Pilar está de volta cheia de novidades. Quais as principais mudanças nesse novo Diário de Pilar na Grécia?



Baixar 5.84 Kb.
Encontro04.08.2016
Tamanho5.84 Kb.
Pilar está de volta cheia de novidades. Quais as principais mudanças nesse novo Diário de Pilar na Grécia?

Com o Diário, é a própria Pilar quem conta sua história e os leitores vão poder acompanhar cada momento da viagem, como se estivessem lá na Grécia, junto com Pilar e seu amigo Breno. Pilar ganhou do avô uma incrível rede mágica que pode levá-la a muitos lugares diferentes. O visual também mudou.


Como foi chegar a esse novo traço, da designer Joana Penna?

Pilar já teve muitas caras diferentes e agora acho que encontramos um traço lindo para a minha personagem. A ilustradora Joana Penna mora em Nova Iorque e fui lá conversar com ela e mostrar como eu queria que a Pilar fosse. Está sendo uma belíssima parceria. Tomara que os leitores também curtam.


Na história, Pilar viaja o mundo atrás de seu avô e o livro é marcado pela saudade deste parente querido. O seu avô inspirou de alguma forma estas passagens?

Nem o avô nem o pai da Pilar têm nada a ver com os meus. Eu pude aproveitar muito o meu avô, ainda bem. Ele viveu até os 92 anos e aprendi muita coisa com ele. A história de Pilar é muito dela, como cada um tem sua própria história.


As aventuras da Pilar são inspiradas em viagens suas? Você faz alguma espécie de trabalho de campo antes de escrever um novo livro?

Pilar ganhou do avô uma rede mágica que pode levá-la a muitos lugares diferentes. Eu também tenho uma rede mágica, ainda bem. Assim, pude já visitar alguns países, como a Grécia e o Egito e espero continuar viajando muito. Mas além de viajar eu também estudo muito nos livros, sobre a história, a geografia e principalmente a mitologia dos diferentes povos. Minha próxima viagem, será para Bologna, onde acontece todo ano a Bologna's children book fair. Vou com Lúcia Riff, minha agente, para apresentar a Pilar para os editores internacionais.


Há planos para novas peripécias da Pilar?

Este ano, Pilar vai virar peça de teatro, produzida por Joana Motta, e no ano que vem chega às telas o longa, dirigido por Eduardo Vaisman. Eduardo é um grande parceiro, já fizemos três filmes juntos e estou felicíssima com este projeto. Escrevi também o roteiro do filme e em alguns momentos foi bastante maluco escrever livro e roteiro ao mesmo tempo. Roteiro requer muita ação. Livro requer mais reflexão. Muitas vezes a Flávia roteirista tinha que negociar com a Flavia escritora o que podia mexer do livro. Quase deu um nó nas ideias, mas acho que valeu a pena fazer os dois trabalhos. O novo diário ganhou a agilidade de um filme e o filme ganhou a densidade de um livro.


Qual será a próxima viagem da Pilar?

Pretendo continuar escrevendo muitos e muitos livros da Pilar, agora todos neste novo formato de Diário. O próximo deve ser o Diário de Pilar no Amazonas, um lugar que já visitei duas vezes e que amo de paixão.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal