Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO


pois Amós está dizendo que Jeroboão deverá ser morto pela espada e que Israel deverá ir para o exílio, para longe do seu país". 12



Baixar 5.7 Mb.
Página142/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   138   139   140   141   142   143   144   145   ...   197

11. pois Amós está dizendo que Jeroboão deverá ser morto pela espada e que Israel deverá ir para o exílio, para longe do seu país".
12. Então Amasias disse a Amós: "Vidente, vá embora daqui. Retire-se para a terra de Judá. Vá ganhar a sua vida fazendo lá suas profecias.
13. Não me venha mais fazer profecias em Betel, pois isto aqui é o santuário do rei, e é templo do reino".
14. Amós respondeu a Amasias: "Eu não sou profeta, nem discípulo de profeta. Eu sou criador de gado e cultivador de sicômoros.
15. Foi Javé quem me tirou de trás do rebanho, e me ordenou: 'Vá profetizar ao meu povo Israel'.
16. Pois bem, escute agora a palavra de Javé! Você está dizendo: 'Não profetize contra Israel, não despeje suas palavras contra a casa de Isaac'. Pois bem, assim diz Javé: 'A sua mulher vai se tornar a prostituta da cidade; seus filhos e suas filhas vão morrer a golpe de espada; sua terra será repartida na corda, e você mesmo irá morrer em terra estrangeira. E Israel será levado para o exílio, longe de sua terra' ".

[Amós 8]Amós 8



QUARTA VISÃO: CHEGOU A HORA FINAL
1. Isto me mostrou o Senhor Javé: Vi uma cesta de frutas maduras.
2. E Javé me perguntou: "O que é que você está vendo, Amós?" Eu respondi: "Uma cesta de frutas maduras". Ele me disse: "Está maduro o fim para o meu povo Israel; não o perdoarei mais.
3. Nesse dia, as cantoras do santuário gemerão - oráculo do Senhor Javé. Haverá cadáveres atirados por toda a parte. Silêncio!"

O LUCRO É UM ROUBO
4. Escutem aqui, exploradores do necessitado, opressores dos pobres do país!
5. Vocês ficam maquinando: "Quando vai passar a festa da lua nova, para podermos pôr à venda o nosso trigo? Quando vai passar o sábado, para abrirmos o armazém, para diminuir as medidas, aumentar o peso e viciar a balança,
6. para comprar os fracos por dinheiro, o necessitado por um par de sandálias, e vender o refugo do trigo?"
7. Javé jura pelo orgulho de Jacó: Não posso jamais me esquecer de tudo o que essa gente faz.
8. Não é por isso que a terra treme e seus moradores todos se apavoram? Não é por isso que toda ela sobe como o rio Nilo e, como o rio do Egito, baixa novamente?

O MAIOR CASTIGO
9. Nesse dia - oráculo do Senhor Javé - eu farei o sol se esconder ao meio-dia, e em pleno dia escurecerei a terra;
10. mudarei suas festas em funeral e seus cânticos em gemidos. A todos vestirei com roupas de luto e, no lugar da cabeleira, haverá cabeça raspada. Farei disso como o luto por um filho único, e seu fim será como um dia de amargura.
11. Dias virão - oráculo do Senhor Javé - em que vou mandar a fome sobre o país: não será fome de pão, nem sede de água, e sim fome de ouvir a palavra de Javé.
12. Irão cambaleando de um mar a outro, irão sem rumo do Norte para o Oriente, à procura da palavra de Javé, e não a encontrarão.
13. Nesse dia, vão desmaiar de sede as jovens mais belas, e também os rapazes
14. que juram por Asima, deusa da Samaria, e que costumam dizer: "Viva o teu ídolo, Dã!" Ou: "Viva o teu Bem-Amado, Bersabéia!" E cairão para nunca mais se levantar!

[Amós 9]Amós 9



QUINTA VISÃO: O CASTIGO IMPLACÁVEL
1. Eu vi Javé perto do altar. Ele me dizia: "Bata no alto das colunas para fazer tremer os umbrais. Quebre a cabeça de todos, que o resto eu matarei pela espada. Ninguém conseguirá fugir, ninguém conseguirá escapar.
2. Se eles se esconderem na mansão dos mortos, daí minha mão os arrancará; se subirem ao mais alto do céu, de lá os farei descer;
3. se conseguirem esconder-se no pico do Carmelo, aí vou procurá-los e pegá-los; se mergulharem no fundo do mar, lá mandarei o dragão para que os morda;
4. e se forem caminhando adiante do inimigo, darei ordem à espada para matá-los. Porei neles os meus olhos para o mal e não para o bem".

HINO A JAVÉ
5. Javé, Deus dos exércitos, fere a terra, ela se desmancha e todos os seus habitantes ficam de luto. Ela sobe feito o rio Nilo, de novo baixa como o rio do Egito.
6. No céu, Deus fez a sua alta morada e, por cima da terra, firmou sua abóbada. Ele é quem chama as águas do mar para inundar a face da terra. Javé é o seu nome!

DEUS CASTIGA COM JUSTIÇA
7. Por acaso, israelitas, para mim vocês são diferentes dos cuchitas? Eu não tirei Israel da terra do Egito? Mas, também não tirei os filisteus de Cáftor? E não fiz os arameus saírem de Quir?
8. Os olhos do Senhor Javé se voltam para a nação pecadora; e eu vou eliminá-la da face da terra. Mas não vou arrasar completamente a casa de Jacó - oráculo de Javé.
9. Pois eu darei ordem e sacudirei no meio de todos os povos a casa de Israel, como se abana o trigo na peneira, sem deixar que caia no chão um grãozinho sequer.
10. Morrerão pela espada todos os pecadores do meu povo, aqueles que dizem: "A desgraça não se aproximará, nunca chegará até nós".

IV. O TEMPO DA RENOVAÇÃO
11. Nesse dia, vou armar de novo a tenda de Davi que caiu. Vou tapar seus buracos, levantar suas ruínas, até reconstruí-la como era antes,
12. a fim de que possam conquistar o que sobrar de Edom e de todas as nações, sobre as quais o meu nome é invocado - oráculo de Javé, que realiza tudo isso.
13. Dias virão - oráculo de Javé - nos quais aquele que estiver arando vai encontrar-se com quem estiver colhendo, e quem estiver esmagando a uva com quem estiver semeando. As montanhas vão destilar vinho novo, que escorrerá pelas colinas.
14. Farei voltar os exilados do meu povo Israel. Eles voltarão a construir as cidades que foram destruídas, e nelas vão morar. Plantarão vinhedos e beberão seu vinho; formarão pomares e comerão suas frutas.
15. Eu vou plantá-los na sua própria terra e jamais serão novamente arrancados dessa terra, que eu mesmo lhes dei - diz Javé, o Deus de vocês.

[Abdias 1]Abdias 1



TÍTULO
1. Visão de Abdias. Assim o Senhor Javé diz a Edom: Ouvimos uma mensagem de Javé; ele mandou um mensageiro dizer às nações: Levantem-se! Vamos combater contra ela.

SENTENÇA CONTRA EDOM
2. Faço de você a menor das nações, e será entre todas a mais desprezada.
3. Quem acabou com você foi a soberba do seu próprio coração! Você se esconde nas cavernas dos rochedos e se põe de tocaia nas alturas das montanhas, pensando que ninguém será capaz de fazê-la descer à planície.
4. Entretanto, mesmo que você voe como águia, ou faça seu ninho entre as estrelas, eu a farei descer de onde você estiver - oráculo de Javé.
5. Quando os ladrões ou assaltantes da noite vêm até você, eles não roubam apenas o suficiente? E os que colhem, não deixam alguns cachos?
6. Como Esaú foi devastado! Até seus esconderijos foram revistados!
7. Os aliados empurraram você até à fronteira, os amigos o enganaram e submeteram; aqueles que comem junto com você lhe armaram ciladas: "Ele perdeu o juízo!"
8. E não é que nesse dia - oráculo de Javé - eu vou acabar com os sábios de Edom, com a inteligência da montanha de Esaú?
9. Seus heróis, ó Temã, se acovardarão, de tal modo que todo homem será eliminado da montanha de Esaú. Por causa do morticínio
10. e da violência praticada contra seu irmão Jacó, a vergonha cobrirá você, e você será eliminado para sempre.

O MOTIVO DA SENTENÇA
11. Nesse dia, você estava presente: quando os estrangeiros derrotaram o exército de Judá, quando os inimigos foram entrando pelas portas e repartiram Jerusalém no sorteio. Você estava presente, como um deles.
12. "Não olhe com alegria para o dia do seu irmão, o dia da desgraça dele. Não se alegre às custas dos filhos de Judá, no dia da ruína deles. Não fale com insolência, no dia da humilhação deles.
13. Não entre pela porta do meu povo, no dia da sua infelicidade. Não desfrute você também da desgraça dele, no dia da sua ruína. Não ponha a mão nas riquezas dele, no dia da sua derrota.
14. Não se esconda nas esquinas, para matar os fugitivos. Não aprisione seus fugitivos, no dia do desespero".

O CASTIGO DE EDOM E A VITÓRIA DE JUDÁ
15. Pois o Dia de Javé está chegando para todas as nações. Como você fez aos outros, assim será feito a você. Os atos que você praticou cairão sobre a sua cabeça.
16. Como vocês de Judá beberam na minha montanha santa, assim também, por sua vez, beberão todas as nações. Vão beber e sorver até o último gole, e vão desaparecer como se nunca tivessem existido.
17. No monte Sião haverá sobreviventes. Eles serão santificados. E a casa de Jacó se tornará proprietária de seus antigos proprietários.
18. A casa de Jacó será o fogo, a casa de José será a labareda, e a casa de Esaú será a palha. Vão incendiar e acabar com ela. Não vai sobrar ninguém da casa de Esaú, porque assim diz Javé.
19. Os moradores do Negueb serão donos da montanha de Esaú, e os da Planície serão donos da Filistéia. Ocuparão o território de Efraim e da Samaria; Benjamim ocupará o território de Galaad.
20. Os exilados da casa de Israel ocuparão o que pertenceu aos cananeus até Sarepta; os exilados de Jerusalém, que estão em Safarad, vão ocupar as cidades do Negueb.
21. Vitoriosos, eles subirão a montanha de Sião, para daí governar a montanha de Esaú. E o reino pertencerá a Javé.

[Jonas 1]Jonas 1



COM DEUS NÃO SE BRINCA...
1. A palavra de Javé foi dirigida a Jonas, filho de Amati, ordenando:
2. "Levante-se e vá a Nínive, a grande cidade, e anuncie aí que a maldade dela chegou até mim".
3. Jonas partiu, então, com intenção de escapar da presença de Javé, fugindo para Társis. Desceu até Jope e aí encontrou um navio de saída para Társis. Pagou a passagem e embarcou, a fim de ir com eles até Társis, para escapar assim da presença de Javé.
4. Javé, porém, mandou sobre o mar um vento forte, que provocou uma grande tempestade e ondas violentas. E o navio estava a ponto de naufragar.
5. Os marinheiros começaram a ficar com medo e a rezar cada um ao seu próprio deus. Jogaram no mar a carga que estava no navio, a fim de diminuir-lhe o peso. Jonas, porém, tinha descido ao porão do navio e, deitado, dormia a sono solto.
6. O capitão, ao chegar aonde ele estava, disse-lhe: "O que você faz aí dormindo? Levante-se e invoque o seu Deus. Quem sabe ele se lembra de nós e não nos deixa morrer".
7. Depois disseram uns aos outros: "Vamos tirar sorte para ver quem é o culpado dessa desgraça que nos está acontecendo". Tiraram a sorte, e ela caiu em Jonas.
8. Então lhe perguntaram: "Conte para nós por que é que nos está acontecendo essa desgraça. Qual é a sua profissão? De onde você vem? Qual é a sua terra? De que povo é você?"
9. Jonas respondeu: "Eu sou hebreu. Eu adoro a Javé, Deus do céu, que fez o mar e a terra".
10. Os marinheiros ficaram com medo, e lhe perguntaram: "O que foi que você fez?" Eles tinham percebido que Jonas estava fugindo da presença de Javé, pois ele próprio lhes tinha contado tudo.
11. E perguntaram: "O que é que vamos fazer com você, para que o mar se acalme?" Pois o mar estava cada vez mais bravo.
12. Jonas respondeu: "É só vocês me pegarem e me atirarem ao mar, que ele se acalmará em volta de vocês; eu sei que foi por minha causa que lhes veio essa tempestade tão violenta".
13. Os homens tentavam remar, a fim de chegar mais perto da terra firme, mas não conseguiam, pois o mar ia ficando cada vez mais agitado, ventando contra eles.
14. Então invocaram a Javé, dizendo: "Ah! Javé! Não queremos morrer por causa deste homem. Não lances contra nós a culpa de um sangue inocente. Tu és Javé e fazes tudo o que desejas".
15. Pegaram Jonas e o jogaram ao mar. Imediatamente o mar acalmou a sua fúria.
16. Daí para frente aqueles homens começaram a temer muito a Javé, oferecendo-lhe sacrifícios e fazendo votos.

[Jonas 2]Jonas 2



...POIS DE DEUS VEM A SALVAÇÃO
1. Javé enviou um peixe bem grande para que engolisse Jonas. E Jonas ficou no ventre do peixe três dias e três noites.
2. E do ventre do peixe, Jonas dirigiu a Javé, seu Deus, a seguinte oração:
3. "Na minha angústia invoquei a Javé, e ele me atendeu. Do fundo do abismo pedi tua ajuda, e ouviste a minha voz.
4. Jogaste-me nas profundezas, no coração do mar, e a torrente me envolveu. Passaram sobre mim as tuas ondas e vagas.
5. Então pensei: 'Eu fui expulso para longe dos teus olhos; nunca mais poderei admirar a beleza do teu santo Templo?'
6. Eu estava cercado de água até o pescoço, o abismo me rodeava, um lodo se agarrava à minha cabeça.
7. Desci até as raízes das montanhas, a terra se fechava sobre mim para sempre. Mas tu retiraste da fossa a minha vida, Javé, meu Deus!
8. Quando minhas forças se acabavam, eu me lembrei de Javé. E minha oração pôde chegar a ti, no teu santo Templo.
9. Quem segue os ídolos, abandona o amor de Javé.
10. Mas eu, entre cânticos de louvor, é a ti que presto o meu culto e com ação de graças cumpro os meus votos. A salvação pertence a Javé".
11. Então Javé mandou que o peixe vomitasse Jonas em terra firme.

[Jonas 3]Jonas 3



CONVERSÃO CONTRA TODA EXPECTATIVA
1. A palavra de Javé foi dirigida a Jonas pela segunda vez, ordenando:
2. "Levante-se e vá a Nínive, a grande cidade, e anuncie-lhe o que vou dizer a você".
3. Jonas se levantou e foi a Nínive, conforme Javé lhe tinha ordenado. Nínive era uma cidade fabulosamente grande: tinha o comprimento de uma caminhada de três dias.
4. Jonas entrou na cidade e começou a percorrê-la, caminhando um dia inteiro. Ele dizia: "Dentro de quarenta dias, Nínive será destruída!"
5. Os moradores de Nínive começaram a acreditar em Deus, e marcaram um dia de penitência, vestindo-se todos de pano de saco, desde os maiores até os menores.
6. O fato chegou também ao conhecimento do rei de Nínive. Ele se levantou do trono, tirou o manto, vestiu um pano de saco e sentou-se em cima da cinza.
7. Mandou também publicar e anunciar aos ninivitas um decreto do rei e de seus ministros, nestes termos: "Homens, animais, gado e ovelhas não poderão comer nada, nem pastar, nem beber água.
8. Deverão vestir pano de saco, tanto homens como animais; e todos clamarão a Deus com toda a força. Cada um deverá converter-se de sua má conduta e deixar de lado toda espécie de ações violentas.
9. Quem sabe, assim, Deus volte atrás, fique com pena, apague o ardor de sua ira, e a gente consiga escapar".
10. Deus viu o que eles fizeram e como se converteram de sua má conduta; então, desistiu do mal com que os tinha ameaçado, e não o executou.

[Jonas 4]Jonas 4



DEUS QUER SALVAR TODOS OS HOMENS
1. Jonas ficou muito desgostoso e despeitado.
2. E rezou a Javé: "Ah! Javé! Não era justamente isso que eu dizia quando estava na minha terra? Foi por isso que eu corri, tentando fugir para Társis, pois eu sabia que tu és um Deus compassivo e clemente, lento para a ira e cheio de amor, e que voltas atrás nas ameaças feitas.
3. Se é assim, Javé, tira a minha vida, pois eu acho melhor morrer do que ficar vivo".
4. Javé respondeu-lhe: "Está certo você ficar irritado desse jeito?"
5. Jonas saiu da cidade e ficou no lado do nascer do sol. Aí fez uma cabana e sentou-se na sombra, esperando para ver o que aconteceria com a cidade.
6. O Senhor Javé fez nascer uma mamoneira, que cresceu de modo a fazer sombra sobre a cabeça de Jonas e livrá-lo de uma insolação. E Jonas ficou muito contente com essa mamoneira.
7. Então, na madrugada seguinte, Deus enviou um verme que prejudicou a mamoneira, e ela secou.
8. Quando o sol nasceu, Javé mandou um vento quente e sufocante; e o sol abrasava a cabeça de Jonas, a ponto de fazê-lo desmaiar. E Jonas tornou a pedir a morte, dizendo: "Prefiro morrer do que ficar vivo!"
9. Deus perguntou a Jonas: "Está certo você ficar com tanta raiva por causa da mamoneira?" Ele respondeu: "Sim, está certo eu ficar com raiva, a ponto de pedir a morte".
10. Javé lhe disse: "Você está com dó de uma mamoneira, que não lhe custou trabalho, que não foi você quem a fez crescer, que brotou numa noite e na outra morreu?
11. E eu, será que não vou ter pena de Nínive, esta cidade enorme, onde moram mais de cento e vinte mil pessoas, que não sabem distinguir a direita da esquerda, além de tantos animais?"

[Miquéias 1]Miquéias 1



TÍTULO
1. Palavra do Javé dirigida a Miquéias de Morasti, no tempo em que Joatão, Acaz e Ezequias eram reis de Judá. Palavra que lhe foi dirigida em visão a respeito de Samaria e Jerusalém.

I. PROCESSO DE DEUS CONTRA ISRAEL

OS FOCOS DA IDOLATRIA SERÃO JULGADOS
2. Escutem, povos todos! Prestem atenção, ó terra e tudo o que a povoa! Do seu Templo santo o Senhor Javé seja testemunha contra vocês.
3. Olhem! Javé sai de seu lugar e desce, andando pelas alturas dos país.
4. Debaixo de seus pés as montanhas desmoronam, e os vales se derretem como cera junto ao fogo, como água que corre morro abaixo.
5. Tudo isso por causa do crime de Jacó, por causa dos pecados da casa de Israel. Qual é o crime de Jacó? Não é Samaria? Quais são os lugares altos de Judá? Não é Jerusalém?
6. Pois eu vou reduzir Samaria a uma ruína no meio do campo, num lugar para plantação de vinhedos; jogarei suas pedras no vale e porei seus alicerces a descoberto.
7. Todos os seus ídolos serão destruídos e suas ofertas serão queimadas. Vou reduzir a pó suas imagens: dado que foram ajuntadas como paga de prostituição, em paga de prostituição elas vão se transformar.

LAMENTAÇÃO DO PROFETA
8. É por isso que eu bato no peito e gemo, que ando descalço e nu: uivo como os lobos, gemo como filhotes de ema,
9. pois a ferida de Judá não tem remédio, e chega até as portas do meu povo, até Jerusalém.
10. Em Gat não contém nada; em Aco, não chorem; em Bet-Leafra, rolem no pó.
11. Toque a trombeta, morador de Safir; o habitante de Saanã não sai da cidade; Bet-Esel perde a base, tiram-lhe os apoios.
12. O habitante de Marot esperava o bem-estar; porque a desgraça desceu de Javé até as portas de Jerusalém.
13. Atrela o cavalo ao carro, morador de Laquis. (Aqui começou o pecado da filha de Sião, porque em você se encontram os crimes de Israel)
14. Por isso, você paga um dote para que Morasti-Gat seja devolvida. Bet-Aczib é uma decepção para os reis de Israel!
15. O conquistador procura novamente por você, habitante de Maresa. A glória de Israel irá até Odolam!
16. Corte e raspe o cabelo, por causa dos filhos que eram a sua alegria; aumente a sua calvície como águia, porque eles foram exilados para longe de você.

[Miquéias 2]Miquéias 2



A TERRA É DE TODOS
1. Ai daqueles que, deitados na cama, ficam planejando a injustiça e tramando o mal! É só o dia amanhecer, já o executam, porque têm o poder em suas mãos.
2. Cobiçam campos, e os roubam; querem uma casa, e a tomam. Assim oprimem ao homem e à sua família, ao proprietário e à sua herança.
3. É por isso que assim diz Javé: Vejam! Estou planejando contra esta gente uma desgraça, da qual não poderão esconder o pescoço, nem poderão andar de cabeça erguida. Será um tempo de desgraça.
4. Nesse dia, vão zombar de vocês, cantando esta lamentação: "Fomos completamente saqueados, a herança do meu povo foi dada a outro; quem irá devolvê-la? Os invasores é que sorteiam nossos campos".
5. Por isso, você não terá quem sorteie os lotes na assembléia de Javé.

NÃO PROFETIZEM
6. Eles profetizam: "Não profetizem, ão profetizem essas coisas! A desgraça não cairá sobre nós.
7. Por acaso, a casa de Jacó foi amaldiçoada? Acabou a paciência de Javé? É isso que ele costuma fazer? Por acaso, sua promessa não é de benção para quem vive com retidão?"

VOCÊS SÃO INIMIGOS DO POVO
8. São vocês os inimigos do meu povo: de quem está sem o manto, vocês exigem a veste; a quem vive tranqüilo, vocês tratam como se estivesse em guerra;
9. vocês expulsam da felicidade de seus lares as mulheres do meu povo, e tiram dos seus filhos a liberdade que eu lhes tinha dado para sempre.
10. Vamos! Andem! Porque este não é mais um lugar de repouso. Por um nada, vocês exigem uma hipoteca insuportável.
11. Se aparecesse um homem contando estas mentiras: "Eu lhes anuncio vinho e bebida forte", este sim seria um prodeta para esse povo!

JAVÉ NOS LIBERTARÁ
12. Eu reunirei você todo, ó Jacó; recolherei o que sobrou de você, ó Israel! Vou colocá-los juntos, como ovelha num curral, como rebanho reunido no meio do pasto, fazendo barulho longe das pessoas.
13. Na frente deles sobe aquele que abre uma brecha; eles forçam, atravessam a porta e saem por ela. O seu rei vai à frente, Javé é seu chefe.

[Miquéias 3]Miquéias 3



VOCÊS DEVORAM O POVO
1. Escutem bem, chefes de Jacó, governantes da casa de Israel! Por acaso, não é obrigação de vocês conhecer o direito?
2. Inimigos do bem e amantes do mal, vocês esfolam o povo e descarnam os seus ossos;
3. vocês são gente que devora a carne do meu povo e o esfola; quebra seus ossos e os faz em pedaços, como um cozido no caldeirão.
4. Depois vocês gritarão a Javé, mas ele não responderá. Nesse tempo, ele esconderá a sua face, por causa da maldade que vocês praticaram.

VOCÊS EXTRAVIAM O POVO
5. Assim diz Javé para os profetas que extraviam o meu povo, que anunciam a paz quando têm algo para mastigar, mas declaram guerra contra os que nada lhes põem na boca:
6. Por isso, vocês terão noite, no lugar de visões; escuridão ao invés de respostas. O sol se esconderá sobre esses profetas, a luz do dia se apagará sobre eles.
7. Os videntes ficarão envergonhados, os adivinhos ficarão confusos. Todos cobrirão o rosto, porque Deus não responderá.
8. Eu, porém, estou cheio da força do espírito de Javé, do direito e da fortaleza, para denunciar a Jacó o seu crime e a Israel o seu pecado.

UMA CIDADE ALICERÇADA NA INJUSTIÇA
9. Ouçam isto, chefes da casa de Jacó; prestem atenção, governantes de Israel, vocês que têm horror ao direito e entortam tudo o que é reto;
10. constroem Sião com sangue e Jerusalém com pervesidade.
11. Os chefes de vocês proferem sentença a troco de suborno; seus sacerdotes ensinam a troco de lucro, e seus profetas dão oráculos por dinheiro. E ainda ousam apoiar-se em Javé, dizendo: "Por acaso, Javé não está no meio de nós? Nada de mau nos poderá acontecer!"
12. Por isso, por culpa de vocês, Sião será arada como um campo, Jerusalém se tornará um montão de ruínas, e o monte do Templo será uma colina cheia de mato!

[Miquéias 4]II. ESPERANÇA E RENOVAÇÃO





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   138   139   140   141   142   143   144   145   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal