Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO


Eu os reduzi como a poeira ao vento, eu os pisei como o barro das ruas. 44



Baixar 5.7 Mb.
Página83/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   79   80   81   82   83   84   85   86   ...   197

43. Eu os reduzi como a poeira ao vento, eu os pisei como o barro das ruas.
44. Tu me livraste das contendas do meu povo, e me puseste como chefe de nações; um povo desconhecido tornou-se meu vassalo.
45. Os estrangeiros submetiam-se a mim, davam-me ouvidos e me obedeciam.
46. Os estrangeiros se enfraqueciam e saíam tremendo de suas fortalezas.
47. Viva Javé! Bendito seja o meu rochedo! Exaltado seja o meu Deus e salvador,
48. o Deus que me concedeu as vinganças e submeteu a mim os povos;
49. que me livrou de inimigos furiosos, me exaltou sobre os meus agressores, e me salvou do homem cruel.
50. Por isso eu te louvo entre as nações, Javé, e toco em honra do teu nome:
51. "Ele dá grandes vitórias ao seu rei, e age pelo seu ungido com amor, por Davi e sua descendência para sempre".

[Salmos 19]Salmos 19



A ORDEM QUE DEUS QUER
1. Do mestre de canto. Salmo. De Davi.
2. O céu manifesta a glória de Deus, e o firmamento proclama a obra de suas mãos.
3. O dia passa a mensagem para outro dia, a noite a sussurra para a outra noite.
4. Sem fala e sem palavras, sem que a sua voz seja ouvida,
5. a toda a terra chega o seu eco, aos confins do mundo a sua linguagem. Aí ele pôs uma tenda para o sol,
6. e este sai, qual esposo de seu quarto, como herói alegre, percorrendo o seu caminho.
7. Ele sai de um extremo do céu, e o seu percurso vai até o outro lado; nada escapa ao seu calor.
8. A lei de Javé é perfeita, um descanso para a alma. O testemunho de Javé é firme, instrução para o ignorante.
9. Os preceitos de Javé são retos, alegria para o coração. O mandamento de Javé é transparente, é luz para os olhos.
10. O temor de Javé é puro e estável para sempre. As decisões de Javé são verdadeiras e justas igualmente.
11. São mais desejáveis do que ouro, mais do que ouro refinado. São mais doces que o mel, que vai escorrendo dos favos.
12. Com elas, também teu servo se esclarece, e observá-las traz grande proveito.
13. Quem pode discernir os próprios erros? Purifica-me das faltas escondidas!
14. Preserva do orgulho o teu servo, para que ele nunca me domine: deste modo eu serei íntegro, inocente de uma grande transgressão.
15. Que te agradem as palavras da minha boca, e o meditar do meu coração chegue à tua presença, Javé, minha rocha e redentor!

[Salmos 20]Salmos 20



A SEGURANÇA DA NAÇÃO
1. Do mestre de canto. Salmo. De Davi.
2. Que Javé lhe responda no dia da angústia, que o nome do Deus de Jacó o proteja!
3. Que do santuário ele mande socorro para você, e o apóie desde Sião!
4. Que ele se lembre de suas ofertas todas, e aprecie o seu holocausto!
5. Que lhe dê tudo o que o seu coração deseja, e realize todos os seus projetos!
6. Possamos alegrar-nos com a sua vitória, e hastear a bandeira em nome do nosso Deus! Que Javé realize todos os seus pedidos!
7. Agora reconheço que Javé dá a vitória ao seu ungido, e lhe responde do seu templo celeste com os prodígios de sua mão vitoriosa.
8. Uns confiam em carros, outros em cavalos; quanto a nós, invocamos o nome de Javé nosso Deus.
9. Eles se curvam e caem; nós nos mantemos de pé.
10. Javé, dá a vitória ao rei, e responde para nós, quando clamamos a ti!

[Salmos 21]Salmos 21



A VITÓRIA É DE DEUS
1. Do mestre de canto. Salmo. De Davi.
2. Javé, o rei se alegra com tua força, e como exulta com tua vitória!
3. Concedeste o desejo do seu coração, e não lhe negaste o pedido de seus lábios.
4. Pois tu o precedeste com grandes bênçãos, colocaste uma coroa de ouro em sua cabeça.
5. Ele te pediu vida, e tu a concedeste, dias sem fim, para sempre e eternamente.
6. Tua vitória engrandeceu a fama dele, tu o vestiste com honra e esplendor.
7. Sim, tu o estabeleces como bênção para sempre, e, com tua presença, o enches de alegria.
8. Sim, o rei confia em Javé, e jamais vacilará com o amor do Altíssimo.
9. Tua mão alcançará teus inimigos todos, tua direita encontrará teus adversários.
10. Ateia fogo neles como a um forno, no dia em que te manifestares. Javé os engolirá com sua ira, e um fogo os devorará.
11. Extirparás da terra sua posteridade, e sua descendência dentre os homens.
12. Ainda que pretendam o mal contra ti e façam planos, nada irão conseguir.
13. Pois tu os afugentarás, mirando a face deles com teu arco.
14. Levanta-te, Javé, com tua força! Nós vamos cantar e tocar ao teu poder.

[Salmos 22]Salmos 22



DEUS OUVE O CLAMOR DO POBRE
1. Do mestre de canto. Sobre "A corça da manhã". Salmo. De Davi.
2. Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste? Apesar de meus gritos, minha prece não te alcança!
3. De dia eu grito, meu Deus, e não me respondes. Grito de noite, e não fazes caso de mim!
4. E tu habitas no santuário, onde Israel te louva!
5. Nossos antepassados confiavam em ti; confiavam, e tu os salvavas;
6. gritavam a ti, e ficavam livres, confiavam em ti, e não se desapontaram.
7. Quanto a mim, eu sou verme, e não homem, riso dos homens e desprezo do povo.
8. Todos os que me vêem zombam de mim, abrem a boca e balançam a cabeça:
9. "Ele recorreu a Javé... Pois que Javé o salve! Que o liberte, se é que o ama de fato!"
10. És tu quem me tirou do ventre e me confiou aos peitos da minha mãe.
11. Fui entregue a ti desde o nascimento, desde o ventre materno tu és o meu Deus.
12. Não fiques longe de mim, que a angústia está perto, e não há ninguém para me socorrer.
13. Cercam-me touros numerosos, touros fortes de Basã me rodeiam.
14. Contra mim escancaram a boca os leões que dilaceram e rugem.
15. Estou como água derramada, e meus ossos todos se desconjuntam. Meu coração está como cera, derretendo-se dentro de mim.
16. Minha força secou como argila, e minha língua colou-se ao maxilar. Tu me colocas na poeira da morte.
17. Cães numerosos me rodeiam, e um bando de malfeitores me envolve, furando minhas mãos e meus pés.
18. Posso contar todos os meus ossos. As pessoas me observam e me encaram,
19. entre si repartem minhas vestes, e sorteiam a minha túnica.
20. Tu, porém, Javé, não fiques longe! Força minha, vem socorrer-me depressa!
21. Salva meu pescoço da espada, e a minha pessoa, das patas do cão!
22. Arranca-me da goela do leão, faze-me triunfar dos chifres do búfalo!
23. Vou contar tua fama aos meus irmãos, vou louvar-te no meio da assembléia:
24. "Vocês que temem a Javé, louvem a Javé! Glorifique-o, descendência toda de Jacó! Tema-o, descendência toda de Israel!"
25. Sim, porque ele não desprezou, não desdenhou a desgraça do pobre, nem lhe ocultou a sua face: quando gritou por socorro, ele o escutou.
26. De ti vem o meu louvor na grande assembléia. Cumprirei meus votos na presença dos que o temem.
27. Os pobres comerão e ficarão saciados, louvarão a Javé aqueles que o buscam: "Que o coração de vocês viva para sempre!"
28. Todos os confins da terra se lembrarão, e voltarão para Javé. Todas as famílias das nações se prostrarão na presença dele.
29. Pois a realeza pertence a Javé, é ele quem governa as nações.
30. Diante dele se prostrarão as cinzas da tumba, diante dele se curvarão os que descem ao pó.
31. Javé me fará viver para ele, minha descendência o servirá, falará do Senhor para a geração futura,
32. contará a justiça dele ao povo que vai nascer: tudo o que o Senhor realizou!

[Salmos 23]Salmos 23



DEUS HOSPEDA O PERSEGUIDO
1. Salmo. De Davi. Javé é o meu pastor. Nada me falta.
2. Em verdes pastagens me faz repousar; para fontes tranqüilas me conduz,
3. e restaura minhas forças. Ele me guia por bons caminhos, por causa do seu nome.
4. Embora eu caminhe por um vale tenebroso, nenhum mal temerei, pois junto a mim estás; teu bastão e teu cajado me deixam tranqüilo.
5. Diante de mim preparas a mesa, à frente dos meus opressores; unges minha cabeça com óleo, e minha taça transborda.
6. Sim, felicidade e amor me acompanham todos os dias da minha vida. Minha morada é a casa de Javé, por dias sem fim.

[Salmos 24]Salmos 24



O REI DA GLÓRIA
1. Salmo. De Davi. A Javé pertence a terra e tudo o que ela contém, o mundo e os que nele habitam.
2. Ele próprio fundou-a sobre os mares e firmou-a sobre os rios.
3. Quem pode subir à montanha de Javé? Quem pode estar no seu lugar santo?
4. Aquele que tem mãos inocentes e coração puro, que não confia nos ídolos, nem faz juramento para enganar.
5. Esse receberá a bênção de Javé, e do seu Deus salvador receberá a justiça.
6. Essa é a geração dos que procuram Javé, dos que buscam tua face, ó Deus de Jacó.
7. Portas, levantem seus frontões; elevem-se, portais antigos, pois vai entrar o Rei da glória!
8. Quem é esse Rei da glória? - É Javé, o herói valoroso! É Javé, o herói das guerras!
9. Portas, levantem seus frontões; elevem-se, portais antigos, pois vai entrar o Rei da glória!
10. Quem é esse Rei da glória? - É Javé dos Exércitos! Ele é o Rei da glória!

[Salmos 25]Salmos 25



DO PECADO À CONVERSÃO
1. De Davi. A ti, Javé, elevo a minha alma.
2. Em ti confio, meu Deus. Que eu não fique envergonhado, e meus inimigos não triunfem sobre mim!
3. Os que em ti esperam não ficam envergonhados; ficam envergonhados todos os traidores.
4. Mostra-me os teus caminhos, Javé, ensina-me as tuas veredas.
5. Guia-me com tua verdade. Ensina-me, pois tu és o meu Deus salvador, e em ti espero o dia todo.
6. Javé, lembra-te da tua compaixão e do teu amor, que existem desde sempre.
7. Não te lembres de meus desvios, nem dos pecados da minha juventude. Lembra-te de mim, conforme o teu amor, por causa da tua bondade, Javé.
8. Javé é bondade e retidão, e aponta o caminho aos pecadores.
9. Ele encaminha os pobres conforme o direito, e ensina aos pobres o seu caminho.
10. As veredas de Javé são todas amor e verdade, para os que guardam sua aliança e seus preceitos.
11. Javé, por causa do teu nome, perdoa a minha falta, que é grande.
12. Existe alguém que teme a Javé? Javé o instrui sobre o caminho a seguir:
13. ele viverá feliz, e sua descendência possuirá a terra.
14. O segredo de Javé se revela para aqueles que o temem, e lhes dá a conhecer a sua aliança.
15. Meus olhos estão sempre voltados para Javé, pois ele tira da armadilha os meus pés.
16. Volta-te para mim, tem piedade de mim, pois estou solitário e infeliz.
17. Alivia as angústias do meu coração, tira-me das minhas aflições.
18. Olha a minha fadiga e miséria, e perdoa os meus pecados todos.
19. Vê meus inimigos que se multiplicam e me detestam com ódio mortal.
20. Guarda-me a vida! Liberta-me! Que eu não fique envergonhado por abrigar-me em ti!
21. Que a integridade e retidão me preservem, pois em ti espero, Javé!
22. Ó Deus, resgata Israel de todas as suas angústias!

[Salmos 26]Salmos 26



DEUS RESGATA O ÍNTEGRO
1. De Davi. Faze-me justiça, Javé, pois eu sou íntegro, e confio em Javé, sem fraquejar.
2. Examina-me, Javé, e coloca-me à prova, depura meus rins e meu coração:
3. eu tenho diante dos olhos o teu amor, e ando na tua fidelidade.
4. Não me assento com impostores, nem caminho com hipócritas.
5. Detesto a assembléia dos maus, e não me assento com injustos.
6. Na inocência lavo as minhas mãos e rodeio o teu altar, Javé,
7. proclamando ação de graças e contando tuas maravilhas todas.
8. Javé, eu amo a beleza de tua casa e o lugar onde reside a tua glória.
9. Não me ajuntes com pecadores, nem minha vida com assassinos:
10. eles têm a infâmia nas mãos, a direita deles está cheia de subornos.
11. Quanto a mim, eu ando na integridade. Resgata-me, tem piedade de mim!
12. Meu pé está firme no caminho reto. Javé, eu te bendigo nas assembléias.

[Salmos 27]Salmos 27



DE QUEM TEREI MEDO?
1. De Davi. Javé é minha luz e salvação: de quem terei medo? Javé é a fortaleza da minha vida: frente a quem tremerei?
2. Quando os malfeitores avançam contra mim para devorar minha carne, são eles, meus adversários e inimigos, que tropeçam e caem.
3. Que um exército acampe contra mim! Meu coração não tremerá! Que uma guerra estoure contra mim! Ainda assim estarei confiante!
4. Uma coisa peço a Javé, e só esta procuro: é habitar na casa de Javé todos os dias de minha vida, para gozar a doçura de Javé e contemplar o seu templo.
5. Pois ele me oculta na sua cabana, no dia da infelicidade; ele me esconde no segredo de sua tenda, e me eleva sobre uma rocha.
6. Agora minha cabeça se levanta sobre os inimigos que me cercam. Na tenda de Javé vou oferecer sacrifícios de aclamação. Vou cantar, vou tocar em honra de Javé!
7. Javé, escuta meu grito de apelo, tem piedade, responde-me!
8. Ouço no meu coração: "Procurem minha face!" - É tua face que eu procuro, Javé.
9. Não me escondas a tua face. Não afastes teu servo com ira, pois tu és o meu socorro! Não me deixes, não me abandones, meu Deus salvador!
10. Meu pai e minha mãe me abandonaram. Javé, porém, me acolhe!
11. Ensina-me o teu caminho, Javé! Guia-me pela vereda plana, por causa daqueles que me espreitam.
12. Não me entregues à vontade dos meus adversários, pois contra mim falsas testemunhas se levantam, respirando violência.
13. Espero ver a bondade de Javé na terra dos vivos.
14. Espere em Javé, seja firme! Fortaleça seu coração, e confie em Javé!

[Salmos 28]Salmos 28



DEUS, NÃO FIQUES EM SILÊNCIO!
1. De Davi. A ti, Javé, eu clamo. Rocha minha, não me sejas surdo. Que o teu silêncio não me deixe como os que descem à cova.
2. Ouve a minha voz suplicante quando eu grito para ti, quando eu levanto as mãos para o teu santuário.
3. Não me arrastes com os injustos, nem com os malfeitores. Eles falam de paz com seu próximo, mas têm o mal no coração.
4. Trata-os conforme suas obras, segundo a malícia dos seus atos! Dá-lhes conforme a obra de suas mãos, paga-lhes o salário devido!
5. Eles não entendem os atos de Javé, nem as obras de suas mãos. Que ele os arrase e não os reconstrua!
6. Seja bendito Javé, pois ele escutou a minha voz suplicante!
7. Javé é minha força e meu escudo, nele confia o meu coração. Eu fui socorrido, minha carne refloresce, e de todo o coração eu lhe agradeço.
8. Javé é a força do seu povo, a fortaleza que salva o seu ungido.
9. Salva o teu povo! Abençoa a tua herança! Apascenta-os e conduze-os para sempre!

[Salmos 29]Salmos 29



O SENHOR DA NATUREZA E DA HISTÓRIA
1. Salmo. De Davi. Filhos de Deus, aclamem a Javé, aclamem a glória e o poder de Javé.
2. Aclamem a glória do nome de Javé, adorem a Javé no seu átrio sagrado!
3. A voz de Javé sobre as águas, o Deus da glória troveja, Javé sobre as águas torrenciais.
4. A voz de Javé com poder, a voz de Javé no esplendor!
5. A voz de Javé despedaça os cedros, Javé despedaça os cedros do Líbano,
6. faz o Líbano pular como bezerro e o Sarion como cria de búfalo.
7. A voz de Javé lança chispas de fogo,
8. a voz de Javé sacode o deserto, Javé sacode o deserto de Cades!
9. A voz de Javé retorce os carvalhos e descasca as florestas. E no seu Templo, um só grito: "Glória!"
10. Javé se assenta sobre o dilúvio. Javé assentou-se. É rei para sempre!
11. Javé fortifica o seu povo, Javé abençoa seu povo com paz.

[Salmos 30]Salmos 30



NOVO SENTIDO PARA A VIDA
1. Salmo. Cântico para a dedicação da casa. De Davi.
2. Eu te exalto, Javé, porque me livraste, não deixaste que os inimigos se rissem de mim.
3. Javé, meu Deus, eu gritei para ti, e tu me curaste.
4. Javé, tiraste do túmulo a minha vida, fizeste-me reviver dentre os que baixam à cova.
5. Toquem para Javé, fiéis seus, celebrem sua memória sagrada.
6. Sua ira dura um momento, e seu favor pela vida inteira. Pela tarde vem o pranto, e pela manhã, gritos de alegria.
7. Quanto a mim, eu dizia tranqüilo: "Nunca serei abalado!"
8. Javé, o teu favor me assegurava honra e poder, mas escondeste a tua face, e eu fiquei abalado.
9. Para ti, Javé, eu gritei, ao meu Deus eu supliquei:
10. "O que ganhas com minha morte, com minha descida à cova? Acaso te louva o pó, ou proclama tua fidelidade?
11. Javé, escuta-me, e tem piedade de mim! Sê meu socorro, Javé!"
12. Transformaste o meu luto em dança, e minha roupa de luto em roupa de festa.
13. Por isso, o meu ser canta para ti, e jamais se calará. Javé, meu Deus, eu te louvarei para sempre.

[Salmos 31]Salmos 31



EM TUAS MÃOS ENTREGO O MEU ESPÍRITO
1. Do mestre de canto. Salmo. De Davi.
2. Javé, eu me abrigo em ti: que eu nunca fique envergonhado. Salva-me, por tua justiça!
3. Inclina teus ouvidos para mim! Vem depressa libertar-me! Sê para mim um rochedo forte, uma fortaleza que me salve;
4. pois o meu rochedo e muralha és tu: guia-me por teu nome, conduze-me!
5. Tira-me da rede que armaram para mim, pois tu és a minha fortaleza.
6. Em tuas mãos entrego o meu espírito. Resgata-me, Javé Deus!
7. Tu detestas os que adoram ídolos vazios. Quanto a mim, eu confio em Javé.
8. Dançarei de alegria com teu amor, pois viste minha miséria, soubeste da opressão contra mim.
9. Não me entregaste nas mãos do inimigo, firmaste os meus pés em lugar espaçoso.
10. Tem piedade de mim, Javé, pois estou oprimido. A dor me consome os olhos, a garganta e as entranhas.
11. Eis que a minha vida se consome em tristeza e meus anos em gemidos; o meu vigor se enfraquece com a miséria, e meus ossos se consomem.
12. Pelos opressores todos que tenho, já me tornei um escândalo; um nojo para meus vizinhos, um terror para meus amigos. Os que me vêem na rua, fogem para longe de mim.
13. Fui esquecido como um morto, e estou como objeto perdido.
14. Ouço o cochicho de muitos, e o pavor me envolve! Eles conspiram juntos contra mim, e tramam tirar-me a vida.
15. Quanto a mim, Javé, eu confio em ti, e digo: "Tu és o meu Deus!"
16. Em tuas mãos está o meu destino: liberta-me dos inimigos que me perseguem!
17. Faze brilhar tua face sobre o teu servo. Salva-me, por teu amor!
18. Javé, que eu não me envergonhe de te invocar; envergonhados fiquem os injustos, fiquem reduzidos ao silêncio do túmulo!
19. Emudeçam os lábios mentirosos que proferem insolências contra o justo, com soberba e desprezo!
20. Como é grande a tua bondade, Javé! Tu a reservas para os que temem a ti, e a concedes aos que em ti se abrigam, diante de todos os homens.
21. Tu os escondes onde escondes a tua face, longe das intrigas humanas. Tu os ocultas em tua tenda, longe das línguas que discutem.
22. Seja bendito Javé! Ele fez por mim maravilhas de amor na cidade fortificada.
23. Quanto a mim, na minha ânsia eu dizia: "Fui excluído para longe dos teus olhos!" Tu, porém, ouviste a minha voz suplicante, quando eu gritei para ti.
24. Amem a Javé, seus fiéis todos! Javé preserva os que são leais, mas retribui com juros a quem age com soberba.
25. Sejam firmes, fortaleçam o coração, todos vocês que esperam em Javé!

[Salmos 32]Salmos 32



A CONVERSÃO É FONTE DE ALEGRIA
1. De Davi. Poema. Feliz aquele cuja ofensa é absolvida, cujo pecado é coberto.
2. Feliz o homem a quem Javé não aponta nenhum delito.
3. Enquanto me calei, meus ossos se consumiam, o dia todo rugindo,
4. porque dia e noite a tua mão pesava sobre mim. O meu coração tornou-se como feixe de palha em pleno calor de verão.
5. Confessei a ti o meu pecado, não te encobri o meu delito. Eu disse: "Vou a Javé confessar a minha culpa!" E tu absolveste o meu delito, perdoaste o meu pecado.
6. Por isso, que todo fiel suplique a ti no tempo da angústia: se as águas caudalosas transbordarem, jamais o atingirão.
7. Tu és o meu refúgio, tu me libertas da angústia, e me envolves com cantos de libertação.
8. Vou instruir você, indicando o caminho a seguir. Com os olhos sobre você, eu serei o seu conselheiro.
9. Não seja como o cavalo ou o jumento, que não compreendem nem rédea nem freio: deve-se avançar para domá-los, sem que se aproximem de você.
10. Os injustos sofrem muitos tormentos, mas o amor envolve quem confia em Javé.
11. Alegrem-se em Javé, ó justos, e exultem. Gritem de alegria, todos os de coração reto.

[Salmos 33]Salmos 33



O PROJETO DE DEUS SE REALIZARÁ
1. Exultem em Javé, ó justos! Aos retos convém o louvor.
2. Celebrem a Javé com cítara, toquem para ele a harpa de dez cordas.
3. Cantem para ele um cântico novo, toquem com arte na hora da ovação!
4. Pois a palavra de Javé é reta, e sua obra toda é verdade.
5. Ele ama a justiça e o direito, e o amor de Javé enche a terra.
6. O céu foi feito com a palavra de Javé, e seu exército com o sopro de sua boca.
7. Ele represa num dique as águas do mar, coloca os oceanos em reservatórios.
8. Que a terra inteira tema a Javé! Que o temam todos os habitantes do mundo!
9. Porque ele diz e a coisa acontece, ele ordena e ela se afirma.
10. Javé desfaz o plano das nações e frustra os projetos dos povos.
11. O plano de Javé permanece para sempre, os projetos do seu coração, de geração em geração.
12. Feliz a nação cujo Deus é Javé, o povo que ele escolheu como herança.
13. Do céu Javé contempla e vê todos os homens.
14. De sua morada ele observa todos os habitantes da terra:
15. ele formou o coração de cada um, e discerne todos os seus atos.
16. O rei não se salva pelo exército numeroso, o valente não se livra pela sua grande força.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   79   80   81   82   83   84   85   86   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal