Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO



Baixar 5.7 Mb.
Página193/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   189   190   191   192   193   194   195   196   197

O VERDADEIRO SANTUÁRIO
1. O ponto central de nossas explicações é este: nós temos um sumo sacerdote tão grande, que se assentou à direita do trono da Majestade de Deus no céu.
2. Ele é ministro do santuário e da verdadeira Tenda, que foi construída pelo Senhor, e não por um homem.
3. De fato, todo sumo sacerdote é constituído para oferecer dons e sacrifícios. Daí ser necessário que também ele tenha alguma coisa para oferecer.
4. Se Jesus estivesse na terra, ele nem sequer seria sacerdote, pois já existem aqueles que oferecem dons segundo a Lei.
5. Estes, porém, realizam um serviço que é imitação e sombra das realidades celestes, conforme aquilo que Deus disse a Moisés, quando este ia construir a Tenda: "Procure fazer tudo de acordo com o modelo que foi mostrado a você sobre a montanha."

A NOVA ALIANÇA
6. Jesus, porém, foi encarregado para um serviço sacerdotal superior, pois é mediador de uma aliança melhor, que promete melhores benefícios.
7. De fato, se a primeira aliança não tivesse defeito, nem haveria lugar para segunda aliança.
8. Mas Deus, queixando-se contra o seu povo, diz: "Eis que virão dias, fala o Senhor, nos quais concluirei uma aliança nova com a casa de Israel e com a casa de Judá.
9. Não será como a aliança que fiz com seus antepassados, no dia em que os tomei pela mão para fazê-los sair da terra do Egito. Uma vez que eles não foram fiéis à minha aliança, eu também não me preocupei mais com eles, diz o Senhor.
10. Esta é a aliança que vou concluir com a casa de Israel, depois daqueles dias, fala o Senhor: Porei minhas leis na mente deles e as imprimirei em seus corações; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo.
11. Nenhum deles terá mais o que ensinar ao seu compatriota nem ao seu próprio irmão, dizendo: 'Conheça o Senhor!' Pois todos me conhecerão, desde o menor até o maior.
12. Porque eu vou perdoar as faltas deles e não me lembrarei mais dos seus pecados."
13. Dizendo "aliança nova", Deus declara que a primeira ficou antiquada; e aquilo que se torna antigo e envelhece, vai desaparecer logo.

[Hebreus 9]Hebreus 9



O CULTO ANTIGO
1. A primeira aliança tinha normas para o culto e um santuário terrestre.
2. De fato, foi construída uma tenda: trata-se da primeira tenda, chamada "Santo"; e nela estavam o candelabro, a mesa e os pães da oferta.
3. Atrás do segundo véu havia outra tenda, chamada "Santo dos Santos".
4. Estavam aí o altar de ouro para o incenso, e a arca da aliança toda recoberta de ouro, na qual se encontrava uma urna de ouro que continha o maná, o bastão de Aarão, que tinha brotado, e as tábuas da aliança.
5. Sobre a arca estavam os querubins da Glória, que com sua sombra cobriam o lugar do perdão. Agora, porém, não é o momento de nos perdermos em pormenores.
6. Estando tudo assim disposto, os sacerdotes a todo momento entram na primeira tenda para celebrar o culto.
7. Na segunda tenda, porém, entra somente o sumo sacerdote uma vez por ano, levando o sangue que ele oferece por si mesmo e pelos pecados que o povo cometeu por ignorância.
8. Desse modo, o Espírito Santo pretendia mostrar que, enquanto existisse a primeira tenda, o caminho para o santuário ainda não estava aberto.
9. Trata-se de um símbolo do tempo presente. Nessa tenda são oferecidos dons e sacrifícios, que não podem tornar perfeita a consciência de quem os oferece.
10. Esses alimentos, bebidas e diferentes tipos de purificação com água, são apenas prescrições humanas, válidas até o tempo em que seriam corrigidas.

O CULTO NOVO E DEFINITIVO
11. Cristo, porém, veio como sumo sacerdote dos bens futuros. Ele atravessou uma tenda muito maior e mais perfeita, não construída por mãos humanas, isto é, ele atravessou uma tenda que não pertence a esta criação.
12. Ele entrou uma vez por todas no santuário, e não com sangue de bodes e novilhos, mas com o seu próprio sangue, depois de conseguir para nós uma libertação definitiva.
13. Sangue de bodes e de touros e cinzas de novilha, espalhadas sobre pessoas impuras, as santificam, concedendo-lhes uma pureza externa.
14. Muito mais o sangue de Cristo que, com um Espírito eterno, se ofereceu a Deus como vítima sem mancha! Ele purificará das obras da morte a nossa consciência, para que possamos servir ao Deus vivo.

O SANGUE DA NOVA ALIANÇA
15. Desse modo, ele é o mediador de uma nova aliança. Morrendo, nos livrou das faltas cometidas durante a primeira aliança, para que os chamados recebam a herança definitiva que foi prometida.
16. Onde existe testamento, é preciso que seja constatada a morte de quem fez o testamento.
17. Pois um testamento só tem valor depois da morte, e não tem efeito nenhum enquanto ainda vive aquele que fez o testamento.
18. É por isso que nem mesmo a primeira aliança foi inaugurada sem sangue.
19. Quando anunciou a todo o povo cada um dos mandamentos da Lei, Moisés pegou sangue de novilhos e bodes junto com água, lã vermelha e hissopo. Em seguida, borrifou primeiro o próprio livro e todo o povo.
20. E disse: "Este é o sangue da aliança que Deus faz com vocês."
21. Do mesmo modo, borrifou com sangue também a tenda e todos os objetos que serviam para fazer o culto.
22. E, segundo a Lei, quase todas as coisas são purificadas com sangue; e sem derramamento de sangue não existe perdão.
23. Portanto, as cópias das realidades celestes são purificadas dessa maneira; mas as próprias realidades celestes devem ser purificadas com sacrifícios maiores do que esses.

UMA VEZ POR TODAS
24. De fato, Cristo não entrou num santuário feito por mãos humanas, figura do verdadeiro santuário; ele entrou no próprio céu, a fim de apresentar-se agora diante de Deus em nosso favor.
25. Ele não teve que se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote que todos os anos entra no santuário com sangue que não é seu.
26. Se assim fosse, ele deveria ter sofrido muitas vezes desde a criação do mundo. Entretanto, ele se manifestou uma vez por todas no fim dos tempos, abolindo o pecado pelo sacrifício de si mesmo.
27. E dado que os homens morrem uma só vez e depois disso vem o julgamento,
28. assim, também Cristo se ofereceu uma vez por todas, para tirar o pecado de muitos. Ele aparecerá uma segunda vez, sem nenhuma relação com o pecado, para aqueles que o esperam para a salvação.

[Hebreus 10]Hebreus 10



UM SACRIFÍCIO ÚNICO
1. A Lei possui apenas uma sombra dos bens futuros, e não a realidade concreta das coisas. Por isso, mesmo oferecendo sacrifícios continuamente, ano após ano, a Lei não tem poder de conduzir à perfeição aqueles que participam de tais sacrifícios.
2. Caso contrário, será que não se teria parado de oferecer esses sacrifícios? De fato, os fiéis, purificados uma vez por todas, doravante não teriam mais nenhuma consciência dos pecados.
3. Contudo, por meio desses sacrifícios, a lembrança dos pecados é renovada ano após ano,
4. uma vez que é impossível eliminar os pecados com o sangue de touros e bodes.
5. Por esse motivo, ao entrar no mundo, Cristo disse: "Tu não quiseste sacrifício e oferta. Em vez disso, tu me deste um corpo.
6. Holocaustos e sacrifícios não são do teu agrado.
7. Por isso eu disse: Eis-me aqui, ó Deus - no rolo do livro está escrito a meu respeito - para fazer a tua vontade."
8. Primeiro diz: "Não queres e não te agradam sacrifícios e ofertas, holocaustos e sacrifícios pelo pecado." Trata-se de coisas que são oferecidas segundo a Lei.
9. Depois acrescenta: "Eis-me aqui para fazer a tua vontade". Desse modo, Cristo suprime o primeiro culto para estabelecer o segundo.
10. É por causa dessa vontade que nós fomos santificados pela oferta do corpo de Jesus Cristo, realizada uma vez por todas.
11. Cada sumo sacerdote se apresenta diariamente para celebrar o culto e oferecer muitas vezes os mesmos sacrifícios, que são incapazes de eliminar os pecados.
12. Jesus, porém, ofereceu um só sacrifício pelos pecados e se assentou à direita de Deus.
13. Doravante, ele espera apenas que seus inimigos sejam colocados debaixo de seus pés.
14. De fato, com uma só oferta ele tornou perfeitos para sempre os que ele santifica.
15. E é isso que o Espírito Santo atesta; de fato, após ter dito:
16. "Esta é a aliança que vou concluir com eles, depois daqueles dias, - diz o Senhor: Eu colocarei minhas leis em seus corações e as imprimirei na sua mente,
17. e não me lembrarei mais dos seus pecados e de suas faltas."
18. Ora, quando os pecados já foram perdoados, não é mais preciso fazer ofertas pelos pecados.

UNIDOS EM JESUS
19. Irmãos, com toda segurança podemos entrar no santuário, por meio do sangue de Jesus.
20. Ele inaugurou para nós esse caminho novo e vivo, através da cortina, isto é, da sua própria carne.
21. Temos um sacerdote eminente à frente da casa de Deus.
22. Aproximemo-nos, pois, de coração sincero, cheios de fé, com o coração purificado da má consciência e o corpo lavado com água pura.
23. Sem vacilar, mantenhamos a profissão da nossa esperança, pois aquele que fez a promessa é fiel.
24. Tenhamos consideração uns com os outros, para nos estimular no amor e nas boas obras.
25. Não deixemos de freqüentar as nossas reuniões, como alguns costumam deixar. Ao contrário, procuremos animar-nos sempre mais, principalmente agora que vocês estão vendo como se aproxima o Dia do Senhor.

O PERIGO DA APOSTASIA
26. De fato, se continuarmos pecando, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não há sacrifícios que possam tirar nossos pecados.
27. Fica apenas uma terrível espera do julgamento e o ardor de um fogo para devorar os rebeldes.
28. Quem desobedece à Lei de Moisés é condenado à morte sem piedade, tendo como base o testemunho de duas ou três pessoas.
29. Vocês então podem imaginar o castigo bem mais severo, que merecerá aquele que pisou o Filho de Deus, que profanou o sangue da aliança, pelo qual foi santificado, e que insultou o Espírito da graça!
30. Conhecemos aquele que disse: "A mim pertence a vingança, eu é que retribuirei." E ainda: "O Senhor julgará o seu povo."
31. É terrível cair nas mãos do Deus vivo!

NÃO PERCAM A CORAGEM!
32. Lembrem-se dos primeiros dias, depois que vocês foram iluminados: vocês tiveram que suportar uma grande e penosa luta,
33. ora expostos publicamente a insultos e tribulações, ora tornando-se solidários com aqueles que assim eram tratados.
34. De fato, vocês participaram do sofrimento dos prisioneiros e aceitaram com alegria ser despojados dos próprios bens, sabendo que possuíam bens, que são melhores e mais duráveis.
35. Portanto, não percam agora a coragem, para a qual está reservada uma grande recompensa.
36. Vocês necessitam apenas de perseverança, a fim de cumprirem a vontade de Deus, e assim alcançarem o que ele prometeu.
37. Porque, falta apenas um pouco, e aquele que deve vir vai chegar e não tardará.
38. O meu justo vive pela fé; mas, se ele volta atrás, nele eu não encontro mais nenhuma satisfação.
39. Nós, porém, não somos como aqueles que voltam atrás para se perder, mas somos homens de fé, para salvar a nossa vida.

[Hebreus 11]FÉ E PERSEVERANÇA



1. FÉ E TESTEMUNHO

Hebreus 11

O QUE É A FÉ
1. A fé é um modo de já possuir aquilo que se espera, é um meio de conhecer realidades que não se vêem.

UM POVO QUE VIVEU DA FÉ
2. Foi por causa da fé que os antigos foram aprovados por Deus.
3. Pela fé, sabemos que a Palavra de Deus formou os mundos; foi assim que aquilo que vemos originou-se de coisas invisíveis.
4. Pela fé, Abel ofereceu a Deus um sacrifício melhor que o de Caim. E por causa da fé, ele foi declarado justo, e o próprio Deus afirmou que aceitava os seus dons. Embora estando morto, Abel continua falando pela sua fé.
5. Pela fé, Henoc foi levado embora, para que não experimentasse a morte. E não foi mais encontrado, porque Deus o levou; e antes de ser levado, foi dito que ele agradava a Deus.
6. Mas é impossível agradar a Deus sem a fé. De fato, quem se aproxima de Deus, deve acreditar que ele existe e que recompensa aqueles que o procuram.
7. Pela fé, ao ser avisado divinamente sobre coisas que ainda não via, Noé levou isso a sério, e construiu uma arca para salvar a sua família. Por essa fé, ele condenou o mundo e se tornou herdeiro da justiça que provém da fé.
8. Pela fé, Abraão, chamado por Deus, obedeceu e partiu para um lugar que deveria receber como herança. E partiu sem saber para onde.
9. Pela fé, ele foi residir como estrangeiro na terra prometida. Morou em tendas juntamente com Isaac e Jacó, que também eram herdeiros da mesma promessa.
10. Abraão esperava a cidade bem alicerçada, cujo arquiteto e construtor é o próprio Deus.
11. Foi pela fé que também Sara, embora sendo velha, se tornou capaz de ter uma descendência, pois ela acreditou em Deus, que lhe havia prometido isso.
12. Assim, de um só homem, que estava praticamente morto, nasceu uma descendência tão numerosa como as estrelas do céu e tão numerosa como os grãos de areia da praia do mar.
13. Todos eles morreram na fé. Não conseguiram a realização das promessas, mas só as viram e saudaram de longe; e confessaram que eram estrangeiros e peregrinos sobre a terra.
14. Falando assim, eles demonstraram que estavam em busca de uma pátria.
15. Se eles estivessem pensando que essa pátria era aquela de onde tinham saído, teriam a possibilidade de voltar para lá.
16. Mas não; eles aspiravam por uma pátria melhor, isto é, a pátria celeste. Por isso, Deus não se envergonha de ser chamado de Deus deles; na verdade, Deus preparou uma cidade para eles.
17. Pela fé, Abraão, submetido à prova, ofereceu Isaac; e justamente ele, que havia recebido as promessas, ofereceu seu único filho,
18. do qual fora dito: "Em Isaac você terá uma descendência que levará o nome de você mesmo."
19. De fato, Abraão pensava que Deus é capaz de ressuscitar os mortos. Por isso, Abraão recuperou o seu filho. E isso se tornou um símbolo.
20. Pela fé, Isaac abençoou Jacó e Esaú, também a respeito de coisas futuras.
21. Pela fé, Jacó, agonizante, abençoou cada um dos filhos de José, e se prostrou, apoiando-se na extremidade do bastão.
22. Pela fé, José mencionou, já no fim da vida, o êxodo dos filhos de Israel, e deu ordens sobre o que deveria ser feito com o seu cadáver.
23. Pela fé, Moisés recém-nascido foi escondido pelos seus pais durante três meses, porque viram que o menino era bonito. Eles não temeram o decreto do rei.
24. Pela fé, quando já era adulto, Moisés recusou ser chamado filho da filha do faraó;
25. preferiu ser maltratado com o povo de Deus, a gozar por pouco tempo os prazeres do pecado.
26. Fez isso porque considerava a humilhação de Cristo uma riqueza maior do que os tesouros do Egito; de fato, ele olhava para a recompensa.
27. Pela fé, Moisés deixou o Egito, sem temer a ira do rei; permaneceu firme, como se visse o invisível.
28. Pela fé, ele celebrou a Páscoa e marcou as portas com sangue, para que o exterminador não matasse os primogênitos de Israel.
29. Pela fé, atravessaram o mar Vermelho como se fosse terra seca, enquanto os egípcios, tentando fazer o mesmo, se afogaram.
30. Pela fé, caíram os muros de Jericó, após as voltas ao seu redor durante sete dias.
31. Pela fé, a prostituta Raab não morreu com os incrédulos, porque ela acolheu bem os espiões israelitas.
32. O que mais posso dizer? Eu não teria tempo, se quisesse falar de Gedeão, de Barac, de Sansão, de Jefté, de Davi, de Samuel e dos profetas.
33. Graças à fé, eles conquistaram reinos, implantaram a justiça, alcançaram as promessas, taparam a goela dos leões,
34. apagaram a violência do fogo, escaparam ao fio da espada, extraíram força da sua própria fraqueza, mostraram-se valentes na guerra e expulsaram invasores estrangeiros.
35. E algumas mulheres recuperaram seus mortos, por meio da ressurreição. Outros foram esquartejados, recusando a libertação que lhes era oferecida, a fim de alcançarem uma ressurreição mais valiosa.
36. Outros, enfim, foram humilhados e surrados, amarrados e jogados na prisão.
37. Foram apedrejados, serrados ao meio, mortos a fio de espada. Andaram errantes, vestidos de pele de ovelha e de cabra, necessitados, atribulados, maltratados.
38. Esses homens tinham que vagar por desertos e montanhas, e refugiar-se em grutas e buracos. O mundo não era digno deles!
39. Todos eles foram aprovados por Deus por causa da fé que tinham. Mas nenhum deles alcançou a promessa.
40. Deus preparou para nós algo melhor, a fim de que, sem nós, eles não obtivessem a perfeição.

[Hebreus 12]2. PERSEVERANÇA



Hebreus 12

OLHOS FIXOS EM JESUS
1. Portanto, estamos rodeados dessa grande nuvem de testemunhas. Deixemos de lado tudo o que nos atrapalha e o pecado que se agarra em nós. Corramos com perseverança na corrida,
2. mantendo os olhos fixos em Jesus, autor e consumador da fé. Em troca da alegria que lhe era proposta, ele se submeteu à cruz, desprezando a vergonha, e se assentou à direita do trono de Deus.
3. Para que vocês não se cansem e não percam o ânimo, pensem atentamente em Jesus, que suportou contra si tão grande hostilidade por parte dos pecadores.

DEUS NOS TRATA COMO FILHOS
4. Vocês ainda não resistiram até o derramamento do sangue na luta contra o pecado,
5. e já se esqueceram da exortação que lhes foi dirigida como a filhos: "Meu filho, não despreze a correção do Senhor e não perca o ânimo quando for repreendido por ele;
6. pois o Senhor corrige a quem ele ama e castiga a quem aceita como filho."
7. Em vista da educação é que vocês sofrem. Deus trata-os como filhos. E qual é o filho que não é corrigido pelo pai?
8. Pelo contrário, se vocês não são corrigidos como acontece com todos, então vocês são bastardos e não filhos.
9. Ademais, tivemos nossos pais humanos como educadores, e os respeitamos. Será que não devemos submeter-nos muito mais ao Pai dos espíritos para termos a vida?
10. Nossos pais humanos, por pouco tempo, nos corrigiam, como melhor lhes parecia; Deus, porém, nos corrige para o nosso bem, a fim de que sejamos participantes da sua própria santidade.
11. Na hora, qualquer correção parece não ser motivo de alegria, mas de tristeza; porém, mais tarde, ela produz um fruto de paz e de justiça naqueles que foram corrigidos.
12. Por isso, levantem as mãos cansadas e fortaleçam os joelhos enfraquecidos.
13. Endireitem os caminhos por onde terão que passar, a fim de que o aleijado não manque, mas seja curado.

ENDIREITAR OS CAMINHOS

NÃO VOLTEM ATRÁS
14. Procurem estar em paz com todos. Progridam na santidade, porque sem ela ninguém verá o Senhor.
15. Vigiem para que ninguém abandone a graça de Deus. Que nenhuma raiz venenosa cresça no meio de vocês, provocando perturbação e contaminando a comunidade.
16. Não haja nenhum fornicador ou profanador, como Esaú que vendeu seus direitos de filho primogênito em troca de um prato de comida.
17. E vocês bem sabem que a seguir ele foi rejeitado, quando quis obter a bênção como herança, porque não encontrou a possibilidade de seu pai mudar a decisão, embora ele pedisse isso com lágrimas.

NÃO REJEITEM O DOM DE DEUS
18. Vocês não se aproximaram de uma realidade palpável. Ali havia fogo ardente, escuridão, trevas, tempestade,
19. som de trombeta e ruído de palavras. E as pessoas que ouviram isso, suplicaram que Deus não dissesse mais nada,
20. pois eles não suportavam o que fora ordenado: "Até um animal será apedrejado se tocar a montanha."
21. Eles ficaram tão espantados com esse espetáculo, que Moisés disse: "Estou apavorado e com medo."
22. Entretanto, vocês se aproximaram do monte Sião e da Jerusalém celeste, a cidade do Deus vivo. Vocês se aproximaram de milhares de anjos reunidos em festa,
23. e da assembléia dos primogênitos, que têm o nome inscrito no céu. Vocês se aproximaram de Deus, que é juiz de todos. Vocês se aproximaram dos espíritos justos que chegaram à meta final,
24. e de Jesus, o mediador de uma nova aliança. Vocês se aproximaram do sangue da aspersão, que fala muito mais alto que o sangue de Abel.
25. Cuidado! Não deixem de escutar aquele que fala a vocês. As pessoas que recusaram escutar aquele que as advertia na terra, não escaparam do castigo. E menos ainda escaparemos nós do castigo, se nos afastarmos de quem nos fala do alto do céu.
26. Aquele, cuja voz um dia abalou a terra, agora diz: "Mais uma vez farei estremecer, não somente a terra, mas também o céu".
27. A expressão "mais uma vez" anuncia o desaparecimento de tudo aquilo que participa da instabilidade do mundo criado, para que permaneça só o que é inabalável.
28. Já que recebemos um reino inabalável, conservemos bem essa graça. Por meio dela, sirvamos a Deus de tal modo que o agrademos, isto é, com respeito e temor.
29. Pois o nosso Deus é um fogo devorador.

[Hebreus 13]Hebreus 13



AMAR DE MODO CONCRETO
1. Perseverem no amor fraterno.
2. Não se esqueçam da hospitalidade, pois algumas pessoas, graças a ela, sem saber acolheram anjos.
3. Lembrem-se dos presos, como se vocês estivessem na prisão com eles. Lembrem-se dos que são torturados, pois vocês também têm um corpo.
4. Que todos respeitem o matrimônio e não desonrem o leito nupcial, pois Deus julgará os libertinos e adúlteros.
5. Que a conduta de vocês não seja inspirada pelo amor ao dinheiro. Cada um fique satisfeito com o que tem, pois Deus disse: "Eu nunca deixarei você, nunca o abandonarei."
6. Assim, podemos dizer com ânimo: "O Senhor está comigo, eu não temo. O que é que me poderá fazer um homem?"
7. Lembrem-se dos dirigentes, que ensinaram a vocês a Palavra de Deus. Imitem a fé que eles tinham, tendo presente como eles morreram.

O VERDADEIRO CULTO
8. Jesus Cristo é o mesmo, ontem e hoje, e será sempre o mesmo.
9. Não se deixem levar por nenhum tipo de doutrinas estranhas. O bom mesmo é fortalecer o coração pela graça, e não com regras alimentares, que de nada serviam para quem as observava.
10. Nós temos um altar, do qual não têm direito de comer aqueles que ainda servem na Tenda.
11. De fato, depois que o sumo sacerdote oferece o sangue no santuário pelos pecados do povo, os corpos dos animais oferecidos em sacrifício são queimados fora do recinto sagrado.
12. Por esse motivo, também Jesus sofreu sua paixão fora de Jerusalém, quando purificou o povo com o seu próprio sangue.
13. Portanto, saiamos também do recinto sagrado para ir ao encontro de Jesus, carregando a humilhação dele.
14. Pois nós não temos aqui a nossa pátria definitiva, mas buscamos a pátria futura.
15. Portanto, ofereçamos continuamente, por meio de Jesus, um sacrifício de louvor a Deus, isto é, o fruto de lábios que confessam o seu nome.
16. Não se esqueçam de ser generosos, e saibam repartir com os outros, porque tais são os sacrifícios que agradam a Deus.

DEDICAR-SE AO BEM DE TODOS
17. Respeitem os dirigentes e sejam dóceis a eles, pois eles se dedicam pelo bem de vocês e terão que prestar contas disso. Assim, eles poderão fazê-lo com alegria e não gemendo, o que não seria vantajoso para vocês.
18. Rezem por nós, pois acreditamos que nossas intenções são puras e só queremos agir bem em tudo.
19. Rezem com insistência ainda maior para que eu possa voltar até vocês o quanto antes.

CONCLUSÃO
20. O Deus da paz, que ressuscitou dos mortos a Jesus nosso Senhor, que é o pastor supremo das ovelhas por ter derramado o sangue da aliança eterna,
21. que Deus torne vocês perfeitos em todo bem. Assim poderão cumprir a vontade dele, realizando em vocês aquilo que agrada a Deus, por meio de Jesus Cristo. A ele seja dada a glória para sempre. Amém.

SAUDAÇÕES
22. Irmãos, peço que vocês acolham esta palavra de exortação. Foi por causa disso que lhes escrevi poucas palavras.
23. Quero informar-lhes que nosso irmão Timóteo foi posto em liberdade. Se ele vier logo, eu o levarei comigo quando for aí para ver vocês.
24. Saudações a todos os dirigentes e a todos os cristãos. Os da Itália mandam saudações para vocês.
25. Que a graça esteja com todos vocês.

[Tiago 1]Tiago 1



ENDEREÇO E SAUDAÇÃO
1. Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos espalhadas pelo mundo: saudações!

A PROVAÇÃO AMADURECE A FÉ
2. Meus irmãos, fiquem muito alegres por terem que passar por todo tipo de provações,
3. pois vocês sabem que aprendem a perseverar quando sua fé é posta à prova.
4. Mas é preciso que a perseverança complete a sua obra em vocês, para que sejam homens completos e autênticos, sem nenhuma deficiência.

SABEDORIA PARA TESTEMUNHAR
5. Se alguém de vocês tem falta de sabedoria, que peça a Deus, e ele a dará, porque é generoso e dá sem impor condições.
6. Todavia é preciso pedir com fé, sem duvidar, porque aquele que duvida é como a onda do mar, que o vento leva de um lado para outro.
7. Quem é assim, não pense que vai receber alguma coisa do Senhor,
8. pois é indeciso e instável em tudo o que faz.

O POBRE E O RICO
9. Que o irmão pobre se orgulhe de sua alta dignidade,
10. e o rico se orgulhe de perder sua posição social, porque o rico desaparecerá como a flor da erva.
11. O sol se levanta, vem o calor e seca a erva, e lá se foi a beleza do seu viço! É assim que o rico vai perecer no meio dos seus negócios!

DEUS NÃO TENTA NINGUÉM
12. Feliz o homem que suporta com paciência a provação! Porque, uma vez provado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu àqueles que o amam.
13. Quando tentado, que ninguém diga: "Deus está me tentando." Porque Deus não é tentado a fazer o mal nem tenta a ninguém.
14. Cada um é tentado pelo seu próprio desejo, que o atrai e seduz;
15. a seguir, o desejo concebe e dá à luz o pecado, e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.

DEUS SÓ FAZ O BEM
16. Não se enganem, meus queridos irmãos:
17. qualquer dom precioso e qualquer dádiva perfeita vêm do alto, desce do Pai das luzes, no qual não há fases ou períodos de mudança.
18. Por sua própria iniciativa, ele nos gerou por meio da Palavra da verdade, para que nos tornássemos as primeiras dentre as suas criaturas.

A LEI DA LIBERDADE
19. Vocês já sabem, meus queridos irmãos: cada um seja pronto para ouvir, mas lento para falar, e lento para ficar com raiva,
20. porque a raiva do homem não produz a justiça que Deus quer.
21. Por isso, deixem de lado qualquer imundície e sinal de malícia, e recebam com docilidade a Palavra que lhes foi plantada no coração e que pode salvá-los.
22. Sejam praticantes da Palavra, e não apenas ouvintes, iludindo a si mesmos.
23. Quem ouve a Palavra e não a pratica, é como alguém que observa no espelho o rosto que tem desde o nascimento;
24. observa a si mesmo e depois vai embora, esquecendo a própria aparência.
25. Mas, quem se concentra numa lei perfeita, a lei da liberdade, e nela continua firme, não como ouvinte distraído, mas praticando o que ela manda, esse encontrará a felicidade no que faz.

A VERDADEIRA RELIGIÃO
26. Se alguém pensa que é religioso e não sabe controlar a língua, está enganando a si mesmo, e sua religião não vale nada.
27. Religião pura e sem mancha diante de Deus, nosso Pai, é esta: socorrer os órfãos e as viúvas em aflição, e manter-se livre da corrupção do mundo.

[Tiago 2]Tiago 2



DEUS PREFERE OS POBRES
1. Queridos irmãos, não misturem com certos favoritismos pessoais a fé que vocês têm em nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória.
2. Por exemplo: entra na reunião de vocês uma pessoa com anéis de ouro e vestida com elegância; e entra também uma pessoa pobre, vestida com roupas velhas.
3. Suponhamos que vocês dêem atenção à pessoa que está vestida com elegância e lhe dizem: "sente-se aqui, neste lugar confortável"; mas dizem à pessoa pobre: "fique aí em pé"; ou então: "sente-se aí no chão, perto do estrado dos meus pés."
4. Nesse caso, vocês estão fazendo diferença entre vocês mesmos e julgando os outros com péssimos critérios.
5. Ouçam, meus queridos irmãos: não foi Deus quem escolheu os que são pobres aos olhos do mundo, para torná-los ricos na fé e herdeiros do Reino que ele prometeu àqueles que o amam?
6. E, no entanto, vocês desprezaram o pobre! Ora, não são os ricos que oprimem a vocês e os arrastam perante os tribunais?
7. Não são eles que difamam o nome sublime que foi invocado sobre vocês?
8. Se cumprirem a lei mais importante da Escritura: "Ame o seu próximo como a si mesmo", vocês estarão agindo bem.
9. Mas, se vocês fazem diferença entre as pessoas, estão cometendo pecado, e a Lei os condena como culpados.
10. Aquele que observa a Lei toda, mas falha num só ponto, torna-se culpado de violar a Lei inteira.
11. De fato, aquele que disse: "Não cometa adultério", também disse: "Não mate." Portanto, se você não comete adultério, mas mata, será condenado como violador da Lei.
12. Falem e ajam como pessoas que vão ser julgadas pela lei da liberdade,
13. porque o julgamento será sem misericórdia para quem não tiver agido com misericórdia. Os misericordiosos não têm motivo de temer o julgamento.

A FÉ SE MANIFESTA EM ATOS CONCRETOS
14. Meus irmãos, se alguém diz que tem fé, mas não tem obras, que adianta isso? Por acaso a fé poderá salvá-lo?
15. Por exemplo: um irmão ou irmã não têm o que vestir e lhes falta o pão de cada dia.
16. Então alguém de vocês diz para eles: "Vão em paz, se aqueçam e comam bastante"; no entanto, não lhes dá o necessário para o corpo. Que adianta isso?
17. Assim também é a fé: sem as obras, ela está completamente morta.
18. Alguém poderia dizer ainda: "Você tem a fé, e eu tenho as obras. Pois bem! Mostre-me a sua fé sem as obras, e eu, com as minhas obras, lhe mostrarei a minha fé."
19. Você acredita que existe um só Deus? Muito bem! Só que os demônios também acreditam, e tremem!
20. Insensato, quer ver como a fé sem as obras não tem valor?
21. Quando nosso pai Abraão ofereceu o filho Isaac sobre o altar, não foi pelas obras que ele se tornou justo?
22. Vocês podem perceber que a fé cooperou com as obras dele, e que pelas obras essa fé se tornou perfeita.
23. E assim se cumpriu a Escritura que diz: "Abraão acreditou em Deus, e isso lhe foi creditado como justiça." E Abraão foi chamado amigo de Deus.
24. Como vocês estão vendo, o homem é justificado pelas obras, e não somente pela fé.
25. Do mesmo modo, a prostituta Raab: ao dar hospitalidade aos mensageiros e ao fazê-los voltar por outro caminho, não foi ela justificada pelas suas obras?
26. De fato, do mesmo modo que o corpo sem o espírito é cadáver, assim também a fé: sem as obras ela é cadáver.

[Tiago 3]Tiago 3



FORÇA E PERIGO DA LÍNGUA
1. Meus irmãos, não se façam todos de mestres. Vocês bem sabem que seremos julgados com maior severidade,
2. pois todos nós estamos sujeitos a muitos erros. Aquele que não comete falta no falar, é homem perfeito, capaz de pôr freio ao corpo todo.
3. Quando colocamos freio na boca dos cavalos para que nos obedeçam, nós dirigimos todo o corpo deles.
4. Vejam também os navios: são tão grandes e empurrados por fortes ventos! Entretanto, por um pequenino leme são conduzidos para onde o piloto quer levá-los.
5. A mesma coisa acontece com a língua: é um pequeno membro e, no entanto, se gaba de grandes coisas. Observem uma fagulha, como acaba incendiando uma floresta imensa!
6. A língua é um fogo, o mundo da maldade. A língua, colocada entre os nossos membros, contamina o corpo inteiro, incendeia o curso da vida, tirando a sua chama da geena.
7. Qualquer espécie de animais ou de aves, de répteis ou de seres marinhos são e foram domados pela raça humana;
8. mas nenhum homem consegue domar a língua. Ela não tem freio e está cheia de veneno mortal.
9. Com ela bendizemos o Senhor e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.
10. Da mesma boca sai bênção e maldição. Meus irmãos, isso não pode acontecer!
11. Por acaso, a fonte pode fazer jorrar da mesma mina água doce e água salobra?
12. Meus irmãos, por acaso uma figueira pode dar azeitonas, e uma videira pode dar figos? Assim também uma fonte salgada não pode produzir água doce.

A VERDADEIRA SABEDORIA
13. Quem é sábio e inteligente entre vocês? Pois então, mostre com a boa conduta que suas ações são de uma sabedoria humilde.
14. Mas, se vocês têm no coração ciúme amargo e espírito de rivalidade, não fiquem se gabando e não mintam contra a verdade.
15. Esse tipo de sabedoria não vem do alto; é sabedoria terrena, animal, demoníaca.
16. De fato, onde há ciúme e espírito de rivalidade, existe também desordem e todo tipo de ações más.
17. Ao contrário, a sabedoria que vem do alto é, antes de tudo, pura, pacífica, humilde, compreensiva, cheia de misericórdia e bons frutos, sem discriminações e sem hipocrisia.
18. Na verdade, um fruto de justiça é semeado na paz para aqueles que trabalham pela paz.

[Tiago 4]Tiago 4



A BUSCA DA REALIZAÇÃO HUMANA
1. De onde surgem os conflitos e competições que existem entre vocês? Não vêm exatamente dos prazeres que guerreiam nos seus membros?
2. Vocês cobiçam, e não possuem; então matam. Vocês têm inveja, e não conseguem nada; então lutam e fazem guerra. Vocês não recebem, porque não pedem;
3. e vocês pedem, mas não recebem, porque pedem mal, com intenção de gastarem em seus prazeres.
4. Idólatras! Vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Quem quer ser amigo do mundo é inimigo de Deus.
5. Ou vocês acham que é à toa que a Escritura diz: "Deus reclama com ciúme o espírito que ele fez habitar em nós"?
6. Mas ele dá uma graça maior. É por isso que a Escritura diz: "Deus resiste aos soberbos, e aos humildes dá a sua graça."
7. Portanto, sejam submissos a Deus; resistam ao diabo, e este fugirá de vocês.
8. Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês. Pecadores, purifiquem as mãos! Indecisos, purifiquem o coração!
9. Reconheçam a própria miséria, cubram-se de luto e chorem! Que o riso de vocês se transforme em luto, e a alegria em tristeza!
10. Humilhem-se diante do Senhor, e ele os elevará.

SÓ DEUS PODE JULGAR
11. Irmãos, não fiquem criticando uns aos outros! Quem critica o irmão ou julga seu irmão, está criticando uma lei e julgando uma lei. E se você julga uma lei, você não é alguém que obedece a uma lei, mas alguém que a julga.
12. Ora, só um é o legislador e juiz: aquele que pode salvar e destruir. Quem é você para julgar o próximo?

SÓ DEUS É O SENHOR DA VIDA
13. Agora vamos aos que dizem: "Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, passaremos aí um ano negociando e ganhando dinheiro."
14. E, no entanto, nem sabem o que vai acontecer amanhã! O que é a vida de vocês? Uma neblina que aparece um pouco e logo desaparece!
15. Vocês deveriam dizer: "Se o Senhor quiser, nós viveremos e faremos isto ou aquilo."
16. Em vez disso, vocês se gabam da própria arrogância. Todo orgulho desse tipo é mau.
17. Portanto, quem sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado.

[Tiago 5]Tiago 5



AI DE VOCÊS, RICOS!
1. E agora vocês, ricos: comecem a chorar e gritar por causa das desgraças que estão para cair sobre vocês.
2. Suas riquezas estão podres, suas roupas foram roídas pela traça;
3. o ouro e a prata de vocês estão enferrujados; e a ferrugem deles será testemunha contra vocês, e como fogo lhes devorará a carne. Vocês amontoaram tesouros para o fim dos tempos.
4. Vejam o salário dos trabalhadores que fizeram a colheita nos campos de vocês: retido por vocês, esse salário clama, e os protestos dos cortadores chegaram aos ouvidos do Senhor dos exércitos.
5. Vocês tiveram na terra uma vida de conforto e luxo; vocês estão ficando gordos para o dia da matança!
6. Vocês condenaram e mataram o justo, e ele não conseguiu defender-se.

PERSEVERANÇA E PACIÊNCIA CRISTÃ
7. Irmãos, sejam pacientes até a vinda do Senhor. Olhem o agricultor: ele espera pacientemente o fruto precioso da terra, até receber a chuva do outono e da primavera.
8. Sejam pacientes vocês também; fortaleçam os corações, pois a vinda do Senhor está próxima.
9. Irmãos, não se queixem uns dos outros, para não serem julgados. Vejam: o juiz está às portas.
10. Irmãos, tomem como exemplo de sofrimento e paciência os profetas que falam em nome do Senhor.
11. Nós consideramos felizes os que foram perseverantes. Vocês ouviram falar da constância de Jó e conhecem o fim que o Senhor reservou para ele, porque o Senhor é rico em compaixão e misericórdia.

JURAMENTO E VERDADE
12. Sobretudo, irmãos, não jurem: nem pelo céu, nem pela terra, nem por qualquer outra coisa; que o "sim" de vocês seja sim, e que o "não" seja não, para não se exporem ao julgamento.

A UNÇÃO DOS ENFERMOS
13. Alguém de vocês está sofrendo? Reze. Está alegre? Cante.
14. Alguém de vocês está doente? Mande chamar os presbíteros da Igreja para que rezem por ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor.
15. A oração feita com fé salvará o doente: o Senhor o levantará e, se ele tiver pecados, será perdoado.

CONFISSÃO E ORAÇÃO
16. Confessem mutuamente os próprios pecados e rezem uns pelos outros, para serem curados. A oração do justo, feita com insistência, tem muita força.
17. Elias era homem fraco como nós. No entanto, ele rezou bastante para que não chovesse, e não choveu sobre a terra durante três anos e meio.
18. Depois ele rezou de novo, e o céu mandou chuva, e a terra produziu seu fruto.

VALOR DO AUXÍLIO FRATERNO
19. Meus irmãos, se alguém de vocês se afasta da verdade e outro o faz voltar,
20. fique este sabendo que a pessoa que reconduz um pecador do caminho errado, salvará a si mesma da morte e cobrirá uma multidão de pecados.

[I Pedro 1]I Pedro 1



ENDEREÇO E SAUDAÇÃO
1. Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos que vivem dispersos como estrangeiros no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia. Vocês foram escolhidos
2. de acordo com a presciência de Deus Pai e através da santificação do Espírito, para obedecerem a Jesus Cristo e serem purificados pelo seu sangue. Que a graça e a paz sejam abundantes para vocês.

A OBRA DO PAI
3. Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo por sua grande misericórdia. Ressuscitando a Jesus Cristo dos mortos, ele nos fez renascer para uma esperança viva,
4. para uma herança que não se corrompe, não se mancha e não murcha. Essa herança está reservada no céu para vocês
5. que, graças à fé, estão guardados pela força de Deus para a salvação que está prestes a revelar-se no final dos tempos.

O PAPEL DO FILHO
6. Por isso, vocês devem alegrar-se, mesmo que agora, se necessário, fiquem tristes por um pouco de tempo, devido às várias provações.
7. Desse modo, a fé que vocês têm será provada como o ouro que passa pelo fogo. O ouro vai desaparecer, mas a fé que vocês têm, e que vale muito mais, não se perderá, até o dia da revelação de Jesus Cristo. Então, por essa fé, vocês receberão louvor, glória e honra.
8. Vocês nunca viram Jesus e, apesar disso, o amam; não o vêem, mas acreditam. E por isso sentem alegria extraordinária e gloriosa,
9. porque alcançam a meta da fé, que é a salvação de vocês.

A AÇÃO DO ESPÍRITO
10. Essa salvação já foi objeto de busca e investigação dos profetas, quando de antemão anunciavam a graça que Deus tinha reservado para nós.
11. Eles procuravam descobrir em que tempo e circunstâncias se verificariam as indicações por eles próprios recebidas do Espírito de Cristo, que estava presente neles. Foi assim que eles falaram dos sofrimentos de Cristo e das glórias que viriam depois.
12. E foi-lhes revelado que eles mesmos não veriam essas coisas, mas que, anunciando-as, estavam trabalhando para vocês. Agora, porém, os pregadores do Evangelho as manifestaram, guiados pelo Espírito Santo enviado do céu: são coisas que até os anjos gostariam de contemplar.

LIBERTOS PARA A VIDA NOVA
13. Por isso, estejam de espírito pronto para agir, sejam sóbrios e ponham toda a esperança na graça que será trazida a vocês quando Jesus Cristo se manifestar.
14. Como filhos obedientes, não devem mais viver como antes, quando ainda eram ignorantes e se deixavam guiar pelas paixões.
15. Pelo contrário, assim como é santo o Deus que os chamou, também vocês tornem-se santos em todo o comportamento,
16. porque a Escritura diz: "sejam santos, porque eu sou santo."
17. Vocês chamam Pai àquele que não faz distinção entre as pessoas, mas que julga cada um segundo as próprias obras. Portanto, comportem-se com temor durante esse tempo em que se acham fora da pátria.
18. Pois vocês sabem que não foi com coisas perecíveis, isto é, com prata nem ouro, que vocês foram resgatados da vida inútil que herdaram dos seus antepassados.
19. Vocês foram resgatados pelo precioso sangue de Cristo, como o de um cordeiro sem defeito e sem mancha.
20. Ele era conhecido antes da fundação do mundo, mas foi manifestado no fim dos tempos por causa de vocês.
21. Por meio dele é que vocês acreditam em Deus, que o ressuscitou dos mortos e lhe deu a glória, de modo que a fé e a esperança de vocês estão em Deus.

A FONTE DA VIDA NOVA
22. Pela obediência à verdade vocês se purificaram, a fim de praticar um amor fraterno sem hipocrisia. Com ardor e de coração sincero amem-se uns aos outros.
23. Vocês nasceram de novo, não de uma semente mortal, mas imortal, por meio da palavra de Deus, que é viva e que permanece.
24. De fato, toda carne é como erva e toda a sua glória é como flor da erva: a erva seca e a flor cai;
25. mas a palavra do Senhor permanece para sempre. E essa é a palavra que foi anunciada a vocês.

[I Pedro 2]I Pedro 2



1. Portanto, rejeitem qualquer maldade, toda mentira, todas as formas de hipocrisia e inveja e toda maledicência.
2. Como crianças recém-nascidas, desejem o leite puro da Palavra, a fim d

e que vocês, com esse leite, cresçam para a salvação,


3. pois já provaram que o Senhor é bom.

CRISTÃOS: O POVO SACERDOTAL
4. Aproximem-se do Senhor, a pedra viva rejeitada pelos homens, mas escolhida e preciosa aos olhos de Deus.
5. Do mesmo modo, vocês também, como pedras vivas, vão entrando na construção do templo espiritual, e formando um sacerdócio santo, destinado a oferecer sacrifícios espirituais que Deus aceita por meio de Jesus Cristo.
6. De fato, nas Escrituras se lê: "Eis que ponho em Sião uma pedra angular, escolhida e preciosa. Quem nela acreditar não ficará confundido."
7. Isto é: para vocês que acreditam, ela será tesouro precioso; mas, para os que não acreditam, a pedra que os edificadores rejeitaram tornou-se a pedra angular,
8. uma pedra de tropeço e uma rocha que faz cair. Eles tropeçam porque não acreditam na Palavra, pois foram para isso destinados.
9. Vocês, porém, são raça eleita, sacerdócio régio, nação santa, povo adquirido por Deus, para proclamar as obras maravilhosas daquele que chamou vocês das trevas para a sua luz maravilhosa.
10. Vocês que antes não eram povo, agora são povo de Deus; vocês que não tinham alcançado misericórdia, mas agora alcançaram misericórdia.

O TESTEMUNHO PROVOCA CONVERSÃO
11. Amados, vocês são peregrinos e forasteiros. Por isso, recomendo que fiquem longe dos desejos baixos que provocam guerra contra vocês.
12. Comportem-se de modo exemplar entre os pagãos, a fim de que eles, mesmo falando mal de vocês como se fossem malfeitores, ao verem as boas obras que vocês fazem, glorifiquem a Deus no dia do julgamento.

SÓ DEUS É ABSOLUTO
13. Submetam-se a toda criatura humana por causa do Senhor, seja ao rei como soberano,
14. seja aos governadores como enviados dele para punir os malfeitores e para louvar os que fazem o bem.
15. Pois esta é a vontade de Deus: praticar o bem, fazendo calar a ignorância dos insensatos.
16. Comportem-se como homens livres, não usando a liberdade como desculpa para o mal, mas como servos de Deus.
17. Respeitem a todos, amem os irmãos, temam a Deus e respeitem o rei.

SÓ DEUS É SENHOR
18. Criados, com todo o temor submetam-se aos seus patrões, não só aos bons e compreensivos, mas também aos que são duros.
19. É louvável alguém suportar maus tratos, sofrendo injustamente por amor a Deus.
20. Que mérito haveria em suportar com paciência, se vocês fossem esbofeteados por terem agido errado? Pelo contrário, se vocês são pacientes no sofrimento quando fazem o bem, isto sim é ação louvável diante de Deus.
21. De fato, para isso é que vocês foram chamados, pois Cristo também sofreu por vocês, deixando-lhes exemplo para que sigam os passos dele.
22. Ele não cometeu nenhum pecado e mentira nenhuma foi encontrada em sua boca.
23. Quando insultado, não revidava; ao sofrer, não ameaçava. Antes, depositava sua causa nas mãos daquele que julga com justiça.
24. Sobre o madeiro levou os nossos pecados em seu próprio corpo, a fim de que nós, mortos para nossos pecados, vivêssemos para a justiça. Através dos ferimentos dele é que vocês foram curados,
25. pois estavam desgarrados como ovelhas, mas agora retornaram ao seu Pastor e Guardião.

I Pedro 3

HOMEM E MULHER SÃO IGUAIS
1. Do mesmo modo, vocês, mulheres, submetam-se aos seus maridos. Assim, se alguns são rebeldes à Palavra, a conduta de suas mulheres poderá ganhá-los sem palavras,
2. ao notarem o recato cuidadoso da conduta de vocês.
3. Que o enfeite de vocês não seja de coisas exteriores, como penteado, uso de jóias de ouro ou roupas finas,
4. mas de qualidades internas, isto é, o enfeite inalterável de caráter suave e sereno. Isso sim é coisa preciosa diante de Deus.
5. De fato, era assim que se enfeitavam as santas mulheres de outrora, que punham sua esperança em Deus, submissas a seus maridos.
6. É o que vemos em Sara: ela foi obediente a Abraão, chamando-o de senhor. Vocês se tornarão filhas de Sara se praticarem o bem e não se deixarem dominar pelo medo.
7. Do mesmo modo, vocês, maridos, sejam compreensivos na vida conjugal, mostrando consideração para com as esposas, por serem de constituição mais delicada e também por serem herdeiras como vocês do dom da vida. Assim, a oração de vocês não ficará sem resposta.

PORTADORES DA BÊNÇÃO E DO JULGAMENTO
8. Finalmente, tenham todos a mesma atitude, sejam compassivos, cheios de amor fraterno, misericordiosos e de espírito humilde.
9. Não paguem o mal com o mal, nem o insulto com outro insulto; pelo contrário, abençoem, porque para isso vocês foram chamados, isto é, para serem herdeiros da bênção.
10. De fato, aquele que ama a vida e deseja ver dias felizes guarde sua língua do mal e seus lábios de proferir mentiras;
11. afaste-se do mal e pratique o bem, busque a paz e procure segui-la.
12. Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos e seus ouvidos estão atentos à prece deles. Mas o rosto do Senhor se volta contra os que praticam o mal.

QUEM LHES FARÁ MAL?
13. E quem lhes fará mal, se vocês se empenham em fazer o bem?
14. Se sofrem por causa da justiça, felizes de vocês! Não tenham medo deles, nem fiquem assustados.
15. Ao contrário, reconheçam de coração o Cristo como Senhor, estando sempre prontos a dar a razão de sua esperança a todo aquele que a pede a vocês,
16. mas com bons modos, com respeito e mantendo a consciência limpa. Assim, quando vocês forem difamados em alguma coisa, aqueles que criticam o bom comportamento que vocês têm em Cristo ficarão confundidos.
17. Pois, se é da vontade de Deus que vocês sofram, é melhor que seja por praticarem o bem, e não o mal.

SOLENE COMPROMISSO COM DEUS
18. De fato, o próprio Cristo morreu uma vez por todas pelos pecados, o justo pelos injustos, a fim de os conduzir a Deus. Ele sofreu a morte em seu corpo, mas recebeu vida pelo Espírito.
19. Foi então que ele proclamou a vitória, inclusive para os espíritos aprisionados;
20. falo das pessoas que foram rebeldes outrora, nos tempos de Noé, quando Deus demorava para castigar o mundo. Enquanto isso, Noé construía a arca, na qual somente oito pessoas foram salvas por meio da água.
21. Aquela água representava o batismo que agora salva vocês; não se trata de limpeza da sujeira corporal, mas do compromisso solene de uma boa consciência diante de Deus, mediante a ressurreição de Jesus Cristo.
22. Ele subiu ao céu e está sentado à direita de Deus, após ter submetido os anjos, as dominações e os poderes.

[I Pedro 4]I Pedro 4



RUPTURA COM O PECADO
1. Uma vez que Cristo sofreu na carne, vocês também devem estar armados com esta convicção: aquele que sofreu na carne, rompeu com o pecado,
2. a fim de viver o resto de seus dias guiado pela vontade de Deus e não por paixões humanas.
3. Vocês passaram muito tempo vivendo conforme o estilo pagão, entregues a uma vida de dissolução, cobiça, embriaguez, comilanças, bebedeiras e idolatrias abomináveis.
4. Agora, os outros estranham que vocês não se entreguem à mesma torrente de perdição e por isso os cobrem de insultos;
5. mas eles terão de prestar contas disso àquele que em breve há de julgar os vivos e os mortos.
6. Por que o Evangelho foi anunciado também aos mortos? A fim de que eles vivam pelo Espírito a vida de Deus, depois de receberem, na sua carne mortal, a sentença comum a todos os homens.

ESPERA ATIVA
7. O fim de todas as coisas está próximo. Sejam, portanto, moderados e sóbrios, para se dedicarem à oração.
8. Sobretudo, conservem entre vocês um grande amor, porque o amor cobre uma multidão de pecados.
9. Pratiquem a hospitalidade uns com os outros, sem murmurar.
10. Cada um viva de acordo com a graça recebida e coloquem-se a serviço dos outros, como bons administradores das muitas formas da graça que Deus concedeu a vocês.
11. Quem fala, seja porta-voz de Deus; quem se dedica ao serviço, faça com as forças que Deus lhe dá, a fim de que em tudo Deus seja glorificado por meio de Jesus Cristo, ao qual pertencem a glória e o poder para sempre. Amém!

FIÉIS AO CAMINHO DE JESUS
12. Amados, não fiquem alarmados com o incêndio que se espalha entre vocês para prová-los, como se estivesse acontecendo algo estranho no meio de vocês.
13. Ao contrário, alegrem-se por estarem participando dos sofrimentos de Cristo, para que vocês também se alegrem e exultem ao se revelar a glória dele.
14. Felizes de vocês, quando forem insultados por causa do nome de Cristo; isso significa que o Espírito da glória, o Espírito de Deus, repousa sobre vocês.
15. Que ninguém de vocês sofra por ser assassino ou ladrão, malfeitor ou delator.
16. Todavia, se alguém sofre como cristão, não se sinta envergonhado; ao contrário, glorifique a Deus por levar o nome de cristão.
17. De fato, chegou a hora do julgamento, e está começando pela casa de Deus. Se o nosso julgamento é o começo, qual será o fim daqueles que não obedecem ao Evangelho de Deus?
18. Se com dificuldade o justo consegue salvar-se, em que situação ficam o ímpio e o pecador?
19. Portanto, aqueles que sofrem de acordo com o projeto de Deus, põem sua confiança no Deus criador, praticando o bem.

[I Pedro 5]I Pedro 5



FUNÇÃO DOS PRESBÍTEROS
1. Faço uma admoestação aos presbíteros que estão entre vocês, eu que sou presbítero como eles, testemunha dos sofrimentos de Cristo e participante da glória que vai ser revelada:
2. cuidem do rebanho de Deus que lhes foi confiado, não por imposição, mas de livre e espontânea vontade, como Deus o quer; não por causa de lucro sujo, mas com generosidade;
3. não como donos daqueles que lhes foram confiados, mas como modelos para o rebanho.
4. Desse modo, quando aparecer o supremo Pastor, vocês receberão a coroa de glória que não murcha.

PERSEVERANÇA DA FÉ
5. Igualmente, vocês jovens, obedeçam aos mais velhos. E todos vocês revistam-se de humildade no relacionamento mútuo, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a graça aos humildes.
6. Abaixem-se diante da poderosa mão de Deus, a fim de que no momento certo ele os levante.
7. Coloquem nas mãos de Deus qualquer preocupação, pois é ele quem cuida de vocês.
8. Sejam sóbrios e fiquem de prontidão! Pois o diabo, que é o inimigo de vocês, os rodeia como um leão que ruge, procurando a quem devorar.
9. Resistam ao diabo, permanecendo firmes na fé, pois vocês sabem que essa mesma espécie de sofrimento atinge os seus irmãos que estão espalhados pelo mundo.
10. Depois de sofrerem um pouco, o Deus de toda graça, aquele que os chamou em Cristo para a sua glória eterna, ele os restabelecerá, firmará e fortalecerá, e fará com que vocês sejam inabaláveis.
11. A Deus pertence todo o poder para sempre. Amém!

SAUDAÇÕES FINAIS
12. Por meio de Silvano, que eu considero irmão fiel, escrevi a vocês essas poucas palavras, para admoestá-los e dar testemunho de que esta é a verdadeira graça de Deus. Permaneçam firmes nela.
13. A comunidade que vive em Babilônia, escolhida como vocês, manda saudações. Marcos, meu filho, também manda saudações.
14. Saúdem-se uns aos outros com o beijo da caridade. Que a paz esteja com todos vocês que estão em Cristo.

[II Pedro 1]II Pedro 1



ENDEREÇO E SAUDAÇÃO
1. Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que receberam, pela justiça de nosso Deus e Salvador Jesus Cristo, uma fé preciosa como a nossa.
2. Que haja abundância de graça e paz, mediante o conhecimento de Deus e de Jesus Cristo nosso Senhor.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   189   190   191   192   193   194   195   196   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal