Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO


Quando aquele que é mau desiste de suas maldades e começa a praticar o que é justo e honesto, ele merece continuar vivo por causa disso. 20



Baixar 5.7 Mb.
Página133/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   129   130   131   132   133   134   135   136   ...   197

19. Quando aquele que é mau desiste de suas maldades e começa a praticar o que é justo e honesto, ele merece continuar vivo por causa disso.
20. Mas vocês continuam dizendo: 'A maneira de agir do Senhor não é justa!' Pois bem, casa de Israel! Eu vou julgar vocês de acordo com a maneira de viver de cada um".

TUDO ESTÁ CONSUMADO
21. No dia cinco do décimo mês do ano doze do nosso exílio, um fugitivo de Jerusalém veio procurar-me para dizer que a cidade tinha sido destruída.
22. Na tarde anterior, antes que o fugitivo me procurasse, o poder de Javé tinha pousado sobre mim, e abriu a minha boca de manhã, quando ele me procurou. Minha boca se abriu e não voltei a ficar mudo.

A ÚNICA SAÍDA
23. Recebi de Javé a seguinte mensagem:
24. "Criatura humana, os habitantes das ruínas na terra de Israel estão dizendo: 'Abraão era um só e foi dono desta terra. Pois nós agora somos muitos, e com maior razão recebemos esta terra como propriedade definitiva!'
25. Pois diga-lhes: Assim diz o Senhor Javé: Vocês comem no alto dos montes, levantam seus olhos para seus ídolos e derramam sangue. E ainda vão continuar donos da terra?
26. Vocês se apóiam nas espadas, praticam abominações, cada um desrespeita a mulher do seu próximo. E vão ainda continuar donos da terra?
27. Pois diga-lhes: Assim diz o Senhor Javé: Juro por minha vida, que aqueles que estão entre as ruínas serão mortos pela espada, aqueles que estão no campo serão alimento para as feras, e aqueles que estão em grutas e cavernas vão morrer de peste.
28. Farei do país um lugar arrasado e deserto. O orgulho da sua força vai se acabar e os montes de Israel ficarão desertos, sem nenhum transeunte.
29. Quando eu fizer de Israel um lugar arrasado e deserto, por causa de todas as abominações que praticaram, eles ficarão sabendo que eu sou Javé".

FUNÇÃO DO PROFETA
30. "Criatura humana, o pessoal do seu povo vive falando a seu respeito ao longo das muralhas e junto à porta das casas. Vivem comentando entre si: 'Vamos ver qual é a palavra que Javé vai mandar para nós!'
31. Depois, em bandos eles vêm procurar você, sentam-se à sua frente e ouvem o que você diz. Mas não praticam nada. Praticam as mentiras que eles mesmos falam. E o coração deles só quer saber de lucro.
32. Para eles, você é uma canção de amor: voz bonita e acompanhamento agradável. Eles ouvem o que você diz e não colocam nada em prática.
33. Mas quando se realizar o que você diz, e isso vai ser logo, eles vão ficar sabendo que havia um profeta no meio deles".

[Ezequiel 34]Ezequiel 34



TRAIDORES DO POVO
1. Recebi de Javé a seguinte mensagem:
2. "Criatura humana, profetize contra os pastores de Israel, dizendo: Assim diz o Senhor Javé: Ai dos pastores de Israel que são pastores de si mesmos! Não é do rebanho que os pastores deveriam cuidar?
3. Vocês bebem o leite, vestem a lã, matam as ovelhas gordas, mas não cuidam do rebanho.
4. Vocês não procuram fortalecer as ovelhas fracas, não dão remédio para as que estão doentes, não curam as que se machucaram, não trazem de volta as que se desgarraram e não procuram aquelas que se extraviaram. Pelo contrário, vocês dominam com violência e opressão.
5. Por falta de pastor, minhas ovelhas se espalharam e se tornaram pasto de feras selvagens.
6. Minhas ovelhas se espalharam e vagaram sem rumo pelos montes e morros. Minhas ovelhas se espalharam por toda a terra, e ninguém as procura para cuidar delas.
7. Por isso, vocês, pastores, ouçam a palavra de Javé:
8. Juro por minha vida - oráculo do Senhor Javé: Minhas ovelhas se tornaram presa fácil e servem de pasto para as feras selvagens. Elas não têm pastor, porque os meus pastores não se preocupam com o meu rebanho: ficam cuidando de si mesmos, em vez de cuidarem do meu rebanho.
9. Por isso, pastores, ouçam a palavra de Javé!
10. Assim diz o Senhor Javé: Vou me colocar contra os pastores. Vou pedir contas a eles sobre o meu rebanho, e não deixarei mais que eles cuidem do meu rebanho. Desse modo, os pastores não ficarão mais cuidando de si mesmos. Eu arrancarei minhas ovelhas da boca deles, e elas não servirão mais de pasto para eles".

O GOVERNO DE JAVÉ
11. "Assim diz o Senhor Javé: Eu mesmo vou procurar as minhas ovelhas.
12. Como o pastor conta o seu rebanho, quando está no meio de suas ovelhas que se haviam dispersado, eu também contarei as minhas ovelhas, e as reunirei de todos os lugares por onde se haviam dispersado, nos dias nebulosos e escuros.
13. Eu as retirarei do meio dos povos e as reunirei de todas as regiões, e as trarei de volta para a sua própria terra. Aí, eu próprio cuidarei delas como pastor, nos montes de Israel, nos vales e baixadas do país.
14. Vou levá-las para pastar nas melhores invernadas, e o seu curral ficará no mais alto dos montes de Israel. Aí, elas poderão repousar num curral bom, e terão pastos abundantes sobre os montes de Israel.
15. Eu mesmo conduzirei as minhas ovelhas para o pasto e as farei repousar - oráculo do Senhor Javé.
16. Procurarei aquela que se perder, trarei de volta aquela que se desgarrar, curarei a que se machucar, fortalecerei a que estiver fraca. Quanto à ovelha gorda e forte, eu a destruirei, pois cuidarei do meu rebanho conforme o direito".

JUSTIÇA SOCIAL
17. "Quanto a você, rebanho meu, assim diz o Senhor Javé: Vou julgar entre ovelha e ovelha, entre carneiros e bodes.
18. É pouco para vocês pastarem o melhor pasto? Por que ainda pisoteiam o resto do pasto? É pouco beberem a água limpa? Por que ainda sujam o resto com os pés?
19. Depois de tudo, as minhas ovelhas têm que pastar o que vocês pisotearam e beber a água que os pés de vocês sujaram.
20. Por isso, assim diz o Senhor Javé: Vou me colocar como juiz entre a ovelha gorda e a ovelha magra.
21. Com as ancas e com os ombros, vocês empurram as ovelhas mais fracas e ainda lhes dão chifradas, até expulsá-las para longe.
22. Pois bem! Vou salvar as minhas ovelhas, e elas não serão mais presa fácil. Eu serei o juiz entre ovelha e ovelha".

PAZ E PROSPERIDADE
23. "Providenciarei um só pastor para cuidar das minhas ovelhas. Será o meu servo Davi. Ele cuidará delas, e será o seu pastor.
24. Eu, Javé, serei o Deus delas, e o meu servo Davi será o seu chefe. Fui eu, Javé, que falei.
25. Vou fazer com elas uma aliança de paz: acabarei com as feras, de modo que elas poderão deitar-se seguras no deserto e dormir tranqüilas no meio dos bosques.
26. Farei do país e da minha montanha uma bênção. Mandarei chuva no tempo certo, e será uma chuva abençoada.
27. A árvore do campo dará o seu fruto, a terra produzirá e todos estarão seguros, morando na própria terra. Quando eu quebrar as cangas do seu jugo e os libertar do poder dos tiranos, eles ficarão sabendo que eu sou Javé.
28. Eles não serão mais presa fácil das nações, e as feras nunca mais os irão devorar. Viverão tranqüilamente, sem que ninguém os amedronte.
29. Eu lhes darei uma lavoura farta, e não haverá mais mortos de fome no país, nem terão mais que se humilhar diante das outras nações.
30. Então eles ficarão sabendo que eu, Javé, estou com eles, e que eles, a casa de Israel, são o meu povo - oráculo do Senhor Javé.
31. Vocês são minhas ovelhas, ovelhas do meu rebanho. E eu sou o Deus de vocês - oráculo do Senhor Javé".

[Ezequiel 35]Ezequiel 35



PROFECIA CONTRA EDOM
1. Recebi de Javé a seguinte mensagem:
2. "Criatura humana, vire-se para o monte Seir e profetize contra ele.
3. Diga: Assim diz o Senhor Javé: Aqui estou eu contra você, monte Seir. Vou estender a mão contra você, e vou fazer de você um deserto, um lugar desabitado.
4. Transformarei as suas cidades em ruínas, e você num deserto. Então você ficará sabendo que eu sou Javé.
5. Você cultivou ódio eterno e entregou os israelitas ao fio da espada, no tempo em que estavam na desgraça, no dia do castigo final.
6. Pois bem! Juro por minha vida - oráculo do Senhor Javé: Eu cobrirei você de sangue, e o sangue o perseguirá. Você não gosta de sangue? Pois o sangue o perseguirá.
7. Farei do monte Seir um deserto desabitado e eliminarei dele qualquer transeunte.
8. Encherei seus montes de feridos, e os mortos pela espada cairão em seus morros, vales e baixadas.
9. Transformarei você em ruínas eternas, e suas cidades nunca mais serão habitadas. Desse modo, vocês ficarão sabendo que eu sou Javé.
10. Você disse: 'Esses dois povos, esses dois países serão meus; seremos donos deles, mesmo que Javé esteja aí'.
11. Pois bem! Juro por minha vida - oráculo do Senhor Javé: Agirei contra você com a mesma ira e o mesmo ciúme com que você os tratou no seu ódio contra eles. E pela maneira com que eu julgar você, eles me reconhecerão.
12. Então você ficará sabendo que eu, Javé, ouvi todos os insultos que você falou contra os montes de Israel, dizendo: 'Estão como um deserto! Eles foram entregues a nós para que os devoremos!'
13. Vocês tiveram a ousadia de levantar a voz contra mim, e contra mim multiplicaram suas injúrias. Eu escutei tudo.
14. Pois bem! Assim diz o Senhor Javé: Para alegria da terra inteira, vou fazer de você um deserto.
15. Você se alegrou quando a herança da casa de Israel ficou deserta. Pois bem! Vou fazer o mesmo com você. O monte Seir ficará deserto, junto com todo o território de Edom. Então ficarão sabendo que eu sou Javé".

[Ezequiel 36]Ezequiel 36



VIDA NOVA
1. "Criatura humana, profetize para os montes de Israel, dizendo: Montes de Israel, escutem a palavra de Javé:
2. Assim diz o Senhor Javé: Seus inimigos disseram contra vocês: 'Viva! Essas montanhas antigas são propriedade nossa'.
3. Pois bem! Profetize, dizendo: Assim diz o Senhor Javé: Vocês foram devastados e perseguidos pelos vizinhos, que queriam torná-los propriedade das outras nações. Vocês se tornaram motivo de boatos e calúnias dos povos.
4. Pois bem, montes de Israel, ouçam a palavra do Senhor Javé! Assim diz o Senhor Javé aos montes, colinas, precipícios, vales, ruínas desertas e cidades abandonadas, entregues ao saque e à caçoada das nações vizinhas.
5. Assim diz o Senhor Javé: Com ciúme ardente, eu falo contra os outros povos e contra Edom. Eles, com alegria no coração e desprezo na alma, tomaram posse de meu país para saqueá-lo.
6. Por isso, profetize à terra de Israel e diga aos montes, colinas, precipícios e vales: Assim diz o Senhor Javé: Eu falo com ciúme e furor: vocês suportaram o insulto das nações.
7. Por isso, assim diz o Senhor Javé: Levanto minha mão e juro que as nações vizinhas terão de suportar sua própria vergonha.
8. Quanto a vocês, montes de Israel, abram seus ramos e produzam frutos para o meu povo Israel, pois ele está para voltar.
9. Eu estou com vocês, agindo em seu favor: vocês serão lavrados e semeados.
10. Multiplicarei seus habitantes, toda a casa de Israel. As cidades serão repovoadas e as ruínas serão reconstruídas.
11. Multiplicarei o povo e seu rebanho. Eles crescerão e serão fecundos. Farei que vocês sejam habitados como antes; a vocês eu darei mais bens do que antigamente. Desse modo, vocês ficarão sabendo que eu sou Javé.
12. Farei com que as pessoas do meu povo Israel tomem posse de vocês. Eles tomarão posse de vocês, e vocês serão para eles uma herança, e eles não voltarão a ficar sem filhos.
13. Assim diz o Senhor Javé: Estão dizendo que você devora as pessoas e deixa a nação sem filhos.
14. Pois bem! Você não voltará a devorar pessoas, nem deixar a nação sem filhos - oráculo do Senhor Javé.
15. Farei com que você nunca mais ouça os insultos das nações, nem sofra a caçoada dos povos, nem volte a deixar a nação sem filhos - oráculo do Senhor Javé".
16. Recebi de Javé a seguinte mensagem:
17. "Criatura humana, a casa de Israel, quando habitava no seu país, o tornou impuro com seu comportamento e suas ações. O comportamento dela para comigo foi como a impureza da mulher que está com regras.
18. Por isso, derramei minha ira sobre eles, por causa do sangue que espalharam no país e por causa dos ídolos com que o contaminaram.
19. Eu os espalhei entre as nações, e eles foram dispersos em países estrangeiros. Julguei-os conforme a conduta e as ações deles.
20. Chegando no meio das nações para onde foram, profanaram o meu nome santo, pois os outros diziam: 'É o povo de Javé! E tiveram que sair da terra deles!'
21. Então me preocupei com o meu nome santo, que a casa de Israel profanou no meio das nações para onde foram.
22. Por isso, diga à casa de Israel: Assim diz o Senhor Javé: Não é por causa de vocês que estou agindo assim, ó casa de Israel, mas por causa do meu nome santo, que vocês profanaram no meio das nações onde foram parar.
23. Vou santificar o meu nome grandioso, que foi profanado entre as nações, porque vocês o profanaram entre elas. Então as nações ficarão sabendo que eu sou Javé - oráculo do Senhor Javé - quando eu mostrar a minha santidade em vocês diante deles.
24. Vou pegar vocês do meio das nações, vou reuni-los de todos os países e levá-los para a sua própria terra.
25. Derramarei sobre vocês uma água pura, e vocês ficarão purificados. Vou purificar vocês de todas as suas imundícies e de todos os seus ídolos.
26. Darei para vocês um coração novo, e colocarei um espírito novo dentro de vocês. Tirarei de vocês o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne.
27. Colocarei dentro de vocês o meu espírito, para fazer com que vivam de acordo com os meus estatutos e observem e coloquem em prática as minhas normas.
28. Então vocês habitarão na terra que dei aos seus antepassados: vocês serão o meu povo, e eu serei o Deus de vocês.
29. Livrarei vocês de todas as suas impurezas. Convocarei o trigo e o multiplicarei. Nunca mais vou lhes mandar a fome.
30. Multiplicarei os frutos das árvores e a produção das roças para que vocês não passem mais a vergonha da fome entre as nações.
31. Então vocês se lembrarão de seu comportamento perverso e de suas más ações, e sentirão nojo de si próprios, por causa de suas maldades e abominações.
32. Saibam que não é por causa de vocês que estou fazendo isso - oráculo do Senhor Javé. Fiquem envergonhados e confusos, por causa do seu comportamento, ó casa de Israel.
33. Assim diz o Senhor Javé: Quando eu purificar vocês dos seus pecados, farei com que suas cidades sejam repovoadas e suas ruínas reconstruídas.
34. A terra devastada será de novo cultivada, depois de ter ficado deserta à vista dos transeuntes.
35. Quem passar por aí, dirá: 'Esta terra que estava deserta, agora parece o jardim do paraíso! As cidades que estavam destruídas, arruinadas e demolidas, estão agora habitadas como se fossem fortalezas!'
36. As nações que sobrarem na sua vizinhança ficarão sabendo que eu, Javé, reconstruo o que estava demolido e cultivo de novo o que estava deserto. Eu, Javé, digo e faço.
37. Assim diz o Senhor Javé: Ainda farei isto por eles: Permitirei que a casa de Israel suplique minha intervenção em seu favor. Multiplicarei os homens como rebanho,
38. como rebanho de ovelhas consagradas; como ovelhas em Jerusalém durante a festa, assim se encherão de gente as cidades arrasadas. Então ficarão sabendo que eu sou Javé".

[Ezequiel 37]Ezequiel 37



RESSURREIÇÃO DE UM POVO
1. A mão de Javé pousou sobre mim e o espírito de Javé me levou e me deixou num vale cheio de ossos.
2. E o espírito me fez circular em torno deles, por todos os lados. Notei que havia grande quantidade de ossos espalhados pelo vale e que estavam todos secos.
3. Então Javé me disse: "Criatura humana, será que esses ossos poderão reviver?" Eu respondi: "Meu Senhor Javé, és tu que sabes".
4. Então ele me disse: "Profetize, dizendo: Ossos secos, ouçam a palavra de Javé!
5. Assim diz o Senhor Javé a esses ossos: Vou infundir um espírito, e vocês reviverão.
6. Vou cobrir vocês de nervos, vou fazer com que vocês criem carne e se revistam de pele. Em seguida, infundirei o meu espírito, e vocês reviverão. Então vocês ficarão sabendo que eu sou Javé".
7. Profetizei de acordo com a ordem que havia recebido. Enquanto eu estava profetizando, ouvi um barulho e vi um movimento entre os ossos, que começaram a se aproximar um do outro, cada um com o seu correspondente.
8. Observando bem, vi que apareciam nervos, que iam sendo cobertos de carne e que a pele os recobria; mas não havia espírito neles.
9. Então Javé acrescentou: "Profetize ao espírito, criatura humana, profetize e diga: Assim diz o Senhor Javé: Espírito, venha dos quatro ventos e sopre nestes cadáveres, para que revivam".
10. Profetizei conforme ele havia mandado. O espírito penetrou neles, e reviveram, colocando-se de pé. Era um exército imenso.
11. Em seguida, Javé me disse: "Criatura humana, esses ossos são toda a casa de Israel. Os israelitas andavam dizendo: 'Nossos ossos estão secos e nossa esperança se foi. Para nós, tudo acabou'.
12. Pois bem! Profetize e diga: Assim diz o Senhor Javé: Vou abrir seus túmulos, tirar vocês de seus túmulos, povo meu, e vou levá-los para a terra de Israel.
13. Povo meu, vocês ficarão sabendo que eu sou Javé, quando eu abrir seus túmulos, e de seus túmulos eu tirar vocês.
14. Colocarei em vocês o meu espírito, e vocês reviverão. Eu os colocarei em sua própria terra, e vocês ficarão sabendo que eu, Javé, digo e faço - oráculo de Javé".

POVO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO
15. Recebi de Javé a seguinte mensagem:
16. "Criatura humana, pegue uma vara e escreva nela: 'Judá e os israelitas que estão com ele'. Depois pegue outra vara e escreva nela: 'José e os israelitas que estão com ele'.
17. Em seguida, junte as duas, de modo que formem uma vara só e fiquem unidas em sua mão.
18. Seus conterrâneos vão perguntar: 'Você não vai explicar o que significa isso?'
19. Então você responderá para eles: 'Assim diz o Senhor Javé: Pegarei a vara de José com as tribos de Israel que estão com ele, e juntarei com a vara de Judá, de modo que fiquem unidas em minha mão e formem uma vara só'.
20. Pegue na mão as varas escritas e, diante deles,
21. diga: Assim diz o Senhor Javé: Tirarei os israelitas do meio das nações para onde foram levados, e os reunirei de todos os povos, e os levarei de volta para a sua terra.
22. Farei deles uma só nação na terra, nos montes de Israel, e um só rei governará sobre todos eles. Não serão mais duas nações, nem dois reinos separados.
23. Não se contaminarão mais com seus ídolos, com suas abominações e com seus crimes. Vou libertá-los das revoltas que os levaram a pecar. Vou purificá-los, e eles serão o meu povo e eu serei o Deus deles.
24. O meu servo Davi reinará sobre eles, e haverá um só pastor para todos. Eles viverão segundo as minhas normas, observarão os meus estatutos e os colocarão em prática.
25. Eles habitarão na terra que dei ao meu servo Jacó, onde já moraram os seus antepassados. Aí, eles vão morar em definitivo, junto com seus filhos e netos, enquanto o meu servo Davi será o chefe deles para sempre.
26. Farei com eles uma aliança de paz, que será uma aliança para sempre. Vou estabelecê-los e multiplicá-los, e colocarei o meu santuário no meio deles para sempre.
27. Aí será a minha moradia. Eu serei o Deus deles, e eles serão o meu povo.
28. Quando eu colocar o meu santuário no meio deles para sempre, as nações ficarão sabendo que eu sou Javé, aquele que consagra Israel".

[Ezequiel 38]Ezequiel 38



O PROCESSO FINAL DA HISTÓRIA
1. Recebi de Javé a seguinte mensagem:
2. "Criatura humana, vire-se para o lado de Gog, na terra de Magog. Ele é o chefe e cabeça de Mosoc e Tubal. Profetize contra ele,
3. dizendo: Assim diz o Senhor Javé: Eu estou contra você, Gog, chefe e cabeça de Mosoc e Tubal.
4. Vou tirá-lo para fora, colocar arpões no seu queixo e puxar você com todo o seu exército: cavalos e cavaleiros, todos completamente armados, uma grande multidão com escudos grandes e pequenos, e todos empunhando espada.
5. Junto com eles, a Pérsia, Cuch e Fut, todos com escudo e capacete;
6. Gomer, com todas as suas tropas; Bet-Togorma, situada no extremo norte, e as numerosas tropas que estão com você.
7. Apronte-se e prepare-se com todo o exército que você recrutou, e fique à minha disposição.
8. Após muito tempo, você receberá uma tarefa: daqui a muitos anos você irá para um país cuja população escapou da espada e que do meio dos povos foi reunida sobre os montes de Israel, após terem ficado muito tempo em ruínas. Depois que foram tirados do meio dos povos, estão agora todos morando tranqüilamente.
9. Você, porém, junto com seu exército e incontáveis tropas aliadas, se levantará como tempestade e avançará como nuvem, até cobrir o país.
10. Assim diz o Senhor Javé: Nesse dia, você terá um pensamento mau e fará um plano perverso:
11. 'Vou atacar esse país que não tem barreiras, invadir a casa de um povo despreocupado, gente que vive confiante, sem muralhas, sem trancas e sem portas.
12. Vou saquear e roubar, vou lançar a mão sobre essas ruínas repovoadas, sobre esse povo que foi reunido do meio das outras nações, e que agora está criando gado e bens, morando no centro do mundo'.
13. Sabá, Dadã, seus negociantes de Társis e todos os seus traficantes perguntarão: 'Você vai mesmo saquear? É para roubar que você reuniu o seu exército? É para roubar prata e ouro, para tomar rebanhos e bens, para fazer um grande saque?'
14. Criatura humana, profetize e fale para Gog: Assim diz o Senhor Javé: Exatamente nesse dia, quando o meu povo Israel estiver vivendo tranqüilamente, você será despertado.
15. Você virá da sua terra no extremo norte, junto com incontáveis tropas aliadas, todos montados em carros de guerra, formando um grande exército.
16. Você subirá contra o meu povo Israel e cobrirá como nuvem o país. No fim dos dias, farei você entrar na minha terra, para que as outras nações me reconheçam quando, à custa de você, Gog, eu manifestar a minha santidade à vista delas.
17. Assim diz o Senhor Javé: Você é aquele de quem falei, nos tempos antigos, pela boca dos meus servos, os profetas de Israel. Esses profetas, naqueles tempos e por muitos anos, profetizaram que eu haveria de trazer você contra eles.
18. Quando Gog atacar a terra de Israel - oráculo do Senhor Javé - minha cólera vai transbordar. Na minha ira,
19. no meu ciúme e no ardor da minha indignação, eu declaro: nesse dia, haverá um grande terremoto no país de Israel.
20. Por medo de mim, vão tremer os peixes do mar, as aves do céu, as feras selvagens, os répteis que se arrastam pelo chão e todo o ser humano que existe sobre a terra. Os montes serão arrasados, tudo o que é alto virá abaixo e as muralhas cairão por terra.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   129   130   131   132   133   134   135   136   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal