Pa artes 9 de08 Atividade 1: o que você já sabe



Baixar 35.64 Kb.
Encontro31.07.2016
Tamanho35.64 Kb.





PA_Artes_9_DE08
Atividade 1: O que você já sabe
Professor, nesta atividade relembre os gêneros no cinema e os processos pelos quais o cinema passou para chegar aos dias atuais. Incite os alunos a pensarem nos filmes que eles costumam ver. Depois questione a mensagem ou reflexão que os filmes causam e observe a variedade de informações e os diferentes objetivos dos filmes apenas comerciais, voltados para o entretenimento, e dos filmes que entretêm, mas também fazem pensar.
Posteriormente, discuta com os alunos qual é a importância e o papel do cinema na atualidade.

Atividade 2: Para refletir
Nesta atividade, os alunos recuperam algumas informações sobre o surgimento do cinema, desde os ‘irmãos Lumière’, passando pelo desenvolvimento dos equipamentos usados na época, até o aumento da produção, que passa a ser concentrada em Hollywood. É importante que os alunos observem o processo histórico por trás dessa ‘transferência’ de produção, que se dá em razão da Primeira Guerra Mundial.
A atividade propõe um questionamento à turma sobre o papel do cinema na atualidade. Deixe que os alunos pensem sobre a questão e coloque seu ponto de vista a eles.

Atividade 3: Arte e técnica
Professor, neste momento o aluno entra em contato com mecanismos do cinema. Os vídeos mostrados exemplificam a dublagem e a publicidade, enquanto o midi exibe uma das músicas da trilha sonora de Pulp Fiction (Tempo de violência), de 1994, do diretor Quentin Tarantino, que tem Uma Thurman e John Travolta no elenco.
Explique aos alunos que “Misirlou” é uma música grega, composta em 1927 por Michalis Patrinos, que foi utilizada na olimpíada de Atenas em 2004, e adaptada com outro arranjo por Dick Dale & This Del Tones.
As imagens selecionadas exemplificam a legendagem e a publicidade.

Atividade 4: Os cineastas do século 20
Nesta atividade, estimule os alunos a lerem sobre os cineastas. Ressalte que Truffaut, Fellini, Kurossawa, Nelson Pereira, Glauber Rocha e os cineastas iranianos Makhmalbaf e Majidi (assim como muitos que não foram citados) marcam o século 20 com um cinema autoral (que se preocupa com o que vai ser dito ao espectador), que influencia a produção cinematográfica posterior, não só pela descoberta de técnicas, como pelas experimentações artísticas. Estes cineastas propõem filmes reflexivos, participam de todos os processos de um filme, da criação à montagem, e assinam o trabalho de forma singular. Seja pelo excesso de realidade, pela poesia dos personagens, ou pela fantasia, cada cineasta faz seu autorretrato no filme que cria.
Se julgar pertinente, use os links abaixo para uma pesquisa mais detalhada sobre os cineastas:
Truffaut

http://www.zahar.com.br/imprensa/r0966.pdf
Fellini

http://www.terra.com.br/cinema/favoritos/fellini.htm

Kurossawa



http://shinobi-myasianmovies.blogspot.com/2006/10/akira-kurosawa-biografia-akira-kurosawa.html
Nelson Pereira dos Santos

http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=457&sid=133
Glauber Rocha

http://www.tempoglauber.com.br/b_01.html
Makhmalbaf

http://www.iteia.org.br/autor/mohsenmakhmalbaf
Majidi

http://www.ufscar.br/rua/site/?p=2719
Professor, caso os alunos tenham dificuldades de compreender os termos técnicos, faça uso do vocabulário abaixo:
Set – cenário ou local de gravação
Patrocínio – auxílio com dinheiro
Storyboard - história em quadros
Grua - espécie de guindaste com plataforma e assento nela fixado, usada para suspender câmera, operador cinematográfico, diretor etc.
Ilha de edição – é um sistema de interligação de aparelhos de videotapes com finalidade de montar materiais gravados. É o que permite capturar as imagens de uma filmadora analógica ou digital

 

Planos - trechos filmados ou focalizados numa única tomada, e em que a posição da câmara determina a aproximação ou o afastamento da imagem (plano americano, médio longo plano, primeiro plano, grande primeiro plano, primeiríssimo plano, grande plano, plano geral e plano médio)



Créditos - enumeração dos atores, músicos, diretores, técnicos etc., que participaram da realização de um determinado filme, programa de televisão ou de rádio
Sonoplastia - arte e técnica de compor e fazer funcionar os ruídos e efeitos acústicos e musicais que constituem o elemento sonoro dos espetáculos teatrais, filmes, programas de rádio e televisão
Pirotecnia - arte de empregar fogo ou explosivos.
Nouvelle Vague - movimento artístico que defendia produção autoral, intimista e de baixo custo
Neo-realismo - foi um movimento cultural surgido na Itália ao final da Segunda Guerra Mundial, com influência socialista, que se expressou muito por meio do cinema
Onírico - próprio dos sonhos
Tragicômico – funesto e cômico ao mesmo tempo
Willian Shakespeare – dramaturgo e poeta inglês da Renascença que escreveu poemas, tragédias e comédias
Estética - estudo da criação artística
Unesco - sigla de Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura
Atividade 5: A produção nacional atual
Nesta atividade, o aluno passa a conhecer o que acontece no século 20 no Brasil, até o ano de 2000 (quem são os cineastas de maior notoriedade e o que eles estão produzindo).
Destaca-se na atualidade a facilidade do uso de recursos técnicos, a digitalização no cinema e a promoção do cinema nacional no país e no exterior.
Na atualidade, as leis de incentivo ao cinema junto à Ancine (Agência Nacional do Cinema), o interesse das produtoras, a facilidade na comunicação por meio da internet, na qual os editais são divulgados, contribuem para o aumento da produção nacional.

Professor, se for de seu interesse, faça a leitura das sinopses dos filmes brasileiros de maior destaque.



Sinopses
Cidade de Deus (2004), baseado no romance de Paulo Lins, dirigido por Fernando Meirelles:
No filme, Buscapé (Alexandre Rodrigues) é um jovem pobre, negro e muito sensível, que cresce em um universo de muita violência. Buscapé vive na Cidade de Deus, em Jacarepaguá (Rio de Janeiro), favela carioca conhecida por ser um dos locais mais violentos da cidade. Amedrontado com a possibilidade de se tornar um bandido, Buscapé acaba sendo salvo de seu destino por causa de seu talento como fotógrafo, o qual permite que siga carreira na profissão. É por meio da lente da câmera que Buscapé analisa o cotidiano da favela onde vive, na qual a violência parece ser infinita.
Para saber mais sobre Fernando Meirelles, consulte:

http://www.o2filmes.com/diretores/fernando_meirelles http://www.portaldecinema.com.br/Diretores/fernando_meirelles.htm


Tropa de elite (2007), de José Padilha
Mostra, em 1997, a rotina dos policiais e de um capitão do Bope (Wagner Moura), que quer deixar a corporação e tenta encontrar um substituto para seu posto. Paralelamente, dois amigos de infância se tornam policiais e se destacam pela honestidade e honra ao realizar suas funções, indignando-se com a corrupção existente no batalhão em que atuam.
Para saber mais sobre José Padilla, consulte:
http://spoilermovies.com/2007/12/04/jose-padilha-um-cineasta-e-um-desafiador-da-consciencia-do-brasil/
Linha de passe (2008), de Walter Salles e Daniela Thomas
É a história de quatro irmãos, filhos de pais diferentes, que são criados apenas pela mãe. A história tem como cenário a cidade de São Paulo. Reginaldo (Kaique de Jesus Santos) é um jovem que procura seu pai obsessivamente. Dario (Vinícius de Oliveira) sonha em se tornar jogador de futebol, mas, aos 18 anos, vê a ideia cada vez mais distante. Dinho (José Geraldo Rodrigues) dedica-se à religião. Dênis (João Baldasserini) enfrenta dificuldades em se manter, sendo também pai involuntário de um menino. Cleuza (Sandra Corveloni), a mãe, trabalha como empregada doméstica e está mais uma vez grávida, de pai desconhecido.
Os irmãos precisam lidar com as transformações religiosas pelas quais o Brasil passa, assim como a inserção no meio do futebol e a ausência de uma figura paterna.


Para saber mais sobre os diretores:
Walter Salles

http://www.algosobre.com.br/biografias/walter-salles-jr.html
Daniela Thomas

http://www.itaucultural.org.br/aplicExternas/enciclopedia_teatro/index.cfm?fuseaction=personalidades_biografia&cd_verbete=124
Última parada 174 (2008), de Bruno Barreto.
A história se passa no Rio de Janeiro, em 1983. Marisa (Cris Vianna) amamenta o pequeno Alessandro (Marcello Melo Jr.) em sua casa na favela. Viciada em drogas, assiste impotente seu filho ser retirado de suas mãos pelo chefe do tráfico local, devido a uma dívida não paga.
Dez anos depois, Sandro (Michel Gomes), filho único, vê sua mãe ser morta por dois ladrões. Apesar de ficar sob os cuidados da tia, ele decide fugir e passa a conviver com um grupo de garotos que dorme na igreja da Candelária, onde tem acesso ao mundo das drogas.

Apesar de não saber ler ou escrever, Sandro sonha em ser um famoso compositor de rap. Para tanto ele espera a ajuda de Walquíria (Anna Cotrim), que realiza um trabalho voluntário junto a meninos de rua. Só que Sandro testemunha mais uma tragédia, a chacina da Candelária, na qual oito meninos de rua foram mortos pela polícia.


Este evento aproxima Sandro e Alessandro, que passam a ter um forte convívio. O filme conta uma história anterior ao episódio do ônibus 174 no Rio de Janeiro, que resultou na morte de Sandro e de uma professora, e foi filmado como documentário pelo diretor José Padilha.
Para saber mais sobre Bruno Barreto, consulte:

http://www.moviecom.com.br/personalidades/detalhe.asp?id=4311
Jogo de cena (2007), de Eduardo Coutinho
A partir de um anúncio de jornal, 83 mulheres contaram suas histórias de vida em um estúdio. Vinte e três delas foram selecionadas, em junho de 2006, sendo filmadas no Teatro Glauce Rocha, no Rio de Janeiro. E em setembro do mesmo ano, várias atrizes interpretaram, a seu modo, as histórias contadas por estas mulheres.
Para saber mais sobre Eduardo Coutinho, conslute:

http://www.mnemocine.com.br/aruanda/coutinho.htm

Atividade 6: Para aplicar o que aprendeu
Professor, peça que os alunos assistam ao vídeo proposto e depois resolvam a atividade presente no ícone das Questões OnLine. Ao término, proponha a correção.
Questões OnLine (gabarito)
(x) Dublagem

(x) Trilha Sonora

( ) Legenda

( ) Animação

(x) Efeitos especiais

(x) Sonoplastia

Atividade 7: Para fixar o conteúdo
Para finalizar esta DE, novamente os alunos devem clicar no ícone das Questões OnLine e resolver algumas atividades propostas. Professor, proponha a correção após o término.
Questões OnLine (gabarito)
1.
a)

Cinema Novo. Nelson Pereira dos Santos e Glauber Rocha.


b)

Na dublagem, um ator dubla a sua própria voz ou tem sua voz dublada em outro idioma por um ator-dublador; na legendagem, o texto dito aparece escrito na legenda do filme, normalmente, abaixo da imagem, e pode ser traduzido para várias línguas.







Catálogo: 2006 -> arq img upload -> paginas
paginas -> Pa artes 9 de13 Atividade 1: o que você já sabe
paginas -> Atividade 1 o que você já sabe
paginas -> Pa artes 4 de03 Retrato, retrato meu Objetivos
paginas -> De 25 Fábula e paródia: os animais e a moral da história- 6º ano Atividade 1: o que você já sabe
paginas -> Pa português 3 de07 Analisando as histórias Objetivo
paginas -> Pa história 7 de20 Povos da América: os astecas Atividade 1: o que você já sabe
paginas -> Pa português 6 de28 As histórias em quadrinhos Atividades 1 – o que você já sabe
paginas -> Pa história 5 de01 Os indígenas brasileiros Objetivos
paginas -> De 16 – Quando as personagens contam a história – 8ª ano Atividade 1: o que você já sabe
paginas -> Pa história 6 de32 Pré-história brasileira Atividade 1 – Relembrando o conceito de Pré-História


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal