenou que cada um se preocupasse com o próximo.

O SENHOR DA HISTÓRIA
13. Os caminhos dos homens estão sempre diante de Deus, e não ficam escondidos aos olhos dele.
14. Para cada povo estabeleceu um chefe, mas Israel é a porção do Senhor.
15. Todas as ações dos homens estão diante dele como o sol, e seus olhos observam continuamente a conduta deles.
16. As injustiças que cometem não lhe ficam escondidas, e todos os pecados deles estão diante do Senhor.
17. A esmola que o homem faz é para ele mesmo um selo, e ele conserva uma boa obra como a pupila do próprio olho.
18. Por fim, Deus se levantará para lhes dar a recompensa, devolvendo a cada um o que cada um merece.
19. A quem se arrepende, ele oferece o retorno, e reconforta os que perderam a esperança.

CONVERTER-SE E LOUVAR A DEUS
20. Converta-se ao Senhor e abandone o pecado. Suplique diante dele e reduza a ofensa que você lhe fez.
21. Volte para o Altíssimo, vire as costas para a injustiça e deteste profundamente aquilo que ele abomina.
22. Quem louvará o Altíssimo na mansão dos mortos, em lugar dos vivos e de todos os que o glorificam?
23. Os mortos não existem mais e já não louvam; só louva ao Senhor quem tem vida e saúde.
24. Como é grande a misericórdia do Senhor, e o seu perdão para todos os que se convertem para ele!
25. O homem não pode ter tudo, pois o ser humano não é imortal.
26. Nada é mais luminoso que o sol. Todavia, também ele desaparece. O homem, que é carne e sangue, planeja o mal.
27. Deus passa revista ao exército celeste, e os homens são apenas terra e cinza.

[Eclesiástico 18]Eclesiástico 18



1. Aquele que vive para sempre criou o universo inteiro.
2. Somente o Senhor é justo.
3. A ninguém é possível anunciar as obras dele. E quem é capaz de lhe investigar as grandezas?
4. Quem poderá medir o poder da majestade dele? Quem ousará contar seus feitos de misericórdia?
5. Não há nada para tirar e nada para acrescentar. Não é possível investigar as maravilhas do Senhor.
6. Quando alguém chega ao fim, está apenas começando; e quando pára, então fica perplexo.

O QUE É O HOMEM?
7. O que é o homem, e para que serve? Qual é o seu bem e qual é o seu mal?
8. A duração de sua vida é de cem anos no máximo.
9. Como gota no mar e grão na areia, tais são os seus poucos anos frente a um dia da eternidade.
10. É por isso que o Senhor tem paciência com os homens, e derrama sobre eles a sua misericórdia.
11. Ele vê e reconhece que o fim deles é miserável, e por isso multiplica para eles o seu perdão.
12. A misericórdia do homem é para o seu próximo, porém a misericórdia do Senhor é para todos os seres vivos.
13. Ele repreende, corrige, ensina e dirige, como o pastor conduz o seu rebanho.
14. Ele tem compaixão dos que aceitam a correção, e dos que se esforçam para lhe cumprir os mandamentos.

AGIR COM GENEROSIDADE
15. Meu filho, quando você faz um favor, não repreenda, nem ofenda com palavras ao dar esmola.
16. O orvalho abranda o calor, e a palavra é melhor que o presente.
17. De fato, não vale mais a palavra que o presente? O homem generoso oferece as duas coisas.
18. O insensato reprova sem usar tato, e o presente dado de má vontade faz chorar.

É MELHOR PREVENIR DO QUE REMEDIAR
19. Aprenda antes de falar, e cuide-se para não ficar doente.
20. Examine a si mesmo antes do julgamento e, no momento da sentença, você encontrará perdão.
21. Humilhe-se para não ficar doente, e quando pecar arrependa-se.
22. Que nada impeça você de cumprir logo uma promessa; não espere até à morte para cumpri-la.
23. Prepare-se antes de fazer uma promessa, para não ser como alguém que tenta o Senhor.
24. Lembre-se da ira que virá nos últimos dias, no tempo da vingança, quando Deus desviar o rosto.
25. No tempo da abundância, lembre-se da carestia; nos dias de riqueza, lembre-se da pobreza e da miséria.
26. Entre o amanhecer e a tarde, o tempo muda, e tudo é passageiro diante do Senhor.
27. O homem sábio sempre age com cautela, e evita a negligência quando o pecado se espalha.
28. Todo homem de bom senso conhece a sabedoria, e presta homenagem àquele que a encontrou.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   98   99   100   101   102   103   104   105   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal