Osman Francischetto de Magalhães Membro da aber vitória es/2010



Baixar 39.16 Kb.
Encontro23.07.2016
Tamanho39.16 Kb.
BIOGRAFIA

Osman Francischetto de Magalhães

Membro da ABER

Vitória - ES/2010


  1. DADOS PESSOAIS:

Osman Francischetto de Magalhães, nasceu em Vargem Alta - ES, em 19 de janeiro de 1931, brasileiro, casado, residente à Rua Luiza Grinalda, 476, Vila Velha, ES.




  1. FORMAÇÃO PROFISSIONAL




    1. GRADUAÇÃO: Engenheiro Agrônomo, formado pela Universidade Federal de Viçosa - MG. 1952/1955;

    2. ESPECIALIZAÇÃO: Treinamento em Educação Agrícola, Pesquisa e Extensão. International Cooperation Administration. -.Programa de Cooperação Técnica. Purdue University. Indiana, USA - 1961;

    3. PÓS GRADUAÇÃO: Mestrado M.Sc. em Economia Rural, pela Universidade Federal de Viçosa - MG. 1974;

    4. OUTROS TREINAMENTOS E ESTÁGIOS: No país e no exterior, nas áreas de Extensão Rural, Economia Agropecuária, Desenvolvimento Econômico e Social e Formação de Recursos Humanos.




  1. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS:




    1. Nível Estadual:




      1. Estado do Espírito Santo:




        1. Fundador (membro da equipe), Secretário Executivo e Técnico Especialista da Associação de Crédito e Assistência Rural do Espírito Santo - ACARES. 1956/1963 - 1972/1994;

        2. Secretário de Estado da Agricultura. 1975/1976;

        3. Membro do Conselho Estadual de Política Agropecuária - CEPA. 1972/1975;

        4. Presidente do Conselho Estadual de Administração da Política Agropecuária. Secretaria da Agricultura - 1975/1976;

        5. Membro do Conselho Consultivo do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo - BANDES. 1976;

        6. Coordenador do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Espírito Santo - 1976;

        7. Diretor Regional do SENAI. Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. FINDES/CNI. 1990/1992

        8. Consultor da MAROS CORRETORA – 1996

        9. Membro do Conselho Diretor do Movimento Capixaba de Voluntário. M.C.V. Vitória. ES – Setembro, 2.004


      1. Estado de Minas Gerias:



        1. Supervisos Local/Extensionista. Associação de Crédito e Assistência Rural- ACAR/ MG. Itauna, MG. 1956

        2. Diretor Curso de Capacitação Inicial. Extensionistas da ACAR/ ACARES. Escola Agrotécnica de Florestal. Florestal, MG. Fev/ Março 1957

        3. Professor Assistente do Departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa - MG. 1969/1972

        4. Presidente do Conselho Técnico de Extensão Rural da Universidade Federal de Viçosa - MG. 1970/1972;

        5. Membro da Coordenação de Ensino, Pesquisa e Extensão ( CEPE ). Universidade Federal de Viçosa. Viçosa - MG. 1970/1972;

        6. Representante da Coordenação de Ensino, Pesquisa e Extensão

( CEPE ), no Conselho Universitário da Universidade Federal de Viçosa. Viçosa - MG. 1970/1972;

        1. Presidente do Conselho de Publicações da Universidade Federal de Viçosa - MG. 1969/1970;

        2. Membro do Conselho Diretor da Universidade Federal de Viçosa - MG. 1976/1983.




    1. NÍVEL NACIONAL:




      1. Assessor da Presidência e Coordenador de Operações da Empresa Brasileira de Assistência Técnica e Extensão Rural - EMBRATER. Brasília - 1977/1979;

      2. Diretor Geral do Serviço Nacional de Formação Profissional Rural - SENAR. Ministério do Trabalho. Brasília. 1979/1981;

      3. Assessor da Diretoria do Banco Nacional de Crédito Cooperativo S.A. - BNCC. Brasília. 1981/1984;

      4. Consultor do PRODIAT. Projeto de Desenvolvimento Integrado da Bacia do Araguaia - Tocantins. Convênio Governo Brasileiro/Organização dos Estados Americanos ( OEA ). Brasília. 1984/1985;

      5. Consultor - Projeto de Educação à Distância. Convênio CNI/SUFRAMA/IEL. Amazonas Ocidental ( AC, AP, AM, RO e RR ). 1995/1996;

      6. Membro do Conselho Federal de Mão-de-Obra. Ministério do Trabalho. Brasília. 1979/1981; 3.2.7. Membro do Conselho Técnico Administrativo da Fundação CENAFOR. Ministério de Educação e Cultura. São Paulo. 1979/1981.

      7. Membro da Academia Brasileira de Extensão Rural – ABER –

Brasília. Outubro 2007.



    1. NÍVEL INTERNACIONAL:

3.3.1 Consultor e Especialista da Organização das Nações Unidas para

Agricultura e Alimentação ( FAO/ONU ) - junto aos Governos do México

(1963/1967 ) e da Colômbia ( 1967/1968 )

3.3.2. Professor, Consultor e Técnico de Projetos - "Centro Regional para e

Desarrollo de la Comunidad Rural en América Latina" - CREFAL. Pátzcuaro - México. 1963/1967

3.3.3. Diretor, Secretário Geral e Professor do "Curso Centroamericano de

Capacitación en Gerencia de Cooperativas". San José- Costa Rica C.A.

Junho/Agosto 1966

3.3.4. Professor do Instituto Interamericano de Ciências Agrícolas ( IICA ) e do

Centro Interamericano de Reforma Agrária ( CIRA ) Bogotá - Colômbia.

1967/1968.

3.3.5. Professor e Consultor do "Instituto Colombiano de Reforma Agrária"

( INCORA ) e da "Organización de las Cooperativas de América" ( OCA ).

Bogotá - Colômbia. 1967/1968;

3.3.6. Consultor FAO/ONU. "Proyecto de Desarrollo de las Cuencas de los Rios

Huallaga Central, Chiriyacu y Nieva". Tarapoto - San Martin - Peru.

Abril/1970.

3.3.7. Conferencista. 1º Seminário do Instituto Universitário de Évora. Formação de

Recursos Humanos. Évora - Portugal. Dezembro/1984;

3.3.8 . Consultor do Banco Mundial ( BIRD ). Missão de Pré-Avaliação do Projeto

de Recuperação da Lavoura Cacaueira. São Tomé e Príncipe – África

. Julho/1985.

3.3.9. Consultor do Fundo Internacional para Desenvolvimento da Agricultura

(FIDA) Missão de "Evaluación del Proyecto de Desarrollo de la Región

Occidental" PRODERO - Tegucigalpa, Santa Rosa de Copán – Honduras

Roma - Itália. Novembro e Dezembro/1988;

3.3.10 .Conferencista e participante em Seminários e Reuniões Técnicas,

representando governos e instituições, nacionais e internacionais: Caracas –

Venezuela, El Salvador - San Salvador, Tegucigalpa - Honduras, Ciudad de

Guatemala – Guatemala - Santiago, Chile – Bogotá, Colômbia, Roma –

Itália e Évora – Portugal.




  1. TRABALHOS PUBLICADOS:




    1. Foram publicados 24 trabalhos, estudos, pesquisas e projetos, relacionados com os diversos aspectos de Extensão Rural, Economia Rural, Desenvolvimento Setorial e Formação de Recursos Humanos.


  1. CONHECIMENTO DE IDIOMAS ESTRANGEIROS:




    1. Espanhol: fala, lê, escreve e entende bem;

    2. Inglês: fala, lê, escreve e entende regularmente.


  1. DISTINÇÕES RECEBIDAS:

Entre as diversas distinções recebidas, destacam-se as seguintes:

6.1. ”Certificate of Achievement expedido pela International Cooperation

Administration, por participação no “ Programa de Cooperação Técnica” no

Campo de Educação Agrícola, Pesquisa e Extensão. Universidade de Purdue.

Indiana. USA. 1.961.




    1. Huesped de Honor” da Cidade de San Salvador. El Salvador. C.A. Conferida

pelo “Consejo Municipal de San Salvador”. San Salvador – Outubro 1.968


    1. Placa de Prata outorgada pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do

Espírito Santo – ACARES - pelos 25 anos de serviços prestados à agricultura do

Estado do Espírito Santo. Vitória ES. 1972.


6.4. Placa de Prata e Diploma outorgado pela Sociedade Mineira de Engenheiros

Agrônomos por serviços prestados à implantação e desenvolvimento do

Crédito Rural e da Extensão Rural em Minas Gerais e no Brasil.

Belo Horizonte. MG – 1.978.

6.5. Eleito para compor a lista sêxtupla para o preenchimento do cargo de Reitor

da Universidade Federal de Viçosa – MG, apresentada ao Senhor Presidente da

República pelo Conselho Universitário da Instituição. Viçosa- MG. Agosto- 1979.


    1. Diploma conferido pela Empresa Brasileira de Assistência Técnica e Extensão

Rural – EMBRATER – pelos 25 anos prestados ao desenvolvimento da extensão

rural brasileira. Brasília. Dezembro 1984

6.7. Título de Cidadão Vilavelhense, concedido pele Câmara Municipal de Vila Velha,

ES em reconhecimento aos serviços prestados ao Município. Maio, 1999.

6.8. Medalha “JOÃO DE MEDEIROS CALMON” de Honra ao Mérito, na Área de

Cidadania, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao Município

de Vila Velha – ES. Maio de 2.000.
6.9. CREA – ES. 40 ANOS. Homenagem outorgada pelo CREA – ES por relevantes

serviços prestados à Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Vitória ES. Dezembro

2.000.

6.10.Placa de Prata concedida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial –



Departamento Regional do Espírito Santo ( SENAI – ES ) como “ homenagem ao

Diretor Regional, no período de fevereiro de 1.990 a julho de 1.992, por sua

contribuição para o engrandecimento da entidade, tornando-se parte da importante

história de 50 anos do SENAI, no Espírito Santo “. Março 2.002.


6.11.MEDALHA DA ORDEM DO MÉRITO DO EX-ALUNO DA UNIVERSIDADE

FEDERAL DE VIÇOSA (UFV) – MG. por relevantes serviços prestados à

sociedade brasileira, dignificando sua profissão e enaltecendo os ideais da

Universidade Federal de Viçosa. MG. – Dezembro. 2.002


6.12. PLACA DE PRATA DE HONRA AO MÉRITO – ENGENHEIRO

AGRÔNOMO – 2.003 que a Sociedade Espiritossantense de Engenheiros

Agrônomos – SEEA - confere ao Engenheiro Agrônomo Osman Francischetto

de Magalhães por sua eficiente participação em Projetos Estratégicos de

Desenvolvimento. Vitória- ES, outubro de 2.003.
6.13. PLACA DE PRATA DE HONRA AO MÉRITO – Concedida pela Pró- Reitoria

de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Viçosa - MG, no 75°

Aniversário da Semana do Fazendeiro, “por sua valiosa contribuição para que

esse importante Jubileu pudesse ser comemorado”. Viçosa. MG. 11 de julho

2.004
6.14. EDIFÍCIO OSMAN FRANCISCHETTO DE MAGALHÃES, inaugurado nas

comemorações do 50º aniversário de fundação da ACARES/INCAPER.

Homenagem ao pioneiro, técnico e diretor da entidade de Assistência Técnica e

Extensão Rural no Estado do Espírito Santo. 16 de novembro de 1956/2006.


6.15. ACADEMIA BRASILEIRA DA EXTENSÃO RURAL – ABER -. Membro e de

seu quadro. Brasília, 03 de outubro 2007.


6.16. HOMENAGEM DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESPÍRITO SANTO.

Em comemoração ao Dia do Engenheiro Agrônomo e aos 51 anos da Sociedade

Eipiritossantense dos Engenheiros Agrônomos – SEEA – “Pelos

relevantes serviços prestados ao setor agropecuário capixaba”. Palácio Domingos

Martins – Vitória ES. 13 de outubro de 2009.
6.17. MEDALHA DO MÉRITO DO SISTEMA CONFEA/CREA.

66º Semana Oficial de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – SOEAA –



Manaus, Dezembro 2009

.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal