Pombos conseguem conceitualizar!



Baixar 10.13 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho10.13 Kb.
A História de Cher Ami
Durante a Primeira Guerra Mundial, um pombo chamado, Cher Ami, que significa "Querido Amigo", em Francês, salvou vidas de muitos membros da 77ª Divisão do Exército Norte-Americano, que ficou conhecido como o "Batalhão Perdido" .
Durante uma batalha na França, o batalhão foi separado do resto das tropas aliadas. Os soldados se viram cercados por inimigos e, subitamente, passaram a ser alvo de sua própria artilharia, que não sabia que eles estavam lá! soldados, então, tentaram mandar uma mensagem para seus companheiros através de um pombo. A mensagem dizia: "Muitos feridos. Nós não podemos sair daqui." Mas o pombo carregando a mensagem foi morto. Então eles mandaram um segundo pássaro com uma mensagem que dizia: "Homens estão sofrendo. Poderiam mandar ajuda?" Esse segundo pombo também foi morto...
Havia apenas mais um pombo —Cher Ami— a última esperança do batalhão. A mensagem final era: "Nossa artilharia está formando uma barragem contra seus próprios soldados. Por Deus, parem!" Homens assistiram ansiosos quando Cher Ami foi solto. Eles o viram voar e ser atingido por um tiro. Miraculosamente, em um instante esse pombo estava voando novamente. As esperanças voltaram. Mas voando contra fogo inimigo, Cher Ami teve uma pata arrancada. Uma bala alcançou seu peito e ainda assim, o pássaro continuou voando em direção à sua missão. Apesar de severamente ferido, Cher Amy finalmente chegou até as tropas americanas com a mensagem salvadora de vidas. O ataque cessou e muitas vidas foram salvas.
No final da guerra, Cher Ami e mais 40 pombos foram mandados de volta para os Estados Unidos e honrados pelo bravo serviço prestado. Os animais receberam cuidados até seus últimos dias de vida. O corpo de Cher Ami foi preservado e pode ser visto em Washington, D.C., na Instituição Smithsonian.
POMBOS CONSEGUEM CONCEITUALIZAR!
Psicólogos de Harvard (Herrnstein and Loveland, 1964), afirmam que pombos de laboratório podem usar conceitos que até então, eram considerados unicamente um privilégio de humanos.
Empregando técnicas Skinnerianas para avaliar a habilidade dos pombos de discriminar entre diferentes slides projetados numa tela, os pesquisadores descobriram que pombos conseguem distingüir os humanos por sexo, raça, cultura, cor, idade cronológica e tamanho. Os pombos também identificam pessoas pela parte traseira da cabeça, mãos, pés e outras partes da anatomia humana . Também são capazes de reconhecer pessoas disfarçadas, nuas, usando roupas diferentes e até mesmo reconhecem pessoas em grupos de fotografias, ainda que seja numa foto onde a pessoa apareça bem pequena. Mais surpreendente ainda, é o fato de pombos terem a capacidade de distingüir o que é feito por mãos humanas (como ruas e edifícios) de "objetos naturais" (como florestas e campos). Distingüem, também, elementos geométricos como por exemplo, um triângulo eqüilátero de outros tipos de triângulos.

O VALOR DOS POMBOS

Pombos são fascinantes de se observar. O cortejo que precede o acasalamento é muito interessante. São muito delicados e românticos com os parceiros. Trazem vida para as cidades. Em algumas paisagens urbanas, os pombos são a única forma de vida animal. Observá-los alivia o stress. Alimentá-los, é uma maneira de relaxarmos, reconhecida pela comunidade médica.


Pombos são boa companhia. Muitos aposentados gostam de passar parte de seu tempo ao lado dos pombos. Crianças também se apaixonam por esses pássaros tão amigáveis. Pombos são animais de companhia e qualquer pessoa que os mantenha como animais de estimação, pode confirmar o quanto são carinhosos e leais. Pombos limpam nossa sujeira, pois comem a comida que jogamos no lixo. Eles também comem sementes de ervas daninhas, uma de suas sementes favoritas. São um exemplo para nossa sociedade. Como o tradicional pombo branco simbolizando paz e amor, os pombos escolhem um único parceiro para passar o resto de suas vidas e cuidam deles e se seus filhotes com muita dedicação. Dividem a comida e vivem pacificamente uns com os outros. Pombos fazem ambientes. O que seria de lugares como Trafalgar Square, Veneza, Vaticano ou Paris, sem a presença dos pombos? Pombos também servem de alimento para outras espécies, como é o caso do Falcão Preregrino, que já não estaria entre nós se não fosse pelos pombos, pois está ameaçado de extinção.
Pombos são residentes benignos. Não competem com outros animais por comida ou abrigo e, ao contrário da crença popular, a transmissão de doenças de pombos para humanos é extremamente rara, sendo que em algumas áreas é inexistente. Pombos , segundo a Bíblia, são mensageiros do amor e da paz.
Veja, também, apresentação em Flash para conhecer fatos históricos, curiosidades e a classificação dos pombos:
http://www.apasfa.org/futuro/pombos.html


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal