Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO



Baixar 5.7 Mb.
Página172/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   168   169   170   171   172   173   174   175   ...   197

38. Mas se eu as faço, mesmo que vocês não queiram acreditar em mim, acreditem pelo menos em minhas obras. Assim vocês conhecerão, de uma vez por todas, que o Pai está presente em mim, e eu no Pai."
39. Eles tentaram outra vez prender Jesus, mas ele escapou das mãos deles.

O TESTEMUNHO É EFICAZ
40. Jesus atravessou de novo o rio Jordão e foi para o lugar onde antes João ficava batizando. E aí ficou.
41. Muitos foram ao seu encontro. E diziam: "João não realizou nenhum sinal, mas tudo o que ele disse a respeito desse homem é verdade."
42. E aí muitos acreditaram em Jesus.

[João 11]SÉTIMO SINAL: A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO



João 11

JESUS RESSUSCITA OS HOMENS
1. Um tal de Lázaro tinha caído de cama. Ele era natural de Betânia, o povoado de Maria e de sua irmã Marta.
2. Maria era aquela que tinha ungido o Senhor com perfume, e que tinha enxugado os pés dele com os cabelos. Lázaro, que estava doente, era irmão dela.
3. Então as irmãs mandaram a Jesus um recado que dizia: "Senhor, aquele a quem amas está doente."
4. Ouvindo o recado, Jesus disse: "Essa doença não é para a morte, mas para a glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por meio dela."
5. Jesus amava Marta, a irmã dela e Lázaro.
6. Quando ouviu que ele estava doente, ficou ainda dois dias no lugar onde estava.
7. Só então disse aos discípulos: "Vamos outra vez à Judéia."
8. Os discípulos contestaram: "Mestre, agora há pouco os judeus queriam te apedrejar, e vais de novo para lá?"
9. Jesus respondeu: "Não são doze as horas do dia? Se alguém caminha de dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo.
10. Mas se alguém caminha de noite, tropeça, porque nele não há luz."
11. Disse isso e acrescentou: "O nosso amigo Lázaro adormeceu. Eu vou acordá-lo."
12. Os discípulos disseram: "Senhor, se ele está dormindo, vai se salvar."
13. Jesus se referia à morte de Lázaro, mas os discípulos pensaram que ele estivesse falando de sono natural.
14. Então Jesus falou claramente para eles: "Lázaro está morto.
15. E eu me alegro por não termos estado lá, para que vocês acreditem. Agora, vamos para a casa dele."
16. Então Tomé, chamado Gêmeo, disse aos companheiros: "Vamos nós também para morrermos com ele."

JESUS É A RESSURREIÇÃO E A VIDA
17. Quando Jesus chegou, já fazia quatro dias que Lázaro estava no túmulo.
18. Betânia ficava perto de Jerusalém; uns três quilômetros apenas.
19. Muitos judeus tinham ido à casa de Marta e Maria para as consolar por causa do irmão.
20. Quando Marta ouviu que Jesus estava chegando, foi ao encontro dele. Maria, porém, ficou sentada em casa.
21. Então Marta disse a Jesus: "Senhor, se estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.
22. Mas ainda agora eu sei: tudo o que pedires a Deus, ele te dará."
23. Jesus disse: "Seu irmão vai ressuscitar."
24. Marta disse: "Eu sei que ele vai ressuscitar na ressurreição, no último dia."
25. Jesus disse: "Eu sou a ressurreição e a vida. Quem acredita em mim, mesmo que morra, viverá.
26. E todo aquele que vive e acredita em mim, não morrerá para sempre. Você acredita nisso?"
27. Ela respondeu: "Sim, Senhor. Eu acredito que tu és o Messias, o Filho de Deus que devia vir a este mundo."

JESUS E MARIA: A DOR POR CAUSA DA MORTE
28. Dito isso, Marta foi chamar sua irmã Maria. Falou com ela em voz baixa: "O Mestre está aí, e está chamando você."
29. Quando Maria ouviu isso, levantou-se depressa e foi ao encontro de Jesus.
30. Jesus ainda não tinha entrado no povoado, mas estava no mesmo lugar onde Marta o havia encontrado.
31. Os judeus estavam com Maria na casa e a procuravam consolar. Quando viram Maria levantar-se depressa e sair, foram atrás dela, pensando que ela iria ao túmulo para aí chorar.
32. Então Maria foi para o lugar onde estava Jesus. Vendo-o, ajoelhou-se a seus pés e disse: "Senhor, se estivesses aqui, meu irmão não teria morrido."
33. Jesus viu que Maria e os judeus que iam com ela estavam chorando. Então ele se conteve e ficou comovido.
34. E disse: "Onde vocês colocaram Lázaro?" Disseram: "Senhor, vem e vê."
35. Jesus começou a chorar.
36. Então os judeus disseram: "Vejam como ele o amava!"
37. Alguns deles, porém, comentaram: "Um que abriu os olhos do cego, não poderia ter impedido que esse homem morresse?"

JESUS E LÁZARO: DA MORTE PARA A VIDA.
38. Jesus, contendo-se de novo, chegou ao túmulo. Era uma gruta, fechada com uma pedra.
39. Jesus falou: "Tirem a pedra." Marta, irmã do falecido, disse: "Senhor, já está cheirando mal. Faz quatro dias."
40. Jesus disse: "Eu não lhe disse que, se você acreditar, verá a glória de Deus?"
41. Então tiraram a pedra. Jesus levantou os olhos para o alto e disse: "Pai, eu te dou graças porque me ouviste.
42. Eu sei que sempre me ouves. Mas eu falo por causa das pessoas que me rodeiam, para que acreditem que tu me enviaste."
43. Dizendo isso, gritou bem forte: "Lázaro, saia para fora!"
44. O morto saiu. Tinha os braços e as pernas amarrados com panos e o rosto coberto com um sudário. Jesus disse aos presentes: "Desamarrem e deixem que ele ande."

OS PODEROSOS PROCURAM MATAR JESUS
45. Então muitos judeus, que tinham ido à casa de Maria e que viram o que Jesus fez, acreditaram nele.
46. Alguns, porém, foram ao encontro dos fariseus e contaram o que Jesus tinha feito.
47. Então, os chefes dos sacerdotes e os fariseus reuniram o Conselho. E disseram: "Que é que vamos fazer? Esse homem está realizando muitos sinais.
48. Se deixamos que ele continue assim, todos vão acreditar nele; os romanos virão e destruirão o Templo e toda a nação."
49. Um deles, chamado Caifás, sumo sacerdote nesse ano, disse: "Vocês não sabem nada.
50. Vocês não percebem que é melhor um só homem morrer pelo povo, do que a nação inteira perecer?"
51. Caifás não falou isso por si mesmo. Sendo sumo sacerdote nesse ano, profetizou que Jesus ia morrer pela nação.
52. E não só pela nação, mas também para reunir juntos os filhos de Deus que estavam dispersos.
53. A partir desse dia, as autoridades dos judeus decidiram matar Jesus.
54. Por isso, Jesus não andava mais em público entre os judeus. Retirou-se para uma região perto do deserto. Foi para uma cidade chamada Efraim, onde ficou com seus discípulos.
55. A Páscoa dos judeus estava próxima, e muita gente do campo foi a Jerusalém para purificar-se antes da Páscoa.
56. Eles procuravam Jesus, e quando se reuniram no Templo, comentavam: "Que é que vocês acham? Será que ele não vem para a festa?"
57. Os chefes dos sacerdotes e os fariseus tinham baixado uma ordem: quem soubesse onde Jesus estava, devia denunciá-lo, para que eles o pudessem prender.

[João 12]João 12



JESUS É UNGIDO PARA A SEPULTURA
1. Seis dias antes da Páscoa, Jesus foi para Betânia, onde morava Lázaro, que ele havia ressuscitado dos mortos.
2. Aí ofereceram um jantar para Jesus. Marta servia e Lázaro era um dos que estavam à mesa com Jesus.
3. Então Maria levou quase meio litro de perfume de nardo puro e muito caro. Ungiu com ele os pés de Jesus e os enxugou com seus cabelos. A casa inteira se encheu com o perfume.
4. Judas Iscariotes, um dos discípulos, aquele que ia trair Jesus, disse:
5. "Por que esse perfume não foi vendido por trezentas moedas de prata, para dar aos pobres?"
6. Judas disse isso não porque se preocupava com os pobres, mas porque era um ladrão. Ele tomava conta da bolsa comum e roubava do que era depositado nela.
7. Jesus, porém, disse: "Deixe-a. Ela guardou esse perfume para me ungir no dia do meu sepultamento.
8. No meio de vocês sempre haverá pobres; enquanto eu não estarei sempre com vocês."
9. Muitos judeus ficavam sabendo que Jesus estava aí em Betânia. Então foram aí não só por causa de Jesus, mas também para verem Lázaro, que Jesus havia ressuscitado dos mortos.
10. Então os chefes dos sacerdotes decidiram matar também Lázaro,
11. porque, por causa dele, muitos judeus deixavam seus chefes e acreditavam em Jesus.

O POVO ACLAMA JESUS COMO REI
12. No dia seguinte, a grande multidão que tinha ido para a festa ouviu dizer que Jesus estava chegando a Jerusalém.
13. Então apanharam ramos de palmeira e saíram ao encontro de Jesus, gritando: "Hosana! Bendito aquele que vem em nome do Senhor, o rei de Israel!"
14. Jesus, encontrando um jumentinho, montou nele, como está dito na Escritura:
15. "Não tenha medo, cidade de Sião. Eis que o seu rei está chegando, montado num jumentinho!"
16. Nesse momento, os discípulos não entenderam o que estava acontecendo. Mas quando Jesus foi glorificado, eles se lembraram que haviam feito com Jesus aquilo que a Escritura dizia.
17. O grupo que estivera presente quando Jesus ressuscitou Lázaro, mandando-o sair do túmulo, dava testemunho do que tinha visto.
18. A multidão ia ao encontro de Jesus, porque sabiam que ele tinha realizado esse sinal.
19. Então os fariseus disseram uns aos outros: "Vejam como vocês não conseguem nada. Todo mundo vai atrás de Jesus!"

A MISSÃO DO VERDADEIRO MESSIAS
20. Entre os que tinham ido à festa para adorar a Deus, havia alguns gregos.
21. Eles se aproximaram de Filipe, que era de Betsaida da Galiléia, e disseram: "Senhor, queremos ver Jesus."
22. Filipe falou com André; e os dois foram falar com Jesus.
23. Jesus respondeu para eles, dizendo: "Chegou a hora em que o Filho do Homem vai ser glorificado.
24. Eu garanto a vocês: se o grão de trigo não cai na terra e não morre, fica sozinho. Mas se morre, produz muito fruto.
25. Quem tem apego à sua vida, vai perdê-la; quem despreza a sua vida neste mundo, vai conservá-la para a vida eterna.
26. Se alguém quer servir a mim, que me siga. E onde eu estiver, aí também estará o meu servo. Se alguém serve a mim, o Pai o honrará.
27. Agora estou muito perturbado. E o que vou dizer? Pai, livra-me desta hora? Mas foi precisamente para esta hora que eu vim.
28. Pai, manifesta a glória do teu nome!" Então veio uma voz do céu: "Eu manifestei a glória do meu nome, e vou manifestá-la de novo."
29. A multidão que aí estava ouviu a voz, e dizia que tinha sido um trovão. Outros diziam: "Foi um anjo que falou com ele."
30. Jesus disse: "Essa voz não falou por causa de mim, mas por causa de vocês.
31. Agora é o julgamento deste mundo. Agora o príncipe deste mundo vai ser expulso
32. e, quando eu for levantado da terra, atrairei todos a mim."
33. Jesus assim falava para indicar com que morte ia morrer.
34. A multidão disse a Jesus: "A Lei nos diz que o Messias vai permanecer aqui para sempre. Como podes dizer que é preciso que o Filho do Homem seja levantado? Quem é esse Filho do Homem?"
35. Jesus respondeu: "A luz ainda estará no meio de vocês por um pouco de tempo. Procurem caminhar enquanto vocês têm a luz, para que as trevas não alcancem vocês. Quem caminha nas trevas não sabe para onde está indo.
36. Enquanto vocês têm a luz, acreditem na luz, para que vocês se tornem filhos da luz." Depois de dizer isso, Jesus foi embora e se escondeu deles.

O RISCO DE COMPROMETER-SE COM JESUS
37. Apesar de Jesus ter realizado na presença deles tantos sinais, não acreditaram nele.
38. Assim se cumpriu a palavra dita pelo profeta Isaías: "Senhor, quem acreditou em nossa mensagem? Para quem foi revelada a força do Senhor?"
39. O próprio Isaías mostrou a razão pela qual eles não podiam acreditar:
40. "Deus cegou os olhos deles e endureceu-lhes o coração, para que não vejam com os olhos e não compreendam com o coração, a fim de que não se convertam, e eu tenha que curá-los."
41. Isaías falou assim, porque viu a glória de Jesus e falou a respeito dele.
42. Entretanto, até mesmo entre os chefes dos judeus houve quem acreditasse em Jesus. Mas, por causa dos fariseus, não se atreviam a confessar isso em público, para não serem expulsos da sinagoga.
43. É que eles preferiam a glória humana à glória que vem de Deus.

A PALAVRA DE JESUS JULGA OS HOMENS
44. Então Jesus disse, gritando: "Quem acredita em mim, não é em mim que acredita, mas naquele que me enviou.
45. Quem me vê, vê também aquele que me enviou.
46. Eu vim ao mundo como luz, para que todo aquele que acredita em mim não fique nas trevas.
47. Eu não condeno quem ouve as

minhas palavras e não obedece a elas, porque eu não vim para condenar o mundo, mas para salvar o mundo.


48. Quem me rejeita e não aceita minhas palavras, já tem o seu juiz: a palavra que eu falei será o seu juiz no último dia.
49. Porque eu não falei por mim mesmo. O Pai que me enviou, ele é quem me ordenou o que eu devia dizer e falar.
50. E eu sei que o mandamento dele é a vida eterna. Portanto, o que digo, eu o digo conforme o Pai me disse."

[João 13]LIVRO DA GLORIFICAÇÃO



O DINAMISMO DA FÉ É O AMOR

João 13

JESUS VEIO PARA SERVIR
1. Antes da festa da Páscoa, Jesus sabia que tinha chegado a sua hora. A hora de passar deste mundo para o Pai. Ele, que tinha amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim.
2. Durante a ceia, o diabo já tinha posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, o projeto de trair Jesus.
3. Jesus sabia que o Pai tinha colocado tudo em suas mãos. Sabia também que tinha saído de junto de Deus e que estava voltando para Deus.
4. Então Jesus se levantou da mesa, tirou o manto, pegou uma toalha e amarrou-a na cintura.
5. Colocou água na bacia e começou a lavar os pés dos discípulos, enxugando com a toalha que tinha na cintura.
6. Chegou a vez de Simão Pedro. Este disse: "Senhor, tu vais lavar os meus pés?"
7. Jesus respondeu: "Você agora não sabe o que estou fazendo. Ficará sabendo mais tarde."
8. Pedro disse: "Tu não vais lavar os meus pés nunca!" Jesus respondeu: "Se eu não o lavar, você não terá parte comigo."
9. Simão Pedro disse: "Senhor, então podes lavar não só os meus pés, mas até as mãos e a cabeça."
10. Jesus falou: "Quem já tomou banho, só precisa lavar os pés, porque está todo limpo. Vocês também estão limpos, mas nem todos."
11. Jesus sabia quem o iria trair; por isso é que ele falou: "Nem todos vocês estão limpos."

QUEM SEGUE JESUS DEVE SERVIR
12. Depois de lavar os pés dos discípulos, Jesus vestiu o manto, sentou-se de novo e perguntou: "Vocês compreenderam o que acabei de fazer?
13. Vocês dizem que eu sou o Mestre e o Senhor. E vocês têm razão; eu sou mesmo.
14. Pois bem: eu, que sou o Mestre e o Senhor, lavei os seus pés; por isso vocês devem lavar os pés uns dos outros.
15. Eu lhes dei um exemplo: vocês devem fazer a mesma coisa que eu fiz.
16. Eu garanto a vocês: o servo não é maior do que o seu senhor, nem o mensageiro é maior do que aquele que o enviou.
17. Se vocês compreenderam isso, serão felizes se o puserem em prática."

JESUS É TRAÍDO POR UM DISCÍPULO
18. "Eu não falo de todos vocês. Eu conheço aqueles que escolhi, mas é preciso que se cumpra o que está na Escritura: 'Aquele que come pão comigo, é o primeiro a me trair!'
19. Digo isso agora, antes de acontecer, para que, quando acontecer, vocês acreditem que Eu Sou.
20. Eu garanto a vocês: quem recebe aquele que eu envio, está recebendo a mim, e quem me recebe, está recebendo aquele que me enviou."
21. Depois de dizer essas coisas, Jesus ficou profundamente comovido e disse com toda a clareza: "Eu garanto que um de vocês vai me trair."
22. Desconcertados, os discípulos olhavam uns para os outros, pois não sabiam de quem Jesus estava falando.
23. Um deles, aquele que Jesus amava, estava à mesa ao lado de Jesus.
24. Simão Pedro fez um sinal para que ele procurasse saber de quem Jesus estava falando.
25. Então o discípulo se inclinou sobre o peito de Jesus e perguntou: "Senhor, de quem estás falando?"
26. Jesus respondeu: "É aquele a quem vou dar o pedaço de pão que estou umedecendo no molho." Então Jesus pegou um pedaço de pão, o molhou e o deu para Judas Iscariotes, filho de Simão.
27. Nesse momento, depois do pão, Satanás entrou em Judas. Então Jesus lhe disse: "O que você pretende fazer, faça logo."
28. Ninguém aí presente compreendeu por que Jesus disse isso.
29. Como Judas era o responsável pela bolsa comum, alguns discípulos pensaram que Jesus o tinha mandado comprar o necessário para a festa ou dar alguma coisa aos pobres.
30. Judas pegou o pedaço de pão e saiu imediatamente. Era noite.

A EXPRESSÃO DE FÉ EM JESUS É O AMOR
31. Quando Judas Iscariotes saiu, Jesus disse: "Agora o Filho do Homem foi glorificado, e também Deus foi glorificado nele.
32. Deus o glorificará em si mesmo, e o glorificará logo.
33. Filhinhos: vou ficar com vocês só mais um pouco. Vocês vão me procurar, e eu digo agora a vocês o que eu já disse aos judeus: para onde eu vou, vocês não podem ir.
34. Eu dou a vocês um mandamento novo: amem-se uns aos outros. Assim como eu amei vocês, vocês devem se amar uns aos outros.
35. Se vocês tiverem amor uns para com os outros, todos reconhecerão que vocês são meus discípulos."
36. Simão Pedro perguntou: "Senhor, para onde vais?" Jesus respondeu: "Para onde eu vou, você não pode me seguir. Você me seguirá mais tarde."
37. Pedro disse: "Senhor, por que não posso seguir-te agora? Eu daria a minha própria vida por ti."
38. Jesus respondeu: "Você daria a vida por mim? Eu lhe garanto: antes que o galo cante, você me negará três vezes."

[João 14]João 14



JESUS É O CAMINHO QUE LEVA AO PAI
1. Jesus continuou dizendo: "Não fique perturbado o coração de vocês. Acreditem em Deus e acreditem também em mim.
2. Existem muitas moradas na casa de meu Pai. Se não fosse assim, eu lhes teria dito, porque vou preparar um lugar para vocês.
3. E quando eu for e lhes tiver preparado um lugar, voltarei e levarei vocês comigo, para que onde eu estiver, estejam vocês também.
4. E para onde eu vou, vocês já conhecem o caminho."
5. Tomé disse a Jesus: "Senhor, nós não sabemos para onde vais; como podemos conhecer o caminho?"
6. Jesus respondeu: "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim.
7. Se vocês me conhecem, conhecerão também o meu Pai. Desde agora vocês o conhecem e já o viram."
8. Filipe disse a Jesus: "Senhor, mostra-nos o Pai e isso basta para nós."
9. Jesus respondeu: "Faz tanto tempo que estou no meio de vocês, e você ainda não me conhece, Filipe? Quem me viu, viu o Pai. Como é que você diz: 'Mostra-nos o Pai'?
10. Você não acredita que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que digo a vocês, não as digo por mim mesmo, mas o Pai que permanece em mim, ele é que realiza suas obras.
11. Acreditem em mim: eu estou no Pai e o Pai está em mim. Acreditem nisso, ao menos por causa destas obras.
12. Eu garanto a vocês: quem acredita em mim, fará as obras que eu faço, e fará maiores do que estas, porque eu vou para o Pai.
13. O que vocês pedirem em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.
14. Se vocês pedirem qualquer coisa em meu nome, eu o farei."

O ESPÍRITO SANTO CONTINUA A OBRA DE JESUS
15. "Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos.
16. Então, eu pedirei ao Pai, e ele dará a vocês outro Advogado, para que permaneça com vocês para sempre.
17. Ele é o Espírito da Verdade, que o mundo não pode acolher, porque não o vê, nem o conhece. Vocês o conhecem, porque ele mora com vocês, e estará com vocês.
18. Eu não deixarei vocês órfãos, mas voltarei para vocês.
19. Mais um pouco, e o mundo não me verá, mas vocês me verão, porque eu vivo, e também vocês viverão.
20. Nesse dia, vocês conhecerão que eu estou em meu Pai, vocês em mim, e eu em vocês.
21. Quem aceita os meus mandamentos e a eles obedece, esse é que me ama. E quem me ama, será amado por meu Pai. Eu também o amarei e me manifestarei a ele."
22. Judas, não o Iscariotes, perguntou: "Senhor, por que vais manifestar-te a nós e não ao mundo?"
23. Jesus respondeu: "Se alguém me ama, guarda a minha palavra, e meu Pai o amará. Eu e meu Pai viremos e faremos nele a nossa morada.
24. Quem não me ama, não guarda as minhas palavras. E a palavra que vocês ouvem não é minha, mas é a palavra do Pai que me enviou.
25. Essas são as coisas que eu tinha para dizer estando com vocês.
26. Mas o Advogado, o Espírito Santo, que o Pai vai enviar em meu nome, ele ensinará a vocês todas as coisas e fará vocês lembrarem tudo o que eu lhes disse."

A PAZ QUE SÓ JESUS PODE DAR
27. "Eu deixo para vocês a paz, eu lhes dou a minha paz. A paz que eu dou para vocês não é a paz que o mundo dá. Não fiquem perturbados, nem tenham medo.
28. Vocês ouviram o que eu disse: 'Eu vou, mas voltarei para vocês'. Se vocês me amassem, ficariam alegres porque eu vou para o Pai, pois o Pai é maior do que eu.
29. Eu lhes digo isso agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vocês acreditem.
30. Já não tenho muito tempo para falar com vocês, pois o príncipe deste mundo está chegando. Ele não tem poder sobre mim,
31. mas vem para que o mundo reconheça que eu amo o Pai, e é por isso que faço tudo o que o Pai me mandou. Levantem-se. Vamos sair daqui."

[João 15]João 15



QUEM ESTÁ UNIDO A JESUS PRODUZ FRUTOS
1. "Eu sou a verdadeira videira, e meu Pai é o agricultor.
2. Todo ramo que não dá fruto em mim, o Pai o corta. Os ramos que dão fruto, ele os poda para que dêem mais fruto ainda.
3. Vocês já estão limpos por causa da palavra que eu lhes falei.
4. Fiquem unidos a mim, e eu ficarei unido a vocês. O ramo que não fica unido à videira não pode dar fruto. Vocês também não poderão dar fruto, se não ficarem unidos a mim.
5. Eu sou a videira, e vocês são os ramos. Quem fica unido a mim, e eu a ele, dará muito fruto, porque sem mim vocês não podem fazer nada.
6. Quem não fica unido a mim será jogado fora como um ramo, e secará. Esses ramos são ajuntados, jogados no fogo e queimados."

O FRUTO DO DISCÍPULO É O AMOR
7. "Se vocês ficam unidos a mim e minhas palavras permanecem em vocês, peçam o que quiserem e será concedido a vocês.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   168   169   170   171   172   173   174   175   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal