Pitching do curso Bacharelado em Audiovisual Turma 3ma 01/2009



Baixar 17.14 Kb.
Encontro31.07.2016
Tamanho17.14 Kb.
Pitching do curso Bacharelado em Audiovisual

Turma - 3MA 01/2009

O processo de “pitching” será utilizado para selecionar os roteiros elaborados para a disciplina Roteiro de Multimídia que serão produzidos como exercício integrado do IV Semestre.


Da inscrição dos projetos

Os projetos deverão ser entregues até o dia 10 de junho (quarta-feira), às 17hs, na Coordenação do Curso, onde o aluno deverá agendar um horário para a realização do pitching. As bancas ocorrerão no dia 17 de junho (quarta-feira) e 19 de junho (sexta-feira), no período da manhã, a partir das 8h30. Os projetos serão lidos e analisados antecipadamente pela comissão de seleção e debatidos nas bancas. Os elaboradores terão 10 minutos para apresentar as questões centrais referentes ao seu projeto e passarão por argüição dos integrantes da banca. O tempo total da banca será de 30 minutos.


Os projetos deverão ser entreguem em 1 (uma) via impressa e 5 (cinco) vias digitais, no formato PDF, e em suporte CD, identificado com o nome do projeto e proponentes. Os projetos poderão apresentar formatação livre no intuito de possibilitar a apresentação de criação gráfica correspondente à proposta do projeto. Porém, independentemente da formatação, os seguintes itens devem ser contemplados por todos os projetos:
1. Capa com identificação do projeto contendo:

Nome do curso com referência ao Pitching do Curso Bacharelado em Audiovisual Turma - 3MA 01/2009; título da obra, nome dos proponentes; local e data.


2. Storyline – até 10 linhas

Deve se deter ao universo da história / experiência narrativa, sem abordar itens da estrutura física do projeto.


3. Objetivo (o quê) e Justificativa (por quê) da realização do projeto - até 02 laudas.
4. Sinopse – até 02 laudas

Deve descrever com maior detalhamento as relações interativas do usuário com o universo da história e o seu desenvolvimento, do início ao fim (?) da experiência.


5. Roteiro interativo – descrição das cenas e seqüências a serem produzidas, numeradas de acordo com o fluxograma de navegação. Devem conter todos os elementos de imagem e som (diálogos, trilha sonora, elementos de cenário, etc). Pode ser usada a formatação clássica para roteiros cinematográficos (Courier New, 12)
6. Fluxograma e estrutura de navegação – indicação dos caminhos possíveis a serem percorridos pelo(s) usuário(s).
7. Proposta de Direção – até 02 laudas.

Apresentar uma proposta inicial da concepção visual e sonora da história e da interface a ser desenvolvida (fotografia, sound design e direção de arte); qual o conceito da “experiência” a ser vivenciada pelo usuário (nível da imersão a partir dos elementos interativos e/ou da interface, desafios ou puzzles, desenvolvimento do “plot” a partir da interatividade, etc.)


8. Analise Técnica completa, contendo as seguintes informações:
a) Estimativa do nº de diárias de pré-produção que envolvam equipamentos ou o estúdio do Senac, por exemplo, teste de elenco, eventuais testes de luz, de câmera, de efeitos, de maquiagem. Estimar o nº de fitas de captação p/ a pré-produção.

b) Estimativa do nº de diárias de ensaio com o elenco selecionado.


c) Estimativa do nº total de diárias de gravação, bem como do uso de fitas para captação.
d) Relacionar e descrever as locações. Incluir a estimativa do nº de diárias de gravação em cada locação.
e) Relacionar e descrever os cenários que serão montados no estúdio. Estimativa do nº de diárias de montagem e de desmontagem dos cenários, bem como do nº de diárias de gravação.
f) Relacionar e descrever quaisquer outros elementos relevantes para a montagem do projeto, tais como elementos de hardware específicos (fones, monitores, projetores, periféricos, caixas de som), etc.
g) Estimativa de horas de tratamento e edição de imagem
h) Estimativa de horas de edição de som
i) Estimativa de horas de programação.
9. Cronograma de Produção, indicando o desenvolvimento do projeto a partir da 1ª. Semana, separando as etapas em pré-produção, produção e pós-produção.
10. Indicação de quais dos integrantes do grupo fará a direção e/ou a produção do exercício. Direção e produção não podem ser desempenhadas pela mesma pessoa.
Da banca examinadora

A banca será composta pelos cinco professores do semestre de Multimídia, de acordo com as àreas: direção, roteiro, produção, edição e arte.


Dos critérios de seleção

Serão selecionados de 04 a 08 projetos para a realização, observando os seguintes critérios de análise (em ordem decrescente de importância):



  1. Roteiro consistente e formatado de acordo com as especificações apresentadas em aula

  2. Projeto que possibilite o desenvolvimento critico e criativo; coloque em prática o conhecimento, pesquisa e discussão do uso de linguagem e possa trazer um aprimoramento técnico e criativo em todas as funções envolvidas na execução do exercício, em todas as suas etapas.

  3. Argumentações em torno da visão do diretor, roteiro e justificativas (contidas no texto de apresentação)

  4. Coerência entre roteiro e plano de viabilização

  5. Viabilidade de realização.

A relação dos escolhidos será disponibilizada no Blog Roteiro de Multimídia (http://roteirodemultimidia.wordpress.com) até o dia 24 de junho (sexta-feira). O processo de organização dos grupos que realizarão cada um dos trabalhos será orientado no início do semestre. Só poderão participar do Pitching os roteiros aprovados na disciplina Roteiro de Multimídia. Os roteiros aprovados na disciplina poderão ainda passar por ajustes e reformulações indicadas no processo de avaliação, mas não poderão configurar nova proposta.



Edital Pitching 3º. Semestre

Junho / 2009


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal