Plano de ensino escola



Baixar 75.62 Kb.
Encontro04.08.2016
Tamanho75.62 Kb.


Rua Rio Tinto, 152, Santa Mônica,

Feira de Santana - BA. CEP 44050-250

www.unifacs.br






PLANO DE ENSINO



Escola

ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (EETI)

Curso(s)

ENGENHARIA CIVIL /ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Disciplina

PSICOLOGIA E COMPORTAMENTO

Código

SFG011

CH

Total

45

CH Teórica




CH Prática




CH

Trabalho Efetivo Discente

8

Bloco de Conhecimento

Formação Geral



1. EMENTA

A constituição do espaço psicológico. O ser humano a partir do ciclo de vida. A construção do conceito de ser humano na psicologia. Aspectos constituintes da subjetividade na vida contemporânea. Emoção e motivação no mundo do trabalho.


2. JUSTIFICATIVA

Formação de conteúdo específico que caracteriza a modalidade Humanidades, Ciências Sociais e Cidadania.
3. CONTEÚDOS

A Psicologia e o comportamento humano

Teorias psicológicas

A construção social do homem: subjetividade e identidades

O Ser Humano: Construindo Relacionamentos

A dinâmica das relações nos grupos e equipes de trabalho

Emoções, sentimentos e afetos: repercussões no cotidiano do trabalho

A motivação no trabalho



4. OBJETIVOS

Geral

Analisar as interações e a subjetividade humana, reconhecendo os aspectos relevantes das emoções para suas relações sociais.



Específicos

1-Conhecer as contribuições da Psicologia para os estudos sobre o comportamento, identificando as teorias psicológicas que desenvolvem estudos sobre o ser humano.

2-Discutir os aspectos da construção da subjetividade, situando as diversas influências nas relações sociais.

3- Analisar a construção dos relacionamentos, diferenciando os principais elementos que interferem nessas relações na contemporaneidade.



4-Analisar conceitos básicos referentes às emoções, afetos e motivações no cotidiano do trabalho, reconhecendo sua importância nos diversos contextos sociais.


5. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES (DCN – Resolução CNE/CES 11, de 11 de março de 2002).

Descrição

Objetivos Específicos

IX - atuar em equipes multidisciplinares;

1,2,3,4

X - compreender e aplicar a ética e responsabilidade profissionais;

1,2,3,4

XIII - assumir a postura de permanente busca de atualização profissional.

1,2,3,4




6. CONTEÚDOS (DCN – Resolução CNE/CES 11, de 11 de março de 2002).

Descrição

Objetivos Específicos

Humanidades, Ciências Sociais e Cidadania.

1,2,3,4




7. DISPOSITIVOS LEGAIS

Descrição

Resolução CNE/CES 11, de 11 de março de 2002. Diretrizes Curriculares Nacionais – DCNs.

Resolução CONFEA 1.010, de 22 de Agosto de 2005. Regulamentação da atribuição de títulos profissionais, atividades, competências e caracterização do âmbito de atuação dos profissionais inseridos no Sistema Confea/Crea, para efeito de fiscalização do exercício profissional.

Parecer CNE/CES 261, de 9 de novembro de 2006. Procedimentos a serem adotados quanto ao conceito de hora-aula.

Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e africana e indígena, conforme o disposto na Lei n° 11.645 de 10/03/2008, na Resolução CNE/CP n° 01, de 17 de junho de 2004 e na Lei n° 10.639, de 09 de janeiro de 2003.

Políticas de educação ambiental, conforme o disposto na Lei n° 9.795, de 27 de abril de 1999 e no Decreto n° 4.281, de junho de 2002.

Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos, conforme o disposto no Parecer CNE/CP nº 8/2012.

Disciplina de Libras (Dec. N° 5.626/2005)




8. CRONOGRAMA DE AULAS

Título

Descrição

  1. A psicologia como ciência e profissão na contemporaneidade;

Aula expositiva e vivencial;

02. Breve história da Psicologia como ciência

Aula expositiva e vivencial;

03. Objeto de estudo da psicologia

Aula expositiva e vivencial;

04. Ciência e senso comum

Aula expositiva e vivencial;

05. A concepção de ser humano para a psicologia;

Aula expositiva e vivencial;

06. - Aspectos subjetivos na contemporaneidade;

Aula expositiva e vivencial;

07. Ciclo de vida: infância, adolescência, fase adulta e melhor idade.

Aula expositiva e vivencial;

08. As mudanças no Ciclo de Vida e Rede Social Pessoal (todos os indivíduos com quem interage uma determinada pessoa)

Aula expositiva e vivencial;

09. A escolha da profissão, o trabalho

Aula expositiva e vivencial;

10. A construção social do homem: subjetividade e identidade;

Aula expositiva e vivencial;

11. Relações humanas: intrapessoal e interpessoal;

Aula expositiva e vivencial;

12. Grupos e equipes de trabalho;

Aula expositiva e vivencial;

13. Comunicação Interpessoal;

Aula expositiva e vivencial;

14. Conflitos e Resolução de Conflitos.

Aula expositiva e vivencial;

15. Conhecimento e Poder

Aula expositiva e vivencial;

16. Prazer

Aula expositiva e vivencial;

17. Emoção e Gênero;

Aula expositiva e vivencial;

18. Comunicação

Aula expositiva e vivencial;

19. Relações pessoais e familiares;

Aula expositiva e vivencial;

20. Implicações práticas

Aula expositiva e vivencial;

Observação: A ordem das atividades pode sofrer alteração no decorrer do semestre.


9. ESTRATÉGIAS DE ENSINO

AULAS TEÓRICAS

Leitura prévia dos textos indicados para cada aula e discussões em grupo. Aulas expositivas do professor, de forma interativa.

Apresentação de vídeos para estudo de caso. Discussão de pesquisas pré-existentes sobre os conteúdos propostos pela disciplina, a partir da leitura de artigos;
10. MATERIAIS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS

Quadro branco e canetas apropriadas

Projetor multimídia

Computador conectado à internet e softwares especializados
11. AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM

A avaliação da disciplina se desenvolverá de forma contínua e processual. O aproveitamento individual e a capacidade de interação serão considerados para avaliar o seu aproveitamento em todas as etapas da disciplina. A nota será construída a partir de:
Avaliação individual

Estudos Dirigidos

Relatório

Estudos de Caso (caracterização, identificação de variáveis, apropriação teórica)

Desenvolvimento de Projetos

Atividades em Biblioteca (pesquisa e elaboração de resultado)

Pesquisas e Atividades de Campo

Oficinas

Preparação de Seminários

Lista de Exercícios

Leitura de texto


12. TRABALHO EFETIVO DISCENTE

Atividade Integradora

Carga Horária

Estudos Dirigidos

1 a 3 horas

Visitas Técnicas

4 horas

Relatório

2 a 4 horas

Estudos de Caso (caracterização, identificação de variáveis, apropriação teórica)

6 horas

Desenvolvimento de Projetos

4 a 10 horas

Atividades em Laboratório

2 a 4 horas

Atividades em Biblioteca (pesquisa e elaboração de resultado)

2 a 4 horas

Pesquisas e Atividades de Campo

4 a 10 horas

Oficinas

4 a 8 horas

Preparação de Seminários

4 a 8 horas

Lista de Exercícios

1 a 3 horas

Leitura de texto

1 a 2 horas

Observação: A distribuição das horas de trabalho efetivo discente será informada pelo professor.


13. REFERÊNCIAS
Básicas

  • BOCK, Ana Mercês; FURTADO, Maria de Lourdes e TEIXEIRA, Odair. Psicologias: uma introdução ao estudo da psicologia. São Paulo: Saraiva, 2008.

  • DAVIDOFF, Linda. Introdução à Psicologia. São Paulo: Makron Books, 2005.

  • ZANELLI, José Carlos; BORGES, Jairo Eduardo: BASTOS, Antônio Virgílio Bitttencourt. Psicologia, organizações e trabalho no Brasil. Porto Alegre: Artmed, 2004.


Complementares

  • FIGUEIREDO, Luis Cláudio Mendonça; SANTI, Pedro Luiz. Psicologia, uma (nova) introdução; uma visão histórica da psicologia como ciência. São Paulo: EDUC, 2006.

  • MORRIS, Charles G. e MAISTO, Albert A. Introdução à Psicologia. 6 ed. São Paulo: Pearson, 2006

  • ROBBINS, S. P. Comportamento organizacional. São Paulo: Pearson, 2005.
















Página de






Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal