Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO



Baixar 5.7 Mb.
Página29/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   25   26   27   28   29   30   31   32   ...   197

48. então você servirá, na fome e na sede, com nudez e privação total, ao inimigo que Javé enviará contra você. O in

imigo lhe colocará no pescoço uma canga de ferro, até que você seja exterminado.


49. Javé erguerá contra você uma nação distante, dos confins da terra, como águia veloz, uma nação cuja língua você não entende,
50. nação de cara dura, que não respeita o ancião e não tem piedade do jovem.
51. Ela comerá o fruto de seus animais e o fruto de sua terra, até que você seja exterminado; não deixará para você nem trigo, nem vinho novo, nem óleo, nem a cria de suas vacas, nem a prole de suas ovelhas, até que você fique destruído.
52. Ela cercará você em todas as suas cidades, até que venham abaixo, por toda a terra, os muros altos e fortificados, nos quais você colocava toda a sua segurança. Essa nação cercará você em todas as suas cidades, por toda a terra que Javé seu Deus tiver dado a você.
53. Então, na angústia do cerco com que o inimigo o apertar, você irá comer o fruto do seu ventre: a carne dos filhos e filhas que Javé seu Deus tiver dado a você.
54. O mais delicado e refinado homem do seu meio olhará com maldade para o seu irmão, para a mulher que ele estreitava em seu peito e para os filhos que lhe restar,
55. pois terá de repartir com algum deles a carne dos filhos que está para comer, pois nada mais lhe restará na angústia do cerco com que o inimigo vai apertar você em todas as suas cidades.
56. A mais delicada e refinada das mulheres do seu meio, tão delicada e refinada que nunca pôs a sola dos pés no chão, olhará com maldade para o homem que ela estreitava em seu seio e também para seu filho e sua filha,
57. e para a placenta que lhe sai por entre as pernas, e para o filho que acaba de dar à luz, porque, faltando tudo, ela os comerá às escondidas, por causa da angústia do cerco com que o inimigo vai apertar você em todas as suas cidades.
58. Se você não colocar em prática todas as palavras desta Lei escritas neste livro, temendo o nome glorioso e terrível de Javé seu Deus,
59. Javé ferirá você e sua descendência com pragas espantosas, pragas tremendas e persistentes, doenças graves e incuráveis.
60. Ele voltará contra você as pragas do Egito que o horrorizavam, e elas grudarão em você.
61. E ainda mais: Javé lançará contra você todas as doenças e pragas que não estão escritas neste livro da Lei, até que você seja exterminado.
62. Restarão de vocês poucos homens, vocês que eram tão numerosos como as estrelas do céu. Uma vez que você não obedeceu a Javé seu Deus,
63. então do mesmo modo que Javé tinha prazer em lhes fazer o bem e os multiplicar, assim também ele terá prazer em destruí-los e exterminá-los: vocês serão arrancados da terra em que estão entrando para dela tomar posse.
64. Javé espalhará você por entre todos os povos, de um a outro extremo da terra, e aí você servirá a outros deuses, que nem você nem seus pais conheceram, deuses feitos de madeira e pedra.
65. No meio dessas nações, você nunca terá tranqüilidade, e a sola do seu pé não encontrará onde descansar. Aí Javé dará a você um coração inquieto, olhos mortiços e respiração fraca.
66. Sua vida penderá à sua frente por um fio. Você ficará apavorado noite e dia e não acreditará mais na vida.
67. Pela manhã, você dirá: 'Quem me dera já fosse tarde!' E pela tarde dirá: 'Quem me dera já fosse manhã!' Tudo isso por causa do pavor que se apoderará do seu coração e pelo espetáculo que seus olhos contemplarão.
68. Javé fará vocês voltarem de barco ao Egito, ou pelo caminho do qual eu lhes tinha dito: 'Vocês nunca mais o verão!' Aí vocês se colocarão à venda como escravos e escravas para seus inimigos, e não haverá comprador".

V. TERCEIRO DISCURSO DE MOISÉS: ESCOLHER ENTRE A VIDA E A MORTE

ENCONTRAR DEUS NA HISTÓRIA
69. Palavras conclusivas da aliança que Javé mandou Moisés fazer com os israelitas, na terra de Moab, além da aliança que já havia feito com eles no Horeb.

[Deuteronômio 29]Deuteronômio 29



1. Moisés convocou todo o Israel, e disse: "Vocês mesmos viram tudo o que Javé fez na terra do Egito contra o Faraó, contra seus ministros e contra todo o país deles:
2. as grandes provas que seus olhos viram, aqueles sinais e prodígios grandiosos.
3. Contudo, Javé não tinha dado a vocês, até o dia de hoje, um coração para compreender, olhos para ver e ouvidos para ouvir.
4. Eu fiz vocês caminharem quarenta anos pelo deserto, sem que as suas vestes envelhecessem e as sandálias de seus pés gastassem.
5. Vocês não tiveram pão para comer, nem bebida embriagante para beber, para que vocês compreendessem que eu sou Javé, o Deus de vocês.
6. Depois vocês chegaram a este lugar. Seon, rei de Hesebon, e Og, rei de Basã, saíram ao nosso encontro para a guerra, mas nós os derrotamos.
7. Conquistamos deles os territórios e os demos como herança a Rúben, Gad e à meia tribo de Manassés.

ALIAR-SE COM DEUS
8. Observem as palavras desta aliança e as ponham em prática, para serem bem sucedidos em tudo quanto fizerem.
9. Vocês se apresentaram hoje diante de Javé seu Deus, os chefes de suas tribos, os anciãos, os oficiais e todos os homens de Israel,
10. com as crianças e mulheres, inclusive o imigrante que está no seu acampamento, desde aquele que corta a madeira até aquele que tira água para você,
11. a fim de entrar na aliança de Javé seu Deus e aceitar o pacto sob condição, que Javé seu Deus assume hoje com você.
12. Desse modo, ele hoje vai constituir você como povo dele, e ele mesmo se tornará o Deus de você, conforme lhe falou e havia prometido a seus antepassados Abraão, Isaac e Jacó.
13. Não é somente com vocês que estou concluindo esta aliança e este pacto sob condição.
15. Eu estou concluindo esta aliança com aquele que está aqui conosco, hoje, diante de Javé nosso Deus, e também com aquele que não está aqui conosco hoje.

CONDIÇÃO FUNDAMENTAL: SERVIR A JAVÉ
15. Vocês sabem que habitamos lá no Egito e de que modo atravessamos aquelas nações.
16. Vocês viram as abominações e os ídolos delas, feitos de madeira, de pedra, de prata e de ouro.
17. Que não haja entre vocês homem ou mulher, clã ou tribo, cujo coração se desvie hoje de Javé nosso Deus, para servir os deuses daquelas nações. Que não haja entre vocês raízes que produzam plantas venenosas ou amargas.
18. Portanto, ouvindo as palavras deste pacto sob condição, alguém poderá felicitar a si próprio, dizendo: 'Vou ter paz, mesmo que ande conforme a dureza do meu coração, pois a abundância de água fará minha sede desaparecer'.
19. Nesse caso, Javé jamais consentirá em perdoá-lo. Pelo contrário, sua ira e ciúme se inflamarão contra tal homem, caindo sobre ele toda a maldição escrita neste livro. E Javé apagará o nome dele de debaixo do céu.
20. Para a perdição dele, Javé o separará de todas as tribos de Israel, conforme as maldições da aliança, escritas neste livro da Lei.

O CASTIGO DA INFIDELIDADE
21. A geração futura, os filhos que virão depois de vocês e o estrangeiro vindo de uma terra distante, verão as pragas desta terra e as doenças com que Javé a castigará:
22. enxofre e sal, terra queimada onde não se semeia e nada brota nem cresce, catástrofe como a de Sodoma e Gomorra, Adama e Seboim, que Javé destruiu em sua ira e furor.
23. Todas as nações perguntarão: 'Por que Javé agiu assim com esta terra? O que significa o ardor de tão grande ira?'
24. E responderão: 'É porque eles abandonaram a aliança que Javé, Deus de seus antepassados, tinha feito com eles, quando os tirou do Egito.
25. Eles foram servir a outros deuses e os adoraram, deuses que eles não conheciam e que Javé não lhes tinha dado.
26. Então a ira de Javé se inflamou contra esta terra, fazendo cair sobre ela todas as maldições escritas neste livro.
27. Javé os arrancou da própria terra, com ira, furor e grande indignação, e os atirou em outra terra, como hoje se pode ver'.

PRATICAR A JUSTIÇA
28. As coisas escondidas pertencem a Javé nosso Deus; as coisas reveladas, porém, pertencem para sempre a nós e a nossos filhos, para colocarmos em prática todas as palavras desta Lei.

[Deuteronômio 30]Deuteronômio 30



NEM TUDO ESTÁ PERDIDO
1. Quando se cumprirem todas essas palavras em você, isto é, a bênção e a maldição que eu lhe propus, e você meditar nelas, vivendo no meio de todas as nações para onde Javé seu Deus o tiver expulsado,
2. então você se converterá, de todo o seu coração e de toda a sua alma para Javé seu Deus; você e seus filhos obedecerão a ele, conforme eu lhe ordeno hoje.
3. Então Javé seu Deus se compadecerá de você e mudará a sua sorte. Javé seu Deus voltará atrás e reunirá você de todos os povos, entre os quais ele o havia espalhado.
4. Ainda que você tivesse sido expulso para o fim do mundo, daí Javé seu Deus o reuniria e daí o tomaria
5. para o introduzir novamente na terra que seus antepassados possuíram, a fim de que você a possua. Ele fará você feliz e o multiplicará ainda mais que os seus antepassados.
6. Javé seu Deus circuncidará o seu coração e o coração dos seus descendentes, para que você ame a Javé seu Deus com todo o coração e com toda a alma, e viva.
7. Javé seu Deus fará recair todas essas maldições sobre os inimigos, sobre os que odiaram e perseguiram você.
8. Quanto a você, volte a obedecer a Javé seu Deus, colocando em prática todos os mandamentos dele, que eu hoje lhe ordeno.
9. Javé seu Deus fará prosperar as iniciativas suas, o fruto do seu ventre, o fruto dos seus animais e o fruto do seu solo. Porque Javé voltará a ter prazer com a felicidade de você, assim como tinha prazer com a felicidade de seus antepassados.
10. A condição, porém, é que você obedeça a Javé seu Deus, observando-lhe os mandamentos e estatutos escritos neste livro da Lei, e que você se converta com todo o coração e com toda a alma para Javé seu Deus.

NÃO HÁ COMO SE DESCULPAR
11. Este mandamento que hoje lhe ordeno não é muito difícil, nem está fora do seu alcance.
12. Ele não está no céu, para que você fique perguntando: 'Quem subirá por nós até o céu para trazê-lo a nós, a fim de que possamos ouvi-lo e colocá-lo em prática?'
13. Também não está no além-mar, para que você fique perguntando: 'Quem atravessará por nós o mar, para trazer esse mandamento a nós, a fim de que possamos ouvi-lo e colocá-lo em prática?'
14. Sim, essa palavra está ao seu alcance: está na sua boca e no seu coração, para que você a coloque em prática.

ESCOLHER ENTRE A VIDA E A MORTE
15. Veja: hoje eu estou colocando diante de você a vida e a felicidade, a morte e a desgraça.
16. Se você obedecer aos mandamentos de Javé seu Deus, que hoje lhe ordeno, amando a Javé seu Deus, andando em seus caminhos e observando os seus mandamentos, estatutos e normas, você viverá e se multiplicará. Javé seu Deus o abençoará na terra onde você está entrando para tomar posse dela.
17. Todavia, se o seu coração se desviar e você não obedecer, se você se deixar seduzir e adorar e servir a outros deuses,
18. eu hoje lhe declaro: é certo que vocês perecerão! Vocês não prolongarão seus dias sobre a terra, onde estão entrando, ao atravessar o Jordão, para dela tomar posse.
19. Hoje eu tomo o céu e a terra como testemunhas contra vocês: eu lhe propus a vida ou a morte, a bênção ou a maldição. Escolha, portanto, a vida, para que você e seus descendentes possam viver,
20. amando a Javé seu Deus, obedecendo-lhe e apegando-se a ele, porque ele é a sua vida e o prolongamento de seus dias. Desse modo você poderá habitar sobre a terra que Javé jurou dar a seus antepassados Abraão, Isaac e Jacó".

[Deuteronômio 31]VI. APÊNDICE: A HISTÓRIA CONTINUA



Deuteronômio 31

UM NOVO LÍDER
1. Moisés falou essas palavras a todo o Israel.
2. Depois acrescentou: "Hoje eu estou com cento e vinte anos. Não posso mais ser chefe, e Javé me disse: 'Você não atravessará o rio Jordão'.
3. Quem vai à frente de você é o próprio Javé seu Deus. Ele destruirá essas nações que estão na sua frente e as conquistará. Josué irá à frente de você, conforme disse Javé.
4. E Javé tratará essas nações da maneira como tratou Seon e Og, os reis amorreus e a terra deles, que ele reduziu a ruínas.
5. Javé entregará essas nações, e vocês as tratarão conforme os mandamentos que lhes ordenei.
6. Sejam fortes e corajosos! Não tenham medo, nem fiquem apavorados diante delas, porque Javé seu Deus é quem vai com você. Ele não o deixará, e jamais o abandonará".
7. Então Moisés chamou Josué e, na presença de todo o Israel, disse a ele: "Seja forte e corajoso! Pois você entrará com todo este povo na terra que Javé prometeu dar a seus antepassados, e você repartirá a herança entre eles.
8. O próprio Javé irá à sua frente. Ele estará com você; não o deixará, e jamais o abandonará. Não tenha medo, nem se acovarde".

MANTER VIVA A CONSCIÊNCIA DO PROJETO
9. Então Moisés escreveu esta Lei e a entregou aos sacerdotes levitas, que carregavam a arca da aliança de Javé, e também a todos os anciãos de Israel.
10. E Moisés lhes ordenou: "No fim de cada sete anos, no ano da remissão, durante a festa das Tendas,
11. quando todo o Israel vier apresentar-se diante de Javé seu Deus, no lugar que ele tiver escolhido, você proclamará esta Lei a todo o Israel.
12. Reúna o povo, homens e mulheres, as crianças e o imigrante que está em suas cidades, para que ouçam e aprendam a temer Javé, o Deus de vocês, e coloquem em prática todas as palavras desta Lei.
13. E seus filhos que ainda não sabem, ouvirão e aprenderão a temer Javé, o Deus de vocês, todos os dias em que viverem na terra, da qual vocês tomarão posse ao atravessar o Jordão".

O CÂNTICO DO JULGAMENTO
14. Então Javé disse a Moisés: "O dia da sua morte está chegando. Chame Josué e apresentem-se na tenda da reunião, para que eu dê a ele as minhas ordens". Moisés e Josué foram à tenda da reunião.
15. Javé apareceu na tenda numa coluna de nuvem, que se colocou à entrada da tenda.
16. Javé disse a Moisés: "Veja! Você vai descansar com os seus antepassados, e este povo se prostituirá com os deuses da terra estrangeira onde está para entrar. Ele vai me abandonar, rompendo a aliança que fiz com eles.
17. Nesse dia, minha cólera se inflamará contra o povo, e eu os abandonarei, e esconderei deles a minha face. Então ele será devorado, e muitos males e desgraças o atingirão. E nesse dia o povo dirá: 'Deus não está mais comigo. É por isso que essas desgraças me atingiram'.
18. Sim, nesse dia eu esconderei a minha face, por causa de todo o mal que o povo terá feito ao se voltar para outros deuses.
19. Agora escrevam este cântico e o ensinem aos israelitas. Coloque-o na boca deles, para que seja um testemunho a meu favor contra os israelitas.
20. Quando eu tiver introduzido o povo na terra onde corre leite e mel, que eu prometi dar a seus antepassados, ele comerá até ficar satisfeito, engordará e se voltará para outros deuses e os servirá, desprezando-me e rompendo a minha aliança.
21. Por isso, quando muitos males e desgraças o tiverem atingido, este cântico deporá contra ele como testemunho, porque não será esquecido pelos seus descendentes. Conheço bem o projeto que ele está fazendo hoje, antes mesmo que eu o introduza na terra que prometi".
22. Nesse mesmo dia, Moisés escreveu este cântico e o ensinou aos israelitas.
23. Então Javé ordenou a Josué, filho de Nun: "Seja forte e corajoso! Pois você introduzirá os israelitas na terra que eu lhes prometi. Eu estarei sempre com você".

ESTE LIVRO É UM TESTEMUNHO
24. Quando acabou de escrever num livro toda esta Lei,
25. Moisés ordenou aos levitas que carregavam a arca da aliança de Javé:
26. "Peguem este livro da Lei e o coloquem ao lado da arca da aliança de Javé seu Deus. Ele ficará aí como testemunho contra você,
27. porque eu conheço bem o espírito rebelde e a cabeça dura que você tem. Se vocês se revoltam contra Javé enquanto ainda estou vivo, o que acontecerá depois da minha morte?"

O POVO DIANTE DO JULGAMENTO
28. Moisés continuou: "Reúnam junto a mim todos os anciãos das tribos e os oficiais, para que eu recite estas palavras na presença deles, e tome o céu e a terra como testemunhas contra eles.
29. Porque eu sei que depois da minha morte vocês vão se corromper completamente, desviando-se do caminho que lhes ordenei. Então o mal lhes acontecerá no futuro, porque vocês terão praticado o que Javé reprova, irritando-o com as ações de vocês".
30. Então Moisés recitou até o fim, na presença de toda a assembléia de Israel, o seguinte cântico:

[Deuteronômio 32]1. CÂNTICO DE MOISÉS: A LIÇÃO DA HISTÓRIA



Deuteronômio 32

DEUS É JUSTIÇA
1. Escute, ó céu, que eu falarei. Ouça, ó terra, as palavras da minha boca.
2. Desça como chuva meu ensinamento e minha palavra se espalhe como orvalho; como chuvisco sobre relva macia e aguaceiro em grama verdejante.
3. Vou proclamar o nome de Javé, e vocês engrandeçam o nosso Deus.
4. Ele é a Rocha, e sua obra é perfeita, porque toda a sua conduta é o Direito. É Deus fiel e sem injustiça: Ele é a Justiça e a Retidão.

ISRAEL SE CORROMPEU
5. Os filhos degenerados pecaram contra ele, são uma geração depravada e pervertida.
6. É isso que vocês devolvem a Javé, povo idiota e sem sabedoria? Ele não é o pai e criador de vocês? Ele próprio fez você e o sustentou.

DEUS BENEFICIOU ISRAEL
7. Recorde os dias que se foram, repasse gerações e gerações. Pergunte a seu pai e ele contará, interrogue os anciãos e eles lhe dirão.
8. Quando o Altíssimo repartia as nações e quando espalhava os filhos de Adão, ele marcou fronteiras para os povos, conforme o número dos filhos de Deus.
9. Mas a parte de Javé foi o seu povo, o lote da sua herança foi Jacó.
10. Ele o encontrou numa terra árida, num deserto solitário e cheio de uivos. Cercou-o, cuidou dele e o guardou com carinho, como se fosse a menina de seus olhos.
11. Como águia que cuida do seu ninho e revoa por cima dos filhotes, ele o tomou, estendendo suas asas, e o carregou em cima de suas penas.
12. O único a conduzi-lo foi Javé. Nenhum deus estrangeiro o acompanhou.
13. Ele o colocou sobre os montes e o alimentou com produtos do campo. Ele o criou com mel silvestre, e com óleo de uma dura pedreira;
14. com coalhada de vaca e leite de ovelha, gordura de carneiros e cordeiros; com manadas de Basã e cabritos, com a flor da farinha de trigo e o sangue da uva, que bebe fermentado.

ISRAEL ABANDONOU A DEUS
15. Jacó comeu e ficou satisfeito, Jesurun engordou e deu coices - ficou gordo, robusto e corpulento - rejeitou o Deus que o fizera, desprezou sua Rocha salvadora.
16. Eles lhe provocaram o ciúme com deuses estranhos e o irritaram com suas abominações.
17. Sacrificaram a demônios, falsos deuses, a deuses que não haviam conhecido, deuses novos, recentemente chegados, que seus antepassados não temiam.
18. Você desprezou a Rocha que o gerou e esqueceu o Deus que lhe deu a vida.

DEUS CORRIGE ISRAEL
19. Javé viu tudo, ficou enfurecido, e rejeitou seus filhos e suas filhas.
20. Ele disse: "Vou esconder deles o meu rosto e ver qual será o seu futuro", porque são uma geração pervertida, são filhos que não têm fidelidade.
21. Eles provocaram meu ciúme com um deus falso, e me irritaram com seus ídolos vazios. Por isso vou provocar o ciúme deles com um povo falso, vou irritá-los com uma nação idiota.
22. O fogo da minha ira está ardendo e vai queimar até a mansão dos mortos; vai devorar a terra e seus produtos, e abrasar o alicerce das montanhas.
23. Vou acumular males sobre eles e contra eles vou esgotar as minhas flechas.
24. Ficarão enfraquecidos pela fome, consumidos por febres e pestes violentas. Mandarei contra eles os dentes das feras com o veneno de serpentes do deserto.
25. Fora, a espada levará seus filhos e, dentro o terror se instalará. Todos perecerão: o jovem e a donzela, a criança de peito e o velho de cabelos brancos.

JAVÉ ACUSA AS NAÇÕES
26. Então pensei: "Vou reduzi-los a pó, e apagar sua memória do meio dos homens".
27. Mas eu temi a arrogância dos inimigos, a má interpretação dos adversários. Eles diriam: "Nossa mão venceu, não foi Javé quem fez isso".
28. Porque é uma nação sem juízo e que não tem inteligência.
29. Se fossem sábios, entenderiam tudo isso e saberiam discernir o seu futuro.
30. Como pode um homem sozinho perseguir mil, e dois pôr em fuga dez mil? Não é porque sua Rocha os vendeu e porque Javé os entregou?
31. Sim, a rocha deles não é como a nossa Rocha e nossos inimigos podem atestar.
32. Pois a vinha deles é vinha de Sodoma e vem das plantações de Gomorra; suas uvas são uvas venenosas e seus cachos são amargos.
33. O vinho deles é veneno de serpente, violenta peçonha de cobras.

JAVÉ CORRIGE AS NAÇÕES
34. Isso não está guardado junto a mim e lacrado em meus tesouros?
35. A mim pertencem a vingança e a represália no dia em que o pé deles escorregar, porque o dia da ruína deles já vem chegando, e o seu destino futuro se aproxima.
36. Sim, Javé fará justiça a seu povo e terá piedade de seus servos. Ao ver que a mão deles vai fraquejando, e não há mais nem livre nem escravo,
37. Javé dirá: "Onde estarão os deuses deles, a rocha onde buscavam seu refúgio?
38. Vocês não comiam a gordura dos sacrifícios deles? Não bebiam o vinho de suas libações? Que esses deuses se ponham em pé e os socorram e sejam eles a proteção de vocês!
39. E agora, vejam bem: Eu sou eu e fora de mim não existe outro Deus. Eu faço morrer e faço viver, sou eu que firo e torno a curar, e ninguém se livra da minha mão.
40. Sim, eu levanto a mão para o céu e juro: Tão verdade como eu vivo eternamente,
41. quando eu afiar minha espada fulgurante e minha mão agarrar o Direito, eu tomarei vingança do meu adversário e retribuirei àqueles que me odeiam.
42. Embriagarei minhas flechas com sangue e minha espada devorará a carne, sangue dos mortos e cativos, da cabeça dos chefes inimigos".
43. Nações, aclamem todas a Javé com seu povo, porque ele vinga o sangue de seus servos, tomando vingança de seus adversários. Ele purifica a sua terra e o seu povo.
44. Moisés foi com Josué, filho de Nun, e recitou esse cântico inteiro na presença do povo.

A FONTE DA VIDA
45. Moisés terminou de falar essas palavras a todo o Israel,
46. e acrescentou: "Fiquem atentos a todas as palavras que hoje tomo como testemunho contra vocês. E vocês mandarão que seus filhos as observem, colocando em prática todas as palavras desta Lei.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   25   26   27   28   29   30   31   32   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal