Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO


Antecipo a aurora e imploro, esperando pelas tuas palavras. 148



Baixar 5.7 Mb.
Página91/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   87   88   89   90   91   92   93   94   ...   197

147. Antecipo a aurora e imploro, esperando pelas tuas palavras.
148. Meus olhos antecipam as vigílias, para meditar a tua promessa.
149. Javé, ouve a minha voz, por teu amor, faze-me reviver, conforme as tuas normas.
150. Perseguidores infames se aproximam, estão longe da tua vontade.
151. Tu estás bem perto, Javé, e os teus mandamentos são todos estáveis.
152. Conheço os teus mandamentos há muito tempo, porque os firmaste para sempre.
153. Olha a minha miséria e liberta-me, pois não me esqueço da tua vontade.
154. Redime a minha causa e defende-me, e pela tua promessa faze-me reviver.
155. A salvação está longe dos injustos, pois eles não procuram os teus estatutos.
156. Javé, tua compaixão é grande: faze-me reviver, conforme as tuas normas.
157. Meus perseguidores e opressores são numerosos, porém não me afastei dos teus testemunhos.
158. Vi os traidores e fiquei desgostoso: eles não observam a tua promessa.
159. Vê como eu amo teus preceitos, Javé, faze-me reviver, conforme o teu amor.
160. O compêndio da tua palavra é a verdade, e as tuas normas são justiça para sempre.
161. Príncipes me perseguem sem motivo, porém o meu coração teme as tuas palavras.
162. Alegro-me com a tua promessa, como quem acha um rico despojo.
163. Detesto e abomino a mentira, e amo a tua vontade.
164. Sete vezes por dia eu te louvo, por causa das tuas justas normas.
165. É grande a paz dos que amam a tua lei: para eles não existe tropeço.
166. Eu aguardo a tua salvação, Javé, e pratico os teus mandamentos.
167. Observo os teus testemunhos: eu os amo intensamente.
168. Observo os teus preceitos e testemunhos, e os meus caminhos estão todos à tua frente.
169. Que o meu clamor chegue à tua presença, Javé! Dá-me discernimento, conforme a tua palavra!
170. Que a minha súplica chegue à tua presença! Liberta-me, conforme a tua promessa!
171. Que os meus lábios publiquem o louvor, pois tu me ensinas os teus estatutos.
172. Que minha língua cante a tua promessa, pois os teus mandamentos todos são justos.
173. Que a tua mão venha socorrer-me, porque escolhi os teus preceitos.
174. Eu desejo a tua salvação, Javé, e a tua vontade é a minha delícia.
175. Que eu possa viver para te louvar, e tuas normas me auxiliem.
176. Eu me extraviei como ovelha perdida: vem procurar o teu servo, pois eu não esqueço os teus mandamentos.

[Salmos 120]Salmos 120



ANGÚSTIA DO EMIGRANTE
1. Cântico das subidas. Em minha angústia eu gritei a Javé, e ele me respondeu.
2. Javé, livra-me dos lábios mentirosos e da língua traidora!
3. O que Deus te dará ou mandará, ó língua traidora?
4. Flechas de guerreiro, afiadas com brasas de giesta.
5. Ai de mim, exilado em Mosoc, acampado nas tendas de Cedar!
6. Já faz muito que eu moro com os que odeiam a paz.
7. Quando eu digo: "Paz", eles dizem: "Guerra".

[Salmos 121]Salmos 121



DEUS É O GUARDA DO SEU POVO
1. Cântico para as subidas. Ergo os olhos para os montes: de onde virá o meu socorro?
2. O meu socorro vem de Javé, que fez o céu e a terra.
3. Ele não deixará que o seu pé tropece, o seu guarda jamais dormirá!
4. Sim, não dorme nem cochila o guarda de Israel.
5. Javé guarda você sob a sua sombra, ele está à sua direita.
6. De dia o sol não ferirá você, nem a lua de noite.
7. Javé guarda você de todo o mal, ele guarda a sua vida.
8. Javé guarda suas entradas e saídas, desde agora e para sempre.

[Salmos 122]Salmos 122



A PAZ QUE VEM DA JUSTIÇA
1. Cântico das subidas. De Davi. Alegrei-me quando me disseram: "Vamos à casa de Javé!"
2. Nossos passos já se detêm junto aos teus umbrais, Jerusalém!
3. Jerusalém é fundada como cidade bem compacta.
4. Para ela sobem as tribos, as tribos de Javé, segundo o costume de Israel, para celebrar o nome de Javé.
5. Aí estão os tribunais da justiça, no palácio de Davi.
6. Desejem a paz para Jerusalém: "Vivam seguros os que amam você,
7. haja paz dentro de seus muros e segurança em seus palácios!"
8. Por meus irmãos e meus amigos, eu digo: "A paz esteja com você!"
9. Pela casa de Javé nosso Deus, desejo todo o bem a você.

[Salmos 123]Salmos 123



TEM COMPAIXÃO DE NÓS!
1. Cântico das subidas. Para ti eu levanto os meus olhos, para ti, que habitas no céu.
2. Como os olhos dos escravos, fixos nas mãos do seu senhor, e como os olhos da escrava, fixos nas mãos da sua senhora, assim estão os nossos olhos fixos em Javé nosso Deus, até que se compadeça de nós.
3. Compaixão, Javé! Tem compaixão de nós, porque estamos fartos de desprezo!
4. Nossa vida está farta por demais do sarcasmo dos satisfeitos e do desprezo dos soberbos.

[Salmos 124]Salmos 124



É DEUS QUEM PROTEGE O POVO
1. Cântico das subidas. De Davi. Não estivesse Javé do nosso lado, Israel que o diga
2. não estivesse Javé do nosso lado, quando os homens nos assaltaram...
3. nos teriam tragado vivos, tal o fogo de sua ira!
4. As águas nos teriam inundado, a torrente chegando ao pescoço;
5. as águas espumejantes chegariam ao nosso pescoço!
6. Seja bendito Javé! Ele não nos entregou como presas para os dentes deles.
7. Fugimos vivos, como o pássaro foge da rede do caçador: a rede rompeu-se, e nós escapamos.
8. O nosso auxílio é o nome de Javé, que fez o céu e a terra!

[Salmos 125]Salmos 125



DEUS É A FORÇA DO POVO
1. Cântico das subidas. Aqueles que confiam em Javé são como o monte Sião: nunca se abala, está firme para sempre.
2. Jerusalém é rodeada de montanhas, e Javé envolve o seu povo, desde agora e para sempre.
3. O cetro do injusto não pesará sobre a parte dos justos, para que a mão dos justos não se estenda para o crime.
4. Javé, faze o bem aos bons, aos corações retos.
5. E os que se desviam por trilhas tortuosas, que Javé os rejeite com os malfeitores. Paz sobre Israel!

[Salmos 126]Salmos 126



DEUS TRANSFORMA O SOFRIMENTO EM ALEGRIA
1. Cântico das subidas. Quando Javé mudou a sorte de Sião, parecíamos sonhar:
2. a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua de canções. Até entre as nações se comentava: "Javé foi grande com eles!"
3. Sim, Javé foi grande conosco, e por isso estamos alegres.
4. Que Javé mude a nossa sorte, como as torrentes do Negueb.
5. Os que semeiam com lágrimas, ceifam em meio a canções.
6. Vão andando e chorando ao levar a semente. Ao regressar, voltam cantando, trazendo seus feixes.

[Salmos 127]Salmos 127



DEUS DÁ VIDA AOS SEUS AMIGOS
1. Cântico das subidas. De Salomão. Se Javé não constrói a casa, em vão labutam os seus construtores. Se Javé não guarda a cidade, em vão vigiam os guardas.
2. É inútil que vocês madruguem e se atrasem para deitar, para comer o pão com duros trabalhos: aos seus amigos, ele o dá enquanto dormem!
3. A herança que Javé concede são os filhos, seu salário é o fruto do ventre:
4. os filhos da juventude são flechas na mão de um guerreiro.
5. Feliz o homem que enche sua aljava com elas: não será derrotado nas portas da cidade quando litigar com seus inimigos.

[Salmos 128]Salmos 128



A FELICIDADE VEM DA PARTILHA
1. Cântico das subidas. Feliz quem teme a Javé e anda em seus caminhos!
2. Você comerá do trabalho de suas próprias mãos, tranqüilo e feliz.
3. Sua esposa será como vinha fecunda, na intimidade do seu lar. Seus filhos, rebentos de oliveira, ao redor de sua mesa.
4. Essa é a bênção para o homem que teme a Javé.
5. Que Javé abençoe você desde Sião, e você veja a prosperidade de Jerusalém todos os dias de sua vida.
6. Que você veja os filhos de seus filhos. Paz sobre Israel!

[Salmos 129]Salmos 129



A VITÓRIA NASCE DA RESISTÊNCIA
1. Cântico das subidas. Quanto me oprimiram desde a juventude, Israel que o diga
2. quanto me oprimiram desde a juventude! Mas nunca puderam comigo!
3. Os lavradores lavraram minhas costas e alongaram os seus sulcos.
4. Mas Javé é justo: ele cortou os chicotes dos injustos.
5. Voltem para trás, envergonhados, os que odeiam a Sião.
6. Sejam como a erva do telhado, que seca, e ninguém a corta,
7. que não enche a mão do ceifador, nem a braçada daquele que enfeixa.
8. E que os passantes não digam: "Javé abençoe vocês!" Nós abençoamos vocês em nome de Javé.

[Salmos 130]Salmos 130



O PERDÃO QUE LIBERTA
1. Cântico das subidas. Das profundezas eu clamo para ti, Javé:
2. Senhor, ouve o meu grito! Que os teus ouvidos estejam atentos ao meu pedido por graça!
3. Javé, se levas em conta as culpas, quem poderá resistir?
4. Mas de ti vem o perdão, e assim infundes respeito.
5. Minha alma espera em Javé, espera em sua palavra.
6. Minha alma aguarda o Senhor, mais que os guardas pela aurora. Mais que os guardas pela aurora,
7. aguarde Israel a Javé. Pois de Javé vêm a graça e a redenção em abundância.
8. Ele vai redimir Israel de todas as suas culpas.

[Salmos 131]Salmos 131



A MATURIDADE DA FÉ
1. Cântico das subidas. De Davi. Javé, meu coração não é ambicioso, nem meus olhos altaneiros. Não ando atrás de grandezas, nem de maravilhas que me ultrapassam.
2. Não! Eu fiz calar e repousar meus desejos, como criança desmamada no colo de sua mãe.
3. Israel, coloque a esperança em Javé, desde agora e para sempre!

[Salmos 132]Salmos 132



DEUS NO MEIO DO POVO
1. Cântico das subidas. Javé, lembra-te de Davi, de suas fadigas todas:
2. como ele jurou a Javé e fez voto ao Poderoso de Jacó:
3. "Não entrarei na tenda, na minha casa, nem subirei à cama em que repouso,
4. não darei sono aos meus olhos, nem descanso às minhas pálpebras,
5. enquanto não encontrar um lugar para Javé, moradia para o Poderoso de Jacó".
6. Ouvimos que ela estava em Éfrata, e a encontramos nos Campos de Jaar.
7. Entremos em sua moradia, e nos prostremos diante do seu pedestal.
8. Levanta-te, Javé, vem para a tua mansão, vem com a arca da tua força.
9. Que teus sacerdotes se vistam de gala, e teus fiéis exultem de alegria.
10. Por causa de Davi, teu servo, não rejeites a face do teu messias.
11. Javé jurou a Davi uma promessa que jamais retratará: "É um fruto do seu ventre que eu vou colocar em seu trono.
12. Se seus filhos guardarem a minha aliança e o testemunho que lhes ensinei, também os filhos deles, para sempre, irão sentar-se em seu trono".
13. Porque Javé escolheu Sião, e a desejou como sua residência própria:
14. "Ela é a minha mansão para sempre, aí vou habitar, pois eu a desejei.
15. Vou abençoar suas provisões com largueza e saciar seus indigentes de pão.
16. De gala vestirei seus sacerdotes, e seus fiéis exultarão de alegria.
17. Farei brotar o vigor de Davi, acenderei uma lâmpada para o meu messias.
18. Vestirei seus inimigos de vergonha, e sobre ele vai brilhar a minha coroa".

[Salmos 133]Salmos 133



DEUS AGE ATRAVÉS DA UNIÃO DO POVO
1. Cântico das subidas. De Davi. Vejam como é bom, como é agradável os irmãos viverem unidos.
2. É como óleo fino sobre a cabeça, descendo pela barba, a barba de Aarão; descendo sobre a gola de suas vestes.
3. É como o orvalho do Hermon, descendo sobre os montes de Sião. Porque aí Javé manda a bênção e a vida para sempre.

[Salmos 134]Salmos 134



DEUS OS ABENÇOE!
1. Cântico das subidas. E agora, bendigam a Javé, servos todos de Javé, que passam a noite na casa de Javé.
2. Levantem as mãos para o santuário e bendigam a Javé!
3. Que de Sião Javé abençoe você, ele que fez o céu e a terra.

[Salmos 135]Salmos 135



O SENHOR DA NATUREZA E DA HISTÓRIA
1. Aleluia! Louvem o nome de Javé, louvem, servos de Javé,
2. vocês que servem na casa de Javé, nos átrios da casa do nosso Deus.
3. Louvem a Javé, porque ele é bom. Toquem ao seu nome, porque é agradável.
4. Pois ele escolheu Jacó para si, fez de Israel a sua propriedade.
5. Sim, eu sei que Javé é grande, que o nosso Deus supera os deuses todos.
6. Javé faz tudo o que deseja no céu e na terra, nos mares e oceanos.
7. Faz subir as nuvens do horizonte, desata a chuva com os relâmpagos, solta o vento de seus reservatórios.
8. Ele feriu os primogênitos do Egito, desde os homens até os animais.
9. Enviou sinais e prodígios, no meio de você, ó Egito, contra o Faraó e seus ministros.
10. Ele feriu povos numerosos e destruiu poderosos reis:
11. Seon, rei dos amorreus, Og, rei de Basã, e todos os reis de Canaã.
12. Deu a terra deles como herança, herança para o seu povo Israel.
13. Javé, teu nome é para sempre! Javé, tua lembrança passa de geração em geração.
14. Javé governa o seu povo e se compadece de seus servos.
15. Os ídolos das nações são prata e ouro, obras de mãos humanas:
16. têm boca e não falam, têm olhos e não vêem,
17. têm ouvidos e não ouvem, não há um sopro sequer em sua boca.
18. Aqueles que os fazem ficam como eles, todos aqueles que neles confiam!
19. Casa de Israel, bendiga a Javé! Casa de Aarão, bendiga a Javé!
20. Casa de Levi, bendiga a Javé! Fiéis de Javé, bendigam a Javé!
21. Javé seja bendito em Sião, ele que habita em Jerusalém. Aleluia!

[Salmos 136]Salmos 136



O GRANDE LOUVOR
1. Celebrem a Javé, porque ele é bom, porque o seu amor é para sempre!
2. Celebrem ao Deus dos deuses, porque o seu amor é para sempre!
3. Celebrem ao Senhor dos senhores, porque o seu amor é para sempre!
4. Só ele fez grandes maravilhas, porque o seu amor é para sempre!
5. Ele fez os céus com inteligência, porque o seu amor é para sempre!
6. Ele firmou a terra sobre as águas, porque o seu amor é para sempre!
7. Ele fez os grandes luminares, porque o seu amor é para sempre!
8. O sol para governar o dia, porque o seu amor é para sempre!
9. A lua para governar a noite, porque o seu amor é para sempre!
10. Ele feriu o Egito em seus primogênitos, porque o seu amor é para sempre!
11. Ele tirou Israel do meio deles, porque o seu amor é para sempre!
12. Com mão forte e braço estendido, porque o seu amor é para sempre!
13. Ele dividiu o mar Vermelho em duas partes, porque o seu amor é para sempre!
14. E por entre elas fez passar Israel, porque o seu amor é para sempre!
15. Mas nele arrojou o Faraó e seu exército, porque o seu amor é para sempre!
16. Ele guiou seu povo pelo deserto, porque o seu amor é para sempre!
17. Ele feriu reis famosos, porque o seu amor é para sempre!
18. Ele matou reis poderosos, porque o seu amor é para sempre!
19. Seon, rei dos amorreus, porque o seu amor é para sempre!
20. Og, rei de Basã, porque o seu amor é para sempre!
21. Ele deu a terra deles como herança, porque o seu amor é para sempre!
22. Como herança ao seu servo Israel, porque o seu amor é para sempre!
23. Ele se lembrou de nós em nossa humilhação, porque o seu amor é para sempre!
24. Ele nos livrou dos nossos opressores, porque o seu amor é para sempre!
25. Ele dá o pão a todo ser vivo, porque o seu amor é para sempre!
26. Celebrem ao Deus dos céus, porque o seu amor é para sempre!

[Salmos 137]Salmos 137



FIDELIDADE ATÉ NO EXÍLIO
1. Junto aos canais de Babilônia nos sentamos e choramos, com saudades de Sião.
2. Nos salgueiros de suas margens penduramos nossas harpas.
3. Lá, os que nos exilaram pediam canções, nossos raptores queriam diversão: "Cantem para nós um canto de Sião!"
4. Como cantar um canto de Javé em terra estrangeira?
5. Se eu me esquecer de você, Jerusalém, que seque a minha mão direita.
6. Que a minha língua se cole ao paladar, se eu não me lembrar de você, e se eu não elevar Jerusalém ao topo da minha alegria!
7. Javé, pede contas aos filhos de Edom no dia de Jerusalém, quando diziam: "Arrasem a cidade! Arrasem até os alicerces!"
8. Ó devastadora capital de Babilônia, feliz quem lhe devolver o mal que você fez para nós!
9. Feliz quem agarrar e esmagar seus nenês contra o rochedo!

[Salmos 138]Salmos 138



DEUS OLHA O HUMILDE
1. De Davi. Eu te agradeço, Javé, de todo o meu coração. Na presença dos anjos eu canto para ti.
2. Eu me prostro em direção ao teu santuário, e agradeço ao teu nome, por teu amor e fidelidade, pois a tua promessa supera a tua fama.
3. Quando eu gritei, tu me ouviste, e aumentaste a força em minha alma.
4. Todos os reis da terra te agradeçam, Javé, pois eles ouvem as promessas de tua boca.
5. Cantem os caminhos de Javé, porque a glória de Javé é grande!
6. Javé é sublime, mas olha para o humilde, e conhece de longe o soberbo.
7. Quando eu caminho entre perigos, tu me conservas a vida. Estendes o braço contra a ira do meu inimigo, e a tua direita me salva.
8. Javé fará tudo por mim. Javé, o teu amor é para sempre! Não abandones a obra de tuas mãos!

[Salmos 139]Salmos 139



É DEUS QUE REVELA QUEM SOMOS
1. Do mestre de canto. De Davi. Salmo. Javé, tu me sondas e me conheces.
2. Tu conheces o meu sentar e o meu levantar, de longe penetras o meu pensamento.
3. Examinas o meu andar e o meu deitar, meus caminhos todos são familiares a ti.
4. A palavra ainda não me chegou à língua, e tu, Javé, a conheces inteira.
5. Tu me envolves por detrás e pela frente, e sobre mim colocas a tua mão.
6. É um saber maravilhoso que me ultrapassa, é alto demais: não posso atingi-lo!
7. Para onde irei, longe do teu sopro? Para onde fugirei, longe da tua presença?
8. Se subo ao céu, tu aí estás. Se me deito no abismo, aí te encontro.
9. Se levanto vôo para as margens da aurora, se emigro para os confins do mar,
10. aí me alcançará tua esquerda, e tua direita me sustentará.
11. Se eu digo: "Ao menos as trevas me cubram, e a luz se transforme em noite ao meu redor",
12. mesmo as trevas não são trevas para ti, e a noite é clara como o dia.
13. Sim! Pois tu formaste meus rins, tu me teceste no seio materno.
14. Eu te agradeço por tão grande prodígio, e me maravilho com as tuas maravilhas! Conhecias até o fundo de minha alma,
15. e meus ossos não te eram escondidos. Quando eu era formado, em segredo, tecido na terra mais profunda,
16. teus olhos viam as minhas ações, e eram todas escritas no teu livro. Os meus dias já estavam calculados, antes mesmo que chegasse o primeiro.
17. Mas a mim, como são difíceis os teus projetos! Meu Deus, como é grande a soma deles!
18. Se os conto... são mais numerosos que areia! E, ao despertar, ainda estou contigo!
19. Ah! meu Deus, se matasse o injusto! Se os assassinos se apartassem de mim!
20. Eles falam de ti com ironia, e em vão se rebelam contra ti!
21. Não odiaria eu aqueles que te odeiam? Não detestaria eu aqueles que se rebelam contra ti?
22. Eu os odeio com ódio implacável! Eu os tenho por meus inimigos!
23. Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração! Prova-me, e conhece os meus sentimentos!
24. Vê se não ando por um caminho fatal, e conduze-me pelo caminho eterno.

[Salmos 140]Salmos 140



TU ÉS O MEU DEUS!
1. Do mestre de canto. Salmo. De Davi.
2. Javé, salva-me do homem perverso, defende-me do homem violento.
3. Eles planejam o mal em seu coração e a cada dia provocam brigas.
4. Afiam a língua como serpentes, e sob seus lábios existe veneno de víbora.
5. Javé, defende-me das mãos do injusto, guarda-me do homem violento. Eles planejam tropeços para os meus passos.
6. Os soberbos me preparam armadilhas, os perversos me estendem uma rede e me colocam ciladas no caminho.
7. Mas eu digo a Javé: "Tu és o meu Deus". Javé, ouve a minha voz suplicante!
8. Senhor Javé, meu forte salvador, tu me cobres a cabeça no dia da batalha!
9. Javé, não aproves os desejos dos injustos, não favoreças os planos deles! Que os que me cercam não levantem a cabeça.
10. Que a maldade de seus próprios lábios os recubra!
11. Chovam sobre eles brasas acesas. Caiam em abismos e não consigam levantar-se!
12. Que o caluniador não se afirme sobre a terra, e que o mal persiga o violento até a morte!
13. Eu sei que Javé faz justiça ao pobre e defende o direito dos indigentes.
14. Os justos louvarão o teu nome, e os retos viverão na tua presença.

[Salmos 141]Salmos 141



A TENTAÇÃO DO JUSTO
1. Salmo. De Davi. Javé, eu te chamo, socorre-me depressa! Ouve a minha voz quando eu clamo para ti!
2. Suba a minha prece como incenso à tua presença, minhas mãos erguidas como oferta vespertina!
3. Javé, coloca em minha boca uma guarda, uma sentinela à porta dos meus lábios.
4. Impede meu coração de se inclinar para o mal, de cometer crimes junto com os malfeitores. Não vou participar de seus banquetes!
5. Que o justo me bata, que o bom me corrija. Que o óleo do injusto não me perfume a cabeça, pois eu iria me comprometer com suas maldades.
6. Seus chefes caíram, despencando-se, embora ouvissem as minhas palavras amáveis.
7. Como pedra de moinho, rebentada por terra, nossos ossos estão espalhados junto à boca do túmulo.
8. Para ti, Javé, eu elevo os meus olhos, eu me refugio em ti, não me deixes indefeso.
9. Guarda-me das armadilhas que prepararam para mim, e das ciladas dos malfeitores.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   87   88   89   90   91   92   93   94   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal