Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO


Ele poderá comer das porções sagradas e santíssimas, 23



Baixar 5.7 Mb.
Página20/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   16   17   18   19   20   21   22   23   ...   197

22. Ele poderá comer das porções sagradas e santíssimas,
23. mas não ultrapassará o véu, nem se aproximará do altar: ele tem defeito corporal, e não deverá profanar as minhas coisas sagradas, porque eu sou Javé, que as santifico".
24. Moisés falou tudo isso a Aarão e seus filhos, e a todos os filhos de Israel.

[Levítico 22]Levítico 22



OS ALIMENTOS SAGRADOS
1. Javé falou a Moisés:
2. "Mande que Aarão e seus filhos tratem com respeito as porções sagradas que os filhos de Israel me consagraram, e assim não profanem o meu santo nome. Eu sou Javé.
3. Diga para eles: Nas gerações futuras, qualquer um da descendência de Aarão que, em estado de impureza, se aproximar das porções sagradas, que tenham sido consagradas a Javé pelos filhos de Israel, tal pessoa será eliminada da minha presença. Eu sou Javé.
4. Nenhum homem da descendência de Aarão, que sofra de lepra ou gonorréia, poderá comer das porções sagradas, enquanto não for purificado. Toda pessoa que tocar alguma coisa que um cadáver tornou impura, ou aquele que teve uma poluição,
5. ou que tiver tocado em algum tipo de réptil ou em homem que possa contaminá-lo com impureza de qualquer tipo,
6. ficará impuro até à tarde e não poderá comer das porções sagradas, mas tomará banho, e ao pôr-do-sol ficará puro.
7. Então, poderá comer da porção sagrada, porque é o seu alimento.
8. Não comerá animal morto ou dilacerado por uma fera, pois ficaria impuro. Eu sou Javé.
9. Todos observarão as minhas proibições, para não cometer pecado que lhes traga a morte por se haverem profanado. Eu sou Javé, que os santifico.
10. Nenhum estranho comerá das porções sagradas: nem o hóspede do sacerdote, nem aquele que está a serviço dele.
11. Mas se um sacerdote compra com seu próprio dinheiro um escravo, este poderá comer, assim como também aqueles que nasceram na casa do sacerdote.
12. Se a filha de um sacerdote se casar com um estranho, não poderá comer dos tributos sagrados.
13. Mas se ela enviuvar ou for repudiada sem ter filhos, e voltar para a casa paterna, como no tempo da sua juventude, poderá então comer do alimento de seu pai. Mas nenhum estranho poderá comer desse alimento.
14. Se um homem comer alguma porção sagrada sem saber, deverá restituí-la ao sacerdote com o acréscimo de vinte por cento.
15. Os sacerdotes não profanarão a porção sagrada que os filhos de Israel tributam a Javé.
16. Se a comessem, incorreriam em falta grave que exigiria reparação, pois sou eu, Javé, quem os santifica".
17. Javé falou a Moisés:
18. "Diga a Aarão, aos filhos dele e a todos os filhos de Israel: Qualquer homem da casa de Israel ou qualquer imigrante residente em Israel que oferecer um holocausto a Javé, voluntário ou como cumprimento de um voto,
19. deverá oferecer um macho sem defeito para que a vítima seja aceita: bezerro, cordeiro ou cabrito.
20. Não ofereçam animais com defeito, porque não seriam aceitos.
21. Se alguém oferecer a Javé um sacrifício de comunhão, voluntário ou como cumprimento de um voto, apresentará animal de gado graúdo ou miúdo, sem defeito, para que seja aceito.
22. Não ofereçam a Javé animal cego, estropiado, mutilado, com úlceras, furúnculos ou feridas. Não coloquem animal nenhum com defeito sobre o altar, como oferta a Javé.
23. Você poderá oferecer, como dom voluntário, um animal anão ou disforme, de gado graúdo ou miúdo. Mas se for para cumprimento de um voto, ele não será aceito.
24. Não ofereçam a Javé um animal que tenha os testículos machucados, moídos, arrancados ou cortados. Nunca façam isso em sua terra,
25. nem os aceitem de um estrangeiro, para oferecer como alimento ao Deus de vocês. Essas vítimas são disformes e defeituosas, e não seriam aceitas".
26. Javé falou a Moisés:
27. "Depois do nascimento, o bezerro, cordeiro ou cabrito ficarão sete dias com a mãe; do oitavo dia em diante poderão ser oferecidos como oferta a Javé.
28. Não imolem no mesmo dia uma vaca ou ovelha com sua cria.
29. Se oferecerem a Javé um sacrifício de ação de graças, façam de forma que seja aceito.
30. Ele será comido no mesmo dia, sem deixar nada para o dia seguinte. Eu sou Javé.
31. Cumpram e coloquem em prática os meus mandamentos. Eu sou Javé.
32. Não profanem o meu santo nome, para que eu seja glorificado entre os filhos de Israel. Eu sou Javé, que santifico vocês.
33. Eu os tirei da terra do Egito, a fim de ser o Deus de vocês. Eu sou Javé".

Levítico 23

AS FESTAS DO ANO
1. Javé falou a Moisés:
2. "Diga aos filhos de Israel: São estas as solenidades de Javé, que vocês proclamarão como assembléias sagradas. São estas as minhas festas:

O SÁBADO
3. Durante seis dias vocês trabalharão, mas o sétimo é dia de repouso completo, dia de assembléia sagrada, no qual vocês não farão nenhum trabalho: é dia de descanso dedicado a Javé, em todos os lugares em que vocês morarem.
4. Estas são as festas de Javé, as assembléias sagradas às quais vocês convocarão os filhos de Israel, no tempo devido:

FESTA DA PÁSCOA E DOS PÃES SEM FERMENTO
5. O dia catorze do primeiro mês, ao entardecer, é a Páscoa de Javé.
6. O dia quinze do mesmo mês, é a festa dos Pães sem fermento, dedicada a Javé: durante sete dias vocês comerão pão sem fermento.
7. No primeiro dia vocês reunirão a assembléia sagrada e não farão nenhum trabalho nem tarefa alguma.
8. Durante sete dias vocês apresentarão ofertas queimadas a Javé; no sétimo dia voltarão a se reunir em assembléia sagrada e não farão nenhum trabalho nem tarefa alguma".

OFERTA DO PRIMEIRO FEIXE
9. Javé falou a Moisés:
10. "Diga aos filhos de Israel: Quando vocês tiverem entrado na terra que eu lhes dou e fizerem nela a colheita, tragam para o sacerdote o primeiro feixe da colheita.
11. O sacerdote oferecerá esse feixe diante de Javé com o gesto de apresentação, para que seja aceito. Essa apresentação será feita no dia seguinte ao sábado.
12. No mesmo dia, ofereçam a Javé como holocausto um cordeiro de um ano e sem defeito.
13. Como oblação, ofereçam também oito litros de flor de farinha amassada com azeite: é oferta queimada para Javé como perfume de suave odor. Ofereçam também a libação de um litro de vinho.
14. Não comam pão nem grãos tostados até o dia em que levarem sua oferta a Deus. É uma lei perpétua para todos os descendentes de vocês, em qualquer lugar onde estiverem morando.

FESTA DAS SEMANAS
15. A partir do dia seguinte ao sábado, em que vocês tiverem trazido o feixe para a apresentação, vocês contarão sete semanas completas.
16. Contem cinqüenta dias até o dia seguinte ao sétimo sábado, e então ofereçam a Javé uma nova oblação.
17. Dos lugares onde vocês estiverem morando tragam dois pães para oferecer com o gesto de apresentação; esses pães serão feitos com oito litros de flor de farinha assada com fermento: são os primeiros frutos em honra de Javé.
18. Além desses pães, ofereçam, como holocausto a Javé, sete cordeiros de um ano, sem defeito, um bezerro e dois carneiros, os quais, junto com a oferta e a libação, formam uma oblação de suave odor para Javé.
19. Façam também um sacrifício pelo pecado com um bode, e um sacrifício de comunhão com dois cordeiros de um ano.
20. O sacerdote deverá oferecê-los com o gesto de apresentação diante de Javé, junto com o pão dos primeiros frutos. Do mesmo modo, oferecerá os dois cordeiros, que são uma porção sagrada de Javé e pertencem ao sacerdote.
21. Nesse mesmo dia, façam a convocação da festa, e vocês realizarão a assembléia sagrada; não façam nenhum trabalho. É uma lei perpétua para todos os descendentes de vocês, em qualquer lugar onde estiverem morando.
22. Quando estiverem fazendo a colheita da lavoura na terra de vocês, não colham até o limite do campo, nem voltem para colher o trigo que ficou para trás: deixem tudo isso para o pobre e o imigrante. Eu sou Javé, o Deus de vocês".

FESTA DA LUA NOVA
23. Javé falou a Moisés:
24. "Diga aos filhos de Israel: O primeiro dia do sétimo mês é dia de descanso e será anunciado ao som da trombeta. Reúnam-se em assembléia sagrada,
25. não façam nenhum trabalho e apresentem para Javé uma oferta queimada".

DIA DA EXPIAÇÃO
26. Javé falou a Moisés:
27. "O dia dez do sétimo mês é o dia da Expiação. Reúnam-se em assembléia sagrada, façam penitência e ofereçam uma oferta queimada para Javé.
28. Não façam trabalho nenhum, pois é o dia da Expiação, dia em que se faz o rito de expiação por vocês diante de Javé, seu Deus.
29. Quem não fizer penitência nesse dia será excluído do povo.
30. E quem trabalhar nesse dia, eu o eliminarei do seu povo.
31. Não façam nenhum trabalho. É uma lei perpétua para todos os descendentes de vocês, em qualquer lugar onde estiverem morando.
32. Será um dia de descanso solene, em que farão penitência. Observem o descanso desde o dia nove pela tarde até o entardecer do dia dez".

FESTA DAS TENDAS
33. Javé falou a Moisés:
34. "Diga aos filhos de Israel: No dia quinze do sétimo mês começa a festa das Tendas, dedicada a Javé, e dura sete dias.
35. No primeiro dia, reúnam-se em assembléia sagrada e não façam nenhum trabalho.
36. Durante sete dias ofereçam para Javé ofertas queimadas. No oitavo dia, voltem a se reunir em assembléia sagrada e apresentem para Javé uma oferta queimada: é dia de reunião solene, e vocês não farão nenhum trabalho.
37. São estas as festas de Javé, em que vocês se reunirão em assembléia sagrada, e oferecerão a Javé oblações, holocaustos e ofertas, sacrifícios de comunhão e libações, conforme o ritual de cada dia.
38. Tudo isso será feito além dos sábados de Javé e além das dádivas, votos e ofertas voluntárias que vocês farão a Javé.
39. Desde o dia quinze do sétimo mês, quando vocês tiverem feito a colheita, celebrarão a festa de Javé durante sete dias. O primeiro e oitavo serão dias de repouso.
40. No primeiro dia, vocês pegarão frutos das melhores árvores, cortarão ramos de árvores para enfeite, ramos de palmeiras, ramos de árvores frondosas e de salgueiros, e farão festa durante sete dias na presença de Javé, o Deus de vocês.
41. Vocês celebrarão essa festa dedicada a Javé durante sete dias por ano. É uma lei perpétua para os seus descendentes, e será celebrada no sétimo mês.
42. Vocês morarão em cabanas durante sete dias; todos os naturais de Israel morarão em cabanas,
43. para que seus descendentes saibam que eu fiz os filhos de Israel habitar em cabanas quando os tirei do Egito. Eu sou Javé, o Deus de vocês".
44. E Moisés comunicou aos filhos de Israel as festas de Javé.

[Levítico 24]Levítico 24



DEUS ESTÁ NO MEIO DO POVO
1. Javé falou a Moisés:
2. "Mande que os filhos de Israel tragam para você azeite de oliva puro e refinado, para manter as lâmpadas sempre acesas.
3. Na tenda da reunião, fora do véu que está na frente do Testemunho da Aliança, Aarão preparará todos os dias a lâmpada. Ela ficará nesse lugar diante de Javé, ardendo continuamente, desde a tarde até a manhã. É uma lei perpétua para os descendentes de vocês.
4. Aarão preparará continuamente, na presença de Javé, as lâmpadas sobre o candelabro de ouro puro.
5. Pegue flor de farinha e asse com ela doze pães de oito litros cada um.
6. Coloque-os, depois, em duas fileiras de seis, sobre a mesa de ouro puro, que está diante de Javé.
7. Coloque incenso puro sobre cada fileira. Isso será o alimento oferecido como memorial, como oferta queimada para Javé.
8. A cada sábado esses pães serão colocados permanentemente diante de Javé. Os filhos de Israel fornecerão os pães como aliança perpétua.
9. Esses pães pertencerão a Aarão e a seus filhos, que os comerão no lugar sagrado, porque serão, para Aarão, porção sagrada e perpétua das ofertas queimadas a Javé".

O RESPEITO A DEUS E À VIDA
10. Entre os filhos de Israel havia um filho de mãe israelita e de pai egípcio. Ele saiu de casa e brigou com um filho de Israel no acampamento.
11. O filho da israelita blasfemou e amaldiçoou o nome de Javé. Por isso, o levaram à presença de Moisés. A mãe, que se chamava Salomit, era filha de Dabri, da tribo de Dã.
12. Seu filho foi preso para que um oráculo de Javé decidisse a sorte dele.
13. Javé disse a Moisés:
14. "Tire fora do acampamento o homem que blasfemou. Todos que o ouviram coloquem as mãos sobre a cabeça dele. Depois toda a comunidade o apedrejará.
15. Em seguida, fale aos filhos de Israel: 'Todo aquele que amaldiçoar o seu Deus carregará o peso do próprio pecado.
16. Quem blasfemar contra o nome de Javé deverá morrer: será apedrejado por toda a comunidade. Seja imigrante, seja nativo, se blasfemar contra o nome de Javé, deverá morrer.
17. Quem matar um homem, torna-se réu de morte.
18. Quem matar um animal, deverá dar uma compensação: vida por vida.
19. Se alguém ferir o seu próximo, deverá ser feito para ele aquilo que ele fez para o outro:
20. fratura por fratura, olho por olho, dente por dente. A pessoa sofrerá o mesmo dano que tiver causado a outro:
21. quem matar um animal, deverá dar uma compensação por ele; e quem matar um homem, deverá morrer.
22. A sentença será sempre a mesma, quer se trate de nativo, quer de imigrante, pois eu sou Javé, o Deus de vocês' ."
23. Depois que Moisés falou aos filhos de Israel, tiraram do acampamento aquele que havia blasfemado e o apedrejaram. Fizeram o que Javé havia mandado a Moisés.

[Levítico 25]Levítico 25



1. Javé falou a Moisés no monte Sinai:
2. "Diga aos filhos de Israel:

DESCANSO PARA A TERRA Quando vocês entrarem na terra que eu lhes dou, a terra deverá consagrar a Javé o seu sábado.
3. Durante seis anos você semeará os campos e, durante seis anos, você podará as vinhas e recolherá as colheitas.
4. Mas o sétimo ano será um solene descanso para a terra, o descanso de Javé: você não semeará o campo, nem podará a vinha,
5. não ceifará as espigas, que não serão reunidas em feixes; nem colherá as uvas das vinhas, que não serão podadas. Será um ano de descanso para a terra.
6. O descanso da terra servirá de alimento para você, para seu escravo, sua escrava, seu empregado, seu hóspede, e para todos aqueles que moram com você.
7. Todo o produto da terra servirá de pastagem para seu gado e para os animais selvagens.

O ANO DE JÚBILO
8. Conte sete semanas de anos, isto é, sete vezes sete anos; tais semanas de anos darão um período de quarenta e nove anos.
9. No dia dez do sétimo mês você fará soar a trombeta. No dia da expiação vocês façam soar a trombeta no país inteiro.
10. Declarem santo o qüinquagésimo ano e proclamem a libertação para todos os moradores do país. Será para vocês um ano de júbilo: cada um de vocês recuperará a sua propriedade e voltará para a sua família.
11. O qüinquagésimo ano será para vocês um ano de júbilo: vocês não semearão, nem ceifarão as espigas que tiverem nascido espontaneamente, nem colherão uvas das videiras não podadas.
12. O jubileu será uma coisa sagrada, e vocês comerão o que o campo produzir.
13. Nesse ano de júbilo cada um recuperará a sua propriedade.
14. Quando vocês fizerem operações de compra e venda com alguém do seu povo, não explorem uns aos outros.
15. O que você comprar de alguém do seu povo, será avaliado conforme o número de anos decorridos depois do jubileu. E aquele, por sua vez, cobrará de você conforme o número dos anos de colheita:
16. quanto maior o número de anos, mais alto será o preço; quanto menor o número de anos, menor será o preço, porque ele cobra de você conforme o número de colheitas.
17. Ninguém de vocês explore o irmão, mas tema o Deus de vocês, porque eu sou Javé, o Deus de vocês.

PROVIDÊNCIA DE DEUS E PREVIDÊNCIA DO HOMEM
18. Cumpram meus estatutos e normas, colocando-os em prática. Desse modo, vocês viverão tranqüilos na terra.
19. A terra dará o seu fruto, e vocês comerão até saciar-se, e viverão tranqüilos.
20. Vocês poderão perguntar: 'O que vamos comer no sétimo ano, se não semearmos nem fizermos colheita?'
21. Eu lhes mandarei a minha bênção no sexto ano, e a terra produzirá colheita para os três anos.
22. Quando vocês semearem no oitavo ano, poderão ainda comer dos produtos antigos até o nono ano. E enquanto não vierem os produtos do nono ano, vocês comerão os produtos antigos.

TODOS TÊM DIREITO À TERRA E À CASA PRÓPRIA
23. A terra não poderá ser vendida para sempre, porque a terra me pertence, e vocês são para mim imigrantes e hóspedes.
24. Por isso, em qualquer terra que vocês possuírem, concedam o direito de resgatar a terra.
25. Se um irmão seu cai na miséria e precisa vender algo do patrimônio próprio, o parente mais próximo dele, que tem o direito de resgate, irá até ele e resgatará aquilo que o irmão tiver vendido.
26. Quem não tiver ninguém para exercer esse direito, e desde que haja encontrado recursos para fazer o resgate,
27. descontará os anos que passaram desde a venda e pagará ao comprador o que falta, recuperando assim a propriedade.
28. Se não tiver meios para realizar o resgate, a propriedade vendida permanecerá até o ano do jubileu em poder do comprador. No jubileu, o comprador liberará a propriedade, para que esta volte ao seu próprio dono.
29. Quem vender uma casa de moradia numa cidade com muralhas, terá o direito de resgate até o final do ano da venda. Seu direito de resgate durará um ano.
30. Se o resgate não for feito no final de um ano, a casa na cidade com muralhas será propriedade daquele que a comprou e dos seus descendentes, para sempre: não será liberada no jubileu.
31. As casas de aldeias sem muralhas serão consideradas como os campos. Essas casas terão direito de resgate, e o comprador deverá liberá-las no jubileu.
32. Quanto às cidades de levitas, estes terão direito perpétuo de resgatar as casas das cidades que pertençam a eles.
33. Se não forem resgatadas, ficarão liberadas no ano do jubileu, porque as casas das cidades de levitas pertencem a eles entre os filhos de Israel.
34. Os campos pertencentes a essas cidades não poderão ser vendidos, pois são propriedades dos levitas para sempre.

NÃO SE APROVEITAR DA MISÉRIA ALHEIA
35. Se um irmão seu cai na miséria e não tem meios de se manter, você o sustentará, para que viva com você como imigrante ou hóspede.
36. Não cobre dele juros nem ágio. Tema a Deus. E que seu irmão viva com você.
37. Não empreste dinheiro para ele a juros, nem lhe cobre ágio sobre o alimento.
38. Eu sou Javé, o Deus de vocês, que os tirei do Egito para lhes dar a terra de Canaã e ser o Deus de vocês.
39. Se um irmão seu cai na miséria e se vende a você, não o faça trabalhar como escravo:
40. que ele viva com você como assalariado ou hóspede. Trabalhará com você até o ano do jubileu,
41. e então ele e seus filhos ficarão livres para voltar à própria família e recuperar a propriedade paterna.
42. Eles são meus servos, que eu tirei do Egito, e não podem ser vendidos como escravos.
43. Não o trate com dureza. Tema o seu Deus.

NINGUÉM DEVE ESCRAVIZAR O POVO
44. Os escravos e escravas de vocês deverão ser comprados dentre as nações que estão ao redor; delas vocês poderão adquirir escravos e escravas.
45. Também poderão comprá-los entre os filhos de imigrantes que residem no meio de vocês, entre as famílias deles que estão junto de vocês, entre os filhos que eles tiverem no país. Serão propriedade de vocês.
46. Vocês poderão deixá-los como herança aos filhos que vierem depois de vocês; e poderão sempre servir-se deles como escravos. Quanto aos irmãos de vocês, os filhos de Israel, ninguém poderá exercer domínio sobre eles.
47. Se o imigrante ou hóspede que vive com você ficar rico, e o seu irmão, que vive junto dele, cair na miséria e se vender ao imigrante, hóspede ou descendente da família do imigrante,
48. mesmo depois de vendido terá direito a resgate. Será resgatado por um de seus irmãos,
49. ou por seu tio paterno, por seu primo, por qualquer um dos membros da sua família, ou poderá resgatar a si mesmo, se conseguir recursos para isso.
50. Calculará, com o comprador, os anos desde a venda até o ano do jubileu, e o preço corresponderá ao número de anos, contando-se os dias como para um assalariado.
51. Se faltarem ainda muitos anos, pagará o valor do seu resgate em razão desses anos e em proporção ao preço pelo qual foi comprado.
52. Se faltarem poucos anos para chegar o jubileu, fará o cálculo com o seu comprador, e pagará o preço do seu resgate em razão desses anos.
53. Permanecerá com seu comprador como um assalariado contratado por ano, e o patrão não deverá tratá-lo com dureza.
54. Se não for resgatado em nenhum desses modos, ele e seus filhos ficarão livres no ano do jubileu.
55. Isso porque os filhos de Israel são meus servos: são servos meus que tirei do Egito. Eu sou Javé, o Deus de vocês.

[Levítico 26]Levítico 26



BÊNÇÃOS E MALDIÇÕES: VIDA OU MORTE
1. Não façam ídolos, nem levantem imagens esculpidas ou estelas, e não coloquem no país de vocês pedras trabalhadas, para se inclinar diante delas. Porque eu sou Javé, o Deus de vocês.
2. Guardem meus sábados e respeitem meu santuário. Eu sou Javé.
3. Se vocês seguirem meus estatutos, guardarem meus mandamentos e os colocarem em prática,
4. eu darei a vocês a chuva no tempo certo. Então a terra dará seus produtos e a árvore do campo seus frutos.
5. A debulha se estenderá até a colheita da uva, e esta chegará até a semeadura. Vocês comerão até ficar saciados e habitarão tranqüilos no país de vocês.
6. Eu farei reinar a paz no país e vocês dormirão sem alarmes de guerra. Farei desaparecer do país as feras, e a espada não passará pelo país.
7. Vocês perseguirão os inimigos, e eles cairão diante de vocês ao fio da espada.
8. Cinco de vocês perseguirão cem, e cem de vocês perseguirão dez mil, e os inimigos cairão diante de vocês ao fio da espada.
9. Eu me voltarei para vocês e os farei crescer e se multiplicar, mantendo com vocês a minha aliança.
10. E vocês comerão colheitas armazenadas e terão que jogar fora a colheita antiga, para poder guardar a nova.
11. Colocarei a minha morada no meio de vocês e nunca mais os rejeitarei.
12. Eu caminharei com vocês. Serei o Deus de vocês, e vocês serão o meu povo.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   16   17   18   19   20   21   22   23   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal