Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO


PARTE NARRATIVA: A CHEGADA DO REINO



Baixar 5.7 Mb.
Página155/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   151   152   153   154   155   156   157   158   ...   197
PARTE NARRATIVA: A CHEGADA DO REINO

Mateus 3

CHEGOU O TEMPO DO JULGAMENTO
1. Naqueles dias, apareceu João Batista, pregando no deserto da Judéia:
2. "Convertam-se, porque o Reino do Céu está próximo."
3. João foi anunciado pelo profeta Isaías, que disse: "Esta é a voz daquele que grita no deserto: Preparem o caminho do Senhor, endireitem suas estradas!"
4. João usava roupa feita de pêlos de camelo, e cinto de couro na cintura; comia gafanhotos e mel silvestre.
5. Os moradores de Jerusalém, de toda a Judéia, e de todos os lugares em volta do rio Jordão, iam ao encontro de João.
6. Confessavam os próprios pecados, e João os batizava no rio Jordão.
7. Quando viu muitos fariseus e saduceus vindo para o batismo, João disse-lhes: "Raça de cobras venenosas, quem lhes ensinou a fugir da ira que vai chegar?
8. Façam coisas que provem que vocês se converteram.
9. Não pensem que basta dizer: 'Abraão é nosso pai'. Porque eu lhes digo: até destas pedras Deus pode fazer nascer filhos de Abraão.
10. O machado já está posto na raiz das árvores. E toda árvore que não der bom fruto, será cortada e jogada no fogo.
11. Eu batizo vocês com água para a conversão. Mas aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu. E eu não sou digno nem de tirar-lhe as sandálias. Ele é quem batizará vocês com o Espírito Santo e com fogo.
12. Ele terá na mão uma pá: vai limpar sua eira, e recolher seu trigo no celeiro; mas a palha ele vai queimar no fogo que não se apaga."

A JUSTIÇA VAI SER REALIZADA
13. Jesus foi da Galiléia para o rio Jordão, a fim de se encontrar com João, e ser batizado por ele.
14. Mas João procurava impedi-lo, dizendo: "Sou eu que devo ser batizado por ti, e tu vens a mim?"
15. Jesus, porém, lhe respondeu: "Por enquanto deixe como está! Porque devemos cumprir toda a justiça." E João concordou.
16. Depois de ser batizado, Jesus logo saiu da água. Então o céu se abriu, e Jesus viu o Espírito de Deus, descendo como pomba e pousando sobre ele.
17. E do céu veio uma voz, dizendo: "Este é o meu Filho amado, que muito me agrada."

[Mateus 4]Mateus 4



JESUS SUPERA AS TENTAÇÕES
1. Então o Espírito conduziu Jesus ao deserto, para ser tentado pelo diabo.
2. Jesus jejuou durante quarenta dias e quarenta noites, e, depois disso, sentiu fome.
3. Então, o tentador se aproximou e disse a Jesus: "Se tu és Filho de Deus, manda que essas pedras se tornem pães!"
4. Mas Jesus respondeu: "A Escritura diz: 'Não só de pão vive o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.' "
5. Então o diabo o levou à Cidade Santa, colocou-o na parte mais alta do Templo.
6. E lhe disse: "Se tu és Filho de Deus, joga-te para baixo! Porque a Escritura diz: 'Deus ordenará aos seus anjos a teu respeito, e eles te levarão nas mãos, para que não tropeces em nenhuma pedra.' "
7. Jesus respondeu-lhe: "A Escritura também diz: 'Não tente o Senhor seu Deus.' "
8. O diabo tornou a levar Jesus, agora para um monte muito alto. Mostrou-lhe todos os reinos do mundo e suas riquezas.
9. E lhe disse: "Eu te darei tudo isso, se te ajoelhares diante de mim, para me adorar."
10. Jesus disse-lhe: "Vá embora, Satanás, porque a Escritura diz: 'Você adorará ao Senhor seu Deus e somente a ele servirá.' "
11. Então o diabo o deixou. E os anjos de Deus se aproximaram e serviram a Jesus.

A ESPERANÇA COMEÇA NA GALILÉIA
12. Ao saber que João tinha sido preso, Jesus voltou para a Galiléia.
13. Deixou Nazaré, e foi morar em Cafarnaum, que fica às margens do mar da Galiléia, nos confins de Zabulon e Neftali,
14. para se cumprir o que foi dito pelo profeta Isaías:
15. "Terra de Zabulon, terra de Neftali, caminho do mar, região do outro lado do rio Jordão, Galiléia dos que não são judeus!
16. O povo que vivia nas trevas viu uma grande luz; e uma luz brilhou para os que viviam na região escura da morte."
17. Daí em diante, Jesus começou a pregar, dizendo: "Convertam-se, porque o Reino do Céu está próximo."

SEGUIR A JESUS É COMPROMETER-SE
18. Jesus andava à beira do mar da Galiléia, quando viu dois irmãos: Simão, também chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam jogando a rede no mar, pois eram pescadores.
19. Jesus disse para eles: "Sigam-me, e eu farei de vocês pescadores de homens."
20. Eles deixaram imediatamente as redes, e seguiram a Jesus.
21. Indo mais adiante, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago e João, filhos de Zebedeu. Estavam na barca com seu pai Zebedeu, consertando as redes. E Jesus os chamou.
22. Eles deixaram imediatamente a barca e o pai, e seguiram a Jesus.

A ATIVIDADE DE JESUS
23. Jesus andava por toda a Galiléia, ensinando em suas sinagogas, pregando a Boa Notícia do Reino, e curando todo tipo de doença e enfermidade do povo.
24. E a fama de Jesus espalhou-se por toda a Síria. Levaram-lhe todos os doentes atingidos por diversos males e tormentos: endemoninhados, epiléticos e paralíticos. E Jesus os curou.
25. Numerosas multidões da Galiléia, da Decápole, de Jerusalém, da Judéia e do outro lado do rio Jordão começaram a seguir Jesus.

[Mateus 5]DISCURSO: O SERMÃO DA MONTANHA



Mateus 5

BEM-AVENTURANÇAS: ANSEIO POR UM MUNDO NOVO
1. Jesus viu as multidões, subiu à montanha e sentou-se. Os discípulos se aproximaram,
2. e Jesus começou a ensiná-los:
3. "Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu.
4. Felizes os aflitos, porque serão consolados.
5. Felizes os mansos, porque possuirão a terra.
6. Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
7. Felizes os que são misericordiosos, porque encontrarão misericórdia.
8. Felizes os puros de coração, porque verão a Deus.
9. Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.
10. Felizes os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu.
11. Felizes vocês, se forem insultados e perseguidos, e se disserem todo tipo de calúnia contra vocês, por causa de mim.
12. Fiquem alegres e contentes, porque será grande para vocês a recompensa no céu. Do mesmo modo perseguiram os profetas que vieram antes de vocês."

A FORÇA DO TESTEMUNHO
13. "Vocês são o sal da terra. Ora, se o sal perde o gosto, com que poderemos salgá-lo? Não serve para mais nada; serve só para ser jogado fora e ser pisado pelos homens.
14. Vocês são a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte.
15. Ninguém acende uma lâmpada para colocá-la debaixo de uma vasilha, e sim para colocá-la no candeeiro, onde ela brilha para todos os que estão em casa.
16. Assim também: que a luz de vocês brilhe diante dos homens, para que eles vejam as boas obras que vocês fazem, e louvem o Pai de vocês que está no céu."

A LEI E A JUSTIÇA
17. "Não pensem que eu vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim abolir, mas dar-lhes pleno cumprimento.
18. Eu garanto a vocês: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem sequer uma letra ou vírgula serão tiradas da Lei, sem que tudo aconteça.
19. Portanto, quem desobedecer a um só desses mandamentos, por menor que seja, e ensinar os outros a fazer o mesmo, será considerado o menor no Reino do Céu. Por outro lado, quem os praticar e ensinar, será considerado grande no Reino do Céu.
20. Com efeito, eu lhes garanto: se a justiça de vocês não superar a dos doutores da Lei e dos fariseus, vocês não entrarão no Reino do Céu."

OFENSA E RECONCILIAÇÃO
21. "Vocês ouviram o que foi dito aos antigos: 'Não mate! Quem matar será condenado pelo tribunal'.
22. Eu, porém, lhes digo: todo aquele que fica com raiva do seu irmão, se torna réu perante o tribunal. Quem diz ao seu irmão: 'imbecil', se torna réu perante o Sinédrio; quem chama o irmão de 'idiota', merece o fogo do inferno.
23. Portanto, se você for até o altar para levar a sua oferta, e aí se lembrar de que o seu irmão tem alguma coisa contra você,
24. deixe a oferta aí diante do altar, e vá primeiro fazer as pazes com seu irmão; depois, volte para apresentar a oferta.
25. Se alguém fez alguma acusação contra você, procure logo entrar em acordo com ele, enquanto estão a caminho do tribunal; senão o acusador entregará você ao juiz, o juiz o entregará ao guarda, e você irá para a prisão.
26. Eu garanto: daí você não sairá, enquanto não pagar até o último centavo."

ADULTÉRIO E FIDELIDADE
27. "Vocês ouviram o que foi dito: 'Não cometa adultério'.
28. Eu, porém, lhes digo: todo aquele que olha para uma mulher e deseja possuí-la, já cometeu adultério com ela no coração.
29. Se o olho direito leva você a pecar, arranque-o e jogue-o fora! É melhor perder um membro, do que o seu corpo todo ser jogado no inferno.
30. Se a mão direita leva você a pecar, corte-a e jogue-a fora! É melhor perder um membro do que o seu corpo todo ir para o inferno.
31. Também foi dito: 'Quem se divorciar de sua mulher, lhe dê uma certidão de divórcio'.
32. Eu, porém, lhes digo: todo aquele que se divorcia de sua mulher, a não ser por causa de fornicação, faz com que ela se torne adúltera; e quem se casa com a mulher divorciada, comete adultério."

JURAMENTO E VERDADE
33. "Vocês ouviram também o que foi dito aos antigos: 'Não jure falso', mas 'cumpra os seus juramentos para com o Senhor'.
34. Eu, porém, lhes digo: não jurem de modo algum: nem pelo Céu, porque é o trono de Deus;
35. nem pela terra, porque é o suporte onde ele apóia os pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei.
36. Não jure nem mesmo pela sua própria cabeça, porque você não pode fazer um só fio de cabelo ficar branco ou preto.
37. Diga apenas 'sim', quando é 'sim'; e 'não', quando é 'não'. O que você disser além disso, vem do Maligno."

VIOLÊNCIA E RESISTÊNCIA
38. "Vocês ouviram o que foi dito: 'Olho por olho e dente por dente!'
39. Eu, porém, lhes digo: não se vinguem de quem fez o mal a vocês. Pelo contrário: se alguém lhe dá um tapa na face direita, ofereça também a esquerda!
40. Se alguém faz um processo para tomar de você a túnica, deixe também o manto!
41. Se alguém obriga você a andar um quilômetro, caminhe dois quilômetros com ele!
42. Dê a quem lhe pedir, e não vire as costas a quem lhe pedir emprestado."

AMAR COMO O PAI AMA
43. "Vocês ouviram o que foi dito: 'Ame o seu próximo, e odeie o seu inimigo!'
44. Eu, porém, lhes digo: amem os seus inimigos, e rezem por aqueles que perseguem vocês!
45. Assim vocês se tornarão filhos do Pai que está no céu, porque ele faz o sol nascer sobre maus e bons, e a chuva cair sobre justos e injustos.
46. Pois, se vocês amam somente aqueles que os amam, que recompensa vocês terão? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa?
47. E se vocês cumprimentam somente seus irmãos, o que é que vocês fazem de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa?
48. Portanto, sejam perfeitos como é perfeito o Pai de vocês que está no céu."

[Mateus 6]Mateus 6



SUPERAR A JUSTIÇA DOS HIPÓCRITAS
1. "Prestem atenção! Não pratiquem a justiça de vocês diante dos homens, só para serem elogiados por eles. Fazendo assim, vocês não terão a recompensa do Pai de vocês que está no céu."

RELAÇÃO COM O PRÓXIMO
2. "Por isso, quando você der esmola, não mande tocar trombeta na frente, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem elogiados pelos homens. Eu garanto a vocês: eles já receberam a recompensa.
3. Ao contrário, quando você der esmola, que a sua esquerda não saiba o que a sua direita faz,
4. para que a sua esmola fique escondida; e seu Pai, que vê o escondido, recompensará você."

RELAÇÃO COM DEUS
5. "Quando vocês rezarem, não sejam como os hipócritas, que gostam de rezar em pé nas sinagogas e nas esquinas, para serem vistos pelos homens. Eu garanto a vocês: eles já receberam a recompensa.
6. Ao contrário, quando você rezar, entre no seu quarto, feche a porta, e reze ao seu Pai ocultamente; e o seu Pai, que vê o escondido, recompensará você."

O "PAI NOSSO"
7. "Quando vocês rezarem, não usem muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por causa do seu palavreado.
8. Não sejam como eles, pois o Pai de vocês sabe do que é que vocês precisam, ainda antes que vocês façam o pedido.
9. Vocês devem rezar assim: Pai nosso, que estás no céu, santificado seja o teu nome;
10. venha o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.
11. Dá-nos hoje o pão nosso de cada dia.
12. Perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores.
13. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal.
14. De fato, se vocês perdoarem aos homens os males que eles fizeram, o Pai de vocês que está no céu também perdoará a vocês.
15. Mas, se vocês não perdoarem aos homens, o Pai de vocês também não perdoará os males que vocês tiverem feito."

RELAÇÃO CONSIGO MESMO
16. "Quando vocês jejuarem, não fiquem de rosto triste, como os hipócritas. Eles desfiguram o rosto para que os homens vejam que estão jejuando. Eu garanto a vocês: eles já receberam a recompensa.
17. Quando você jejuar, perfume a cabeça e lave o rosto,
18. para que os homens não vejam que você está jejuando, mas somente seu Pai, que vê o escondido; e seu Pai, que vê o escondido, recompensará você."

A ESCOLHA FUNDAMENTAL
19. "Não ajuntem riquezas aqui na terra, onde a traça e a ferrugem corroem, e onde os ladrões assaltam e roubam.
20. Ajuntem riquezas no céu, onde nem a traça nem a ferrugem corroem, e onde os ladrões não assaltam nem roubam.
21. De fato, onde está o seu tesouro, aí estará também o seu coração.
22. A lâmpada do corpo é o olho. Se o olho é sadio, o corpo inteiro fica iluminado.
23. Se o olho está doente, o corpo inteiro fica na escuridão. Assim, se a luz que existe em você é escuridão, como será grande a escuridão!
24. Ninguém pode servir a dois senhores. Porque, ou odiará a um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e às riquezas."

A BUSCA FUNDAMENTAL
25. "Por isso é que eu lhes digo: não fiquem preocupados com a vida, com o que comer; nem com o corpo, com o que vestir. Afinal, a vida não vale mais do que a comida? E o corpo não vale mais do que a roupa?
26. Olhem os pássaros do céu: eles não semeiam, não colhem, nem ajuntam em armazéns. No entanto, o Pai que está no céu os alimenta. Será que vocês não valem mais do que os pássaros?
27. Quem de vocês pode crescer um só centímetro, à custa de se preocupar com isso?
28. E por que vocês ficam preocupados com a roupa? Olhem como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam.
29. Eu, porém, lhes digo: nem o rei Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um deles.
30. Ora, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é queimada no forno, muito mais ele fará por vocês, gente de pouca fé!
31. Portanto, não fiquem preocupados, dizendo: O que vamos comer? O que vamos beber? O que vamos vestir?
32. Os pagãos é que ficam procurando essas coisas. O Pai de vocês, que está no céu, sabe que vocês precisam de tudo isso.
33. Pelo contrário, em primeiro lugar busquem o Reino de Deus e a sua justiça, e Deus dará a vocês, em acréscimo, todas essas coisas.
34. Portanto, não se preocupem com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá suas preocupações. Basta a cada dia a própria dificuldade."

[Mateus 7]Mateus 7



NINGUÉM PODE JULGAR
1. "Não julguem, e vocês não serão julgados.
2. De fato, vocês serão julgados com o mesmo julgamento com que vocês julgarem, e serão medidos com a mesma medida com que vocês medirem.
3. Por que você fica olhando o cisco no olho do seu irmão, e não presta atenção à trave que está no seu próprio olho?
4. Ou, como você se atreve a dizer ao irmão: 'deixe-me tirar o cisco do seu olho', quando você mesmo tem uma trave no seu?
5. Hipócrita, tire primeiro a trave do seu próprio olho, e então você enxergará bem para tirar o cisco do olho do seu irmão."

SABER DISCERNIR
6. "Não dêem aos cães o que é santo, nem atirem pérolas aos porcos; eles poderiam pisá-las com os pés e, virando-se, despedaçar vocês."

CONFIANÇA NO PAI
7. "Peçam, e lhes será dado! Procurem, e encontrarão! Batam, e abrirão a porta para vocês!
8. Pois todo aquele que pede, recebe; quem procura, acha; e a quem bate, a porta será aberta.
9. Quem de vocês dá ao filho uma pedra, quando ele pede um pão?
10. Ou lhe dá uma cobra, quando ele pede um peixe?
11. Se vocês, que são maus, sabem dar coisas boas a seus filhos, quanto mais o Pai de vocês que está no céu dará coisas boas aos que lhe pedirem."

A REGRA DE OURO
12. "Tudo o que vocês desejam que os outros façam a vocês, façam vocês também a eles. Pois nisso consistem a Lei e os Profetas."

O REINO EXIGE ESFORÇO
13. "Entrem pela porta estreita, porque é larga a porta e espaçoso o caminho que levam para a perdição, e são muitos os que entram por ela!
14. Como é estreita a porta e apertado o caminho que levam para a vida, e são poucos os que a encontram!"

CUIDADO COM AS FALSAS PROMESSAS
15. "Cuidado com os falsos profetas: eles vêm a vocês vestidos com peles de ovelha, mas por dentro são lobos ferozes.
16. Vocês os conhecerão pelos frutos deles: por acaso se colhem uvas de espinheiros ou figos de urtigas?
17. Assim, toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore má produz maus frutos.
18. Uma árvore boa não pode dar frutos maus, e uma árvore má não pode dar bons frutos.
19. Toda árvore que não der bons frutos, será cortada e jogada no fogo.
20. Pelos frutos deles é que vocês os conhecerão."

A FÉ É UMA PRÁTICA
21. "Nem todo aquele que me diz 'Senhor, Senhor', entrará no Reino do Céu. Só entrará aquele que põe em prática a vontade do meu Pai, que está no céu.
22. Naquele dia muitos me dirão: 'Senhor, Senhor, não foi em teu nome que profetizamos? Não foi em teu nome que expulsamos demônios? E não foi em teu nome que fizemos tantos milagres?'
23. Então, eu vou declarar a eles: Jamais conheci vocês. Afastem-se de mim, malfeitores!"

PASSAR PARA A AÇÃO
24. "Portanto, quem ouve essas minhas palavras e as põe em prática, é como o homem prudente que construiu sua casa sobre a rocha.
25. Caiu a chuva, vieram as enxurradas, os ventos sopraram com força contra a casa, mas a casa não caiu, porque fora construída sobre a rocha.
26. Por outro lado, quem ouve essas minhas palavras e não as põe em prática, é como o homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia.
27. Caiu a chuva, vieram as enxurradas, os ventos sopraram com força contra a casa, e a casa caiu, e a sua ruína foi completa!"

A AUTORIDADE DE JESUS
28. Quando Jesus acabou de dizer essas palavras, as multidões ficaram admiradas com o seu ensinamento,
29. porque Jesus ensinava como alguém que tem autoridade, e não como os doutores da Lei.

[Mateus 8]SEGUNDO LIVRINHO: A DINÂMICA DO REINO



PARTE NARRATIVA: OS SINAIS DO REINO

Mateus 8

JESUS PURIFICA
1. Quando Jesus desceu da montanha, grandes multidões começaram a segui-lo.
2. Eis que um leproso aproximou-se e ajoelhou-se diante de Jesus, dizendo: "Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar."
3. Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: "Eu quero, fique purificado." No mesmo instante o homem ficou purificado da lepra.
4. Então Jesus lhe disse: "Não conte isso a ninguém! Vá pedir ao sacerdote para examinar você, e depois faça a oferta que Moisés mandou, a fim de que seja um testemunho para eles."

AS FRONTEIRAS DO REINO
5. Jesus estava entrando em Cafarnaum, quando um oficial romano se aproximou dele, suplicando:
6. "Senhor, meu empregado está em casa, de cama, sofrendo muito com uma paralisia."
7. Jesus respondeu: "Eu vou curá-lo."
8. O oficial disse: "Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dize uma só palavra e meu empregado ficará curado.
9. Pois eu também obedeço a ordens e tenho soldados sob minhas ordens. E digo a um: vá, e ele vai; e a outro: venha, e ele vem; e digo ao meu empregado: faça isso, e ele faz."
10. Quando ouviu isso, Jesus ficou admirado, e disse aos que o seguiam: "Eu garanto a vocês: nunca encontrei uma fé igual a essa em ninguém de Israel!
11. Eu digo a vocês: muitos virão do Oriente e do Ocidente, e se sentarão à mesa no Reino do Céu junto com Abraão, Isaac e Jacó.
12. Enquanto os herdeiros do Reino serão jogados nas trevas exteriores onde haverá choro e ranger de dentes."
13. Então Jesus disse ao oficial: "Vá, e seja feito conforme você acreditou." E nessa mesma hora o empregado do oficial ficou curado.

SER LIVRE PARA SERVIR
14. Jesus foi para a casa de Pedro, e viu a sogra de Pedro deitada, com febre.
15. Então Jesus tocou a mão dela, e a febre a deixou. Ela se levantou, e começou a servi-los.

JESUS É O SERVO DE JAVÉ
16. À tarde, levaram a Jesus muitas pessoas que estavam possuídas pelo demônio. Jesus, com a sua palavra, expulsou os espíritos e curou todos os doentes,
17. para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías: "Ele tomou as nossas enfermidades e carregou as nossas doenças."

EXIGÊNCIAS PARA SEGUIR JESUS
18. Vendo grandes multidões ao seu redor, Jesus mandou passar para a outra margem.
19. Então um doutor da Lei se aproximou e disse: "Mestre, eu te seguirei aonde quer que fores."
20. Mas Jesus lhe respondeu: "As raposas têm tocas e as aves do céu têm ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça."
21. Outro, que era discípulo, disse a Jesus: "Senhor, deixa primeiro que eu vá sepultar meu pai."
22. Mas Jesus lhe respondeu: "Siga-me, e deixe que os mortos sepultem seus próprios mortos."

JESUS É O SENHOR DAS SITUAÇÕES
23. Então Jesus entrou na barca, e seus discípulos o acompanharam.
24. E eis que houve grande agitação no mar, de modo que a barca estava sendo coberta pelas ondas. Jesus, porém, estava dormindo.
25. Os discípulos se aproximaram e o acordaram, dizendo: "Senhor, salva-nos, porque estamos afundando!"
26. Jesus respondeu: "Por que vocês têm medo, homens de pouca fé?" E, levantando-se, ameaçou os ventos e o mar, e tudo ficou calmo.
27. Os homens ficaram admirados e disseram: "Quem é esse homem, a quem até o vento e o mar obedecem?"

JESUS DESALIENA OS HOMENS
28. Quando Jesus chegou à outra margem, à terra dos gadarenos, foram ao encontro dele dois homens possuídos pelo demônio. Saíam do meio dos túmulos e eram muito selvagens, de modo que ninguém podia passar por esse caminho.
29. Então eles gritaram: "Que é que há entre nós, Filho de Deus? Vieste aqui para nos atormentar antes do tempo?"
30. Havia, ao longe, uma grande manada de porcos que estavam pastando.
31. Os demônios suplicavam: "Se nos expulsas, manda-nos para a manada de porcos."
32. Jesus disse: "Podem ir." Os demônios saíram, e foram para os porcos; e eis que toda a manada se atirou monte abaixo para dentro do mar e morreu afogada.
33. Os homens que guardavam os porcos saíram correndo, foram à cidade e contaram tudo, inclusive o caso dos possuídos pelo demônio.
34. Então toda a cidade saiu ao encontro de Jesus. Vendo-o, começaram a suplicar que Jesus se retirasse da região deles.

[Mateus 9]Mateus 9



O PODER DE PERDOAR
1. Jesus subiu numa barca, passou para a outra margem e chegou à sua cidade.
2. Nisso, levaram a ele um paralítico deitado numa cama. Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico: "Coragem, filho! Os seus pecados estão perdoados."
3. Então alguns doutores da Lei pensaram: "Esse homem está blasfemando!"
4. Mas Jesus, conhecendo os pensamentos deles, disse: "Por que é que vocês pensam coisas más?
5. O que é mais fácil dizer: 'Os seus pecados estão perdoados'; ou dizer: 'Levante-se e ande'?
6. Pois bem, para que vocês saibam que o Filho do Homem tem poder na terra para perdoar pecados - então disse Jesus ao paralítico: Levante-se, pegue a sua cama e vá para a sua casa."
7. O paralítico então se levantou, e foi para a sua casa.
8. Vendo isso, a multidão ficou com medo e louvou a Deus, por ter dado tal poder aos homens.

JUSTIÇA E MISERICÓRDIA
9. Saindo daí, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e lhe disse: "Siga-me!" Ele se levantou, e seguiu a Jesus.
10. Estando Jesus à mesa em casa de Mateus, muitos cobradores de impostos e pecadores foram e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos.
11. Alguns fariseus viram isso, e perguntaram aos discípulos: "Por que o mestre de vocês come com os cobradores de impostos e os pecadores?"
12. Jesus ouviu a pergunta e respondeu: "As pessoas que têm saúde não precisam de médico, mas só as que estão doentes.
13. Aprendam, pois, o que significa: 'Eu quero a misericórdia e não o sacrifício'. Porque eu não vim para chamar justos, e sim pecadores."

JESUS PROVOCA RUPTURA
14. Então os discípulos de João se aproximaram de Jesus, e perguntaram: "Nós e os fariseus fazemos jejum. Por que os teus discípulos não fazem jejum?"
15. Jesus respondeu: "Vocês acham que os convidados de um casamento podem estar de luto, enquanto o noivo está com eles? Mas chegarão dias em que o noivo será tirado do meio deles. Aí então eles vão jejuar.
16. Ninguém põe remendo de pano novo em roupa velha, porque o remendo repuxa o pano, e o rasgo fica maior ainda.
17. Também não se põe vinho novo em barris velhos, senão os barris se arrebentam, o vinho se derrama e os barris se perdem. Mas vinho novo se põe em barris novos e assim os dois se conservam."

JESUS É O SENHOR DA VIDA
18. Enquanto Jesus dizia essas coisas para eles, um chefe se aproximou, ajoelhou-se diante de Jesus, e disse: "Minha filha acaba de morrer; mas vem, põe tua mão sobre ela, e ela viverá."
19. Jesus levantou-se e o seguiu, junto com seus discípulos.
20. Nesse momento, chegou uma mulher que fazia doze anos vinha sofrendo de hemorragia. Ela foi por trás, e tocou a barra da roupa de Jesus,
21. porque pensava: "Ainda que eu toque só na roupa dele, ficarei curada."
22. Jesus virou-se, e, ao vê-la, disse: "Coragem, filha! Sua fé curou você." E, desde esse momento, a mulher ficou curada.
23. Chegando à casa do chefe, Jesus viu os tocadores de flauta e uma multidão fazendo barulho. Então disse:
24. "Retirem-se, porque a menina não morreu. Ela está apenas dormindo." As pessoas começaram a caçoar dele.
25. Quando a multidão foi afastada, Jesus entrou, e tomou a menina pela mão. Então a menina se levantou.
26. E essa notícia espalhou-se por toda aquela região.

JESUS FAZ VER E FALAR
27. Quando Jesus saiu dali, dois cegos o seguiram, gritando: "Tem piedade de nós, filho de Davi."
28. Jesus chegou em casa, e os cegos se aproximaram dele. Então Jesus perguntou: "Vocês acreditam que eu posso fazer isso?" Eles responderam: "Sim, Senhor."
29. Então Jesus tocou os olhos deles, dizendo: "Que aconteça conforme vocês acreditaram." E os olhos deles se abriram.
30. Então Jesus lhes ordenou: "Tomem cuidado para que ninguém fique sabendo."
31. Mas eles saíram, e espalharam a notícia por toda aquela região.
32. Quando já tinham saído os dois cegos, levaram a Jesus um mudo que estava possuído pelo demônio.
33. Quando o demônio foi expulso, o mudo falou, e as multidões ficaram admiradas, e diziam: "Nunca se viu uma coisa assim em Israel."
34. Mas os fariseus diziam: "É pelo príncipe dos demônios que ele expulsa os demônios."

A ORIGEM DA MISSÃO
35. Jesus percorria todas as cidades e povoados, ensinando em suas sinagogas, pregando a Boa Notícia do Reino, e curando todo tipo de doença e enfermidade.
36. Vendo as multidões, Jesus teve compaixão, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas que não têm pastor.
37. Então Jesus disse a seus discípulos: "A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos!
38. Por isso, peçam ao dono da colheita que mande trabalhadores para a colheita."

[Mateus 10]DISCURSO: A MISSÃO DOS DISCÍPULOS



Mateus 10

O NÚCLEO DA NOVA COMUNIDADE
1. Então Jesus chamou seus discípulos e deu-lhes poder para expulsar os espíritos maus, e para curar qualquer tipo de doença e enfermidade.
2. São estes os nomes dos Doze Apóstolos: primeiro Simão, chamado Pedro, e seu irmão André; Tiago e seu irmão João, filhos de Zebedeu;
3. Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu;
4. Simão, o Cananeu, e Judas Iscariotes, que foi o traidor de Jesus.

A MISSÃO DOS APÓSTOLOS
5. Jesus enviou os Doze com estas recomendações: "Não tomem o caminho dos pagãos, e não entrem nas cidades dos samaritanos.
6. Vão primeiro às ovelhas perdidas da casa de Israel.
7. Vão e anunciem: 'O Reino do Céu está próximo'.
8. Curem os doentes, ressuscitem os mortos, purifiquem os leprosos, expulsem os demônios. Vocês receberam de graça, dêem também de graça!
9. Não levem nos cintos moedas de ouro, de prata ou de cobre;
10. nem sacola para o caminho, nem duas túnicas, nem calçados, nem bastão, porque o operário tem direito ao seu alimento.
11. Em qualquer cidade ou povoado onde vocês entrarem, informem-se para saber se há alguém que é digno. E aí permaneçam até vocês se retirarem.
12. Ao entrarem na casa, façam a saudação.
13. Se a casa for digna, desça sobre ela a paz de vocês; se ela não for digna, que a paz volte para vocês.
14. Se alguém não os receber bem, e não escutar a palavra de vocês, ao sair dessa casa e dessa cidade, sacudam a poeira dos pés.
15. Eu garanto a vocês: no dia do julgamento as cidades de Sodoma e Gomorra serão tratadas com menos rigor do que essa cidade."

TESTEMUNHO E PERSEGUIÇÃO
16. "Eis que eu envio vocês como ovelhas no meio de lobos. Portanto, sejam prudentes como as serpentes e simples como as pombas.
17. Tenham cuidado com os homens, porque eles entregarão vocês aos tribunais e açoitarão vocês nas sinagogas deles.
18. Vocês vão ser levados diante de governadores e reis, por minha causa, a fim de serem testemunhas para eles e para as nações.
19. Quando entregarem vocês, não fiquem preocupados como ou com aquilo que vocês vão falar, porque, nessa hora, será sugerido a vocês o que vocês devem dizer.
20. Com efeito, não serão vocês que irão falar, e sim o Espírito do Pai de vocês é quem falará através de vocês.
21. O irmão entregará à morte o próprio irmão; o pai entregará o filho; os filhos se levantarão contra seus pais, e os matarão.
22. Vocês serão odiados de todos, por causa do meu nome. Mas, aquele que perseverar até o fim, esse será salvo.
23. Quando perseguirem vocês numa cidade, fujam para outra. Eu garanto que vocês não acabarão de percorrer as cidades de Israel, antes que venha o Filho do Homem.
24. O discípulo não está acima do mestre, nem o servo acima do seu senhor.
25. Para o discípulo basta ser como o seu mestre, e para o servo ser como o seu senhor. Se chamaram de Belzebu o dono da casa, quanto mais os que são da casa dele!"

NÃO TENHAM MEDO
26. "Não tenham medo deles, pois não há nada de escondido que não venha a ser revelado, e não existe nada de oculto que não venha a ser conhecido.
27. O que digo a vocês na escuridão, repitam à luz do dia, e o que vocês escutam em segredo, proclamem sobre os telhados.
28. Não tenham medo daqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Pelo contrário, tenham medo daquele que pode arruinar a alma e o corpo no inferno!
29. Não se vendem dois pardais por alguns trocados? No entanto, nenhum deles cai no chão sem o consentimento do Pai de vocês.
30. Quanto a vocês, até os cabelos da cabeça estão todos contados.
31. Não tenham medo! Vocês valem mais do que muitos pardais.
32. Portanto, todo aquele que der testemunho de mim diante dos homens, também eu darei testemunho dele diante do meu Pai que está no céu.
33. Aquele, porém, que me renegar diante dos homens, eu também o renegarei diante do meu Pai que está no céu."

PERSEVERANÇA EM MEIO AO CONFLITO
34. "Não pensem que eu vim trazer paz à terra; eu não vim trazer a paz, e sim a espada.
35. De fato, eu vim separar o filho de seu pai, a filha de sua mãe, a nora de sua sogra.
36. E os inimigos do homem serão os seus próprios familiares.
37. Quem ama seu pai ou mãe mais do que a mim, não é digno de mim. Quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim, não é digno de mim.
38. Quem não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim.
39. Quem procura conservar a própria vida, vai perdê-la. E quem perde a sua vida por causa de mim, vai encontrá-la."

JESUS SE IDENTIFICA COM OS PEQUENINOS
40. "Quem recebe a vocês, recebe a mim; e quem me recebe, recebe aquele que me enviou.
41. Quem recebe um profeta, por ser profeta, receberá a recompensa de profeta. E quem recebe um justo, por ser justo, receberá a recompensa de justo.
42. Quem der ainda que seja apenas um copo de água fria a um desses pequeninos, por ser meu discípulo, eu garanto a vocês: não perderá a sua recompensa."

[Mateus 11]TERCEIRO LIVRINHO: O MISTÉRIO DO REINO






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   151   152   153   154   155   156   157   158   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal