Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO



Baixar 5.7 Mb.
Página19/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   ...   197

26. A cama em que ela se deitar, enquanto tiver as hemorragias, ficará impura, como na menstruação. O lugar em que ela se sentar ficará impuro, como na menstruação.
27. Quem tocar nesses móveis ficará impuro: deverá lavar as roupas e tomar banho; ficará impuro até à tarde.
28. Quando a mulher ficar curada de suas hemorragias contará sete dias, e então estará pura.
29. No oitavo dia, pegará duas rolas ou dois pombinhos e os apresentará ao sacerdote na entrada da tenda da reunião.
30. O sacerdote oferecerá um deles em sacrifício pelo pecado, e o outro como holocausto. Desse modo, o sacerdote fará por ela, diante de Javé, o rito por causa da hemorragia que a tornou impura.
31. Previnam os filhos de Israel sobre a impureza, para que não morram por causa delas por terem contaminado a minha morada no meio deles".
32. Essa é a lei sobre a gonorréia e as poluções que tornam o homem impuro,
33. e sobre a menstruação e hemorragias da mulher. É válida para o homem, para a mulher e para o homem que se deita com uma mulher impura.

[Levítico 16]Levítico 16



O DIA DO GRANDE PERDÃO
1. Javé falou a Moisés depois da morte dos dois filhos de Aarão, que morreram por se aproximarem de Javé.
2. Javé disse a Moisés: "Diga a seu irmão Aarão que nunca entre no santuário além do véu, diante da placa de ouro que está sobre a arca. Ele poderá morrer, porque eu apareço numa nuvem sobre a placa da arca.
3. Aarão entrará no santuário com um bezerro para o sacrifício pelo pecado e um cordeiro para o holocausto.
4. Vestirá uma túnica de linho sagrada, se cobrirá com calções de linho, amarrará a cintura com um cinto de linho e usará um turbante de linho. São vestes sagradas, e ele as vestirá depois de tomar banho.
5. Receberá da comunidade dos filhos de Israel dois bodes para o sacrifício pelo pecado e um cordeiro para o holocausto.
6. Depois de oferecer o bezerro como sacrifício pelo seu próprio pecado, e de ter feito a expiação por si mesmo e pela sua família,
7. Aarão pegará os dois bodes e os apresentará diante de Javé, na entrada da tenda da reunião.
8. Tirará a sorte sobre os dois bodes: um será de Javé e o outro de Azazel.
9. Pegará o que foi sorteado para Javé e o oferecerá como sacrifício pelo pecado.
10. Quanto ao bode que foi sorteado para Azazel, será colocado vivo diante de Javé, para fazer a expiação, e depois será mandado para Azazel no deserto.
11. Aarão oferecerá o bezerro do sacrifício pelo seu próprio pecado. Em seguida fará o rito de expiação por si mesmo e por sua família, e imolará o bezerro.
12. Então encherá um incensório com brasas tiradas do altar diante de Javé e pegará dois punhados de incenso aromático em pó. Levará tudo para trás do véu,
13. e colocará o incenso sobre o fogo, diante de Javé; uma nuvem de incenso cobrirá a placa que está sobre o documento da aliança; assim ele não morrerá.
14. Depois pegará sangue do bezerro e aspergirá, com o dedo, o lado oriental da placa; depois, diante da placa fará com o dedo sete aspersões de sangue.
15. A seguir imolará o bode do sacrifício pelo pecado do povo e levará o sangue para trás do véu. Com esse sangue, fará o mesmo que fez com o sangue do bezerro, aspergindo sobre a placa e diante dela.
16. Fará desse modo o rito de expiação pelo santuário, pelas impurezas dos filhos de Israel, pelas transgressões e por todos os pecados deles. Fará o mesmo com a tenda da reunião, estabelecida entre eles no meio de suas impurezas.
17. Enquanto Aarão estiver fazendo a expiação por si próprio, por sua família e por toda a comunidade de Israel, ninguém deverá estar na tenda da reunião, desde que ele entrar até sair.
18. Depois ele sairá, irá até o altar que está diante de Javé e fará a expiação. Pegará sangue do bezerro e do bode e ungirá com ele os cantos do altar.
19. Com o mesmo sangue fará com o dedo sete aspersões sobre o altar. Desse modo purificará o altar, separando-o das impurezas dos filhos de Israel.
20. Depois de fazer a expiação do santuário, da tenda da reunião e do altar, Aarão mandará trazer o bode vivo.
21. Colocará as duas mãos sobre a cabeça do bode e confessará sobre ele todas as culpas, transgressões e pecados dos filhos de Israel. Depois de colocar tudo sobre a cabeça do bode, mandará o animal para o deserto, conduzido por um homem para isso preparado.
22. Assim, o bode levará sobre si, para uma região deserta, todas as culpas deles. Quando tiver soltado o bode no deserto,
23. Aarão entrará na tenda da reunião, tirará as roupas de linho que havia posto para entrar no santuário, e as deixará aí.
24. Tomará banho no lugar santo e vestirá suas próprias roupas. Tornará a sair e oferecerá o holocausto, tanto o seu como o do povo. Fará a expiação por si próprio e pelo povo,
25. e deixará queimar sobre o altar a gordura do sacrifício pelo pecado.
26. O encarregado de levar o bode a Azazel deverá lavar as roupas e tomar banho; depois disso poderá entrar no acampamento.
27. O bezerro e o bode oferecidos em sacrifício pelo pecado, e cujo sangue foi levado ao santuário para fazer o rito de expiação, serão levados para fora do acampamento, onde se queimarão a pele, a carne e os intestinos.
28. Quem os queimar deverá lavar as próprias roupas e tomar banho; depois poderá entrar no acampamento.
29. Isso é uma lei perpétua para vocês. No décimo dia do sétimo mês, vocês farão jejum. Nem o cidadão, nem o imigrante que mora entre vocês farão nenhum trabalho,
30. pois nesse dia será feita a expiação por vocês, a fim de purificá-los. Aí então, diante de Javé, vocês ficarão puros de todos os pecados.
31. Será para vocês um sábado de repouso absoluto, e vocês farão penitência. É uma lei perpétua.
32. O sacerdote que recebeu a unção e sucedeu a seu pai no exercício do sacerdócio, realizará a expiação; ele se vestirá com as vestes sagradas de linho,
33. e fará a expiação pelo santuário, pela tenda da reunião e pelo altar; fará a expiação pelos sacerdotes e por todo o povo da comunidade.
34. Será uma lei perpétua para vocês: uma vez por ano será feita a expiação por

todos os pecados dos filhos de Israel". E tudo foi feito como Javé tinha ordenado a Moisés.

[Levítico 17]IV. A LEI DE SANTIDADE

Levítico 17

O SANGUE É SAGRADO
1. Javé falou a Moisés:
2. "Diga a Aarão, aos filhos dele e aos filhos de Israel: Assim ordena Javé:
3. Todo filho de Israel que imolar um boi, um cordeiro ou uma cabra, no acampamento ou fora dele,
4. e não os levar à entrada da tenda da reunião para oferecê-los a Javé, diante da sua morada, será réu de sangue. Derramou sangue, e será excluído do seu povo.
5. Desse modo os filhos de Israel levarão ao sacerdote as vítimas que matarem no campo, e as oferecerão a Javé como sacrifício de comunhão na entrada da tenda da reunião.
6. O sacerdote derramará o sangue sobre o altar de Javé, que se encontra na entrada da tenda da reunião, e queimará a gordura como perfume de suave odor para Javé.
7. Não oferecerão mais sacrifícios a deuses falsos, com os quais se prostituem. Essa é uma lei perpétua para os filhos de Israel e seus descendentes.
8. Diga-lhes também: Todo homem, seja filho de Israel, seja imigrante que reside no meio de vocês, que oferecer um holocausto ou sacrifício,
9. e não os levar à entrada da tenda da reunião para oferecê-los a Javé, será excluído do seu povo.
10. Todo homem, seja filho de Israel, seja imigrante que reside no meio de vocês, que comer qualquer espécie de sangue, eu me voltarei contra ele e o exterminarei do meio de seu povo.
11. Porque o sangue é a vida da carne, e esse sangue eu lhes dou para fazer o rito de expiação sobre o altar, pela vida de vocês; pois é o sangue que faz a expiação pela vida.
12. É por esse motivo que eu disse aos filhos de Israel: Nem vocês, nem o imigrante que reside no meio de vocês, comerão sangue.
13. Todo filho de Israel ou imigrante que reside no meio de vocês que caçar um animal ou ave que é permitido comer, deverá derramar o sangue do animal ou da ave e cobri-lo com terra.
14. O sangue é a vida de todo ser vivo; foi por isso que eu disse aos filhos de Israel: 'Não comam o sangue de nenhuma espécie de ser vivo, pois o sangue é a vida de todo ser vivo e quem o comer será exterminado'.
15. Toda pessoa, cidadão ou imigrante, que comer um animal morto ou dilacerado por uma fera, deverá lavar as próprias roupas e tomar banho; ficará impuro até à tarde; depois ficará puro.
16. Se não lavar as roupas e não tomar banho, carregará o peso de sua culpa".

[Levítico 18]Levítico 18



UNIÕES PROIBIDAS
1. Javé falou a Moisés:
2. "Diga aos filhos de Israel: Eu sou Javé, o Deus de vocês.
3. Não se comportem como na terra do Egito, onde vocês habitaram, nem como costumam se comportar na terra de Canaã, para onde estou levando vocês; não sigam os estatutos deles,
4. mas pratiquem minhas normas e guardem minhas leis, deixando-se guiar por elas. Eu sou Javé, o Deus de vocês.
5. Guardem meus estatutos e minhas normas, que dão vida a quem os cumpre. Eu sou Javé.
6. Ninguém de vocês se aproximará de uma parenta próxima, para ter relações sexuais com ela. Eu sou Javé.
7. Não tenha relações sexuais com sua mãe. Ela é de seu pai, e é sua mãe; não tenha relações sexuais com ela.
8. Não tenha relações sexuais com a concubina de seu pai; pois ela pertence ao seu pai.
9. Não tenha relações sexuais com sua irmã, seja por parte de pai, seja de mãe, nascida em casa ou fora dela.
10. Não tenha relações sexuais com suas netas, pois elas são sua própria carne.
11. Não tenha relações sexuais com a filha da concubina de seu pai, pois ela é sua irmã.
12. Não tenha relações sexuais com sua tia paterna, pois ela é do sangue de seu pai.
13. Não tenha relações sexuais com sua tia materna, pois ela é do sangue de sua mãe.
14. Não ofenda seu tio, irmão de seu pai, tendo relações sexuais com a mulher dele, pois ela é sua tia.
15. Não tenha relações sexuais com sua nora, pois ela é a mulher de seu filho.
16. Não tenha relações sexuais com sua cunhada, pois ela pertence ao seu irmão.
17. Não tenha relações sexuais com uma mulher e com a filha dela, nem com a neta dela. São parentes, e isso seria uma infâmia.
18. Não case com uma mulher e com a irmã dela, criando rivalidades, ao ter relações sexuais também com ela enquanto a outra vive.
19. Não tenha relações sexuais com uma mulher durante a menstruação.
20. Não se deite com a mulher de alguém do seu povo: você ficaria impuro.
21. Não sacrifique um filho seu a Moloc, profanando o nome do seu Deus. Eu sou Javé.
22. Não se deite com um homem, como se fosse com mulher: é uma abominação.
23. Não se deite com animal, pois você ficaria impuro. A mulher não se entregará a um animal, para ter relações sexuais com ele, pois seria uma depravação.
24. Não se tornem impuros com nenhuma dessas coisas, pois assim fazem as nações que eu vou expulsar da frente de vocês.
25. A terra está impura: vou pedir contas a ela, e ela vomitará seus próprios habitantes.
26. Quanto a vocês, guardem meus estatutos e normas, e não cometam nenhuma dessas abominações, nem o cidadão, nem o imigrante que reside entre vocês.
27. Porque todas essas abominações foram cometidas pelos habitantes que habitaram nesta terra antes de vocês, e a terra ficou impura.
28. Se vocês tornarem impura esta terra, será que ela não os irá vomitar como vomitou as nações que habitaram nela antes de vocês?
29. Porque todo aquele que cometer uma dessas abominações será excluído do seu povo.
30. Portanto, respeitem minhas proibições, não seguindo nenhuma dessas práticas abomináveis, que eram feitas antes de vocês chegarem. Não se tornem impuros com elas. Eu sou Javé, o Deus de vocês".

[Levítico 19]Levítico 19



UM POVO SANTO COMO O SEU DEUS
1. Javé falou a Moisés:
2. "Diga a toda a comunidade dos filhos de Israel: Sejam santos, porque eu, Javé, o Deus de vocês, sou santo.
3. Cada um de vocês respeite sua mãe e seu pai. Guardem os meus sábados. Eu sou Javé, o Deus de vocês.
4. Não recorram aos ídolos, nem façam deuses de metal derretido. Eu sou Javé, o Deus de vocês.
5. Quando oferecerem sacrifícios de comunhão a Javé, façam de tal modo que sejam aceitos.
6. A vítima será comida no mesmo dia do sacrifício ou no dia seguinte; o que sobrar será queimado no terceiro dia.
7. Aquilo que for comido no terceiro dia será considerado comida estragada, e não será aceito.
8. Quem comer, carregará o peso de sua culpa, porque profanou a santidade de Javé: será então eliminado do seu povo.
9. Quando vocês fizerem a colheita da lavoura nos seus terrenos, não colham até o limite do campo; não voltem para colher o trigo que ficou para trás,
10. nem as uvas que ficaram no pé; também não recolham as uvas caídas no chão: deixem tudo isso para o pobre e o imigrante. Eu sou Javé, o Deus de vocês.
11. Ninguém de vocês roube, nem use de falsidade, e não engane ninguém do seu povo.
12. Não jurem falsamente pelo meu nome, porque vocês estariam profanando o nome do seu Deus. Eu sou Javé.
13. Não oprima o seu próximo, nem o explore, e que o salário do operário não fique com você até o dia seguinte.
14. Não amaldiçoe o mudo, nem coloque obstáculos diante do cego: tema o seu Deus. Eu sou Javé.
15. Não cometam injustiças no julgamento. Não seja parcial para favorecer o pobre ou para agradar ao rico: julgue com justiça os seus concidadãos.
16. Não espalhe boatos, nem levante falso testemunho contra a vida do seu próximo. Eu sou Javé.
17. Não guarde ódio contra o seu irmão. Repreenda abertamente o seu concidadão, e assim você não carregará o pecado dele.
18. Não seja vingativo, nem guarde rancor contra seus concidadãos. Ame o seu próximo como a si mesmo. Eu sou Javé.
19. Observem meus estatutos. Não emparelhe no seu rebanho dois animais de espécie diferente. Não semeie no seu campo duas espécies diferentes de sementes. Não use roupa de duas espécies de tecido.
20. O homem que se unir a uma mulher que é escrava concubina de outro homem, sem que ela tenha sido resgatada nem alforriada, pagará uma multa. Eles não serão mortos, pois a mulher não era livre.
21. Oferecerá a Javé, na entrada da tenda da reunião, um cordeiro como sacrifício de reparação.
22. Com o cordeiro do sacrifício de reparação, o sacerdote fará sobre o homem o rito de sacrifício pelo pecado, diante de Javé, e o pecado dele será perdoado.
23. Quando vocês tiverem entrado na terra e tiverem plantado árvores frutíferas, considerem os frutos como incircuncisos. Durante três anos vocês os considerem como coisa incircuncisa, e não os comam.
24. No quarto ano, todos os frutos serão consagrados a Javé.
25. E no quinto ano, vocês poderão comer os frutos dessas árvores. Desse modo, elas continuarão a dar frutos para vocês. Eu sou Javé, o Deus de vocês.
26. Não comam nada com sangue. Não pratiquem adivinhações nem magia.
27. Não cortem as pontas dos cabelos em redondo e não aparem a barba.
28. Não façam incisões no corpo por algum morto, nem façam tatuagens. Eu sou Javé.
29. Não profane a sua filha, fazendo com que ela se prostitua. Que o país não seja prostituído, nem se torne depravado.
30. Guardem os meus sábados e respeitem o meu santuário. Eu sou Javé.
31. Não se dirijam aos necromantes, nem consultem adivinhos, porque eles tornariam vocês impuros. Eu sou Javé, o Deus de vocês.
32. Levante-se diante de uma pessoa de cabelos brancos e honre o ancião: tema o seu Deus. Eu sou Javé.
33. Quando um imigrante habitar com vocês no país, não o oprimam.
34. O imigrante será para vocês um concidadão: você o amará como a si mesmo, porque vocês foram imigrantes na terra do Egito. Eu sou Javé, o Deus de vocês.
35. Não cometam injustiças no julgamento, nem cometam injustiças no peso e nas medidas.
36. Tenham balanças, pesos e medidas exatas. Eu sou Javé, o Deus de vocês, que os tirei da terra do Egito.
37. Observem todos os meus estatutos e normas, praticando-os. Eu sou Javé".

[Levítico 20]Levítico 20



NÃO ADOREM O DEUS DA MORTE
1. Javé falou a Moisés:
2. "Diga aos filhos de Israel: Todo filho de Israel ou imigrante residente em Israel, que entregar um de seus filhos a Moloc, será réu de morte. O povo da terra o apedrejará,
3. e eu me voltarei contra esse homem e o eliminarei do seu povo, pois, entregando um de seus filhos a Moloc, contaminou o meu santuário e profanou o meu santo nome.
4. Se o povo da terra fechar os olhos a respeito do homem que entregou um de seus filhos a Moloc, e não o matar,
5. eu mesmo me voltarei contra esse homem e contra o seu clã. Eu os eliminarei do seu povo, tanto a ele como aos que com ele se prostituíram com Moloc.
6. Quem recorrer aos necromantes e adivinhos, para se prostituir com eles, eu me voltarei contra esse homem e o eliminarei do seu povo.
7. Quanto a vocês, santifiquem-se e sejam santos, porque eu sou Javé, o Deus de vocês.

RESPEITEM A FAMÍLIA
8. Guardem e pratiquem meus estatutos, porque eu sou Javé, aquele que santifica vocês.
9. Portanto: quem amaldiçoar o pai ou a mãe será réu de morte. Dado que amaldiçoou o pai ou a mãe, o sangue dele cairá sobre ele mesmo.
10. O homem que cometer adultério com a mulher do seu próximo se tornará réu de morte, tanto ele como a sua cúmplice.
11. O homem que se deitar com a concubina de seu pai estará ofendendo seu próprio pai: ambos serão réus de morte, e o sangue deles cairá sobre eles mesmos.
12. O homem que se deitar com a sua nora será morto juntamente com ela. Estão contaminados, e o sangue deles cairá sobre eles mesmos.
13. O homem que se deita com outro homem, como se fosse mulher, está cometendo uma abominação. Os dois serão réus de morte, e o sangue deles cairá sobre eles mesmos.
14. O homem que toma por esposa, ao mesmo tempo, uma mulher e a mãe dela, comete coisa abominável. Os três serão queimados, para que não haja coisa abominável entre vocês.
15. O homem que tem relações sexuais com animal torna-se réu de morte, e o animal também deve ser morto.
16. Se uma mulher se oferece para ter relação sexual com animal, tanto ela como o animal devem ser mortos: são réus de morte, e o sangue deles cairá sobre eles mesmos.
17. Se um homem tem relações sexuais com uma irmã por parte de pai ou de mãe, isso é uma infâmia. Serão publicamente eliminados do seu povo, e, por ter tido relações com sua irmã, carregará o peso da própria falta.
18. Se um homem dormir com uma mulher durante a menstruação, e tiver relações sexuais, descobrindo a fonte do sangue, os dois serão eliminados do seu povo.
19. Não tenha relações sexuais com uma tia materna ou paterna. Por ter tido relações sexuais com alguém do próprio sangue, carregarão o peso da sua falta.
20. Se alguém se deitar com a cunhada do seu pai, estará ofendendo o próprio tio. Carregarão o peso de sua falta, e morrerão sem filhos.
21. Se alguém tomar como esposa a própria cunhada, estará cometendo uma torpeza. Terá ofendido o seu próprio irmão, e morrerão sem filhos.

MANTENHAM A ORIGINALIDADE
22. Guardem e coloquem em prática todos os meus estatutos e normas. Desse modo, a terra para onde eu conduzo vocês, para nela habitarem, não os vomitará.
23. Não sigam os estatutos das nações que eu vou expulsar da frente de vocês, pois elas fazem coisas que são abomináveis para mim.
24. Já lhes disse: 'Vocês tomarão posse da terra delas, que eu lhes dou como propriedade, uma terra onde corre leite e mel'. Eu sou Javé, o Deus de vocês. Eu os separei desses povos.
25. Separem também os animais puros dos impuros, as aves puras das impuras, e não se contaminem com animais, aves ou répteis que eu separei como impuros.
26. Sejam santos para mim, porque eu, Javé, sou santo. Eu separei vocês de todos os povos, para que vocês pertençam a mim.
27. O homem ou mulher que pratica a necromancia ou adivinhação, é réu de morte. Será apedrejado, e o seu sangue cairá sobre ele".

[Levítico 21]Levítico 21



SANTIDADE DOS SACERDOTES
1. Javé falou a Moisés: "Diga aos sacerdotes, filhos de Aarão: O sacerdote não se contaminará com o cadáver de um parente,
2. a não ser que se trate de parente muito chegado: mãe, pai, filho, filha, irmão.
3. Também por sua irmã solteira que vive com ele; por causa dela poderá expor-se à impureza.
4. Não se inclui a parente casada, pois ele ficaria profanado.
5. Os sacerdotes não raparão a cabeça, não apararão a barba, nem farão incisões no corpo.
6. Serão consagrados ao seu Deus e não profanarão o nome do seu Deus, porque são eles que apresentam a Javé as ofertas queimadas, o alimento do seu Deus. Devem ser santos.
7. Não se casarão com prostituta ou mulher desonrada, ou ainda mulher que tenha sido repudiada por seu marido, porque o sacerdote está consagrado ao seu Deus.
8. Você tratará o sacerdote como santo, porque ele é o encarregado de oferecer o alimento do seu Deus. Ele será santo para você, porque eu, Javé que santifico vocês, sou santo.
9. Se a filha de um sacerdote se profana através da prostituição, está profanando também o seu pai. Deve ser queimada.
10. O sumo sacerdote, escolhido entre seus irmãos, sobre cuja cabeça foi derramado o óleo da unção e foi consagrado com a investidura das vestes sagradas, não andará despenteado nem esfarrapado.
11. Não se aproximará de nenhum cadáver, porque não deverá tornar-se impuro, nem mesmo por seu pai ou por sua mãe;
12. não sairá do santuário e não profanará o santuário do seu Deus, porque está consagrado com o óleo da unção do seu Deus. Eu sou Javé.
13. Ele tomará por esposa uma virgem;
14. não se casará com viúva ou com mulher repudiada, desonrada ou prostituta, mas se casará com uma virgem do seu povo,
15. para não profanar seus filhos no meio do povo, porque eu sou Javé, que o santifico".
16. Javé falou a Moisés:
17. "Diga a Aarão: Nenhum de seus descendentes, nas futuras gerações, se tiver algum defeito corporal, poderá oferecer o alimento do seu Deus.
18. Não poderá apresentar-se ninguém defeituoso, que seja cego, coxo, atrofiado, deformado,
19. que tenha perna ou braço fraturado,
20. que seja corcunda, anão, que tenha defeito nos olhos ou catarata, que tenha pragas pustulentas, ou que seja eunuco.
21. Nenhum dos descendentes do sacerdote Aarão se apresente, com algum defeito, para apresentar ofertas queimadas a Javé. É que tem defeito e, por isso, não se apresentará para oferecer o alimento do seu Deus.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal