Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO


Nos dois engastes, fixaram as duas pontas das correntes, e as colocaram nas ombreiras do efod, na parte da frente. 19



Baixar 5.7 Mb.
Página16/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   12   13   14   15   16   17   18   19   ...   197

18. Nos dois engastes, fixaram as duas pontas das correntes, e as colocaram nas ombreiras do efod, na parte da frente.
19. Fizeram duas argolas de ouro e as colocaram nas duas pontas inferiores do peitoral, junto ao efod.
20. Fizeram também duas argolas de ouro e as colocaram nas duas ombreiras do efod, na parte inferior dianteira, perto de sua juntura, sobre o cinto do efod.
21. Juntaram o peitoral, através de suas argolas, com as argolas do efod com um cordão de púrpura violeta, para que ficasse por cima do cinto do efod e não se desprendesse do efod, conforme Javé tinha ordenado a Moisés.

O MANTO
22. Depois fizeram o manto do efod; era todo tecido de púrpura violeta.
23. Havia uma abertura no meio do manto, como a abertura de um colete. A abertura tinha à sua volta uma barra que não se rasgava.
24. Na parte inferior do manto colocaram romãs de púrpura violeta, vermelha e escarlate, e de linho fino retorcido.
25. Fizeram também campainhas de ouro e colocaram as campainhas entre as romãs.
26. Havia uma campainha entremeada com uma romã em toda a volta, na parte inferior do manto que se usava para o serviço religioso, conforme Javé tinha ordenado a Moisés.

AS VESTES DOS SACERDOTES
27. Para Aarão e seus filhos fizeram também túnicas tecidas de linho fino,
28. turbante e gorros com enfeites, e calções de linho fino retorcido.
29. O cinto era de linho fino retorcido, púrpura violeta, vermelha e escarlate, conforme Javé tinha ordenado a Moisés.

O SINAL DA CONSAGRAÇÃO
30. Em seguida, fizeram de ouro puro a flor, sinal da santa consagração, e nela gravaram como num selo: "Consagrado a Javé".
31. Amarraram a flor com um cordão de púrpura violeta, de modo que ficasse sobre o turbante, na parte da frente, conforme Javé tinha ordenado a Moisés.
32. Desse modo, terminaram os trabalhos do santuário e da tenda da reunião. E os filhos de Israel fizeram tudo o que Javé tinha ordenado a Moisés.

APRESENTAÇÃO DA OBRA A MOISÉS
33. Apresentaram a Moisés o santuário a tenda e todos os seus acessórios: argolas, tábuas, travessas, colunas e bases;
34. a cobertura de pele de carneiro curtida, a cobertura de couro fino e o véu protetor;
35. a arca da aliança com os varais e a placa;
36. a mesa com seus utensílios e com os pães oferecidos a Deus;
37. o candelabro de ouro puro com as lâmpadas em ordem, com seus acessórios e com o azeite para as lâmpadas;
38. o altar de ouro, o óleo da unção, o incenso aromático e o véu para a entrada da tenda;
39. o altar de bronze com a grelha de bronze, os varais com todos os seus acessórios; a bacia com sua base;
40. as cortinas do átrio com suas colunas e bases; o véu para a entrada do átrio com suas cordas e estacas, e com todos os utensílios para o serviço no santuário da tenda da reunião;
41. as vestes sagradas para oficiar no santuário e as vestes sagradas para o sacerdote Aarão e seus filhos exercerem o sacerdócio.
42. Os filhos de Israel fizeram todos os trabalhos conforme Javé tinha ordenado a Moisés.
43. Moisés examinou todo o trabalho e viu que tinham feito conforme Javé tinha ordenado. E Moisés os abençoou.

[Êxodo 40]Êxodo 40



CONSAGRAÇÃO DO SANTUÁRIO
1. Javé falou a Moisés:
2. "No dia primeiro do primeiro mês, construa o santuário da tenda da reunião.
3. Coloque nele a arca da aliança e a feche com o véu.
4. Coloque a mesa e nela os pães. Coloque o candelabro e acenda as lâmpadas.
5. Coloque o altar de ouro diante da arca da aliança, e instale o véu na entrada do santuário.
6. Coloque o altar dos holocaustos diante da entrada do santuário da tenda da reunião.
7. Coloque a bacia entre a tenda da reunião e o altar; depois a encha com água.
8. Coloque o átrio ao redor e a cortina na entrada do átrio.
9. Pegue o óleo da unção e unja o santuário e tudo o que está dentro dele; consagre o santuário e todos os seus utensílios, e ele ficará consagrado.
10. Unja o altar dos holocaustos com seus utensílios, e o altar ficará santíssimo.
11. Unja a bacia e a sua base, consagrando-as.
12. Depois, faça com que Aarão e seus filhos se aproximem da entrada da tenda da reunião. Lave-os com água
13. e vista Aarão com as vestes sagradas. Unja-o e consagre-o, para que exerça o meu sacerdócio.
14. Faça os filhos dele se aproximarem e vista-os com as túnicas.
15. Unja-os, como você ungiu o pai deles, para que exerçam o meu sacerdócio. A unção lhes conferirá o sacerdócio perpétuo em todas as suas gerações".

EXECUÇÃO DAS ORDENS
16. Moisés fez tudo conforme Javé lhe tinha ordenado.
17. No dia primeiro do primeiro mês do segundo ano, construíram o santuário.
18. Moisés construiu o santuário, colocou as bases, fixou as tábuas com as travessas, e ergueu as colunas.
19. Estendeu a tenda sobre o santuário e colocou por cima a cobertura da tenda, conforme Javé lhe tinha ordenado.
20. Colocou o documento da aliança na arca; colocou os varais na arca e a placa de ouro em cima da arca.
21. Introduziu a arca no santuário e colocou o véu para ocultar a arca da aliança, conforme Javé lhe tinha ordenado.
22. Colocou a mesa na tenda da reunião, na parte norte do santuário e do lado de fora do véu,
23. e colocou sobre ela os pães oferecidos a Deus, conforme Javé lhe tinha ordenado.
24. Colocou o candelabro na tenda da reunião, na parte sul do santuário, diante da mesa;
25. acendeu as lâmpadas na presença de Javé, conforme Javé lhe tinha ordenado.
26. Colocou o altar de ouro na tenda da reunião, diante do véu,
27. e em cima dele queimou o incenso aromático, conforme Javé lhe tinha ordenado.
28. Depois colocou o véu na entrada do santuário.
29. Colocou o altar dos holocaustos na entrada do santuário da tenda da reunião, e sobre ele ofereceu o holocausto e a oferta, conforme Javé lhe tinha ordenado.
30. Colocou a bacia entre a tenda da reunião e o altar, enchendo-a com água para as abluções.
31. Moisés, com Aarão e os filhos deste, lavavam as mãos e os pés,
32. quando entravam na tenda da reunião ou quando se aproximavam do altar, conforme Javé tinha ordenado a Moisés.
33. Ao redor do santuário e do altar, Moisés levantou o átrio; e colocou a cortina na entrada. Desse modo, Moisés terminou os trabalhos.

A GLÓRIA DE DEUS
34. Então a nuvem cobriu a tenda da reunião, e a glória de Javé encheu o santuário.
35. Moisés não pôde entrar na tenda da reunião, porque a nuvem tinha pousado sobre ela e a glória de Javé enchia o santuário.
36. Em todas as etapas da viagem, os filhos de Israel punham-se em movimento sempre que a nuvem se elevava acima do santuário.
37. Mas, se a nuvem não se elevava, também eles não partiam, enquanto ela não se elevasse.
38. De dia, a nuvem de Javé pousava sobre o santuário; e, de noite, dentro dele havia um fogo, que era visto por toda a casa de Israel, durante todo o tempo da sua viagem.

Levítico 1
I. RITUAL DOS SACRIFÍCIOS

OS HOLOCAUSTOS
1. Javé chamou Moisés, e da tenda da reunião lhe falou:
2. "Diga aos filhos de Israel: Quando alguém de vocês apresentar uma oferta a Javé, ofereça um animal grande ou pequeno.
3. Se for holocausto de animal grande, ofereça um macho sem defeito, e o leve à entrada da tenda da reunião, para que seja aceito por Javé.
4. Coloque a mão sobre a cabeça da vítima, e ela será aceita como expiação.
5. Em seguida, imole o bezerro diante de Javé. Os sacerdotes, filhos de Aarão, oferecerão o sangue e o derramarão por todos os lados do altar que está na entrada da tenda da reunião.
6. Depois, esfole a vítima e a esquarteje.
7. Os sacerdotes, filhos de Aarão, acenderão o fogo sobre o altar e sobre o fogo empilharão a lenha.
8. Depois colocarão os pedaços de carne, com a cabeça e a gordura, em cima da lenha que está sobre o altar.
9. Lavarão as entranhas e as patas. E o sacerdote queimará tudo sobre o altar. É um holocausto: oferta queimada, de suave odor para Javé.
10. Se for holocausto de animal pequeno, cordeiro ou cabrito, ofereça um macho sem defeito;
11. imole-o no lado norte do altar, diante de Javé. Os sacerdotes, filhos de Aarão, derramarão o sangue por todos os lados do altar.
12. O sacerdote o esquartejará, e colocará as partes, junto com a cabeça e a gordura, em cima da lenha que está sobre o altar.
13. Lavarão as entranhas e as patas. E o sacerdote queimará tudo sobre o altar. É um holocausto: oferta queimada, de suave odor para Javé.
14. Se for holocausto de aves, a oferta será de uma rola ou de um pombinho.
15. O sacerdote a levará até o altar e, destroncando-lhe o pescoço, a queimará sobre o altar, depois de deixar seu sangue escorrer sobre a parede do altar.
16. Tirará o papo e as penas, atirando-os para o leste do altar, em cima das cinzas.
17. Dividirá pelo meio a ave, uma asa de cada lado, mas sem separar as partes. Então o sacerdote queimará a ave no altar, em cima da lenha que está sobre o fogo. É um holocausto: oferta queimada, de suave odor para Javé.

[Levítico 2]Levítico 2



AS OBLAÇÕES
1. Quando alguém fizer uma oblação a Javé, sua oferta será de flor de farinha; sobre ela derramará azeite e colocará incenso.
2. A pessoa levará a oferta aos sacerdotes, filhos de Aarão, e um deles pegará um punhado de flor de farinha, com o azeite e todo o incenso, e queimará sobre o altar como memorial. É uma oferta queimada, de suave odor para Javé.
3. O resto ficará para Aarão e seus filhos. É a porção sagrada da oblação para Javé.
4. Quando você oferecer uma oblação cozida no forno, ela será de roscas sem fermento, feitas de flor de farinha amassada com azeite; ou de bolinhos sem fermento, untados com azeite.
5. Se a oblação for cozida na assadeira, ela será de flor de farinha sem fermento, amassada com azeite.
6. Você a partirá em pedaços e por cima derramará azeite. É uma oblação.
7. Se a oblação for cozida na panela, a flor de farinha será preparada com azeite.
8. Leve a oblação para Javé, entregando ao sacerdote, que a colocará junto do altar.
9. O sacerdote tirará uma parte como memorial, e a queimará no altar. É uma oblação de suave odor para Javé.
10. O resto da oblação será de Aarão e seus filhos. É a porção sagrada da oblação para Javé.
11. Nenhuma oblação que vocês fizerem a Javé será preparada com fermento, porque nada que contenha fermento ou mel será queimado em oblação para Javé.
12. Vocês poderão oferecer essas coisas a Javé como primícias, mas não as colocarão sobre o altar como perfume de suave odor.
13. Coloquem sal em toda oblação que oferecerem. Não deixem de colocar na oblação o sal da aliança do seu Deus. Todas as oblações serão oferecidas com sal.
14. Se você fizer uma oblação de primícias para Javé, ela deverá ser de grãos de espigas tostadas ao fogo ou de pão cozido com grãos moídos.
15. Sobre ela, você derramará azeite e colocará incenso, pois é uma oblação.
16. O sacerdote queimará, como memorial, uma parte do pão com o azeite e todo o incenso. É uma oblação para Javé.

[Levítico 3]Levítico 3



OS SACRIFÍCIOS DE COMUNHÃO
1. Se for sacrifício de comunhão, e se você oferecer para Javé animal grande, macho ou fêmea, ele deverá ser sem defeito.
2. Coloque a mão sobre a cabeça da vítima e imole-a na entrada da tenda da reunião. Em seguida os sacerdotes, filhos de Aarão, derramarão o sangue por todos os lados do altar.
3. Do sacrifício de comunhão, ofereça para Javé a gordura que cobre as entranhas e toda a gordura das entranhas,
4. os dois rins com a gordura, a gordura que envolve os lombos e a massa gordurosa tirada do fígado e dos rins.
5. Os filhos de Aarão queimarão essa parte no altar, em cima do holocausto, em cima da lenha colocada sobre o fogo. É uma oferta queimada, de suave odor para Javé.
6. Se alguém oferecer um animal pequeno como sacrifício de comunhão para Javé, deverá oferecer um macho ou uma fêmea sem defeito.
7. Se oferecer um cordeiro, leve-o à presença de Javé.
8. Coloque a mão sobre a cabeça da vítima e imole-a diante da tenda da reunião. Os sacerdotes, filhos de Aarão, derramarão o sangue por todos os lados do altar.
9. Do sacrifício de comunhão, ofereçam para Javé a gordura: a cauda inteira, que será cortada rente à espinha dorsal, a gordura que cobre as entranhas e toda a gordura das entranhas,
10. os dois rins com a gordura, a gordura que envolve os lombos e a massa gordurosa tirada do fígado e dos rins.
11. O sacerdote queimará essa parte sobre o altar como alimento, como oferta queimada para Javé.
12. Se a oferta for uma cabra, leve-a diante de Javé.
13. Coloque a mão sobre a cabeça da vítima e imole-a diante da tenda da reunião. Os filhos de Aarão derramarão o sangue por todos os lados do altar.
14. Da vítima, ofereçam para Javé a gordura que cobre as entranhas, toda a gordura das entranhas,
15. os dois rins com a gordura, a gordura que envolve os lombos e a massa gordurosa tirada do fígado e dos rins.
16. O sacerdote queimará sobre o altar esses pedaços como alimento, como oferta queimada, de suave odor. Toda a gordura pertence a Javé.
17. É uma lei perpétua para todos os descendentes de vocês, em qualquer lugar onde estiverem morando: não comam gordura nem sangue".

[Levítico 4]Levítico 4



O SACRIFÍCIO PELO PECADO
1. Javé falou a Moisés:
2. "Diga aos filhos de Israel: Este é o caso de alguém que transgride sem querer algum dos mandamentos de Javé, fazendo uma coisa proibida:

PECADO DO SUMO SACERDOTE
3. Se foi o sacerdote consagrado quem cometeu a violação, comprometendo assim todo o povo, ele deverá oferecer para Javé, pela violação cometida, um bezerro, animal grande, sem defeito.
4. Levará o bezerro diante de Javé, à entrada da tenda da reunião, colocará a mão sobre a cabeça do animal e o imolará diante de Javé.
5. Depois o sacerdote consagrado pegará sangue do bezerro e o levará à tenda da reunião.
6. Molhará o dedo no sangue e fará sete aspersões na frente do véu do santuário, diante de Javé.
7. O sacerdote colocará então um pouco desse sangue sobre os cantos do altar do incenso que se queima diante de Javé na tenda da reunião, e derramará todo o sangue do bezerro na base do altar dos holocaustos, que se encontra na entrada da tenda da reunião.
8. O sacerdote tirará toda a gordura do bezerro da expiação: a gordura que cobre as entranhas, toda a gordura das entranhas,
9. os dois rins e os lombos com sua gordura, a massa gordurosa tirada do fígado e dos rins,
10. tudo conforme a parte reservada no sacrifício de comunhão. E o sacerdote queimará essas partes sobre o altar dos holocaustos.
11. O couro do bezerro e toda a sua carne, com a cabeça, patas, entranhas e excremento,
12. isto é, o bezerro todo será levado para fora do acampamento, para um lugar puro, onde se jogam as cinzas, e será queimado sobre a lenha. Deverá ser queimado no lugar em que se jogam as cinzas.

PECADO DA COMUNIDADE
13. Se foi a comunidade toda de Israel que, sem querer, violou alguma coisa proibida pelos mandamentos de Javé, tornando-se por isso culpada, mas sem tomar consciência do fato,
14. ao se dar conta da violação cometida, a comunidade oferecerá, em sacrifício pelo pecado, um bezerro, animal grande e sem defeito. Ele será levado diante da tenda da reunião,
15. e, diante de Javé, os anciãos da comunidade colocarão as mãos sobre a cabeça do bezerro e o imolarão diante de Javé.
16. Em seguida, o sacerdote consagrado levará um pouco do sangue do bezerro para a tenda da reunião.
17. Molhará o dedo no sangue e fará sete aspersões na frente do véu, diante de Javé.
18. Ungirá com sangue os cantos do altar, que se encontra diante de Javé na tenda da reunião, e depois derramará todo o sangue na base do altar dos holocaustos, que está na entrada da tenda da reunião.
19. Depois tirará do animal toda a gordura e a queimará no altar.
20. Fará com esse bezerro como se faz com o do sacrifício pelo pecado. Assim o sacerdote fará o rito pelos membros da comunidade, e eles serão perdoados.
21. Depois mandará levar o bezerro para fora do acampamento e o queimará, como o bezerro anterior. Esse é o sacrifício pelo pecado da comunidade.

PECADO DE UM CHEFE
22. Se foi um chefe quem, sem querer, violou alguma coisa proibida pelos mandamentos de Javé, seu Deus, tornando-se por isso culpado,
23. ao se dar conta da violação cometida, levará como oferta um bode sem defeito.
24. Colocará a mão sobre a cabeça do bode e o imolará diante de Javé, no lugar onde se imolam os holocaustos. É um sacrifício pelo pecado:
25. o sacerdote molhará o dedo no sangue da vítima e ungirá os cantos do altar dos holocaustos. Depois derramará o sangue na base do altar dos holocaustos
26. e queimará toda a gordura sobre o altar, como se faz com a gordura do sacrifício de comunhão. O sacerdote assim fará pela violação do chefe, e este ficará perdoado.

PECADO DE UM HOMEM DO POVO
27. Se foi um homem do povo da terra quem pecou sem querer, praticando alguma coisa proibida pelos mandamentos de Javé, tornando-se por isso culpado,
28. ao se dar conta da violação cometida, levará uma cabra sem defeito, como oferta pelo pecado.
29. Colocará a mão sobre a cabeça da vítima e a imolará no lugar onde se imolam os holocaustos.
30. O sacerdote molhará o dedo no sangue da vítima e ungirá os cantos do altar dos holocaustos. Depois derramará todo o sangue na base do altar.
31. Em seguida tirará toda a gordura, como se faz pelo sacrifício de comunhão, e a queimará sobre o altar, como suave odor para Javé. O sacerdote fará, assim, o rito pelo pecado desse homem, e este ficará perdoado.
32. Se alguém oferecer uma ovelha como sacrifício pelo pecado, ela será sem defeito.
33. Colocará a mão sobre a cabeça da vítima e a imolará, em sacrifício pelo pecado, no lugar onde se imolam os holocaustos.
34. O sacerdote molhará o dedo no sangue da vítima e ungirá os cantos do altar dos holocaustos. Depois derramará o sangue todo na base do altar.
35. Em seguida, tirará toda a gordura, como se faz com o cordeiro de um sacrifício de comunhão, e queimará essas partes no altar, em cima das ofertas queimadas para Javé. O sacerdote fará, assim, o rito pelo pecado desse homem, e este ficará perdoado.

[Levítico 5]Levítico 5



CASOS ESPECIAIS
1. Se alguém for intimado a depor em juízo, e não denunciar, mesmo sendo testemunha ocular ou informada, peca e incorre em culpa.
2. Ou se alguém, sem se dar conta, tocar em alguma coisa impura, tanto o cadáver de uma fera impura, como o cadáver de um animal doméstico impuro, ou de um réptil impuro, incorre em culpa quando toma consciência do fato.
3. Ou se alguém, sem se dar conta, tocar em pessoa impura, manchada com qualquer tipo de impureza, incorre em culpa quando toma consciência do fato.
4. Ou se alguém, sem se dar conta, jura irresponsavelmente para o mal ou para o bem, como se costuma fazer, incorre em culpa quando toma consciência do fato.
5. Se alguém se tornar culpado por alguma dessas coisas, deverá confessar o pecado cometido;
6. e, como penitência pelo pecado, oferecerá a Javé, pela violação, uma fêmea de gado pequeno, ovelha ou cabra. O sacerdote fará por essa pessoa o rito pelo pecado.
7. Se a pessoa não tiver recursos para oferecer um animal pequeno, como sacrifício pelo pecado que cometeu, levará para Javé duas rolas ou dois pombinhos, um deles para o sacrifício pelo pecado e o outro para o holocausto.
8. A pessoa os levará ao sacerdote, que oferecerá em primeiro lugar o que for destinado em sacrifício pelo pecado. O sacerdote destroncará o pescoço da ave, sem arrancar a cabeça.
9. Com o sangue da vítima borrifará a parede do altar e, em seguida, espremerá o resto do sangue na base do altar. É um sacrifício pelo pecado.
10. Quanto à outra ave, fará um holocausto conforme o ritual. O sacerdote fará, assim, o rito pelo pecado desse homem, e este ficará perdoado.
11. Se a pessoa não tiver recursos para oferecer duas rolas ou dois pombinhos, levará quatro litros e meio de flor de farinha como oferta pelo pecado cometido. Não colocará nela nem azeite nem incenso, pois é um sacrifício pelo pecado.
12. Depois levará a farinha ao sacerdote, que tomará um punhado como memorial, para ser queimado no altar, em cima das ofertas para Javé. É um sacrifício pelo pecado.
13. O sacerdote fará, assim, o rito pelo pecado que um homem cometeu num desses casos, e o pecado ficará perdoado. O resto, como nas ofertas de flor de farinha, pertence ao sacerdote".

O SACRIFÍCIO DE REPARAÇÃO
14. Javé falou a Moisés:
15. "Se alguém cometer uma falta, pegando sem querer alguma coisa consagrada a Javé, oferecerá para Javé, como penitência, um cordeiro sem defeito, avaliado em vinte gramas de prata, conforme o peso-padrão que está no santuário.
16. E quem tiver pego, restituirá o dano com o acréscimo de um quinto, e o entregará ao sacerdote. Este fará por ele o rito com o cordeiro do sacrifício de reparação, e ficará perdoado.
17. Se alguém, sem se dar conta, praticar alguma coisa proibida pelos mandamentos de Javé, será responsável e carregará o peso de sua falta.
18. Como sacrifício de reparação, levará ao sacerdote um cordeiro sem defeito, avaliado em proporção com a culpa. O sacerdote fará o rito pelo pecado cometido sem saber, e o pecador ficará perdoado.
19. É um sacrifício de reparação, e esse homem é responsável diante de Javé".
20. Javé falou a Moisés:
21. "Se alguém cometer uma falta contra Javé, recusando devolver ao seu próximo um depósito recebido ou penhor a ele confiado ou alguma coisa roubada ou tirada à força com fraude;
22. ou, se encontrar uma coisa perdida e o negar, jurando falsamente sobre alguma das coisas pelas quais o homem pode pecar;
23. se houver pecado assim, tornando-se por isso culpado, devolverá a coisa roubada, ou tirada à força com fraude, ou o depósito a ele confiado, ou o objeto perdido que tenha encontrado,
24. ou qualquer coisa pela qual tenha jurado em falso. Fará a restituição integral, acrescentando um quinto, e o devolverá ao proprietário no mesmo dia em que oferecer o sacrifício de reparação.
25. Como sacrifício de reparação em honra de Javé, levará ao sacerdote um cordeiro sem defeito, avaliado em proporção com a culpa.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   12   13   14   15   16   17   18   19   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal