Pontos de Pauta



Baixar 43.1 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho43.1 Kb.

FEDERAÇÃO DO MOVIMENTO ESTUDANTIL DE HISTÓRIA

CONSELHO NACIONAL DAS ENTIDADES DE HISTÓRIA

Realizado entre os dias 13 e 14 de dezembro de 2008, na Universidade Federal do Espírito Santo.

Escolas presentes: UFES, UFSJ, UFPR, UECE, USP, UFPA (COENEH) e UFRJ.
Pontos de Pauta:
1. Informes,

2. Avaliação do ENADE,

3. ENEH 2009,

4. Organização interna da FEMEH


1. Informes:
A UFPR deu informe sobre o COREHI-Sul que aconteceu na USFC nos dias 6 e 7 de dezembro. As escolas presentes neste COREHI. Foram discutidos o EREH –Sul e a reorganização desta regional. A secretaria da FEMEH-Sul mudou, já que a nova gestão da UEL não quis assumir.

Além disto, a UFPR ficou responsável em fazer camisas com temas da Ditadura Militar para arrecadar fundos para esta regional.


A USP deu informe do Congresso de Estudantes de História da USP, no qual se tirou uma resolução que o CAHIS deve tocar as políticas da FEMEH. Ainda, deu informe do projeto de licenciatura à distância que foi aprovado na USP e na UNESP
A UECE informou que ainda não foi puxado o COREHI-NE para se discutir o EREH-NE e que as regionais norte e nordeste estão com dificuldades de organização. A UFCE que assumiu a coordenação regional está atualmente sem gestão.
Na UFSJ a FEMEH participou da ocupação de reitoria da UFSJ e acompanhou a greve dos estudantes de medicina no campos de Divinópolis e foi convidada a participar no EIV de MG.

A UFSJ apresentou a prestação de contas do ENEH.


Na UFPA em abril terá um novo processo eleitoral para o CAHIS/UFPA. Este CAHIS realizou o encontro estadual de estudantes de história do Pará. Se colocou também as dificuldades de comunicação entre a COENEH e a FEMEH.
Na UFES a FEMEH realizou o II Seminário Pela Abertura dos Arquivos da Ditadura. Houve também a VI Semana de História que teve uma mesa que discutiu a questão da abertura dos arquivos da ditadura.

A Secretaria de Direitos Humanos da prefeitura de Vitória procurou a FEMEH para realizar atividade em conjunto sobre a questão dos direitos humanos e ditadura militar no Brasil. A Federação conseguiu pautar esta atividade junto com a ANPUH.

O último FENEX foi realizado em Vitória-ES e a FEMEH pautou que no próximo FENEX se tenha um espaço de formação sobre abertura dos arquivos da ditadura.

A FEMEH está participando da construção do EIV no ES.


2. Avaliação do Boicote ao ENADE
As escolas presentes em ampla maioria fizeram uma avaliação positiva do Boicote e se tirou de divulgar as notas do ENADE dos cursos de história de forma a se continuar o debate mesmo nos anos em que não se faz a prova do ENADE.
3. ENEH

Aberto o ponto para discussão e construção do ENEH – 2009 em Belém do Para, as escolas presentes fizeram uma discussão sobre o caráter dos últimos encontros e chegaram ao consenso de que se faz necessário criar uma proposta de encontro que seja capaz de envolver uma maior parte de estudantes na construção do MEH, por conseguinte da FEMEH.

Neste sentido, deliberou-se:

-Que na programação do encontro tenha um tempo livre para o reconhecimento geográfico e histórico do Pará (visitas coordenadas);

-Que se tenha controle de presença nos espaços de debates, afim de que somente quem participar de 75% da programação do encontro tenha certificado.

-Que a COENEH forneça dois certificados: um de participação de mini-curso e outro do encontro (palestras, mesas, GD’s e plenárias);

-Que se as delegações presentes no ENEH tirem um responsável para participar como membro da organização nos dias do encontro.
PROGRAMAÇÃO:




DOM

SEG

TER

QUA

QUI

SEX

SAB

Café

7h-8:30h


Credenciamento

(domingo e segunda o dia inteiro)



Café da Manhã


Conferência de Abertura

Mini-Curso

Mini-Curso

ATO PÚBLICO

Comunicações Livres

PLENÁRIA FINAL

9h-12h

12h-14h

Almoço

14h-18h

Credenciamento

Comunicações coordenadas e GD’s

Comunicações coordenadas e GD’s

OFICINAS

Visitas orientadas (monitoradas)

Comunicações coordenadas e GD’s

PLENÁRIA FINAL

Jantar

(18h-19:30h)



Jantar

(no primeiro dia vai até às 19h)



20h-22h

Plenária Inicial

COREHI

Palestras

CONEHI

Mesa Redonda

Conferência Final





CONFERÊNCIAS:
Compreendendo a importância de se aprofundar sobre o eixo central do encontro, a COENEH ficará responsável de garantir estes espaços.
Conferência de Abertura, Seg – 9h-12h:

Tema: “Descobrindo o nosso Norte”.

- Historicizar a ocupação territorial do Norte.

Conferêncistas: COENEH é responsável.



Conferência final: Sex, 20h-22h

Tema: Historiografia Amazônica

(COENEH)
PALESTRAS:
Dando prosseguimento a proposta de se aprofundar o tema “Descobrindo o nosso Norte” serão ministradas três palestras, simultaneamente, abordando os seguintes temas:


  • Abordagem cultural da região.

  • Resistência dos povos da Amazônia.

  • A ser delimitado pela COENEH.

A COENEH é responsável pelas ementas e pelos palestrantes.


MESAS REDONDAS
Afim de subsidiar discussões que permearam outros espaços do encontro e que são de grande importância para a formação do historiador, as mesas redondas abordarão os seguintes temas:
Regulamentação da Profissão do Historiador

Renato Motta (UFRJ e UFES)

Movimento Contra a Regulamentação (UFPR)
Currículo e Ensino de História:

Debatedor sobre este tema nos ensinos fundamental e médio (COENEH)

Debatedor sobre este tema no ensino superior (COENEH)
COMUNICAÇÕES COORDENADAS:
As comunicações coordenadas têm o papel de fornecer elementos que contribuam de forma qualitativa para os grupos de discussão que serão realizados em seguida.
Seg:

Conjuntura:

Atenar Groslopes (CONLUTAS - COENEH)

Representante da Via Campesina (COENEH e UECE)

Representante da ADUFPA


Abertura dos Arquivos:

Valter Pires (UFES)

Grupo Tortura Nunca Mais (UFSJ)

Representante do Judiciário (USP)



Ter:

FEMEH:

Histórico da FEMEH – Renato Motta (UECE)

Estatuto - GT de Estatuto criado neste CONEHI
Conflitos Socio-Ambientais da Amazônia

Representantes dos seguintes movimentos:

Quilombolas

Indígenas

Campo

Urbanos
Responsável: COENEH


Gênero e Sexualidade

GT de Mulheres da CONLUTAS (COENEH)

Grupo Orquídea (COENEH)

Pasta de LGBT do DCE/UFPA


Qua:

Universidades Pagas:

Indicativo da PUC-SP (UFRJ entra em contato com a PUC-SP)


Sex:

Etnia:

Questão das Etnias e políticas afirmativas

Representante do CEDEN-PA (COENEH)

Representante de Grupo Indígena (COENEH)

Representante do MNS (UFPR)
ME e Universidade:

Movimento Docente – ANDES (COENEH)

Papel do Movimento Estudantil– (Indicação da FEAB nacional – responsável UECE e COENEH )

Universidade Popular (UFPR)


GRUPOS DE DISCUSSÃO:
Distribuição dos GD’s:

Seg: Conjuntura; Abertura dos Arquivos.

Ter: FEMEH; Conflitos Sociais; Gênero e Sexualidade.

Qua: Pagas.

Sex: Etnia; ME e Universidade.
Os mini-cursos e as comunicações livres são de responsabilidade da COENEH.
FINANCIAMENTO:

Que se priorizem os recursos públicos.


4. ORGANIZAÇÃO DA FEMEH
Política de financiamento:

Que parte do dinheiro das inscrições do ENEH seja destinada â FEMEH;

Que a FEMEH fomente uma política de financiamento junto aos CA’s e DA’s de história para que estas entidades doem voluntariamente um valor simbólico para a construção da FEMEH, como vendas de materiais de consumo com o símbolo da FEMEH.
Comunicação:

Construção de boletins nacionais.

Criação de um conselho editorial com o intuito de garantir a elaboração desses boletins.

Responsáveis: Paula – UFES, Mario – UFPR, Teo – UFPA


Foi deliberado que o primeiro boletim deverá estar pronto até o dia 20 de janeiro de 2009. Os textos deverão ser entregues para revisão do conselho editorial até o dia 10 de janeiro de 2009. A diagramação é de responsabilidade da UFRJ e deverá ser feita até o dia 20 de janeiro de 2009.
O boletim 01 terá os seguintes temas:

●Manifesto de reconstrução da FEMEH (UECE e UFSJ)

●Ensino â Distância (USP)

●Apresentação do ENEH – 2009 (COENEH - UFPA)

●Abertura dos Arquivos da Ditadura Militar – (UFES)

●Nota de orientação para a política financeira da entidade (UFPR)


Foi deliberado que seja elaborado um boletim específico que traga a discussão sobre as universidades pagas (indicativo PUC – SP a UFRJ ficou de entrar em contato).

Fica para o segundo boletim, um texto sobre a avaliação do ENADE (para ser divulgado concomitante a publicação das notas pelo INEP).


Organização interna:

Criar um Grupo de trabalho nacional sobre estatuto por meio de lista de discussão com um e-mail por escola. (Responsável pela criação e divulgação da lista – UFES).

Criar um grupo de trabalho nacional sobre regulamentação da profissão de historiador por meio de lista de discussão. (Responsável pela criação e divulgação da lista – UFPR).
Relatoria:

Paula B. Moraes Coradi

Tales Amaral Torezani

Diego Dias Sá



(Centro Acadêmico Livre de História da UFES)


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal