Perfil de Rubem César Fernandes



Baixar 4.37 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho4.37 Kb.
Perfil de Rubem César Fernandes

O carioca Rubem César Fernandes, Diretor-Executivo do Viva Rio, foi ex-militante do movimento estudantil durante os anos de chumbo da ditadura militar. Estudou história na UFRJ e foi um dos autores de uma coletânea intitulada História Nova do Brasil, que lhe rendeu três processos depois do golpe de 64, sendo obrigado a ir para o exílio em 1965. 

Rubem Fernandes fez mestrado em história da filosofia na Universidade de Varsóvia, onde permaneceu boa parte de seu exílio, vivido também na Suíça, França e Estados Unidos, onde posteriormente faria doutorado na Universidade de Columbia, em Nova Iorque, concluindo ali seu PhD em História do Pensamento Social. A volta ao Brasil aconteceria em 1976, quando o pai levou um tiro na cabeça durante um assalto por pivetes que invadiram sua casa. Arriscando-se a ser preso, retornou ao Brasil, pois temia não reencontrar o pai, quem sobreviveu, apesar de ter ficado em coma por muito tempo. 

Chocado com o índice de violência na cidade do Rio de Janeiro, Rubem César Fernandes criaria a ONG Viva Rio, hoje a maior instituição da sociedade civil engajada no desarmamento e na campanha de uma cultura de não violência. 

O Viva Rio nasceu em 1993, em meio a uma onda de seqüestros, o assassinato de oito meninos junto à Igreja da Candelária e a chacina de 21 pessoas em Vigário Geral. No dia 17 de dezembro daquele ano, ao meio-dia, milhares de pessoas vestidas de branco fizeram dois minutos de silêncio e pediram paz. Nesta data nasceu o Viva Rio, uma organização não-governamental, sem fins lucrativos e apartidária que incentiva indivíduos, associações e empresas a construir uma sociedade mais justa e democrática.



Com o apoio da população, o Viva Rio desenvolve campanhas de paz e projetos sociais em cinco áreas: direitos humanos e segurança pública, desenvolvimento comunitário, educação, esportes e meio ambiente. Hoje atua em cerca de 350 favelas e comunidades de baixa renda da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, sempre em parceria com entidades locais, investindo principalmente nos jovens, mais vulneráveis aos riscos sociais, e buscando a superação da violência.
 


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal