Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO


Mulher habilidosa é alegria para o marido, que viverá em paz por toda a vida. 3



Baixar 5.7 Mb.
Página104/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   100   101   102   103   104   105   106   107   ...   197

2. Mulher habilidosa é alegria para o marido, que viverá em paz por toda a vida.
3. Uma boa mulher é uma sorte grande, que será dada aos que temem ao Senhor.
4. Rico ou pobre, estará contente e terá sempre rosto alegre.
5. Meu coração teme três coisas, e uma quarta me assusta: calúnia espalhada pela cidade, revolta do povo e acusação falsa. Tudo isso é pior que a morte.
6. Mas a mulher ciumenta de uma rival causa grande dor e aflição. E a praga da língua é o ponto comum de todas essas coisas.
7. Mulher má é canga de boi mal ajeitada, e querer dominá-la é como pegar escorpião.
8. Mulher embriagada provoca indignação, e não consegue esconder a sua inconveniência.
9. A má conduta da mulher se manifesta na excitação dos olhos, e se reconhece pelas pálpebras.
10. Reforce a vigilância sobre a filha impetuosa, para que ela não se aproveite da fraqueza que você tem.
11. Cuidado com os olhos desavergonhados dela, e não estranhe que ofenda você.
12. Como viajante sedento, ela abre a boca e bebe qualquer água que encontra; ela se assenta diante de qualquer estaca e abre a aljava para qualquer flecha.
13. Mulher graciosa alegra o marido, e com seu saber o fortalece.
14. Mulher discreta é dom do Senhor, e mulher bem-educada não tem preço.
15. Mulher modesta duplica seu encanto, e não há valor que pague a mulher casta.
16. Como o sol levantando-se sobre as montanhas do Senhor, assim é a beleza da mulher em sua casa bem arrumada.
17. Como lâmpada brilhando no candelabro sagrado, tal é a beleza do rosto num corpo bem acabado.
18. Colunas de ouro sobre bases de prata, assim são as belas pernas sobre sólidos pés.

A CORRUPÇÃO DO JUSTO
19. Duas coisas me entristecem e uma terceira me dá raiva: o soldado reduzido à miséria, homens sábios tratados com desprezo, e aquele que passa da justiça para o pecado: a este o Senhor o entregará à morte pela espada.

O LUCRO É FONTE DE INJUSTIÇAS
20. Dificilmente um comerciante fica isento de culpa e um negociante fica livre de pecado.

[Eclesiástico 27]Eclesiástico 27



1. Muitos pecam por amor ao lucro, e quem busca enriquecer-se age sem escrúpulos.
2. Entre as junturas das pedras finca-se a estaca, e entre a compra e a venda o pecado se infiltra.
3. Se a pessoa não se agarra com firmeza ao temor do Senhor, sua casa logo será destruída.

PENSAR ANTES DE FALAR
4. Sacudindo a peneira, ficam os restos, e quando a pessoa discute aparecem seus defeitos.
5. O forno prova os vasos do oleiro, e a prova do homem está no seu raciocínio.
6. O fruto da árvore mostra como ela foi cultivada, e a palavra revela o íntimo do homem.
7. Nunca elogie um homem antes que ele fale, porque o falar prova quem são as pessoas.

A PRÁTICA DA JUSTIÇA
8. Se você procura a justiça, certamente a encontrará, e se revestirá dela como roupa de festa.
9. Cada passarinho se aninha com outros da mesma espécie, e a verdade volta para aqueles que a praticam.
10. O leão espreita a presa, e o pecado espreita aqueles que praticam a injustiça.

VIVENDO E APRENDENDO
11. O homem fiel fala sempre com sabedoria, mas o insensato muda como a lua.
12. Meça o tempo quando estiver entre os insensatos, mas demore-se quando estiver entre os sábios.
13. A conversa dos insensatos é detestável, e o riso deles é orgia de pecado.
14. A conversa de quem vive jurando eriça os cabelos, e suas discussões obrigam a tapar os ouvidos.
15. A briga dos orgulhosos faz derramar sangue, e os insultos que eles fazem machucam os ouvidos.

AMIZADE É RELAÇÃO SAGRADA
16. Quem revela o segredo destrói a confiança, e nunca mais encontrará um amigo íntimo.
17. Ame o seu amigo e seja fiel a ele. Contudo, se você revelou os segredos dele, não o procure mais.
18. Porque, assim como se perde uma pessoa que morre, da mesma forma você perdeu a amizade do seu próximo.
19. Como pássaro que escapa da mão, você deixou escapar seu amigo, e não conseguirá mais apanhá-lo.
20. Não vá atrás, pois ele já foi para longe, fugindo como gazela que escapou da armadilha.
21. Uma ferida pode ser curada, e pode-se perdoar um insulto, mas para quem revelou segredos não há mais esperança.
22. Quem pisca um olho está planejando maldade, mas quem o conhece afasta-se dele.
23. Na frente de você, ele fala com delicadeza e elogia o que você diz, mas, por detrás ele fala diferente, e arma ciladas com as mesmas palavras que você disse.
24. Eu detesto muitas coisas, e a esse tal muito mais, e também o Senhor o detesta.

O MAL PREJUDICA O MAU
25. Jogue uma pedra para o

alto, e ela cairá em sua própria cabeça; dê um golpe por traição, e você receberá o golpe de volta.


26. Quem cava um buraco, nele cairá; quem prepara uma armadilha, ficará preso nela.
27. O mal se volta contra quem o pratica, e sem que a pessoa saiba de onde ele vem.
28. Sarcasmo e ultraje são próprios do soberbo, mas a vingança o espreita como leão.
29. Os que se alegram com a queda dos fiéis serão apanhados na própria armadilha e, antes de morrer, a dor os consumirá.

PERDOE, E VOCÊ SERÁ PERDOADO
30. Rancor e cólera são coisas abomináveis, mas o pecador as conserva.

[Eclesiástico 28]Eclesiástico 28



1. Quem se vinga sofrerá a vingança do Senhor, que severamente lhe pedirá contas de seus pecados.
2. Perdoe a injustiça que o seu próximo cometeu e, quando você pedir, Deus também perdoará os pecados que você tiver cometido.
3. Se um homem guarda rancor contra outro, como poderá pedir que Deus o cure?
4. Se não usa de misericórdia para com o seu semelhante, como se atreve a pedir perdão de seus próprios pecados?
5. Se ele, que é carne, guarda rancor, quem perdoará os seus pecados?
6. Lembre-se do seu fim, e pare de odiar. Lembre-se da corrupção e da morte, e persevere nos mandamentos.
7. Lembre-se dos mandamentos, e não guarde rancor contra o seu próximo. Lembre-se da aliança com o Altíssimo, e não leve em conta a ofensa que fizeram a você.

BRIGA É OCASIÃO DE PECADO
8. Fique longe das discussões, e você evitará o pecado, porque o homem raivoso atiça a briga.
9. O homem pecador provoca discórdia entre os amigos e desavença entre os que vivem em paz.
10. Quanto mais lenha, tanto mais arde o fogo, e quanto mais teimosia, tanto mais aumenta a briga. O furor de um homem depende de sua força, e sua cólera é proporcional à sua riqueza.
11. A luta repentina acende o fogo, e a briga violenta derrama sangue.
12. Se você sopra uma fagulha, ela se inflama, e se você lhe cospe em cima, ela se apaga. Note bem que as duas coisas saem da mesma boca.

FORÇA E PERIGO DA LÍNGUA
13. Amaldiçoem o difamador e o homem falso, porque eles arruínam muitos que vivem em paz.
14. A língua intrometida inquieta muitos, fazendo-os fugir de nação em nação; ela destrói cidades fortes e devasta as casas dos poderosos.
15. A língua intrometida faz com que mulheres excelentes sejam repudiadas, privando-as do fruto de seus trabalhos.
16. Quem dá atenção a ela não encontra mais descanso nem tranqüilidade em casa.
17. A chicotada deixa marca, mas o golpe da língua quebra os ossos.
18. Muitos já caíram pelo fio da espada, mas não foram tantos como as vítimas da língua.
19. Feliz de quem se protege dela e não se expõe ao seu furor. Feliz quem não arrastou o jugo dela, nem foi enredado em suas cadeias.
20. De fato, o jugo dela é de ferro, e suas cadeias são de bronze.
21. A morte que ela provoca é terrível, e é preferível estar no túmulo.
22. Ela, porém, não tem poder sobre os homens fiéis, que não se queimarão em sua chama.
23. Os que abandonam o Senhor, nela cairão, e ela os consumirá sem se apagar; ela se lançará contra eles como leão, e como pantera os despedaçará.
24. Atenção! Proteja a sua propriedade com uma cerca de espinhos e guarde bem o seu ouro e prata.
25. Pese na balança as palavras que você diz, e feche a boca com porta de ferrolho.
26. Cuidado para não tropeçar com a língua, para não cair diante de quem espreita você.

[Eclesiástico 29]Eclesiástico 29



EMPRESTAR OU NÃO EMPRESTAR?
1. Quem pratica misericórdia faz empréstimos ao próximo, e quem lhe estende a mão cumpre os mandamentos.
2. Empreste ao próximo quando ele tiver necessidade, e devolva ao próximo no tempo combinado.
3. Mantenha a palavra dada e seja fiel com o próximo, e em qualquer momento você encontrará o que precisa.
4. Muitos consideram o empréstimo como se fosse coisa achada, e deixam os credores em dificuldade.
5. Antes de receberem, beijam a mão do credor e amaciam a voz para conseguir os bens do próximo. Na hora de devolver, porém, adiam a data, respondem com palavras evasivas e culpam as circunstâncias.
6. Quando eles podem pagar, com dificuldade o credor recupera a metade, e pode considerar isso como um achado. Caso contrário, o credor ficará sem os bens que emprestou e, além disso, ganhará sem motivo um inimigo. Este lhe devolverá maldições e injúrias e, em vez de agradecer, o desprezará.
7. Muitos, por causa de tais maldades, se recusam a fazer empréstimos, com medo de perder os bens sem mais nem menos.

TREINAMENTO PARA A PARTILHA
8. Com o pobre, porém, seja compreensivo, e não o faça esperar muito pela esmola.
9. Por causa do mandamento, socorra o indigente conforme a necessidade dele. Não o despeça de mãos vazias.
10. Perca o dinheiro com o irmão e o amigo, para que ele não se enferruje inutilmente debaixo de uma pedra.
11. Use seus bens segundo os mandamentos do Altíssimo, e eles serão mais úteis para você do que o ouro.
12. Dê esmola daquilo que você tem nos celeiros, e ela o livrará de qualquer desgraça;
13. mais do que forte escudo e lança pesada, ela combaterá por você diante do inimigo.

ARRISCAR-SE PELO PRÓXIMO
14. O homem bom se dispõe a ser fiador do seu próximo, mas aquele que perdeu a vergonha o abandona.
15. Não se esqueça do favor prestado pelo seu fiador, pois ele se expôs por você.
16. O pecador se aproveita dos bens do seu fiador, e o ingrato abandona propositalmente quem o ajudou.
17. A fiança já arruinou muitos que prosperavam e os agitou como ondas do mar.
18. Ela deixou sem casa homens poderosos, que foram obrigados a vagar em meio a estrangeiros.
19. O pecador que se apressa em ser fiador para buscar lucro, acabará nos tribunais.
20. Ajude seu próximo conforme o que você pode, mas tome cuidado para também você não se arruinar.

DIGNIDADE E HUMILHAÇÃO
21. São coisas indispensáveis para a vida: água, pão, roupa e casa para preservar a própria intimidade.
22. É melhor viver vida de pobre embaixo de um barraco, do que saborear comidas em casa alheia.
23. Com pouco ou muito esteja contente, e você não será desprezado como imigrante.
24. É vida dura andar de casa em casa, porque você é imigrante por onde anda, e não pode abrir a boca.
25. Você será recebido como estranho, beberá constrangido, e ainda ouvirá coisas desagradáveis:
26. "Venha, forasteiro, arrume a mesa e, se tiver alguma coisa, me dê de comer".
27. Ou: "Saia, forasteiro! Dê o lugar para uma pessoa mais digna. Preciso da casa para hospedar o meu irmão".
28. Ser censurado pelo dono da casa e insultado pelo credor são coisas duras para um homem sensato.

[Eclesiástico 30]Eclesiástico 30



EDUCAR COM BOM SENSO
1. Quem ama o próprio filho, usa bastante o chicote, para no fim se alegrar.
2. Quem corrige o próprio filho, depois terá satisfação, e ficará orgulhoso dele na frente dos conhecidos.
3. Quem educa o próprio filho faz inveja ao inimigo, e fica alegre diante dos amigos.
4. O pai morre, mas é como se não tivesse morrido, porque deixa depois de si alguém semelhante a ele.
5. Durante a vida, o pai se alegra ao ver o filho, e não fica triste na hora da morte.
6. Para os inimigos, deixa um vingador; para os amigos, deixa alguém que irá recompensá-los.
7. Quem mima o próprio filho, depois terá que lhe curar as feridas, e, a cada grito dele, suas entranhas estremecerão.
8. O cavalo xucro se torna intratável, e o filho entregue a si mesmo se torna teimoso.
9. Dê muito mimo a seu filho, e ele trará surpresas desagradáveis para você; siga os caprichos dele, e ele deixará você triste.
10. Não ria com ele, e com ele você também não irá chorar, para que você não acabe rangendo os dentes.
11. Não lhe dê liberdade na juventude, nem feche os olhos para os defeitos dele.
12. Obrigue-o a curvar o pescoço enquanto é jovem, e bata nas costas dele enquanto é menino, para que não cresça teimoso, não lhe desobedeça e nem lhe cause muito sofrimento.
13. Corrija seu filho e faça-o responsável, para depois você não tropeçar na insolência dele.

A SAÚDE É A MAIOR RIQUEZA
14. É melhor um pobre robusto e sadio do que um rico cheio de doenças.
15. Saúde e vigor valem mais do que todo o ouro, e é melhor um corpo robusto que uma enorme fortuna.
16. Não há riqueza maior que a saúde do corpo, nem maior satisfação que um coração contente.
17. É melhor a morte do que viver com amargura, e o descanso eterno vale mais do que doença crônica.
18. Boa comida diante de boca fechada é como oferta de alimentos em cima de um túmulo.
19. De que serve oferecer frutos ao ídolo? Ele não come nem sente cheiro. Assim é aquele que está sendo perseguido pelo Senhor:
20. fica observando e suspirando, como eunuco abraçado a uma jovem.

ALEGRIA É VIDA
21. Não se deixe dominar pela tristeza, nem se aflija com preocupações.
22. Alegria do coração é vida para o homem, e a satisfação lhe prolonga a vida.
23. Anime-se, console o coração e afaste a melancolia para longe. Pois a melancolia já arruinou muita gente, e não serve para nada.
24. Inveja e ira encurtam os anos, e a preocupação faz envelhecer antes do tempo.
25. Coração alegre favorece o bom apetite e faz sentir o gosto da comida.

[Eclesiástico 31]Eclesiástico 31



PARA QUEM SERVEM AS RIQUEZAS?
1. A insônia por causa da riqueza consome o corpo, e a preocupação que ela provoca afasta o sono.
2. As preocupações do dia não deixam dormir, e são piores que doença grave para tirar o sono.
3. O rico se afadiga para acumular riquezas e, quando descansa, afoga-se em prazeres.
4. O pobre se afadiga, consumindo suas forças e, quando descansa, cai na miséria.
5. Quem ama o ouro não se conserva justo, e quem corre atrás do lucro, com ele se perderá.
6. Muitos foram vítimas do ouro, e sua ruína foi inevitável.
7. É uma armadilha para os que com ele se entusiasmam, e todo insensato é apanhado nela.
8. Feliz o rico que se conserva íntegro e não corre atrás do ouro.
9. Quem é esse homem? Nós o felicitaremos, porque realizou coisa maravilhosa no meio do seu povo.
10. Quem sofreu essa prova e se revelou perfeito? Tal fato será para ele motivo de glória. Quem podia violar a lei e não violou? E quem podia fazer o mal e não o fez?
11. A prosperidade dessa pessoa será garantida, e a assembléia celebrará a sua generosidade.

COMPORTAMENTO NUM BANQUETE
12. Você está sentado diante de uma farta mesa? Não escancare a boca diante dela, nem diga: "Quanta coisa!"
13. Lembre-se: olhar ávido é coisa má. Existe criatura pior que o olho? É por isso que o olho lacrimeja por qualquer motivo.
14. Não estenda a mão para onde outro estiver olhando, nem se precipite junto com ele para o mesmo prato.
15. Compreenda o que o seu próximo quer a partir do que você mesmo quer. Pense naquilo que desagrada a você.
16. Coma educadamente o que lhe oferecerem e não mastigue de boca aberta, para não ser desagradável.
17. Por educação acabe primeiro e não seja guloso, para que não o desprezem.
18. Se estiver sentado entre muitos convidados, não seja o primeiro a estender a mão.
19. O homem bem educado se satisfaz com pouca coisa e, quando vai para a cama, não se sente sufocado.
20. O sono saudável depende do estômago moderado: a pessoa se levanta cedo e com boa disposição. O homem guloso é sempre acompanhado por mal-estar, insônia, náusea e cólica.
21. Porém, se você foi forçado a comer muito, levante-se, vá vomitar, e ficará aliviado.
22. Escute-me, filho, e não me despreze, e depois você compreenderá o que estou falando. Seja moderado em tudo o que fizer, e nenhuma doença o atingirá.
23. Muitos farão elogios a quem é pródigo em dar banquetes, e o testemunho sobre a generosidade dele é verdadeiro.
24. A cidade inteira critica quem é mesquinho ao dar banquete, e é correto o testemunho sobre a mesquinhez dele.
25. Não banque o valente com o vinho, porque ele já arruinou muita gente.
26. A fornalha prova a têmpera do metal, e o vinho esquenta a briga dos arrogantes.
27. O vinho traz vida para os homens, desde que você o beba com moderação. Que vida existe quando falta vinho? Ele foi criado para alegrar as pessoas.
28. Bebido em tempo certo e na medida certa, o vinho traz gozo para o coração e alegria para a alma.
29. Todavia, bebido em excesso, por vício ou desafio, o vinho traz amargura para a alma.
30. A embriaguez aumenta a ira do insensato para sua própria ruína, diminuindo-lhe as forças e provocando ferimentos.
31. Num banquete, não repreenda o próximo, nem zombe por ele estar alegre; não o reprove com palavras, nem o atormente com reclamações.

[Eclesiástico 32]Eclesiástico 32



1. Pediram para você presidir o banquete? Não fique envaidecido, mas se comporte com os outros como se fosse um deles. Cuide de cada um, e depois sente-se.
2. Tendo providenciado o que cada um necessita, acomode-se para alegrar-se com eles e receber a coroa pelo seu bom desempenho.
3. Fale, ancião, pois isso convém a você, mas tenha discrição e não atrapalhe a música.
4. Durante o espetáculo, não fique falando, e não exiba sua sabedoria fora de hora.
5. Como rubi em anel de ouro, assim é uma audição musical durante um banquete.
6. Como esmeralda engastada em ouro, assim é uma ária musical unida ao vinho delicioso.
7. Fale, jovem, se for necessário, mas apenas umas duas vezes, quando interrogado.
8. Resuma o que tem a dizer, e diga muito em poucas palavras. Seja como alguém que sabe, mas se cala.
9. Não procure impor-se no meio dos grandes, nem fique tagarelando enquanto outro fala.
10. Antes do trovão vem o raio, e a graça precede o homem modesto.
11. Chegando a hora levante-se, e não fique por último. Volte logo para casa, em vez de ficar vagando.
12. Aí você poderá divertir-se e fazer o que desejar, mas não peque falando com insolência.
13. Por tudo isso, agradeça ao seu Criador, que o enche de benefícios.

O INÍCIO DA SABEDORIA
14. Quem teme ao Senhor aceita a correção, e aqueles que o buscam encontram o seu favor.
15. Quem investiga a Lei, dela ficará saciado, mas para o hipócrita ela é motivo de queda.
16. Os que temem ao Senhor encontram a justiça, e suas ações justas brilham como luz.
17. O homem pecador não aceita a correção, e encontra sempre justificativa para seguir os próprios caprichos.
18. O homem de bom senso não deixa de refletir, enquanto o estrangeiro e o orgulhoso não conhecem o temor.
19. Não faça nada sem refletir, e não mude de idéia enquanto está agindo.
20. Não ande por caminho acidentado, e você não tropeçará nas pedras.
21. Não confie no caminho que não tem obstáculos,
22. e seja cauteloso até com seus filhos.
23. Em tudo o que você faz, acredite em si mesmo, porque também isso é observar os mandamentos.
24. Quem acredita na Lei, observa os mandamentos; quem confia no Senhor, não ficará frustrado.

[Eclesiástico 33]Eclesiástico 33



1. Quem teme ao Senhor não sofre nenhum mal, e se passar por alguma tentação, ficará livre dela.
2. O homem sábio não odeia a Lei, mas quem finge amá-la é como navio na tempestade.
3. O homem de bom senso confia na Lei; para ele, a Lei é digna de confiança como a resposta de um oráculo.
4. Prepare seu discurso, e você será ouvido; põe ordem na instrução, e só depois responda.
5. As emoções do insensato são como roda de carro, e seu raciocínio é como eixo que gira.
6. O amigo zombador é como o cavalo no cio: relincha sempre, qualquer que seja o cavaleiro montado.

O CONFRONTO GERA NOVIDADE
7. Por que um dia é mais importante do que o outro, se a luz de cada dia do ano vem sempre do sol?
8. Eles foram separados no pensamento do Senhor, que diferenciou as estações do ano e as festas.
9. Elevou e consagrou alguns deles, e deixou outros como dias comuns.
10. Também os homens vêm todos do mesmo solo, e da terra Adão foi criado.
11. Mas o Senhor, na sua grande sabedoria, os distinguiu, e diversificou os caminhos deles.
12. A uns, ele abençoou e exaltou, consagrando-os e aproximando-os de si; a outros amaldiçoou e humilhou, derrubando-os de suas posições.
13. Como argila na mão do oleiro, que ele amolda conforme quer, assim são os homens nas mãos do seu Criador, que lhes retribui segundo o julgamento dele.
14. Diante do mal está o bem, diante da morte está a vida, e diante do fiel está o pecador.
15. Considere, portanto, todas as obras do Altíssimo que, duas a duas, estão todas uma diante da outra.

CONCLUSÃO DA PRIMEIRA PARTE
16. Quanto a mim, eu sou o último a ficar desperto, como aquele que colhe os restolhos atrás dos vindimadores.
17. Com a bênção do Senhor, atingi a meta, e como o vindimador, enchi o tanque de espremer uvas.
18. Vejam que eu não me afadiguei só para mim, mas para todos aqueles que procuram a instrução.

II. PRATICAR A SABEDORIA

CONVITE
19. Escutem-me, chefes do povo, e ouçam-me, presidentes da assembléia.

COMO GOVERNAR A FAMÍLIA
20. Enquanto viver, não dê poderes sobre você ao seu filho, mulher, irmão e amigo. Não dê seus bens a outro, para depois não se arrepender e ter que pedi-los de volta.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   100   101   102   103   104   105   106   107   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal