Paisagens (des) montáveis: olhares técnicos primitivos



Baixar 18.77 Kb.
Encontro23.07.2016
Tamanho18.77 Kb.
Universidade Federal de Santa Catarina

Departamento de Língua e Literatura Vernáculas

Curso de Pós Graduação em Literatura

Curso oferecido para 2016/1 Profa. Dra Ana Luiza Andrade

5as. feira, das 17h. às 20:00 h.
Linha de Pesquisa Arquivo Tempo Imagem/Curso Poéticas das sensações
Paisagens (des) montáveis: olhares técnicos primitivos
Descrição dos objetivos :
Nos cruzamentos entre a literatura e as primeiras paisagens artísticas das Américas a partir de Frans Post, e dentro da concepção da Filosofia da Paisagem de Georg Simmel, busca-se pensar 1. As paisagens , da natureza à matéria e à máquina, desde as primeiras paisagens às paisagens nordestinas: paisagens de Cabral e Clarice enquanto técnicos primitivos (Sarlo) 2. Fazer as pontes entre as paisagens de avião em Flavio de Carvalho, Torres Garcia e Tristão de Ataíde, articulando-as aos poemas sobre paisagens “do alto” cabralinos. 3. Observar diferentes olhares para a cidade modernista a partir da cidade tugurizada de Ponte às cidades sonhadas por Mario de Andrade, Manuel Bandeira, Torres-Garcia, Rego Monteiro. 4. Resgatando pontos em comum com as cidades do “técnico primitivo” em Vicente do Rego Monteiro, Brennand e Osman Lins, observar jogos desmontáveis, geométricos, deslocamentos distantes e próximos no poema e, em específico, jogos comuns ao romance Avalovara, na representação novelesca e também nos olhares pré/cinemáticos de Puig, Hernández, Quiroga, em diferentes etapas de uma modernidade tardia.


  1. Paisagens: Simmel , da natureza sonhada à objetificação e ao materialismo

Frans Post e os holandeses/ primeiras paisagens/ paisagens do Nordeste
João Cabral: “Paisagens de um avião” /”Paisagens do telefone”

Clarice Lispector: do telefone/ do relógio/ da “coisa”




  1. Cidades, entre o sonho e a tugurização

Havana : a arte de fazer ruinas (Ponte)

Recife : a visão das sereias (Brennand)

São Paulo: da Paulicéia Desvairada à São Paulo das favelas (Mario de Andrade/Tarsila)

Uruguai/New York: Torres-Garcia

Buenos Aires: Cortázar/Cosarinsky




  1. Técnicos primitivos: do sonho da imagem à montagem, ao cinema:

Osman Lins, Torres-Garcia, Rego Monteiro

Quiroga, Hernández, Puig
Bibliografia

AGAMBEN, Giorgio. “O autor como gesto” in Profanações, São Paulo: Boitempo Editorial, 2007.

AMOROSO LIMA, Alceu de. “A paisagem” in A Realidade Americana Ensaio de interpretação dos Estados Unidos XXXV Volume das Obras Completas de Alceu Amoroso Lima, Segunda Edição, Rio de Janeiro: Livraria Agir Editora, 1955.

ANDRADE, Ana Luiza. “Ruínas de mundos perdidos: a estética residual de Brennand” in Revista de Estudos Literários Brasileiros Contemporâneos, nº 40. Brasília, Julho/Dezembro de 2012.


____________________. “Reciclando o engenho: Osman Lins e as constelações de um gesto épico” in O Sopro na Argila, Org. Hugo Almeida. São Paulo: Nankin Editorial, 2004.
__________________ “Osman Lins e Torres-García: barrocolagens tipoéticas com Mércio de Schwitters”in A Semana de Letras da UFSC: idéias e(m) perspectivas Org Silvana de Gaspari e Jair Zandoná, Tubarão, SC: Copiart, 2015.
BATAILLE, Georges. Las Lagrimas de Eros Iconografia en colaboración con J.M. Lo Duca. Traducción de David Fernández. Barcelona: Tusquets Editores, 2007.
BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era da reprodutibilidade técnica. Trad. Gabriel Valladão Silva. Org. ensaio bibliográfico , prefácio, revisão técnica e seleção dos fragmentos Marcio Selligman-Silva. Porto Alegre, RS: L&PM, 2013.

CARVALHO, Flavio de. Os Ossos do Mundo, São Paulo: Antiqua, 2005.

Catálogo da Exposição Torres-Garcia Geometria, Criação ,Proporção na Fundação Iberê Camargo e Pinacoteca de São Paulo em parceria com o Museu Torres-Garcia. Curadoria Alejandro Díaz e Jimena Pereira. Fundação Iberê Camargo, 10 de setembro a 20 de novembro de 2011/Pinacoteca de São Paulo, 3 de dezembro de 2011 a 26 de fevereiro de 2012.

DEICHER, Susan. Piet Mondrian 1872-1944 tradução Maria Conceição Vieira, Lisboa: Taschen,1995.


DELEUZE, Gilles, A Dobra Leibniz e o barroco. Tradução Luiz Orlandi. São Paulo: Papirus,1998.
DIAZ, Alejandro, Joaquin Torres-Garcia, “VI Lição de La Recuperación del Objeto”. In Universalismo Constructivo, Montevideo, Museo Torres-Garcia, 2004.
DIDI-HUBERMAN, Georges. Gestes d’air et de pierre. Corps, parole, souffle, image. Paris: Les Éditions de Minuit, 2005.
GIUCCI, Guillermo, “Gilberto Freyre e o pós-modernismo” In Gilberto Freyre em quatro tempos, Orgs Ethel Volfzon Kosminsky, Claude Lépine e Fernanda Arêas Peixoto, Baurú, SP: EDUSP, 2003. p.361-375.

LINS, Osman . Avalovara. Pref. Antonio Cândido. São Paulo: Melhoramentos, 1973.

MARTINS, Marta. Narrativas ficcionais de Tunga Rio de Janeiro: Apicuri, 2013.
MELO NETO, João Cabral de. “De um avião” in Obra Completa volume único, Edição organizada por Marly de Oliveira com assistência do autor. Rio de Janeiro: Editora Nova Aguilar, 2003.
ORAMAS, Luiz Peres. “Frans Post, Invenção e “aura” da paisagem” In O Brasil e os Holandeses.(1630-1654) Org. Herkenhorf, Paulo. Rio de Janeiro: GMT Ed. Ltda,1999.

WAIZBORT, Leopoldo. As aventuras de Georg Simmel. São Paulo: USP, Curso de Pós Graduação em Sociologia: Ed. 34, 2000.

SARLO, Beatriz, La imaginación técnica Sueños modernos de la cultura argentina Buenos Aires: Ediciones Nueva Vision, 1992.

SIMMEL, Georg. Filosofia da Paisagem. Trad. Artur Morão. Textos Clássicos de Filosofia. Direção José S. Rosa e Artur Morão. Universidade da Beira Interior. Covilhã, 2009.

TORRES-GARCÍA, Joaquín. Geometria, Criação, Proporção. “Joaquin Torres-García: Integridade da arte” de Alejandro Díaz. Catálogo Fundação Iberê Camargo, Porto Alegre 10 de setembro a 20 de novembro de 2011/ Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo, 3 de dezembro de 2011 a 26 de fevereiro de 2012, pp. 7-35.

______________________. Museo TORRES GARCÍA, Trazos de New York. Idea y dirección guión y plan general Alejandro Diaz Jimena Perera. Montevideo. Editado por Ediciones del Museo.

________________________New York . Cuidado de edición Juan Flò. Coordinación general Alejandro Díaz. 2a. edición octubre 2008. Montevideo: Fundación Torres-García, 2007.

______________________. Cataluña Eterna. Galeria Sur Director Jorge Castillo, Montevideo, verano de 1988.



_______________Aladdin Juguetes transformables Joaquín Torres-García, Museo Torres-García, Montevideo, 2005.

ZANINI, Walter. Vicente do Rego Monteiro Artista e Poeta 1899-1970. Empresa das Artes Marigo Editora, 1997.


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal