Origem do mundo e da humanidade a criaçÃo gênesis 1 a humanidade, ponto alto da criaçÃO


Caiam os injustos em suas próprias redes, enquanto eu escapo, em liberdade! [Salmos 142]Salmos 142



Baixar 5.7 Mb.
Página92/197
Encontro29.07.2016
Tamanho5.7 Mb.
1   ...   88   89   90   91   92   93   94   95   ...   197

10. Caiam os injustos em suas próprias redes, enquanto eu escapo, em liberdade!

[Salmos 142]Salmos 142



A PERSISTÊNCIA DO JUSTO
1. Poema. De Davi. Quando estava na caverna. Prece.
2. Gritando para Javé, eu imploro! Gritando para Javé, eu suplico!
3. Derramo à frente dele o meu lamento, diante dele exponho a minha angústia,
4. enquanto o meu alento desfalece. Tu, porém, conheces o meu caminho, e foi no caminho por onde eu ando que eles me prepararam uma armadilha.
5. Olha para a direita e vê: ninguém mais me reconhece, nenhum lugar de refúgio, ninguém que olhe por mim!
6. Eu grito para ti, Javé, e digo: "Tu és o meu refúgio, a minha parte na terra da vida".
7. Presta atenção ao meu clamor, pois já estou esgotado. Livra-me dos meus perseguidores, pois são mais fortes do que eu!
8. Faze-me sair da minha prisão, para que eu agradeça ao teu nome! Os justos se ajuntarão ao meu redor, por causa do bem que tu me fizeste.

[Salmos 143]Salmos 143



A HONRA DE DEUS EM JOGO
1. Salmo. De Davi. Javé, ouve a minha prece! Tu és fiel, atende as minhas súplicas! Tu és justo, responde-me!
2. Não entres em julgamento contra o teu servo, pois, diante de ti, nenhum vivente é justo!
3. O inimigo me persegue, esmaga por terra a minha vida, e me faz habitar nas trevas, como aqueles que estão mortos para sempre.
4. Meu alento já vai desfalecendo, e dentro de mim meu coração se assusta.
5. Recordo os dias de outrora, medito em todas as tuas ações, refletindo sobre a obra de tuas mãos.
6. Para ti estendo os meus braços, a minha vida é terra sedenta de ti.
7. Javé, responde-me depressa, pois o meu alento se extingue! Não me escondas a tua face: eu ficaria como os que baixam à cova.
8. Faze-me ouvir o teu amor pela manhã, pois é em ti que eu confio. Indica-me o caminho a seguir, pois a ti elevo a minha alma.
9. Livra-me dos meus inimigos, Javé, pois eu me refugio junto a ti.
10. Ensina-me a cumprir a tua vontade, pois tu és o meu Deus. Que o teu bom espírito me conduza por uma terra aplainada.
11. Javé, por teu nome, conserva-me vivo, e por tua justiça tira-me da angústia.
12. Por teu amor, aniquila os meus inimigos e destrói os meus adversários todos, porque eu sou o teu servo.

[Salmos 144]Salmos 144



AUTORIDADE JUSTA
1. De Davi. Seja bendito Javé, o meu rochedo, que adestra minhas mãos para a batalha e meus dedos para a guerra.
2. Meu benfeitor, minha fortaleza, minha torre forte e meu libertador, meu escudo e meu refúgio, que a mim submete os povos.
3. Javé, o que é o homem para que o conheças, o filho de um mortal, para que o leves em conta?
4. O homem é como sopro, e seus dias como sombra que passa.
5. Javé, inclina o teu céu e desce, toca os montes, e eles fumegarão.
6. Fulmina o raio, e dispersa-os, lança tuas flechas, e afugenta-os!
7. Do alto estende a tua mão, salva-me, livra-me das águas torrenciais, da mão dos estrangeiros.
8. Sua boca fala mentiras, e sua direita jura falso.
9. Ó Deus, eu cantarei para ti um cântico novo, tocarei para ti a harpa de dez cordas.
10. És tu que dás a vitória aos reis e salvas a Davi, teu servo. Defende-me da espada cruel,
11. livra-me da mão dos estrangeiros. Sua boca fala mentiras, e sua direita jura falso.
12. Sejam nossos filhos como plantas, crescidos desde a adolescência. Nossas filhas sejam colunas talhadas, estruturas de um templo.
13. Nossos celeiros estejam repletos de frutos de toda espécie. Nossos rebanhos, aos milhares, se multipliquem em nossos campos,
14. e nossos bois estejam carregados. Não haja brecha nem fuga, nem grito de alarme em nossas praças.
15. Feliz o povo onde isso acontece. Feliz o povo cujo Deus é Javé!

[Salmos 145]Salmos 145



DEUS MERECE O LOUVOR
1. Louvor. De Davi. Eu te exalto, meu Deus, meu Rei, e bendigo o teu nome para sempre e eternamente.
2. Vou te bendizer todos os dias e louvar o teu nome para sempre e eternamente.
3. Grande é Javé! Ele merece todo o louvor. É incalculável a sua grandeza.
4. Uma geração apregoa tuas obras para a outra, proclamando as tuas façanhas.
5. Tua fama é esplendor de glória: eu cantarei o relato das tuas maravilhas.
6. Falarão do poder dos teus terrores, e eu cantarei a tua grandeza.
7. Difundirão a lembrança da tua bondade imensa, e aclamarão a tua justiça.
8. Javé é piedade e compaixão, lento para a cólera e cheio de amor.
9. Javé é bom para todos, compassivo com todas as suas obras.
10. Que tuas obras todas te agradeçam, Javé, e teus fiéis te bendigam.
11. Proclamem a glória do teu reino e falem das tuas façanhas,
12. para anunciar tuas façanhas aos homens, e a majestade gloriosa do teu reino.
13. Teu reino é reino para os séculos todos, e teu governo para gerações e gerações. Javé é fiel às suas palavras, amoroso em todas as suas obras.
14. Javé ampara todos os que caem, e endireita todos os encurvados.
15. Em ti esperam os olhos de todos, e no tempo certo tu lhes dás o alimento.
16. Abres a mão, e sacias à vontade todo ser vivo.
17. Javé é justo em seus caminhos todos, e fiel em todas as suas obras.
18. Ele está perto de todos aqueles que o invocam, de todos os que o invocam sinceramente.
19. Ele realiza o desejo dos que o temem, ouve o grito deles e os salva.
20. Javé guarda todos os que o amam, mas vai destruir todos os injustos.
21. Minha boca pronuncie o louvor de Javé, e todo ser vivo bendiga seu nome santo, para sempre e eternamente!

[Salmos 146]Salmos 146



DEUS É FIEL AOS OPRIMIDOS
1. Aleluia! Louve a Javé, ó minha alma!
2. Vou louvar a Javé, enquanto eu viver. Vou tocar ao meu Deus, enquanto existir!
3. Não coloquem a segurança nos poderosos, num homem que não pode salvar!
4. Exalam o espírito e voltam ao pó, e no mesmo dia perecem seus planos!
5. Feliz quem se apóia no Deus de Jacó, quem coloca sua esperança em Javé seu Deus.
6. Foi ele quem fez o céu e a terra, o mar e tudo o que nele existe. Ele mantém sua fidelidade para sempre,
7. fazendo justiça aos oprimidos, e dando pão aos famintos. Javé liberta os prisioneiros.
8. Javé abre os olhos dos cegos. Javé endireita os encurvados. Javé ama os justos.
9. Javé protege os estrangeiros, sustenta o órfão e a viúva, mas transtorna o caminho dos injustos.
10. Javé reina para sempre. O teu Deus, ó Sião, reina de geração em geração! Aleluia!

[Salmos 147]Salmos 147



É BOM LOUVAR A DEUS
1. Aleluia! Louvem a Javé, pois é bom cantar. O nosso Deus merece harmonioso louvor.
2. Javé reconstrói Jerusalém, reúne os exilados de Israel.
3. Cura os corações despedaçados e cuida dos seus ferimentos.
4. Ele conta o número das estrelas, e chama cada uma pelo nome.
5. Nosso Senhor é grande e poderoso, e a sua sabedoria é sem medida.
6. Javé sustenta os pobres e rebaixa os injustos até o chão.
7. Entoem o agradecimento a Javé, cantem ao nosso Deus com a harpa.
8. Ele cobre o céu com nuvens, preparando a chuva para a terra. Faz brotar erva sobre os montes e plantas úteis ao homem.
9. Fornece alimento para o rebanho, e aos filhotes do corvo que grasnam.
10. Ele não se compraz com o vigor do cavalo, nem aprecia os músculos do homem.
11. Javé aprecia aqueles que o temem, aqueles que esperam por seu amor.
12. Glorifique a Javé, Jerusalém, louve o seu Deus, ó Sião.
13. Ele reforçou as trancas de suas portas, abençoou os filhos de você em seu seio.
14. Colocou paz em suas fronteiras, saciou você com a flor do trigo.
15. Ele envia suas ordens à terra, e sua palavra corre velozmente.
16. Faz cair a neve como lã, e espalha a geada como cinza.
17. Ele atira seu gelo em migalhas e congela as águas com o frio.
18. Ele envia sua palavra e as derrete, sopra seu vento e as águas correm.
19. Ele anuncia sua palavra a Jacó, seus estatutos e normas a Israel.
20. Com nação nenhuma agiu desse modo, e nenhuma conheceu as normas dele. Aleluia!

[Salmos 148]Salmos 148



O LOUVOR DO POVO DE DEUS
1. Aleluia! Louvem a Javé no céu, louvem a Javé nas alturas.
2. Louvem a Javé, todos os anjos, louvem a ele seus exércitos todos!
3. Louvem a Javé, sol e lua, louvem a ele, astros de luz!
4. Louvem a Javé, céus dos céus, e águas acima dos céus!
5. Louvem o nome de Javé, pois ele mandou e foram criados.
6. Fixou-os eternamente, para sempre, deu-lhes uma lei que jamais passará.
7. Louvem a Javé na terra, monstros marinhos e abismos todos,
8. raio e granizo, neve e nevoeiro, e furacão cumpridor da sua palavra.
9. Montes e colinas todas, árvores frutíferas e cedros todos,
10. feras e animais domésticos, répteis e pássaros que voam.
11. Reis da terra e povos todos, príncipes e juízes da terra,
12. jovens e também as donzelas, os velhos com as crianças!
13. Louvem o nome de Javé: o único nome sublime! A majestade dele está além da terra e do céu,
14. e ele reforça o vigor do seu povo! Louvor de todos os seus fiéis, dos filhos de Israel, seu povo íntimo. Aleluia!

[Salmos 149]Salmos 149



CELEBRAÇÃO DA GRANDE VITÓRIA
1. Aleluia! Cantem para Javé um cântico novo! Cantem seu louvor na assembléia dos fiéis!
2. Alegre-se Israel com o seu Criador, os filhos de Sião festejem o seu Rei!
3. Louvem o seu nome com danças, toquem para ele cítara e tambor!
4. Sim! Porque Javé ama o seu povo, e enfeita os pobres com vitória!
5. Que os fiéis festejem a glória dele, e, em filas, cantem jubilosos.
6. Com exaltações para Deus na garganta, e nas mãos espadas de dois gumes,
7. para tomar vingança dos povos, e aplicar o castigo às nações,
8. para prender seus reis com algemas, e seus nobres com grilhões de ferro.
9. Cumprir neles a sentença prescrita é uma honra para todos os seus fiéis! Aleluia!

[Salmos 150]Salmos 150



LOUVOR SEM FIM
1. Aleluia! Louvem a Deus no seu templo, louvem a ele no seu poderoso firmamento!
2. Louvem a Deus por suas façanhas, louvem a ele por sua imensa grandeza!
3. Louvem a Deus tocando trombetas, louvem a ele com cítara e harpa!
4. Louvem a Deus com dança e tambor, louvem a ele com cordas e flauta!
5. Louvem a Deus com címbalos sonoros, louvem a ele com címbalos vibrantes!
6. Todo ser que respira louve a Javé! Aleluia!
PRÓLOGO

Provérbios 1

SABEDORIA PARA VIVER
1. Provérbios de Salomão, filho de Davi e rei de Israel,
2. para conhecer a sabedoria e a disciplina; para entender as sentenças profundas;
3. para adquirir disciplina e sensatez, justiça, direito e retidão;
4. para ensinar sagacidade aos ingênuos, conhecimento e reflexão aos jovens.
5. Que o sábio escute e assim aumentará o seu saber, e o homem prudente adquirirá habilidade
6. para entender provérbios e metáforas, as sentenças dos sábios e seus enigmas.
7. O temor de Javé é o princípio do saber, porém os idiotas desprezam a sabedoria e a disciplina.

I. O SIGNIFICADO DA SABEDORIA

RESISTIR AOS INJUSTOS
8. Meu filho, escute a disciplina de seu pai, e não despreze o ensinamento de sua mãe,
9. porque serão para você uma coroa formosa na cabeça e um colar no pescoço.
10. Meu filho, se os pecadores quiserem enganar você, não se deixe arrastar.
11. Eles costumam dizer: "Venha conosco, vamos fazer emboscadas para matar, vamos cercar impunemente o inocente;
12. nós os engoliremos vivos como faz a morte, inteiros, como aqueles que baixam à cova.
13. Conseguiremos todo tipo de riquezas e encheremos nossa casa com as coisas roubadas.
14. Participe do nosso grupo e faremos uma caixa comum".
15. Meu filho, não ande com gente desse tipo, nem ponha os pés no caminho deles,
16. porque os pés deles correm para o mal, e eles se apressam para derramar sangue.
17. Não adianta armar o alçapão, quando o passarinho está olhando.
18. No fundo, suas armadilhas serão mortais para eles próprios que estão atentando contra si mesmos.
19. Tal é o destino do ganancioso: a cobiça acaba com o cobiçoso.

MUDEM, ANTES QUE SEJA TARDE!
20. A Sabedoria grita pelas ruas e levanta a voz nas praças.
21. Ela grita no burburinho da cidade e anuncia nas praças públicas:
22. "Até quando, ó ingênuos, vocês vão amar a ingenuidade? E vocês, zombadores, até quando se empenharão na zombaria? E vocês, insensatos, até quando odiarão o conhecimento?
23. Voltem-se para ouvir o meu aviso: eu vou derramar meu espírito sobre vocês, e lhes comunicarei as minhas palavras.
24. Contudo, eu chamei, e vocês recusaram; estendi a mão, e ninguém deu atenção.
25. Vocês recusaram os meus conselhos e não aceitaram o meu aviso.
26. Por isso, eu também vou rir da desgraça de vocês. Vou zombar, quando o terror os assaltar.
27. Quando o terror cair sobre vocês como tempestade, a desgraça chegar como furacão, e a angústia e aflição os alcançar,
28. então vocês vão me chamar, mas eu não responderei. Vocês vão me procurar, mas não me encontrarão.
29. Vocês recusaram o conhecimento e não escolheram o temor de Javé.
30. Não aceitaram o meu conselho e desprezaram o meu aviso.
31. Pois bem! Vocês comerão o fruto do seu comportamento e ficarão fartos de seus próprios conselhos.
32. Sim, a revolta dos ingênuos acabará levando-os à morte, e a despreocupação acabará com os insensatos.
33. Todavia, quem me obedece, viverá tranqüilo. Estará seguro, e não temerá nenhum mal".

[Provérbios 2]Provérbios 2



É DEUS QUEM DÁ A SABEDORIA
1. Meu filho, se você aceitar as minhas palavras e conservar os meus preceitos,
2. dando ouvidos à sabedoria e inclinando o coração para o entendimento;
3. se você invocar a inteligência e chamar o entendimento;
4. se você procurar a sabedoria como dinheiro e a buscar como tesouro,
5. então você entenderá o temor de Javé e alcançará o conhecimento de Deus.
6. De fato, é Javé quem dá a sabedoria, e da sua boca vêm o conhecimento e o entendimento.
7. Ele reserva a sensatez para os retos. Ele é escudo para os que se comportam com integridade.
8. Ele vigia as trilhas do direito, e guarda o caminho de seus fiéis.
9. Então você entenderá a justiça e o direito, a retidão e todos os caminhos da felicidade.
10. Porque a sabedoria virá ao seu coração, e você terá gosto no conhecimento.
11. A reflexão guardará você, e o entendimento o protegerá,
12. para livrá-lo do mau caminho e do homem que fala com perversidade;
13. dos que abandonam o trilho certo para seguir caminhos tenebrosos;
14. dos que se alegram com a prática do mal e se satisfazem com a perversidade;
15. dos que seguem trilhas tortuosas e caminhos desviados.
16. A sabedoria livrará você da mulher estrangeira, a forasteira que seduz com palavras,
17. que abandonou o companheiro de sua juventude e esqueceu a aliança do seu Deus.
18. A casa dela conduz para a morte, e suas trilhas levam para o reino das sombras.
19. Os que entram aí, não voltam mais e não alcançam as trilhas da vida.
20. Por isso, você seguirá o caminho dos bons e observará as trilhas dos justos,
21. porque os retos habitarão a terra e os íntegros permanecerão nela.
22. Os injustos, porém, serão expulsos da terra, e os infiéis dela serão arrancados.

[Provérbios 3]Provérbios 3



COMO ADQUIRIR A SABEDORIA
1. Meu filho, não esqueça a minha instrução. Conserve na memória os meus preceitos,
2. porque eles trarão para você longos dias e muitos anos, e também vida e prosperidade.
3. Que o amor e a fidelidade não abandonem você. Amarre-os ao redor do seu pescoço e escreva-os na tábua do seu coração.
4. Assim você alcançará favor e aceitação diante de Deus e diante dos homens.
5. Confie em Javé com todo o seu coração, e não se fie em sua própria inteligência.
6. Pense nele em todos os seus caminhos, e ele aplainará as suas trilhas.
7. Não se considere sábio: tema a Javé e evite o mal.
8. Isso trará saúde para a sua carne e alívio para seus ossos.
9. Honre a Javé com as suas riquezas e com os primeiros frutos de todas as suas colheitas.
10. Desse modo, seus celeiros estarão cheios de trigo, e seus tonéis transbordarão de vinho novo.
11. Meu filho, não despreze a disciplina de Javé, nem se canse com o aviso dele,
12. porque Javé corrige aqueles que ama, como o pai corrige o filho preferido.

A SABEDORIA TRAZ VIDA
13. Feliz o homem que encontrou a sabedoria e alcançou o entendimento,
14. porque a sabedoria vale mais do que a prata, e dá mais lucro que o ouro.
15. Ela é mais valiosa do que as pérolas e não existe objeto precioso que se iguale a ela.
16. Na mão direita ela tem vida longa, e na sua esquerda, riqueza e honra.
17. Seus caminhos são deliciosos e suas trilhas conduzem ao bem-estar.
18. Ela é árvore de vida para os que a adquirem e são felizes aqueles que a conservam.
19. Javé alicerçou a terra com sabedoria, e firmou o céu com entendimento.
20. Com o saber que ela tem, são abertos os abismos e as nuvens destilam o orvalho.

OS SÁBIOS POSSUIRÃO A HONRA
21. Meu filho, não perca de vista a sensatez, conserve a reflexão:
22. elas serão vida para você e enfeite para seu pescoço.
23. Você seguirá tranqüilo o seu caminho, e seus pés não tropeçarão.
24. Você descansará sem medo; e quando deitar, seu sono será tranqüilo.
25. Você não se assustará com o terror imprevisto, nem com a desgraça que cai sobre os injustos.
26. Porque Javé ficará do seu lado e impedirá que seu pé caia na armadilha.
27. Se lhe for possível não negue um favor a quem precisa.
28. Não diga a seu próximo: "Vá embora. Passe depois, que eu lhe darei amanhã", quando você tem a coisa na mão.
29. Não planeje o mal contra o seu vizinho, pois ele mora ao seu lado e confia em você.
30. Não abra processo sem motivo contra ninguém, se a pessoa não lhe fez nada de mal.
31. Não tenha inveja do homem violento, e de modo nenhum imite o comportamento dele,
32. porque Javé detesta o perverso, mas é amigo dos justos.
33. Javé amaldiçoa a casa do injusto, mas abençoa a morada dos justos.
34. Ele zomba dos zombadores, mas favorece os pobres.
35. Os sábios possuirão a honra, porém os insensatos receberão a vergonha.

[Provérbios 4]Provérbios 4



O APRENDIZADO DA SABEDORIA
1. Filhos, obedeçam à disciplina paterna, e fiquem atentos para adquirir a inteligência.
2. Eu lhes dou uma boa doutrina; não abandonem a minha instrução.
3. Eu também fui filho do meu pai e amado ternamente por minha mãe.
4. Ele me instruiu assim: "Conserve os meus conselhos em sua mente, observe os meus preceitos, e você viverá.
5. Adquira a sabedoria, adquira a inteligência e não se esqueça delas, nem se afaste dos meus conselhos.
6. Não abandone a sabedoria, e ela o guardará. Ame a sabedoria, e ela o protegerá.
7. O princípio da sabedoria é adquirir a sabedoria. Adquira a inteligência usando tudo o que você possui.
8. Conquiste a sabedoria, e ela o exaltará. Abrace-a, e ela o honrará.
9. Ela colocará em sua cabeça um belo diadema, e o cingirá com uma brilhante coroa".

ESCOLHER O CAMINHO
10. Meu filho, escute e receba os meus conselhos, e eles multiplicarão os anos de sua vida.
11. Estou lhe mostrando o caminho da sabedoria e guiando você pelas trilhas da retidão.
12. Ao caminhar, seus passos não vão se embaraçar e, ao correr, você não tropeçará.
13. Agarre-se à disciplina, e não a solte; pratique a disciplina, porque ela é a sua vida.
14. Não ande pela trilha dos injustos, nem pise no caminho dos maus.
15. Evite esse caminho, e não o atravesse. Afaste-se dele, e siga em frente.
16. Os injustos não dormem sem ter feito o mal; perdem o sono, enquanto não fazem alguém tropeçar.
17. Comem a maldade como pão e bebem a violência como vinho.
18. Mas a trilha dos justos brilha como aurora, e vai clareando até nascer o dia.
19. O caminho dos injustos é tenebroso, e eles não sabem no que irão tropeçar.
20. Meu filho, esteja atento às minhas palavras e dê ouvidos aos meus conselhos.
21. Nunca os perca de vista e guarde-os no seu coração.
22. Pois eles são vida para quem os encontra e saúde para o seu corpo.
23. Acima de tudo, guarde o seu coração, porque dele brota a vida.
24. Afaste-se da boca enganosa e fique longe dos lábios falsos.
25. Que seus olhos olhem para a frente e seu olhar se dirija para diante.
26. Fique atento às trilhas onde você coloca os pés, e que todos os seus caminhos sejam firmes.
27. Não se desvie nem para a direita, nem para a esquerda, e afaste do mal os seus passos.

[Provérbios 5]Provérbios 5



A IDOLATRIA É TRAIÇOEIRA
1. Meu filho, preste atenção à minha experiência, dê ouvidos ao meu entendimento.
2. Assim você conservará a reflexão, e seus lábios guardarão o conhecimento.
3. Os lábios da estrangeira destilam mel e suas palavras são mais suaves do que o azeite.
4. No final, porém, ela é amarga como fel e afiada como espada de dois gumes.
5. Os pés dela levam para a morte, e seus passos conduzem ao túmulo.
6. Ela não segue o caminho da vida, e suas trilhas se desviam sem que ela perceba.
7. Portanto, meu filho, me escute, e não se afaste dos meus conselhos.
8. Afaste-se do caminho da estrangeira, e não se aproxime da porta da casa dela.
9. Não dê a estranhos a sua honra, nem os seus anos para gente cruel.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   88   89   90   91   92   93   94   95   ...   197


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal