Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO



Baixar 5.7 Mb.
Página46/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   42   43   44   45   46   47   48   49   ...   197
PARTIDOS EM DISPUTA PELO PODER
1. O rei Davi ficou velho, com idade avançada; por mais que o cobrissem, ele não conseguia se esquentar.
2. Seus servos então sugeriram: "Busquem uma jovem solteira que dê assistência e cuide do senhor nosso rei: ela dormirá em seus braços, e o senhor nosso rei se esquentará".
3. Então procuraram uma jovem bonita em todo o território de Israel. Encontraram Abisag, de Sunam, e a levaram para o rei.
4. A jovem era muito bela. Passou a cuidar do rei e a servi-lo. Mas o rei não teve relações com ela.
5. Enquanto isso, Adonias, filho de Hagit, gabava-se dizendo: "Sou eu que vou reinar". Arranjou um carro e cavalos, além de uma escolta de cinqüenta guardas, que iam na frente dele.
6. Enquanto vivia, seu pai nunca o repreendeu, perguntando: "Por que você faz isso?" Adonias também era muito bonito, mais jovem do que Absalão.
7. Ele entrou em acordo com Joab, filho de Sárvia, e com o sacerdote Abiatar, que aderiram ao partido de Adonias.
8. Por outro lado, o sacerdote Sadoc, Banaías, filho de Joiada, o profeta Natã, Semei e Reí, bem como os valentes de Davi, não estavam do lado de Adonias.
9. Certa vez, Adonias imolou ovelhas, bois e bezerros gordos junto à Pedra-que-escorrega, perto da fonte do Pisoeiro. Convidou todos os seus irmãos, os filhos do rei, e todos os homens de Judá que estavam a serviço do rei.
10. Mas não convidou o profeta Natã, nem Banaías, nem os valentes de Davi, nem o seu próprio irmão Salomão.

VITÓRIA DO PARTIDO DE SALOMÃO
11. Natã disse então a Betsabéia, mãe de Salomão: "Você não ficou sabendo que Adonias, filho de Hagit, se proclamou rei, sem nosso senhor Davi saber?
12. Veja bem: agora eu vou lhe dar um conselho, para que você salve sua vida e a do seu filho Salomão.
13. Vá ao rei Davi e diga: 'O senhor meu rei jurou à sua serva, dizendo: Seu filho Salomão reinará depois de mim e sentará em meu trono. Então, por que é que Adonias se proclamou rei?'
14. Enquanto você estiver falando com o rei, eu entrarei depois de você, e confirmarei o que você estiver falando".
15. Betsabéia apresentou-se ao rei, no quarto. O rei estava muito velho, e Abisag, de Sunam, o servia.
16. Betsabéia se ajoelhou e se prostrou diante do rei. E o rei lhe perguntou: "O que você quer?"
17. Betsabéia respondeu: "O senhor jurou à sua serva, por Javé seu Deus: Quem vai reinar depois de mim e sentar-se em meu trono é o seu filho Salomão.
18. Ora, acontece que Adonias já se proclamou rei, e o senhor meu rei nem está sabendo.
19. Ele imolou muitos bois, bezerros gordos e ovelhas, e convidou todos os filhos do rei, o sacerdote Abiatar e Joab, chefe do exército, mas não convidou o seu servo Salomão.
20. Senhor meu rei, é para o senhor que todo o Israel se dirige, a fim de lhe anunciar quem vai sentar-se no trono depois do senhor meu rei.
21. Caso contrário, quando o senhor meu rei estiver repousando com seus antepassados, eu e meu filho Salomão seremos considerados como usurpadores".
22. Betsabéia ainda estava falando com o rei, quando chegou o profeta Natã.
23. E anunciaram ao rei: "O profeta Natã está aqui". Então Natã se apresentou ao rei, prostrou-se diante dele com o rosto por terra,
24. e disse: "Senhor meu rei, por acaso o senhor disse: 'Adonias é quem vai reinar depois de mim e sentar-se no meu trono'?
25. Pois bem: hoje ele foi imolar muitos bois, bezerros gordos e ovelhas. Convidou todos os filhos do rei, os oficiais do exército e o sacerdote Abiatar. Todos estão comendo e bebendo com ele, e aclamando: Viva o rei Adonias!
26. Mas ele não convidou este seu servo, nem o sacerdote Sadoc, nem Banaías, filho de Joiada, nem seu servo Salomão.
27. Será que foi o senhor meu rei quem ordenou isso? Por que o senhor não informou a seus servos quem iria suceder no trono ao senhor meu rei?"
28. Então o rei Davi respondeu: "Chamem Betsabéia aqui". E Betsabéia se apresentou ao rei e ficou de pé.
29. Então o rei jurou: "Pela vida de Javé, que me livrou de todos os perigos,
30. eu jurei a você por Javé, o Deus de Israel: Quem vai reinar depois de mim e sentar-se em meu trono, é o seu filho Salomão. Pois bem: hoje mesmo eu vou cumprir isso".
31. Betsabéia se ajoelhou com o rosto por terra, prostrou-se diante do rei e disse: "Viva o rei Davi, meu senhor, para sempre!"
32. Então o rei Davi ordenou: "Chamem o sacerdote Sadoc, o profeta Natã e Banaías, filho de Joiada". Eles se apresentaram,
33. e o rei lhes disse: "Peguem com vocês os oficiais do rei. Façam o meu filho Salomão montar em minha própria mula, e desçam com ele até Gion.
34. Aí o sacerdote Sadoc e o profeta Natã o ungirão rei de Israel, e vocês tocarão a trombeta, aclamando: Viva o rei Salomão!
35. Depois subam atrás dele. Quando ele chegar, se assentará em meu trono e reinará em meu lugar, pois é a ele que eu nomeio chefe de Israel e de Judá".
36. Banaías, filho de Joiada, respondeu ao rei: "Amém! Javé, Deus do meu senhor, confirme a ordem do rei.
37. Javé esteja com Salomão, assim como esteve com o senhor meu rei, e torne o trono de Salomão mais glorioso do que o trono do rei Davi, meu senhor".
38. Então o sacerdote Sadoc, o profeta Natã, Banaías, filho de Joiada, os cereteus e os feleteus, desceram até Gion, levando Salomão, que ia montado na mula do rei Davi.
39. O sacerdote Sadoc pegou na tenda o chifre de óleo e ungiu Salomão. Depois tocaram a trombeta. E todos aclamaram: "Viva o rei Salomão!"
40. Em seguida, todo o povo subiu atrás de Salomão, tocando flautas e fazendo tamanho barulho, que a terra se fendia com os gritos.

ADONIAS FICA SÓ
41. Adonias e seus convidados estavam acabando de comer, quando ouviram o barulho. Joab escutou o toque da trombeta e perguntou: "Por que esse barulho e essa algazarra na cidade?"
41. Ele estava acabando de perguntar, quando chegou Jônatas, filho do sacerdote Abiatar. E Adonias disse: "Entre, pois você é uma pessoa honesta, e certamente traz boas notícias".
43. Jônatas respondeu: "Infelizmente não! O senhor nosso rei Davi acaba de proclamar Salomão rei!
44. E com ele o rei mandou o sacerdote Sadoc, o profeta Natã, Banaías, filho de Joiada, e também os cereteus e feleteus, que o fizeram montar na mula do rei.
45. Depois o sacerdote Sadoc e o profeta Natã ungiram Salomão rei em Gion, e subiram alegres daí. A cidade está em festa. É esse o barulho que vocês estão ouvindo.
46. Salomão já está sentado no trono real,
47. e os oficiais do rei já foram cumprimentar Davi, nosso rei e senhor, dizendo: 'Que o seu Deus torne o nome de Salomão mais famoso que o seu, e engrandeça o trono dele mais que o seu' ". Então o rei se prostrou na cama,
48. e falou: "Seja bendito Javé, o Deus de Israel! Porque hoje ele colocou alguém assentado no meu trono, e eu pude ver!"
49. Os convidados de Adonias ficaram apavorados, se levantaram e se dispersaram.
50. Adonias, com medo de Salomão, levantou-se e foi se agarrar às pontas do altar.
51. E informaram Salomão: "Adonias ficou com medo de você e está agarrado às pontas do altar, suplicando: 'Que o rei Salomão jure hoje para mim que não mandará matar seu servo a fio de espada' ".
52. Salomão disse: "Se ele se comportar honestamente, não cairá por terra nem mesmo um só fio de seus cabelos; mas, se for pego maquinando traição, ele morrerá".
53. E o rei Salomão enviou gente para fazer Adonias descer do altar. Adonias foi e prostrou-se diante do rei Salomão, que lhe disse: "Vá para casa".

[I Reis 2]I Reis 2



AUTORIDADE E LEI A SERVIÇO DO POVO
1. Aproximando-se o dia de sua morte, Davi ordenou a seu filho Salomão:
2. "Eu vou seguir o caminho de todos os mortais. Seja forte e comporte-se como homem.
3. Cumpra as ordens de Javé seu Deus, andando pelos caminhos dele e observando seus estatutos, mandamentos, normas e testemunhos, como estão escritos na lei de Moisés, para que você tenha sucesso em tudo o que fizer e projetar.
4. Então Javé cumprirá o que ele me prometeu: 'Se os seus filhos mantiverem boa conduta e forem leais comigo, de todo o coração e de toda a alma, nunca faltará alguém de sua família no trono de Israel'.
5. Por outro lado, você sabe o que me fez Joab, filho de Sárvia: ele matou Abner, filho de Ner, e Amasa, filho de Jeter, os dois chefes do exército de Israel. Em tempo de paz, ele vingou o sangue derramado na guerra, manchando assim de sangue inocente o cinturão de meus rins e a sandália de meus pés.
6. Portanto, aja com sabedoria, mas não deixe que os cabelos brancos dele desçam em paz para a morada dos mortos.
7. Quanto aos filhos de Berzelai, o galaadita, trate-os com lealdade. Que estejam sempre entre os que comem à sua mesa, porque eles também foram leais comigo e me ajudaram quando eu fugia do seu irmão Absalão.
8. Também está aí Semei, filho de Gera, o benjaminita de Baurim. Ele me amaldiçoou com violência no dia da minha partida para Maanaim. No entanto, ele desceu ao meu encontro no Jordão. Por isso eu jurei por Javé que não o mataria a fio de espada.
9. Agora, não o deixe impune: você é sábio e saberá o que fazer para que os cabelos brancos dele desçam com sangue à morada dos mortos".
10. Davi repousou com seus antepassados e foi enterrado na Cidade de Davi.
11. Davi foi rei em Israel durante quarenta anos; reinou sete anos em Hebron, e trinta e três anos em Jerusalém.

SALOMÃO LIVRA-SE DO CONCORRENTE
12. Salomão sucedeu no trono a seu pai Davi, e seu reinado se consolidou.
13. Adonias, filho de Hagit, foi conversar com Betsabéia, mãe de Salomão. Ela perguntou: "A sua visita é de paz?" Ele respondeu: "Sim, é de paz".
14. E continuou: "Eu desejo pedir-lhe uma coisa". Ela disse: "O que é que você quer?"
15. Então Adonias disse: "Você sabe muito bem que a realeza me pertencia e que todo o Israel esperava que eu fosse rei, mas a realeza me escapou e foi dada a meu irmão, porque Javé a tinha destinado a ele.
16. Agora lhe peço um favor. Não me recuse". Betsabéia respondeu: "Pode falar".
17. Adonias continuou: "Por favor, peça ao rei Salomão que me dê Abisag de Sunam como esposa. Ele não negará nada a você".
18. Betsabéia respondeu: "Está bem. Vou falar com o rei sobre o assunto".
19. Betsabéia foi ao rei Salomão para lhe falar sobre Adonias. O rei se levantou para recebê-la e se inclinou diante dela. Depois se assentou no trono, mandou trazer um trono para a sua mãe, e Betsabéia se sentou à sua direita.
20. Então Betsabéia disse: "Vou pedir-lhe um pequeno favor. Não o negue a mim". Salomão respondeu: "Pode pedir, mãe. Não lhe negarei".
21. Ela continuou: "Dê Abisag de Sunam como esposa para seu irmão Adonias".
22. Mas o rei Salomão respondeu: "E por que você pede Abisag de Sunam para Adonias? Você podia pedir para ele a coroa! Afinal, ele é meu irmão mais velho, e tem do seu lado o sacerdote Abiatar e Joab, filho de Sárvia!"
23. Em seguida, o rei Salomão jurou por Javé: "Que Deus me castigue, se Adonias não pagar com a própria vida pelo pedido que fez.
24. Pela vida de Javé, que me fez sentar firmemente no trono de meu pai Davi e que lhe deu uma dinastia como havia prometido, hoje mesmo Adonias será morto".
25. Então o rei Salomão deu uma ordem, e Banaías, filho de Joiada, matou Adonias.

SALOMÃO CONSOLIDA SEU PODER
26. Salomão disse ao sacerdote Abiatar: "Vá para a sua propriedade em Anatot. Você merece a morte, mas não vou matá-lo hoje, porque você carregou a arca de Javé diante de meu pai Davi e partilhou dos sofrimentos dele".
27. Desse modo, Salomão excluiu Abiatar do sacerdócio de Javé, cumprindo a profecia de Javé feita em Silo, contra a família de Eli.
28. Quando essa notícia chegou a Joab, que tinha apoiado Adonias, embora não tivesse apoiado Absalão, ele se refugiou na tenda de Javé e se agarrou às pontas do altar.
29. Quando avisaram o rei Salomão que Joab se havia refugiado na tenda de Javé e que estava junto do altar, Salomão mandou dizer a Joab: "O que é que aconteceu? Por que você se refugia junto do altar?" Joab respondeu: "Fiquei com medo de você e me refugiei junto de Javé". Então Salomão ordenou a Banaías, filho de Joiada: "Vá matá-lo".
30. Banaías foi à tenda de Javé e disse a Joab: "O rei manda que você saia". Joab respondeu: "Não. Quero morrer aqui". Banaías levou a resposta de Joab para o rei,
31. e este ordenou: "Pois faça como ele quer. Mate e enterre. Desse modo, você tirará de cima de mim e de minha família o sangue inocente que Joab derramou.
32. Javé faça recair o sangue dele sobre sua cabeça, por ter matado dois homens mais justos e melhores do que ele, sem que meu pai Davi soubesse, Abner, filho de Ner, chefe do exército de Israel, e Amasa, filho de Jeter, chefe do exército de Judá.
33. Que o sangue desses homens caia sobre a cabeça de Joab e de sua descendência para sempre. Que Davi e sua descendência, sua família e seu trono gozem sempre da paz de Javé".
34. Banaías, filho de Joiada, foi, matou Joab, e depois o enterrou na própria casa de Joab, no deserto.
35. Em lugar de Joab, o rei colocou Banaías, filho de Joiada, como chefe do exército; e em lugar de Abiatar, colocou o sacerdote Sadoc.
36. O rei mandou chamar Semei e lhe disse: "Construa uma casa em Jerusalém e fique morando nela. Não saia para nenhum lugar.
37. No dia em que você sair e atravessar o riacho do Cedron, você com certeza morrerá. A responsabilidade é sua".
38. Semei respondeu: "Está bem. Seu servo vai fazer o que o senhor meu rei ordenou". E Semei ficou muito tempo vivendo em Jerusalém.
39. No entanto, três anos depois, dois escravos de Semei fugiram e foram até Aquis, filho de Maaca, rei de Gat. E avisaram a Semei: "Seus escravos estão em Gat".
40. Então Semei selou o jumento e foi para a casa de Aquis, em Gat, procurar seus escravos. Foi a Gat e trouxe os escravos de volta.
41. Mas informaram Salomão que Semei tinha ido de Jerusalém para Gat e já tinha voltado.
42. O rei mandou chamar Semei e lhe disse: "Não fiz você jurar por Javé, e não o avisei que no dia em que você saísse para qualquer lugar, você com certeza morreria? Você me disse que estava de acordo.
43. Por que você não cumpriu o que jurou por Javé e a ordem que dei a você?"
44. E o rei acrescentou: "Você sabe muito bem todo o mal que fez para o meu pai Davi. Javé faça recair essa maldade sobre sua própria cabeça.
45. E bendito seja o rei Salomão, e que o trono de Davi permaneça diante de Javé para sempre".
46. Então o rei deu uma ordem a Banaías, filho de Joiada, que saiu e matou Semei. E assim a realeza se consolidou nas mãos de Salomão.

[I Reis 3]II. SALOMÃO: DA SABEDORIA À LOUCURA



1. UM REI SÁBIO

I Reis 3

ALIANÇA AMBÍGUA
1. Salomão se tornou genro do Faraó, rei do Egito; casou-se com a filha do Faraó, e a levou para a Cidade de Davi, até que acabasse de construir o seu próprio palácio, o Templo de Javé e a muralha ao redor de Jerusalém.
2. Entretanto, o povo oferecia sacrifícios nos lugares altos, porque ainda não tinha sido construído o Templo para o nome de Javé.
3. Salomão amava Javé, de modo que seguia os preceitos de seu pai Davi. Entretanto, oferecia sacrifícios e incenso nos lugares altos.

PARA GOVERNAR É PRECISO OUVIR
4. O rei foi a Gabaon para oferecer sacrifícios, porque esse lugar alto era o mais importante de todos. E Salomão ofereceu mil holocaustos sobre esse altar.
5. Em Gabaon, durante a noite, Javé apareceu em sonhos a Salomão. Deus lhe disse: "Peça. O que lhe posso dar?"
6. Salomão respondeu: "Tu demonstraste grande amor para com o teu servo Davi, meu pai, porque, diante de ti, ele caminhou na fidelidade, na justiça e na retidão de coração para contigo. Tu guardaste para com ele esse grande amor e lhe deste um filho que hoje se assenta no trono dele.
7. Agora, Javé meu Deus, és tu que fazes teu servo reinar no lugar de meu pai Davi. Eu sou bem jovem e não sei como governar.
8. O teu servo se encontra no meio do teu povo que escolheste, povo numeroso que não se pode contar nem calcular, de tão grande que é.
9. Ensina-me a ouvir, para que eu saiba governar o teu povo e discernir entre o bem e o mal. Pois quem poderia governar esse teu povo tão numeroso?"
10. Agradou ao Senhor que Salomão tivesse pedido essas coisas.
11. Então Deus disse para ele: "Porque você pediu isso, e não vida longa para você, nem riquezas, nem a morte de seus inimigos, mas discernimento para ouvir e julgar,
12. eu farei o que você pediu. Darei a você mente sábia e inteligente, como ninguém teve antes de você e ninguém terá depois.
13. Eu lhe darei também o que você não pediu: riqueza e fama, de modo que não haverá nenhum rei que se iguale a você, durante toda a sua vida.
14. E se você andar nos meus caminhos, observando meus estatutos e mandamentos, como fez o seu pai Davi, eu lhe darei vida longa".
15. Então Salomão acordou e percebeu que tudo isso tinha sido um sonho. Foi para Jerusalém e ficou diante da arca de Javé. Em seguida, ofereceu holocaustos, sacrifícios de comunhão e deu para toda a sua corte um banquete.

OUVIR PARA FAZER JUSTIÇA
16. Duas prostitutas foram até o rei e se apresentaram.
17. Uma das mulheres disse: "Meu senhor, eu e esta mulher moramos na mesma casa. Eu tive um filho.
18. Três dias depois que dei à luz, ela também teve uma criança. Não havia mais ninguém conosco. Nós estávamos sozinhas na casa.
19. Aconteceu que certa noite essa mulher se deitou sobre o próprio filho, e ele morreu.
20. Ela se levantou durante a noite e, enquanto eu dormia, pegou o meu filho que estava junto comigo, e o colocou ao lado dela. Depois, colocou do meu lado o seu filho morto.
21. Quando acordei de manhã, para dar de mamar ao meu filho, vi que estava morto. Olhei bem e notei que não era o filho que eu tinha dado à luz".
22. A outra mulher retrucou: "Não é verdade! O meu filho está vivo. É o dela que morreu". A primeira contestou: "É mentira! Seu filho está morto e o meu está vivo". E começaram a discutir diante do rei.
23. Então o rei interveio: "Uma diz: 'Meu filho está vivo e o seu está morto'. A outra diz: 'Mentira! Seu filho está morto e o meu está vivo' ".
24. Então o rei ordenou: "Tragam uma espada". E levaram uma espada.
25. O rei disse: "Cortem o menino vivo em duas partes e dêem metade para cada uma".
26. Então a mãe do menino vivo sentiu as entranhas se comoverem pelo filho, e suplicou: "Meu senhor, dê a ela o menino vivo. Não o mate". A outra, porém, dizia: "Nem para mim, nem para você. Dividam o menino pelo meio".
27. Então o rei deu a sentença: "Entreguem o menino vivo à primeira mulher. Não o matem. Ela é a sua mãe".
28. Todo o Israel ficou sabendo da sentença que o rei tinha dado. E o respeitavam, pois viram que ele possuía sabedoria divina para fazer justiça.

[I Reis 4]I Reis 4



AUMENTA A BUROCRACIA
1. O rei Salo mão reinava sobre todo o Israel.
2. E estes eram os principais membros do seu governo: Azarias, filho de Sadoc, sacerdote.
3. Eliaf e Aías, filhos de Sisa, secretários. Josafá, filho de Ailud, porta-voz.
4. Banaías, filho de Joiada, chefe do exército.
5. Azarias, filho de Natã, chefe dos prefeitos. Zabud, filho de Natã, conselheiro particular do rei.
6. Aisar, prefeito do palácio. Eliab, filho de Joab, chefe do exército. Adoniram, filho de Abda, chefe dos trabalhos forçados.

CONSOLIDAÇÃO DO SISTEMA TRIBUTÁRIO
7. Salomão tinha doze prefeitos em todo o Israel. Cada um devia prover o palácio real durante um mês do ano.
8. Os nomes deles eram: um filho de Hur, na região montanhosa de Efraim.
9. Um filho de Decar, em Maces, Salebim, Bet-Sames, Aialon e Bet-Hanã.
10. Um filho de Hesed, em Arubot; também estavam sob sua jurisdição Soco e todo o território de Héfer.
11. Um filho de Abinadab, casado com Tabaat, filha de Salomão, em todo o distrito de Dor.
12. Baana, filho de Ailud, em Tanac e Meguido, até além de Jecmam, e todo o território de Betsã, abaixo de Jezrael, desde Betsã até Bet-Meúla, perto de Sartã.
13. Um filho de Gaber, em Ramot de Galaad; também entraram em sua jurisdição as aldeias de Jair, filho de Manassés, que estão em Galaad, e a região de Argob em Basã: sessenta cidades com muralhas e trancas de bronze.
14. Ainadab, filho de Ado, em Maanaim.
15. Aquimaás, em Neftali; ele também se casou com uma filha de Salomão chamada Basemat.
16. Baana, filho de Husi, em Aser e nos rochedos.
17. Josafá, filho de Farué, em Isaacar.
18. Semei, filho de Ela, em Benjamim.
19. Gaber, filho de Uri, na região de Gad, terra de Seon, rei dos amorreus, e de Og, rei de Basã. Além desses, havia um prefeito para o território de Judá.
20. A população de Judá e Israel era numerosa como a areia da praia. E todos comiam, bebiam e viviam felizes.

[I Reis 5]I Reis 5



O POVO A SERVIÇO DO REI
1. Salomão tinha poder sobre todos os reinos, desde o rio Eufrates até a região filistéia e a fronteira do Egito. Enquanto viveu, todos lhe pagaram tributo e obedeceram.
2. Salomão recebia diariamente para o seu gasto treze toneladas e meia de flor de farinha e vinte e sete toneladas de farinha comum,
3. dez bois cevados, vinte bois de pasto, cem carneiros, além de veados, gazelas, antílopes e aves de ceva.
4. Isso porque seu poder se estendia até o outro lado do Eufrates, desde Tafsa até Gaza, sobre todos os reis do outro lado do Rio. E havia paz em todas as suas fronteiras.
5. Enquanto Salomão viveu, Judá e Israel viveram tranqüilos, cada qual debaixo de sua vinha e de sua figueira, desde Dã até Bersabéia.
6. Salomão possuía estábulos para quatro mil cavalos de tração e doze mil cavalos de montaria.
7. Os prefeitos, mencionados acima, providenciavam o sustento de Salomão e de todos os que comiam às custas do rei, cada prefeito durante um mês, de modo que nada faltasse.
8. Forneciam também cevada e palha para os cavalos de tração e de montaria, no lugar onde fosse preciso, cada qual por seu turno.

SABEDORIA DE SALOMÃO
9. Deus concedeu a Salomão sabedoria e inteligência extraordinárias, e mente aberta como as praias do mar.
10. A sabedoria de Salomão foi maior que a de todos os filhos do Oriente e maior que toda a sabedoria do Egito.
11. Foi mais sábio que qualquer pessoa: mais que Etã, o ezraíta, e mais que Emã, Calcol e Darda, filhos de Maol. Sua fama se espalhou por todas as nações vizinhas.
12. Ele compôs três mil provérbios, e mil e cinco cânticos.
13. Falou sobre plantas, desde o cedro do Líbano até o hissopo que cresce na parede. Falou também sobre animais, aves, répteis e peixes.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   42   43   44   45   46   47   48   49   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal