Ponto de subida de exú a sua banda está lhe chamando…



Baixar 0.49 Mb.
Página1/3
Encontro27.07.2016
Tamanho0.49 Mb.
  1   2   3
PONTO DE SUBIDA DE EXÚ
A sua banda está lhe chamando…

Seu Zé Pilintra!!!!

Ele vai se arrepiar!

A sua banda está lhe chamando…

Ele vai se arrepiar!

Vai pra linha das almas…

Sua banda é de lá!

Vai pra linha das almas…

Sua banda é de lá!
A sua banda está lhe chamando…

Seu Tranca Ruas!!!

Ele vai se arrepiar!

A sua banda está lhe chamando…

Ele vai se arrepiar!

Vai pra linha das almas…

Sua banda é de lá!

Vai pra linha das almas…

Sua banda é de lá!
A sua banda está lhe chamando…

Seu Capa Preta!!!

Ele vai se arrepiar!

A sua banda está lhe chamando…

Ele vai se arrepiar!

Vai pra linha das almas…

Sua banda é de lá!

Vai pra linha das almas…

Sua banda é de lá!
A sua banda está lhe chamando…

Seu Mangueira!!!

Ele vai se arrepiar!

A sua banda está lhe chamando…

Ele vai se arrepiar!

Vai pra linha das almas…

Sua banda é de lá!

Vai pra linha das almas…

Sua banda é de lá!
(Por Francisco de Assis)
———-
Quem sai na chuva é porque quer se molhar

quem mexe com fogo, é porque quer se queimar(2X)

segura a canjira, a coruja piou eu vou mandar a mandinga

pra cim de quem me enviou(2x)

Quem nunca viu vai ver

caldeirão sem fundo ferver(2X)

Deu meia noite, cemitério treme

catatumba racha e o defunto geme(2X


(Por Denise)
———-
SEU ZÉ PILINTRA
As quatro… Da madrugada!!!…

Ela me acorda e eu não quero nada! (bis)

Mas qualquer dia quebro esse… Seu despertador!…

Mas… Trabalhar eu não vou! (bis)

Eu boto meu baralho no bolso, meu cachicol no pescoço e vou pra barão de Mauá! (bis)

Trabalhar trabalhar… Trabalhar pra quê?…

Se eu… Trabalhar eu vou morrer! (bis)
———-
PONTO DE EXÚ
Juraram de me matar!… Com um gole de veneno! (bis)

Se quiser matar me mata… Se me der eu bebo mesmo! (bis)


OUTRO PONTO DE EXÚ
EXÚ é homem branco e faceiro no andar! (bis)

Quem não paga exú… Exú dá e torna a tirar! (bis)


(Por Francisco de Assis)
———-
Olha a catira da umbanda… Espia espia quem vem lá!

Olha a catira da umbanda… Espia espia quem vem lá!

É o chefe, é o rei da quimbanda… Chefe do chefe é o maioral!

Todo povo está te saravando… Papai de umbanda mandou lhe chamar!

Todo povo está te saravando… Papai de umbanda mandou lhe chamar! (bis)
———-
PONTO DE CHEGADA DE EXÚ NO TERREIRO
Lá na porteira… Eu deixei meu sentinela!

Lá na porteira… Eu deixei meu sentinela!

Eu deixei seu Meia Noite, tomando conta da cancela!

Eu deixei seu Zé Pilintra, tomando conta da cancela!

Lá na porteira… Eu deixei meu sentinela!

Lá na porteira… Eu deixei meu sentinela!

Eu deixei seu Marabô, tomando conta da cancela!

Eu deixei seu Capa Preta, tomando conta da cancela!

Lá na porteira… Eu deixei meu sentinela!

Lá na porteira… Eu deixei meu sentinela!

Eu deixei o seu Veludo, tomando conta da cancela!

Eu deixei as Pombo Giras, tomando conta da cancela!


———
OUTRO PONTO DE CHEGADA DE EXÚ NO TERREIRO
Olha quem tá lá no portão! Olha lá…

Olha quem tá lá no portão!

Olha quem tá lá no portão! Olha lá…

Olha quem tá lá no portão!

Será o seu Mangueira?…

Será será?…

Será seu Marabô?…

Será será?…

Será seu Zé Pilintra?…

Será será?…

Será seu Sete Capas?…

Será será?…


———-
SEU ZÉ PILINTRA
Seu doutor seu doutor… Bravo senhor!

Zé Pilintra chegou… Bravo senhor!

Com os poderes de Deus… Bravo senhor!

Zé Pilintra sou eu… Bravo senhor! (bis)


Na rua da macacheira, 7 vendas se fechou…

Como vai massa contrária que Zé Pilintra mandou?


Seu doutor seu doutor… Bravo senhor!

Zé pilintra chegou… Bravo senhor!

Com os poderes de Deus… Bravo senhor!

Zé Pilintra sou eu… Bravo senhor! (bis)


Matei um cego dormindo e um aleijado sentado…

Quem mexer com zé Pilintra ou tá doido ou tá danado!


Seu doutor seu doutor… Bravo senhor!

Zé Pilintra chegou… Bravo senhor!

Com os poderes de Deus… Bravo senhor!

Zé Pilintra sou eu… Bravo senhor! (bis)


———-
PONTO PARA CHEGADA de EXÚ NO TERREIRO
Mas eu vou eu vou…

Eu vou mandar chamar meu povo! (bis)


Eu vou mandar chamar meu povo…

Lá nas 7 encruzilhadas!

Eu vou mandar chamar meu povo…

Sem exú não se faz nada! (bis)


———-
SEU ZÉ PILINTRA

Desci do morro só para lhe ver! (bis)

O morro onde eu nasci…

A malandragem, onde eu me criei!

Oh menininha de mazalaô…

Boa noite moça, como vai como passou!

Boa noite moça, como vai como passou!

Boa noite moça, como vai como passou!

Boa noite moça, como vai como passou!
———-
EXÚ SETE FACADAS

Oi nesse mundo, eu vi coisa de admirar…

Eu vi mudo falar, eu vi sete chegar…

Eu vim alaroyê… Nesse mundo trabalhar! (bis)


———-
EXÚ MARABÔ TOQUINHO

Exu marabô toquinho…

Toquinho da guiné!(bis)

Exu marabô toquinho…

Toquinho toquinho toquinho da guiné!(bis)
———-
EXÚ CAPA PRETA

Cavaleiro negro da encruzilhada! (bis)

Me traz esse exu da sua morada! (bis)
———-
POMBA GIRA

Ah! Eu botei fogo, eu botei fogo!

Fogo não me queimou!

Ela pisou na terra…

Terra balanceou! (bis)
———-
EXÚ MARABÔ TOQUINHO

Exu marabô toquinho…

Pedaço por pedacinho!

Na porteira do cemitério

Olha ele é marabô, marabô toquinho!

Olha ele é marabô, marabô toquinho! (bis)


———-
EXÚ MARABÔ TOQUINHO

Marabô já vem…

Toquinho da guiné! (bis)

Ele é marabô…

Ele é exu de fé! (bis)

O galo canta, ao romper da madrugada! (bis)

E quando ele vem, ele traz sua gargalhada! (bis)
———-
EXÚ MANGUEIRA
Exu mangueira nunca me esquece…

Reconheço ele, ele me conhece! (bis)

É meia noite ele está na encruzilhada…

Só basta ouvir… a sua gargalhada!(1vez)

A lua clareia a sua capa…

É a hora sagrada! (bis)

Exu mangueira nunca me esquece…

Reconheço ele, ele me conhece! (bis)

Me livra do mal, me livra do perigo…

Ele é exu amigo! (1vez)

Onde estou, ele está comigo…

Ele é exu amigo! (bis)


———-
EXÚ SETE FACADAS
Aonde anda o violeiro!

Oh ninguém sabe ninguém viu!(4x)


———-
EXÚ TATA CAVEIRA
Ele vem vindo… por de traz da bananeira! (bis)

Sarava rei omulú… exu tatá caveira! (bis)


———-
EXÚ SETE FACADAS

Naquela encruza morreu um homem…

Foi com sete facadas!

Naquela encruza matei um homem…

Foi com sete facadas! (bis)

Foi com sete facadas que aquele homem morreu! (4x)


(enviados por Francisco de Assis)
———
PONTO DE SAUDAÇÃO A EXÚ
É MOJIBÁ, SEU EXÚ REI É MOJIBÁ…

É MOJIBÁ SEU EXÚ REI É MOJIBÁ! (BIS)

SEU TRANCA RUAS NA QUIMBANDA É MOJIBÁ! (1 VEZ)

É MOJIBÁ SEU TRANCA RUAS É MOJIBÁ! (BIS)

7 TRUNQUEIRAS NA MAGIA É MOJIBÁ! (1VEZ)

É MOJIBÁ 7 TRUNQUEIRAS É MOJIBÁ! (BIS)

A POMBA GIRA NA DEFESA É MOJIBÁ! (1VEZ)

É MOJIBÁ A PMBA GIRA É MOJIBÁ! (BIS)

EXÚ VELUDO NO INFERNO É MOJIBÁ! (1VEZ)

É MOJIBÁ EXÚ VELUDO É MOJIBÁ! (BIS)

SEU VIRA MUNDO NA VIRADA É MOJIBÁ! (1VEZ)

É MOJIBÁ SEU VIRA MUNDO É MOJIBÁ! (BIS)

7 PORTEIRAS NO RETORNO É MOJIBÁ! (1VEZ)

É MOJIBÁ 7 PORTEIRAS É MOJIBÁ! (BIS)

GANGARUÇULA NA MACAIA É MOJIBÁ! (1VEZ)

É MOJIBÁ GANGARUÇULA É MOJIBÁ! (BIS)

SEU TIRIRÍ LÁ NO RETORNO É MOJIBÁ! (1VEZ)

É MOJIBÁ SEU TIRIRÍ É MOJIBÁ! (BIS)

É MOJIBÁ SEU MARABÔ É MOJIBÁ! (1VEZ)

É MOJIBÁ SEU MARABÔ É MOJIBÁ! (BIS)

EXÚ MANGUEIRA NA VIRADA É MOJIBÁ! (1VEZ)

É MOJIBÁ EXÚ MANGUEIRA É MOJIBÁ! (BIS)

SEU 7 ENCRUZA NA VIRADA É MOJIBÁ! (1VEZ)

É MOJIBÁ SEU 7 ENCRUZA É MOJIBÁ! (BIS)

SARAVÁ EXÚ! LAROIÊ EXÚ!!

**

EXÚ CAPA PRETA


É meia noite!É meia noite quando um galo já cantava!

O galo já cantou lá na aruanda!

Exú da Capa Preta é quem regava! (4 vezes)

**

PONTO DE DESCARREGO de EXÚ


Roubaram a galinha do meu alguidá…

Pena por pena vão ter que pagar! (repetido várias vezes durante o descarrego)


OUTRO PONTO DE DESCARREGO de EXÚ
Quebra cadeira rebenta sofá…

Quebra cadeira rebenta sofá…

Quebra cadeira rebenta sofá…

Maria Padilha no mesmo lugar! (repetido várias vezes durante o descarrego)


PONTO de VIBRAÇÃO PARA EXÚ
Ríqüáqüáqüáá!!!… Oi que linda risada que exú vai dar! (bis)

Oi que linda risada que exú vai dar…

Oi que linda risada é de qüáqüáqüáá!!! (bis)

**

EXÚ MANGUEIRA


Esse boi vermelho… Calunga!

Debaixo da mangueira… Calunga!

Vou arrancar o couro dele… Calunga!

Pra fazer pandeiro… Calunga! (bis)


EXÚ MEIA NOITE
Deu meia noite na terra e no mar!

Deu no mato na calunga e em todo lugar! (bis)

Seu Meia Noite não tem hora pra chegar…

Quando chega meia noite chega em qualquer lugar! (bis)

**

EXÚ TATA CAVEIRA


Soltaram o bode preto meia noite na calunga! (bis)
Ele correu os quatro cantos e foi parar lá na porteira…

Bebeu marafo com Tata Caveira! (bis)

**

EXÚ MORCEGO


O céu escureceu exú bateu asas na calunga! (bis)

Voôu… voôu… Exú Morcego já chegou! (bis)

**

EXÚ 7 da LIRA


Sou exú, trabalho no canto;

Quando canto desmancho quebranto.

7 cordas tem minha viola…

Vou pra gira de lenço e cartola.

Viola é tridente, cigarro é charuto e bebida é marafo!

Sou 7 da Lira, derrubo inimigo, porteiro de aço! (bis)


EXÚ 7 PONTEIRA/ 7 ENCRUZILHADAS
7 ponteiras 7 Encruzilhadas…

Exú é da banda cruzada! (bis)


(pontos enviados por Francisco de Assis Monteiro Silva)
———————————————————————————————————–
PONTO de SAUDAÇÃO a EXÚ
Exú cainana!… Quem te matou cainana?

Exú cainana!… Quem te matou cainana?


Na beira do rio…

CAINANA!!!

Alma já minou…

CAINANA!!!

(Nome do exú)

CAINANA!!!

Ele não bambeia!
———-
SEU MARABÔ
Seu Marabô!!!… Seu Marabô… Seu Marabô!!!

Seu Marabô!!!… Seu Marabô… Seu Marabô!!!


Ninguém deveria morrer…

Sem conhecer a razão…

Com a força de um palmo de terra…

Para jogar seu Marabô no chão! (BIS)


(Por Francisco Monteiro)
———-
na porta da calunga eu vi um moço bonito a sorrir (2*)

calunga naruê calunga ogum megê .


eu vi uma coruja piando e quáquáquá

não era ogum megê era (2*)

catatumba naruê .
(Ponto enviado por Luciano)
———-
Exu Gira Mundo
Deixa a gira girar ê eeeee

Deixa a gira girar ê aaaaa

Deixa a gira girar, que seu gira mundo acaba de chegar
Na gira, quando ele aparece,

Todo o mal reza uma prece

Para esse exu não trabalhar
E peço a DEUS que eu mereça

Que nada de ruim me aconteça

Para o mal não pegar
Eu ouço os ruídos e gemidos

Daqueles que seu gira mundo

Vai levando para outro lugar
E por isso peço a ele que me proteja

Onde quer que eu esteja

Para o mal não triunfar
E eu confio em sua ajuda verdadeira

Já que ele não é brincadeira

E nunca cansa de girar.
(ponto composto e enviado por Samir)
———
Eu vi homem sentado

Embaixo da Amendoeira


Era osso só

Era Exu Caveira


Meu galo no poleiro caiu

Meu portão de ferro quebrou

Estava perdido na vida

Veio o Caveira e me ajudou


(Ponto enviado por Fernando Jorge)
———-
EXÚ MARABÔ TOQUINHO

Ele é marabô toquinho

dono do canto da rua

ele quando pega demanda

é sempre ogum que manda

pedaço por pedacinho (bis).


———-
SEU TRANCA RUAS

Meio dia o brilho do sol

meia noite o brilho da lua

quem estiver do lado de fora

vai encontrar seu tranca ruas.
———-
PINGA FOGO

Pinga fogo lá na encruza

pinga fogo lá na serra

abre a porta gente

pinga fogo tá na terra.

Eu ví exú pinga fogo

no alto do chapadão

comendo jaca madura

e jogando as verdes no chão.
———-
ZÉ PILINTRA

”Deu uma blítz no morro, a polícia vem aí (bis)

Malandro que é malandro, se escondeu lá na figueira! (bis)
(Ponto enviado por Francisco de Assis)
———-
EXU 7 PORTEIRAS
“Deu meia noite

a lua se escondeu

la na encruzilhada

dando a sua grgalhada

Seu porteira apareceu

La na encruzilhada

dando a sua gargalhada seu porteira apareceu

é laroiê é laroiê é laroiê

é mojuba é mojuba é mojuba

ele é o dara que tem fé

esse exu é só pedir que ele dá“
———-
Chega como eu cheguei pisa como eu pisei

Ze Pilintra eh Malandro, na umbanda ele e rei. ( bis )


———-
Tranca Ruas

Boa Noite gente, como vai como passou

Boa Noite gente, como vai como passou,

Tranca Rua e pekenininho mas eh bom trabalhador

Tranca Rua eh pekenininho mas eh bom trabalhador
———-
Exu Gira Mundo
Seu Gira o mundo, Gira o Mundo sem parar

Seu Gira o mundo, Gira o mundo sem parar



Gira Mundo esta na Terra veio aki pra trabalhar
Gira mundo esta na Terra veio aki pra trabalhar
(Pontos enviados por Roberto)
———-
Ê Caveira, firma seu ponto, na folha da bananeira ( 2x )
Quando o galo canta é madrugada
O Exu na encruzilhada batizado com dendê
E rezo uma oração, que trás para frente
Acende o fogo a chama ardente aquece Exu, O laroiê
Eu ouço a gargalhada de Tranca Ruas,
O Caveira enviado nos quatro cantos da rua,
É ele quem comanda o cemitério
Catacumba tem mistério
Seu feitiço tem aché,
Ê Caveira … (refrão)
———-
E na calunga quando ele aparece,
Credo em cruz,eu rezo prece, para Exu dono da rua,
E tenho na força desse momento, e afirmo meu pensamento nos quatro cantos da rua,
E peço a ele, que me proteja onde quer que eu esteja nessa longa caminhada,
Mas eu confio em sua ajuda verdadeira,ele é Exu Caveira senhor das Encruzilhadas,
Ê Caveira… (refrão)
ponto enviado por Marquinhozulu)
———-
Eu me chamo EXU CALUNGA
venho lá do fogaréu
não conheço JESUS CRISTO
e nem pretendo ir ao céu(2 x)
Estava na taquara cega
taquara balançiou
as almas se levantaram
EXU-CALUNGA AQUI CHEGOU
(ponto enviado por Dalso)
———-
VC SABE QUEM SOU EU
VC SABE QUEM SOU EU
EU GIRO AO MEIO DIA
EU GIRO A MEIA NOITE
EU GIRO A QUALQUER HORA
MAIS VC SABE QUEM SOU EU
VC SABE QUEM SOU EU
EU SOU EXU MULHER EU SOU A MARIA PADILHA
MULHER DAS ALMAS DE LUCIFER
EU SAIO Na noite escura
oseu feitiço ta na ponta do meu
garfo da de baixo do meu pé
me chamam de leviana e até mesmo mulher de cabaré mais a ligua desse povo não tem osso dexa esse povo falar
(Ponto enviado por Maria D’Oxum)
———-
Segue sua sina Zé……(bis)
venha ajudar a quem precisa
seu Zé Pilintra sua fama é infinita
a sua estrela brilha noite brilha dia
o amigo Zé pilimtra brilha noite brilha dia
o cumpadre Zé pilintra brilha noite brilha dia
o malandro Zé pilintra brilha noite brilha dia
———
Exú exú exú assanharam seu fromigueiro….(bis)
olha que linda cortada do exu joão navalheiro.
(Pontos enviados por Marcos de Oxoguiãn)
———-
Eu vou chamar João Caveira, que a quanto tempo Eu não via… (2X)
O seu bode preto berrou, no meio da cova fria… (2x)
Caveira, caveira; Quem te chamou aqui… (2X)
Eshú tem chifre, Eshú tem rábo; Olha que Eshú é Diabo … (2X)
(Pontos enviados por Ricardo Ty Omulu)
———-
Valei-me SRA. Aparecida
porque tu és a grande padroeira
valei-me SRA. do Amparo
a estrela guia e meu povo da bahia
valei-me SR. do bom fim
e os baianos deste padroeiro
velei-me Orixá formozo
que gira-gira neste terreiro
quem vem na frente é seu Zé Pilintra
com seu chapéu de lado seu lenço encarnado
e vem salvar filhos de nazareno
pra dá mais força neste terreiro
———-
Oh José, Oh José
Zé Pilintra é de candomblé
ninguém mexa com José
ninguém sabe o que ele é
ME chamo José dos Anjos
negro do pé espalhado
que meche com Zé Pilintra
ou tá doido ou tá danado
jogo na linha do trem que é pra dá bom resultado
Seu Doutor, Seu Doutor
Bravo SR.
Zé Pilintra chego
Bravo SR.
Com poderes de Deus
Bravo SR.
Zé Pilintra sou eu
Bravo SR.
(Pontos enviados por Jorge)
———-
Galo cantou meia noite na porteira
Foi Lucifer quem respondeu
Brinca com tudo mais não brinca com meu povo
Oi que meu povo não é brideira não.
Galo cantou meia noite na porteira
Foi Lucifer quem respondeu
Brinca com tudo mais não brinca com meu povo
Oi que meu povo não é brideira não.
Tranca rua kerekeue
Tranca rua kerekeua
Tranca rua kerekeue
Tranca rua kerekeua.
(Ponto enviado por Tiago)
———-
Se vc não queria,
Se vc nao queria,
Pra que me convidou?
Pra que me convidou?
Zé Pilintra na Jurema
Tem fama de rezador.
(Ponto enviado por Marcio)
———-
EXU PHANTERA NEGRA
Eu entrei na mata a mata estremeceu,
Exu Phantera negra é o exu de nazaré
Exu das matas, segura as matas
seu treme terra exu vem trabalhar..
Eu procurei exu das matas
na mata eu encontrei,
encontrei Phantera Negra e com ele eu saravei….
———
SAUDAÇÃO A EXU
Leba caio exu de ganga……
e mogiba exu
leba caio, exu (nome do exu) ele é o exu……
———-
EXU DO LODO
Ja se houve os tambores no terreiro do exu
os tambores tão chamando exu pra trabalhar
Mas é………… da lomba
ele é da lomba ele é o exu,
ele é o exu do lodo que chegou pra trabalhar
(Pontos enviados por Marcio)
———-
Ogummm… Exu pede licença p/ seu povo ele arriar…..ogummmm
Ogummm… Exu pede licença p/ seu povo ele arriar…..;
Mas ele é
Um exu q é guerreiro
evem trazer forças p/ esse terreiro…
Mas ele é
um exu q é guerreiro
e vem trazer forças p/ esse terreiro
(Ponto enviado por Maicon)
———-
O Calunga Moreira
O calunga Moreira
O calunga Moreira
Tiriri ta na porteira
Se eu pedir
Calunga me dá
———-
Seu Marabó é pequenininho
Mas pra mim ele é grande demais
Todo pedido que faço, Marabô
Ele me satisfaz
———-
Eh puerê
Eh puera
Olha a mosca varejeira
Salve Exu Caveira
———-
Ponto de Subida de Seu Zé Pelintra
Agora pro seu morro vai subir
Meu Deus, ele vai embora
Conversa de malandro não tem fim
Boa noite, meu senhor.
Boa noite, minha senhora.
———-
Ponto de Subida dos Exús e Pombo Giras
É hora, é hora,
É hora da viagem (bis)
Se é pra ir, mas eu vou.
Se quer ir mais eu, vambora. (bis)
———-
Exú Ventania
Venta Seu Ventania
Venta Seu Ventania (bis)
Seu Ventania ventou
Iansã quem mandou (bis)
(Pontos enviados por Mãe Ana D’Ogum)
———-
Estava sentado numa mesa da jurema
Afirmei meu ponto e balancei o maracá (bis)
Mas eu saudei foi a jurema preta
Seu José pelintra dê um tombo e venha cá (bis)
(Ponto enviado por Mãe Ana D’Ogum)
———-
Puntos cantados de exú calunga
Rodeia, rodeia,
Rodeia, meu santo antonio rodeia bis
Meu santo antonio pequenino,
Amansador de burro brabo
Que mexe com seu calunga
Tá maxendo com o diabo,
Rodeia, rodeia exú rodeia.
———-
Eu tó te chamando, ó calunga
Pra vocé trabalhar
Quando eu té vejo, ó calunga
Vejo tambem a sereia do mar (bis).
———-
Exú é de querer, querer
Na hora grande é que eu quero ver (bis)
Exú é do romper da aurora
Exú calunga é quem manda agora
A e exú.
———-
Pombinha voou por cima de uma tumba (bis)
Deu sinal para eu chamar, meu protetor o exú calunga (bis)
———-
Como faca de 2 gumes não convém você brincar (bis)
Ele é o exu calunga, vamos todos respeitar (bis)
———-
Quando vou ao cemitério,
Peço licença para eu entrar,
Bato com o pé esquerdo
Para depois eu saravá !
Eu saravo omulu
E seu calunga também
Assim faço obrigação
Para os filhos do além !
———-
Cemitério pegou fogo
Defunto deu na carreira
Eu to chamando seu calunga
Ele não é brincadeira.
Calunga, calunga, calunga
Vem aqui para trabalhar
Calunga, calunga, calunga
Vem esse povo ajudar
Quebrando todas as demandas e levando para o seu lugar (bis)
———-
Salve o morro do calvário
Salve o povo inteiro
Salve o exu calunga
Que vem nesse terreiro
———-
Ô meu senhor das almas
Não seja tão severo
Ele é o exu calunga
O rei do cemitério
———-
Quero ver correr
Quero ver balancear
Chegou exu calunga
Aqui para trabalhar
———-
Ôooo não bote meu nome, numa macmba pesada (bis)
Eu sou filho do seu calunga e em mim não pega nada (bis)
Mas se você botou
Você mesmo vai tirar
É ordem do seu calunga
E você tem que respeitar
Se não as coisas viram e nada fica no lugar.(bis)
———-
Moço, vou lhe apresentar, vou lhe apresentar
Um espírito de luz para lhe ajudar, para lhe ajudar
Ele é o exu calunga, ele é filho de omulu
Quem quiser falar com ele
Alubandê exu, alubandê, alubandê exu.
———-
O vento soprou, lá no cemitério (bis)
Revelando a luz da lua e o brilho do seu luar (bis)
É nesse momento de firmeza,
Que vou pedir ao seu calunga para vim me ajudar. (bis)
———-
Calunga, calunga
Calunga aruê
Meu povo é da quimbanda
Agora que eu quero ver.
(Pontos enviados por Samir)
———-
Zé Pilintra
O Luar, o luar, o Luar
Mas ele é dono da Rua
O luar
Quem cometeu as suas falhas o luar
Peça perdão a tranca ruas
O luar
E pelo sangue derramado
O luar…
O derramado pelo chão
O luar
Quem cometeu as suas falhas, o Luar
A Tranca Ruas peça perdão
O luar
———-
Mas como é triste a gente amar alguém
E esse alguém não amar ninguém
Mas como é triste a gente amar alguém
E esse alguém não amar ninguém
Eu adoro o sol
Eu adoro a Lua
Na encruzilhada
Eu respeito Tranca Ruas
(enviados por Daniela)
———-
Ponto de defesa do Seu Rei das Sete Encruzilhadas
Aroiê Exu
Salve o Rei das Sete Encruzilhadas
Quem nunca viu vem ver
Caldeirão sem fundo ferver ( bis )
———-
Ponto de descarga de terreiro do Seu Rei das 7
Encruzilhadas
Seu Rei das 7
Encruzilhadas
Sua porteira vem salvar
(Pontos enviados por George Rosa de Souza)
———-
Zé Pelintra
ai seu Zé. eu naõ posso viver assim
chega mais pra cá. pra junto de mim (2x)
eu te dei carinho. eu te dei amor
quando eu precisava oh Zé você me deixou
  1   2   3


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal