Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO



Baixar 5.7 Mb.
Página112/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   108   109   110   111   112   113   114   115   ...   197

16. Não dêem ouvidos a Ezequias, porque assim fala o rei da Assíria: Rendam-se e façam a paz comigo; então, cada um poderá comer tranqüilamente os frutos da própria parreira e da própria figueira, e beber a água do próprio poço.
17. Isso, até que eu venha levá-los para uma terra igual à terra de vocês, para um lugar onde também existem o trigo, o vinho, o pão, as parreiras.
18. Não deixem Ezequias enganar vocês, dizendo: 'Javé os livrará'. Por acaso, o deus de cada um desses países pôde livrá-los das mãos do rei da Assíria?
19. Onde estão os deuses de Emat e Arfad? Onde estão os deuses de Sefarvaim? Eles foram capazes de livrar Samaria de minha mão?
20. Qual dos deuses de todas essas terras foi capaz de livrar o seu país de minhas mãos?"
21. Todos ficaram calados. Ninguém respondeu coisa alguma, pois o rei tinha dado ordens, dizendo para não responder.
22. Eliacim, filho de Helcias, administrador do palácio, o escrivão Sobna e o secretário Joaé, filho de Asaf, depois de rasgarem suas roupas, foram contar a Ezequias tudo o que o funcionário assírio tinha dito.

[Isaías 37]Isaías 37



1. Ao acabar de ouvir tudo isso, o rei Ezequias rasgou suas próprias roupas, vestiu-se de pano de saco e foi para o Templo de Javé.
2. Mandou Eliacim, o administrador do palácio, o escrivão Sobna e os sacerdotes que eram os seus conselheiros, todos vestidos de pano de saco, procurarem o profeta Isaías, filho de Amós.
3. Disseram a Isaías: "Assim diz Ezequias: Hoje é dia de angústia, castigo e humilhação. Chega a hora da criança nascer, mas falta força para dar à luz.
4. Tomara que Javé, seu Deus, tenha ouvido o que falou o funcionário que o rei da Assíria mandou para insultar o Deus vivo; e assim Javé, o Deus de você, o castigue pelas palavras que tenha ouvido. Faça uma oração em favor do resto que ainda vive".
5. Quando os funcionários do rei Ezequias chegaram aonde estava Isaías,
6. ele lhes deu esta resposta: "Vocês irão falar ao seu senhor da seguinte maneira: Assim diz Javé: Não fique com medo por causa das palavras com que os servos do rei da Assíria injuriaram você.
7. Eu vou colocar nele um espírito de medo; ele voltará para a sua terra logo que ouvir um boato, e eu o farei morrer à espada".

A VITÓRIA DE JAVÉ
8. O funcionário do rei da Assíria voltou e encontrou o rei lutando em Lebna, pois tinha ouvido falar que o rei se havia afastado de Laquis.
9. Pois o rei tinha recebido a notícia de que Taraca, rei da Etiópia, saíra em guerra contra ele. Senaquerib tornou a mandar mensageiros a Ezequias com este recado:
10. "Digam a Ezequias, rei de Judá: Que o seu Deus, em quem você confia, não o engane dizendo que não vai entregar Jerusalém nas mãos do rei da Assíria.
11. Você já ouviu falar da maneira como os reis da Assíria trataram todos os países, condenando-os à destruição total. E você, será que vai escapar?
12. Por acaso os deuses das nações, que meus antepassados destruíram, puderam livrá-las? É o caso de Gozã, de Harã, de Resef e dos edenitas que povoavam Telbasar.
13. Onde está o rei de Emat? E o rei de Arfad? E o de Lair? Onde estão os reis de Sefarvaim, de Ana e de Ava?"
14. Ezequias recebeu a carta da mão dos mensageiros, leu e foi para o Templo de Javé. Aí Ezequias abriu a carta na presença de Javé.
15. Ezequias fez, então, a Javé esta prece:
16. "Javé dos exércitos, Deus de Israel, sentado sobre os querubins: tu és o único Deus de todos os reinos do mundo. Tu fizeste o céu e a terra.
17. Fique atento o teu ouvido, Javé, e escuta; abre os teus olhos, Javé, e vê. Ouve tudo o que Senaquerib manda dizer para insultar o Deus vivo.
18. É verdade, Javé: os reis da Assíria eliminaram à espada todos os países com seus territórios inteiros.
19. Ele queimou todos os seus deuses, porque não são deuses, mas coisa produzida pela mão do homem, objetos de madeira ou de pedra que puderam ser destruídos.
20. Agora, tu, Javé nosso Deus, livra-nos das mãos dele, para que todos os reinos do mundo saibam que tu, Javé, és o único Deus".
21. Então, Isaías, filho de Amós, mandou dizer a Ezequias: "Assim diz Javé, Deus de Israel: Já que você dirigiu sua prece a mim por causa de Senaquerib, rei da Assíria,
22. aqui está a mensagem que lhe manda Javé: A jovem filha de Sião despreza você, ela zomba de você; atrás de você a filha de Jerusalém abana a cabeça.
23. A quem você desafiou e insultou? Contra quem você ergueu a voz e levantou os olhos para o alto? Contra o Santo de Israel!
24. Por meio de seus servos, você insultou o Senhor, dizendo: 'Com a multidão dos meus carros eu subi ao topo dos montes, até aos lugares inacessíveis do Líbano. Eu lhe cortei os mais altos cedros e os mais belos ciprestes. Cheguei ao seu ponto mais alto, aos seus bosques mais fechados.
25. Eu mesmo furei o poço, eu mesmo bebi a água, água estrangeira. Com a sola do meu pé eu sequei todos os rios do Egito'.
26. Por acaso, você nunca ouviu dizer? Desde há muito tempo eu o decidi; nos tempos antigos o preparei e agora o realizo. Você, a sua parte era fazer das cidades fortificadas um montão de ruínas;
27. deixar seus habitantes de mãos atadas, morrendo de medo e vergonha. Eram como erva dos campos, grama dos prados, capim no telhado, queimado pelo vento leste.
28. Eu sei quando você se senta e se levanta, quando entra e quando sai.
29. Já que você me odeia e sua arrogância chegou aos meus ouvidos, eu vou prender uma argola no seu focinho e um freio na sua boca, para o levar de volta pelo mesmo caminho que o trouxe até aqui.
30. Isto servirá de sinal para você, Ezequias: Este ano, comerão do que nascer sem plantar; no ano que vem, do que brotar sem semear; no terceiro ano, porém, vão semear e colher, plantarão vinhas e comerão seus frutos.
31. O resto que sobrar da casa de Judá criará raízes debaixo do chão e dará frutos por cima.
32. Pois de Jerusalém deverá sair um resto, os sobreviventes do monte Sião. O zelo de Javé dos exércitos fará isso.
33. Assim diz Javé sobre o rei da Assíria: Ele não vai entrar nesta cidade, nem atirar uma só flecha, nem se armar de escudo e nem mesmo se entrincheirar contra ela.
34. Voltará pelo caminho por onde veio. Nesta cidade, ele não entrará oráculo de Javé.
35. Eu mesmo vou proteger esta cidade, a fim de salvá-la; por minha causa e também por causa do meu servo Davi".
36. Nessa mesma noite, o Anjo de Javé feriu no acampamento dos assírios cento e oitenta e cinco mil homens. De manhã, ao acordar, eram só cadáveres que havia.
37. Senaquerib, rei da Assíria, levantou acampamento, foi-se embora e voltou para Nínive, e aí permaneceu.
38. E uma vez, quando ele estava de bruços fazendo sua adoração no templo do seu deus Nesroc, seus filhos Adramelec e Sarasar o assassinaram à espada e, em seguida, fugiram para o país de Ararat. O outro seu filho, Asaradon, reinou em seu lugar.

[Isaías 38]Isaías 38



O SINAL CONFIRMA A PALAVRA
1. Nessa ocasião, Ezequias adoeceu de uma enfermidade mortal. O profeta Isaías, filho de Amós, foi visitá-lo e disse-lhe: "Assim diz Javé: Ponha em ordem a sua casa porque você vai morrer, não vai escapar".
2. Então Ezequias virou o rosto para a parede e fez esta prece a Javé: "Ah! Javé! Não te esqueças: eu procurei sempre andar na tua presença com toda a fidelidade e de coração limpo, e procurei sempre fazer o que era bom aos teus olhos".
3. E Ezequias começou a chorar convulsivamente.
4. Então, a palavra de Javé veio a Isaías com esta mensagem:
5. "Vá falar a Ezequias: Assim diz Javé, o Deus de seu antepassado Davi: Ouvi a sua oração, e vi as suas lágrimas. Eu vou aumentar em quinze anos a duração de sua vida.
6. Vou também livrá-lo das mãos do rei da Assíria, a você e a esta cidade. Eu mesmo vou proteger esta cidade".
21. Isaías ordenou: "Tragam um emplastro de figos e o coloquem sobre a ferida, para que ele recupere a saúde".
22. Ezequias disse: "Qual é o sinal de que subirei ao Templo de Javé?"
7. Isaías respondeu: "O sinal de que Javé vai cumprir o que prometeu, é este:
8. No relógio de sol de Acaz farei com que a sombra volte para trás os dez degraus que avançou". E o sol voltou os dez degraus que já tinha avançado no relógio.

A VIDA É DOM DE DEUS
9. Cântico de Ezequias, rei de Judá, por ocasião de sua doença e da cura que obteve.
10. Eu dizia: "Bem no meio da minha vida, eu me vou; pelo resto dos meus anos, ficarei postado à porta da mansão dos mortos".
11. Eu dizia: "Não verei mais a Javé na terra dos vivos, nem verei mais ninguém entre os habitantes da terra.
12. Levantam e enrolam a minha morada como tenda de pastores. Como um tecelão, eu tecia a minha vida e me cortaram os fios. Dia e noite foste acabando comigo.
13. Clamo até o amanhecer. Como leão, ele quebra todos os meus ossos; dia e noite tu me consumias.
14. Estou piando como andorinha, arrulhando como pomba; meus olhos estão cansados de olhar para o alto. Estou oprimido: ajuda-me, Senhor!
15. Que direi, que poderei falar se foi ele quem fez isso? Hei de passar todos os anos da minha vida com alma amargurada.
16. Aqueles que Deus protege, vivem; e entre eles, viverá o meu espírito: tu me curaste e me fizeste reviver.
17. A minha amargura se transformou em paz, quando arrancaste a minha vida da tumba vazia e voltaste as costas para todos os meus pecados.
18. De fato, a mansão dos mortos não te louva; não é a morte que te entoa hinos. Quem baixa à cova não espera mais a tua fidelidade.
19. Quem está vivo é que vai te louvar, como eu estou fazendo agora. O Pai ensina a seus filhos a tua fidelidade.
20. Salva-me, Javé, e tocaremos nossas harpas todos os dias da nossa vida no Templo de Javé".

[Isaías 39]Isaías 39



CONFIANÇA DESASTROSA
1. Nessa ocasião, o rei da Babilônia, Merodac-Baladã, filho de Baladã, mandou cartas e um presente a Ezequias, pois tinha tido notícia de sua enfermidade e de sua convalescença.
2. Ezequias ficou muito satisfeito com isso e mostrou aos embaixadores toda a sua riqueza: a prata, o ouro, os perfumes, o óleo fino, como também toda a casa de armas; enfim, tudo o que havia nos seus depósitos. Ezequias não deixou nada sem mostrar de tudo o que havia no seu palácio e nas suas dependências.
3. O profeta Isaías foi procurar o rei Ezequias e lhe perguntou: "O que disseram esses indivíduos? De onde vieram eles?" Ezequias respondeu: "Eles vieram de um país muito distante. Vieram da Babilônia".
4. Isaías perguntou: "O que é que eles viram no seu palácio?" Ezequias respondeu: "Eles viram tudo o que existe no meu palácio. Não há nada do meu tesouro que eu não lhes tenha mostrado".
5. Isaías disse, então, a Ezequias: "Escute a palavra de Javé dos exércitos:
6. Chegará um dia em que a Babilônia levará tudo o que existe no seu palácio, tudo o que seus pais foram ajuntando até os dias de hoje. Não vai sobrar nada diz Javé.
7. Alguns dos filhos que saíram de você, que você gerou, serão levados para que sirvam como eunucos no palácio do rei da Babilônia".
8. Ezequias disse a Isaías: "É de felicidade a palavra de Javé que você me transmite". Pois ele pensava assim: "Pelo menos durante a minha vida haverá paz e segurança".

[Isaías 40]SEGUNDO ISAÍAS O NOVO ÊXODO



Isaías 40

O NOVO

ÊXODO
1. Consolem, consolem o meu povo, diz o Deus de vocês.
2. Falem ao coração de Jerusalém, gritem para ela que já se completou o tempo da sua escravidão, que o seu crime já foi perdoado, que ela já recebeu da mão de Javé o castigo em dobro por todos os seus pecados.
3. Uma voz grita: "Abram no deserto um caminho para Javé; na região da terra seca, aplainem uma estrada para o nosso Deus.
4. Que todo vale seja aterrado, e todo monte e colina sejam nivelados; que o terreno acidentado se transforme em planície, e as elevações em lugar plano.
5. Então se revelará a glória de Javé, e todo o mundo junto a verá, pois assim falou a boca de Javé".
6. Uma voz me diz: "Grite!" Eu respondo: "O que devo gritar?" E a voz me diz: "Todo ser humano é erva e toda a sua beleza é como a flor do campo:
7. a erva seca, a flor murcha, quando sobre elas sopra o vento de Javé;
8. a erva seca, a flor murcha, mas a palavra do nosso Deus se realiza sempre.
9. Suba a um monte alto, mensageira de Sião; levante bem alto a sua voz, mensageira de Jerusalém. Levante-a, não tenha medo. Diga às cidades de Judá: 'Aqui está o Deus de vocês!'
10. Vejam: o Senhor Javé chega com poder, e com seu braço ele detém o governo. Ele traz consigo o prêmio, e seus troféus o precedem.
11. Como um pastor, ele cuida do rebanho, e com seu braço o reúne; leva os cordeirinhos no colo e guia mansamente as ovelhas que amamentam".

QUEM É COMO JAVÉ?
12. Quem mediu toda a água do mar na concha da mão? Quem mediu a palmos o tamanho do céu? Quem mediu numa vasilha o pó da terra? Quem pesou as montanhas na balança e as colinas nos seus pratos?
13. Quem dirigiu o espírito de Javé, quem lhe sugeriu o seu projeto?
14. A quem pediu conselho para se instruir, para lhe ensinar o caminho do direito, para lhe ensinar a ciência e lhe indicar o caminho da inteligência?
15. Vejam: as nações são gotas num balde, e não valem mais que poeira num prato da balança. Vejam: as ilhas pesam como um grão de areia.
16. O Líbano não bastaria para acender o fogo, e suas feras não bastariam para um só holocausto.
17. Diante de Javé as nações são como se não existissem; para ele, não contam mais que o nada e o vazio.
18. Com quem vocês poderão comparar Deus? Que figura podem arrumar para representá-lo?
19. O escultor faz uma estátua; vem o ourives e a cobre de ouro e lhe solda correntes de prata.
20. Quem faz uma oferta pobre, escolhe madeira que não apodreça e procura um escultor hábil para fazer uma estátua que não se mova.
21. Vocês não sabem? Nunca ouviram falar? Não lhes foi avisado desde o começo? Vocês não entendem os fundamentos da terra?
22. Javé se assenta sobre o círculo da terra, e seus habitantes parecem bando de gafanhotos. Ele desdobra o céu como toldo, e o estende como tenda que sirva para morar.
23. Ele reduz a nada os poderosos e aniquila os governantes da terra.
24. Apenas são plantados, logo que são semeados ou a sua muda ainda nem está com raízes no chão, e Deus sopra por cima deles e eles secam, e a primeira ventania os carrega como palha.
25. Vocês, por acaso, podem me comparar com alguém que se pareça de verdade comigo? pergunta o Santo.
26. Ergam os olhos para o céu e observem: quem criou tudo isso? Aquele que organiza e põe em marcha o exército das estrelas, chamando cada uma pelo nome. Tão grande é o seu poder e tão firme é a sua força, que ninguém deixa de se apresentar.

JAVÉ SUSTENTA OS FRACOS E CANSADOS
27. Jacó, por que você anda falando, e você, Israel, por que anda dizendo: "Javé desconhece o meu caminho e o meu Deus ignora a minha causa"?
28. Pois você não sabe? Acaso não ouviu falar? Javé é o Deus eterno; foi ele quem criou os confins do mundo. Ele não se cansa, nem se fatiga, e sua inteligência é insondável.
29. Ele dá ânimo ao cansado e recupera as forças do enfraquecido.
30. Até os jovens se fatigam e cansam, e os moços também tropeçam e caem,
31. mas os que esperam em Javé renovam suas forças, criam asas, como águias, correm e não se fatigam, podem andar que não se cansam.

[Isaías 41]Isaías 41



INSTRUMENTO DE JAVÉ
1. Ilhas, calem-se diante de mim, e que os povos se reanimem. Depois, então, venham falar, compareçamos juntos para o julgamento.
2. Quem despertou no oriente aquele que a vitória segue a cada passo? Quem lhe entrega as nações e quem lhe põe os reis debaixo dos pés? Quem faz com que os outros reis sejam para a sua espada como poeira e, para o seu arco, como cisco que voa?
3. Ele os persegue e passa adiante tranqüilamente, por uma vereda que seus pés mal tocam.
4. Quem fez e executou tudo isso? Aquele que anuncia o futuro de antemão: eu, Javé, que sou o primeiro e estou com os últimos.
5. Ilhas, vejam isso e tremam, e os confins da terra estremeçam.
6. Cada um anima o seu companheiro, dizendo-lhe: "Coragem!"
7. O escultor anima o ourives, aquele que forja com martelo anima a quem bate na bigorna, falando da solda: "Ela está boa". Depois firma a estátua com pregos para que não se mova.

JAVÉ DEFENDE O OPRIMIDO
8. Mas você, Israel, é o meu servo. Eu escolhi você, Jacó, descendente do meu amigo Abraão.
9. Desde os confins do mundo eu tomei você e o chamei dos extremos da terra. Eu lhe disse: "Você é o meu servo; eu o escolhi e jamais o rejeitei".
10. Não tenha medo, pois eu estou com você. Não precisa olhar com desconfiança, pois eu sou o seu Deus. Eu fortaleço você, eu o ajudo e o sustento com minha direita vitoriosa.
11. Ficarão envergonhados e confundidos todos os que se enfurecem contra você; serão reduzidos a nada e perecerão os que lutam contra você.
12. Você vai procurar, mas não encontrará aqueles que o combatem. Serão reduzidos a nada e deixarão de existir os que guerreiam contra você,
13. porque eu sou Javé, o seu Deus, que o sustento pela mão direita e lhe digo: "Não tenha medo; eu mesmo o ajudarei".
14. Não tenha medo, vermezinho Jacó, bichinho Israel. Eu mesmo o ajudarei - oráculo de Javé. O seu redentor é o Santo de Israel.
15. Eu vou fazer de você uma debulhadora de trigo, bem afiada, nova e de muitas pontas. Você vai debulhar as montanhas até reduzi-las a pó, e converterá as colinas em palha.
16. Você as abanará e o vento levará tudo embora, o vendaval as dispersará. E você se alegrará com Javé e se orgulhará do Santo de Israel.

ÁGUA PARA OS SEDENTOS
17. Os pobres e os indigentes buscam água, mas não a encontram; estão com a língua seca de sede. Eu mesmo, Javé, responderei a eles; eu, o Deus de Israel, não os abandonarei.
18. Pois eu vou rasgar córregos em colinas secas, abrir fontes pelos vales; transformarei o deserto num lago e a terra seca em minas de água.
19. No lugar do deserto colocarei cedro, acácia, mirto e oliveira; na terra seca plantarei ciprestes, olmeiros e pinheiros,
20. para que todos vejam e saibam, reflitam e aprendam que a mão de Javé fez isso, e quem o criou foi o Santo de Israel.

JAVÉ, O SENHOR DO FUTURO
21. Apresentem seus argumentos - diz Javé. Tragam suas razões - diz o Rei de Jacó.
22. Adiantem-se e nos anunciem o que vai acontecer; contem-nos as suas profecias passadas, e nós prestaremos atenção; e nos anunciem o futuro, para que comprovemos sua realização.
23. Contem o que vai acontecer no futuro, e saberemos que vocês são mesmo deuses. Façam alguma coisa, boa ou má, para que a vejamos e os respeitemos.
24. Vocês são menos do que um nada. E quem escolhe vocês é abominável.
25. Eu o despertei no norte e ele veio; do lado do nascer do sol eu o chamei pelo nome. Ele pisará os governantes como se fossem lama, como o oleiro que está amassando barro.
26. Quem anunciou isso desde o começo, para que ficássemos sabendo? Quem falou isso antes de acontecer, para que disséssemos: "É isso mesmo"? Ninguém o anunciou, ninguém o proclamou, ninguém ouviu as palavras de vocês.
27. Eu o anunciei primeiro em Sião, e enviei a Jerusalém um mensageiro com boas notícias.
28. Procurei, mas não encontrei ninguém; entre eles, ninguém era capaz de dar um conselho, ninguém a quem eu pudesse perguntar e que me desse uma resposta.
29. Todos eles não valem coisa alguma; o que eles fazem é um nada, e seus ídolos são sopro e ilusão.

[Isaías 42]Isaías 42



O SERVO DE JAVÉ
1. Vejam o meu servo, a quem eu sustento: ele é o meu escolhido, nele tenho o meu agrado. Eu coloquei sobre ele o meu espírito, para que promova o direito entre as nações.
2. Ele não gritará nem clamará, nem fará ouvir a sua voz na praça.
3. Não quebrará a cana que já está rachada, nem apagará o pavio que está para se apagar. Promoverá fielmente o direito;
4. não desanimará, nem se abaterá, até implantar o direito na terra e a lei que as ilhas esperam.
5. Assim diz o Deus Javé, que criou o céu e o estendeu; que firmou a terra e tudo o que ela produz; ele dá respiração ao povo que nela habita e o espírito aos que sobre ela caminham:
6. "Eu, Javé, chamei você para a justiça, tomei-o pela mão, e lhe dei forma, e o coloquei como aliança de um povo e luz para as nações.
7. Para você abrir os olhos dos cegos, para tirar os presos da cadeia, e do cárcere os que vivem no escuro.
8. Eu sou Javé: esse é o meu nome. Não vou dar para outro a minha glória, nem vou ceder minha honra para os ídolos.
9. As primeiras coisas já aconteceram; coisas novas é o que eu agora anuncio: antes que elas comecem, eu as comunico a vocês".

UM CÂNTICO NOVO
10. Cantem a Javé um cântico novo! Que o louvem até os confins da terra; que o celebrem o mar e tudo o que nele existe, as ilhas com seus habitantes.
11. Que o deserto e suas cidades se alegrem, exultem as aldeias habitadas por Cedar; que os moradores de Petra aclamem e gritem do topo das montanhas.
12. Dêem glória a Javé e anunciem seu louvor nas ilhas.
13. Javé avança como um herói, como guerreiro acende seu ardor; solta gritos de guerra, mostrando-se forte contra seus inimigos.

A AÇÃO DE JAVÉ NA HISTÓRIA
14. muito tempo estou calado, permaneci quieto e agüentei. Agora vou gritar como a mulher que dá à luz, vou gemer e suspirar.
15. Vou acabar com as montanhas e as colinas, vou secar o que elas têm de verde; transformarei os rios em terra seca e secarei os lagos.
16. Guiarei os cegos por um caminho que eles não conhecem; vou levá-los por uma estrada que não conhecem; diante deles, transformarei as trevas em luz, e os caminhos pedregosos em terreno plano. Eu mesmo vou fazer tudo isso e não deixarei de fazê-lo.
17. Recuarão cobertos de vergonha aqueles que confiam nos ídolos, que dizem às estátuas: "Vocês são os nossos deuses".

CEGUEIRA DO POVO
18. Surdos, escutem; cegos, olhem e vejam!
19. Quem é cego, senão o meu servo? Quem é surdo, senão o mensageiro que eu mandei?
20. Você viu muitas coisas, e nada percebeu; abriu os ouvidos, e nada ouviu!
21. Por causa de sua própria justiça, Javé queria engrandecer e glorificar a sua lei;
22. mas o seu povo é um povo espoliado e roubado, todos presos em cavernas, trancados em prisões. Era saqueado, e ninguém o libertava; despojado, e ninguém dizia: "Devolvam isso".
23. Quem de vocês vai escutar isso tudo e prestar atenção para ouvir daqui por diante?


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   108   109   110   111   112   113   114   115   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal