Praça da república, 53 fone: 3255-2044



Baixar 99.57 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho99.57 Kb.


CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE: 3255-2044

CEP: 01045-903 - FAX: Nº 3231-1518

PROCESSO CEE Nº : 446/2001 – Reautuado em 22/10/07

INTERESSADA : UNICAMP – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas

ASSUNTO : Renovação do Reconhecimento do Curso de História –

Bacharelado e Licenciatura

RELATOR : Cons. Décio Lencioni Machado

PARECER CEE Nº :04 /2008 - CES “D” - Aprovado em 19-12-2007

Comunicado ao Pleno em 16-01-2008


CONSELHO PLENO
1. RELATÓRIO

1.1 HISTÓRICO

O Magnífico Reitor da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP encaminha a este Colegiado Ofício GR nº 149/2007 (fls.79), solicitando Renovação do Reconhecimento do Curso de História - Bacharelado e Licenciatura, oferecido pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UNICAMP, nos termos da Deliberação CEE nº 63/07.

O referido curso teve sua renovação de reconhecimento aprovada pelo Parecer CEE nº 154/02 (fls. 70), pelo prazo de 05 (cinco) anos.

Para emissão de Parecer Técnico foi indicada a Especialista Clarete Paranhos da Silva, conforme Portaria CEE/GP nº 377/07, publicada no D.O.E. de 30-08-07 (fls 193), manifestando-se nos termos do seu Relatório circunstanciado juntado aos autos de fls. 194 a 197.


1.2 APRECIAÇÃO

Nos termos da norma legal em epígrafe, o pedido de renovação de reconhecimento deve ser acompanhado de relatório síntese, conforme anexo na Deliberação CEE nº 63/2007, que apresentou os parâmetros para Implantação de Relatório Síntese visando à Renovação de Reconhecimento de Cursos em Instituições de Educação Superior do Sistema Estadual de Ensino.


Considerando a norma legal acima, passamos a informar os autos como segue:
I - RELATÓRIO SÍNTESE

A Instituição é o Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, que oferece o Curso de História – Bacharelado e Licenciatura.


1. Atos Legais do Curso

O Curso de História foi criado em 1976, reconhecido pela Portaria MEC nº 408, de 24-6-1980, e a renovação do reconhecimento se deu pelo Parecer CEE nº 154/2002, publicado no D. O. E de 24-5-2002.


Responsável pelo Curso

O Coordenador do Curso é o Prof. José Alves de Freitas Neto – Doutor, que ocupa o Cargo de Coordenador de Graduação.


2. Dados Gerais

  1. Horários de funcionamento do Curso:

Manhã – das 08h00 às 12h00, de segunda a sábado;

Tarde – das 14h00 às 18h00, de segunda a sexta;

Noite – das 19h00 às 23h00, de segunda a sexta-feira.
A aula tem a duração da 60 (sessenta) minutos e o total da carga horária do Curso para o Bacharelado é de 2.490 (duas mil, quatrocentas e noventa) horas e para a Licenciatura é de 3.180 (três mil, cento e oitenta) horas.


  1. Número de vagas oferecidas: 40 (quarenta) vagas por ano.

  2. Tempo para integralização:

 mínimo; de 08 (oito) semestres;

· máximo; de 12 (doze) semestres.



3. Caracterização da infra-estrutura física da Instituição reservada para o Curso de História

Instalação

Quantidade

Capacidade

Observações

Salas de aula

07

60

Salas localizadas no IFCH. Os alunos também freqüentam aulas na Fac. Educação(Licenciatura), no Ciclo Básico, ampliando o número de salas disponíveis para as aulas

Laboratórios

01

60

Informática

Arquivos

01

-

Arquivo Edgard Leuenroht

Centros de Pesquisa

05

-

CMU-Centro de Memória da UNICAMP

CECULT-Centro de Pesquisa em História Social da Cultura

CHAA-Centro de História da Arte e da Arqueologia

CIEC-Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Cidade



CEMI-Centro de Estudos de Imigrações Internacionais

Auditório

02

120





4. Biblioteca

Tipo de acesso ao acervo

Livre

É específica do Curso

Específica da área

Total de livros para o Curso

150.893 volumes

Periódicos

2.373



Sítio que contém detalhes do acervo : http://www.ifch.unicamp.br/biblioteca

5. Corpo Docente

5.1. Relação nominal de docentes nos termos da Deliberação CEE nº 55/06

Professores

Disciplinas

Regime

Titulação

Cláudio Henrique de Moraes Batalha

História do Brasil / Teoria da História / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Cristina Meneguello

Laboratório de História / Introdução ao Estudo de História / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Edgar Salvadori De Decca

História do Brasil / Teoria da História / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Titular

Eliane Moura da Silva

História do Brasil / História Contemporânea / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Fernando Teixeira da Silva

História do Brasil / História Contemporânea / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Jorge Sidney Coli Júnior

História Contemporânea / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Titular

José Alves de Freitas Neto

História da América / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Leandro Karnal

História da América / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Leila Mezan Algranti

História do Brasil / História Moderna / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Livre-Docente

Luiz César Marques Filho

História Moderna / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Luiz Fernando Ferreira da Rosa Ribeiro

História da África / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Luzia Margareth Rago

História Contemporânea/ Teoria da História/Tópicos Especiais em História

RDIDP

Titular

Marcos Tognon

História da Arquitetura e do Urbanismo/ Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Maria Stella Martins Bresciani

História do Brasil / História Contemporânea/ Tópicos Especiais em História

RDIDP

Titular

Michael Mc Donald Hall

História do Brasil / História da América/Tópicos Especiais em História

RDIDP

Livre-Docente

Nelson Alfredo Aguila

História Contemporânea/História do Brasil / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Néri de Barros Almeida

História Medieval /Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Paulo Celso Miceli

História do Brasil / História Moderna / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Pedro Paulo A Funari

História Antiga / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Titular

Robert Wayne A Slenes

História do Brasil /Tópicos Especiais em História

RDIDP

Titular

Sidney Chalhoub

História do Brasil / Teoria da História / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Titular

Silvana Barbosa Rubino

Laboratório de História / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Silvia Hunold Lara

História do Brasil / Práticas em História/Tópicos Especiais em História

RDIDP

Livre –Docente

Izabel Andrade Marson

História do Brasil / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Livre-Docente

Hector Hernan Bruit Cabrera

História da América/ Tópicos Especiais em História

RDIDP

Livre-Docente

Maria Clementina Pereira

História do Brasil / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor

Vera Hercília Faria Pacheco Borges

História do Brasil / Tópicos Especiais em História

RDIDP

Doutor



5.2. Docentes segundo a titulação para os Cursos de Bacharelado e/ou Licenciatura, de acordo com Deliberação CEE nº 55/06, que dispõe sobre admissão de docentes para o magistério em Cursos Superiores de Bacharelado e Licenciatura

Titulação



%

Doutores

23

100,0

Total

23

100,0



6. Corpo técnico disponível para o Curso de História

Tipo

Quantidade

Secretaria de Graduação

01 Secretária

01 Estagiária com nível superior



Laboratório de Informática

04 Analistas

04 Programadores



03 Estagiários com nível superior


7. Demanda do Curso nos últimos processos seletivos, desde o último reconhecimento

Período

Vagas

Candidatos

Relação Candidato/Vaga

2003

40

764

19,1

2004

40

809

20,2

2005

40

953

23,8

2006

40

861

21,5

2007

40

884

22,1


8. Demonstrativo de alunos matriculados e formados no Curso, desde o último reconhecimento

Períodos

Matriculados

Egressos

Ingressantes

Demais Séries

Total

2002

44

150

194

31

2003

47

151

198

28

2004

49

160

209

48

2005

61

155

216

38

2006

60

148

208

56


8.1 Evasão no Curso de História




2002

2003

2004

2005

2006

Abandono

03

02

02

03

04

Cancelamento pela UNICAMP – jubilamento

12

09

08

14

01

Total

15

11

10

17

05


9. Matriz curricular do Curso de História

Estrutura curricular do Curso de História:



  • Bacharelado: - 2.490 (duas mil, quatrocentos e noventa) horas, sendo que 60 (sessenta) horas são dedicadas a atividades de estudo não supervisionadas, atendendo à Resolução 2/07, que dispõe sobre a carga horária mínima para os Cursos de Graduação.

  • Licenciatura: - 3.180 (três mil, cento e oitenta) horas, sendo que 60 (sessenta) horas são dedicadas a atividades de estudo não supervisionadas, e atende à Resolução CNE/CP nº 2/02, que dispõe sobre a duração e a carga horária mínima para os Cursos de Licenciatura, de Graduação Plena, de Formação de Professores.

Quanto às Diretrizes Curriculares, o Curso de História atende à Resolução CNE/CES nº 3/02, que dispõe sobre as diretrizes curriculares para os Cursos de História.
II – Das Considerações do Especialista

A Especialista designada para emitir o Parecer Técnico manifestou-se favoravelmente à renovação de reconhecimento do Curso de História, merecendo destaque o seguinte comentário:

Pela avaliação da documentação é possível afirmar que o curso de História da Unicamp vem se pautando pela excelência no que diz respeito à formação de historiadores capazes de produzir, transmitir e comunicar, com competência, novos conhecimentos nessa área”.

2. CONCLUSÃO

Aprova-se o pedido de Renovação do Reconhecimento do Curso de História, do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, da Universidade Estadual de Campinas, nos termos deste Parecer, pelo prazo de cinco anos.

A presente renovação do reconhecimento tornar-se-á efetiva por ato próprio deste Conselho, após homologação deste Parecer pela Secretaria de Estado da Educação.
São Paulo, 17 de dezembro de 2.007.

a) Cons. Décio Lencioni Machado

Relator
3. DECISÃO DA CÂMARA

A CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR adota, como seu Parecer, o Voto do Relator.

Presentes os Conselheiros: Angelo Luiz Cortelazzo, Arthur Fonseca Filho, Carlos Henrique de Brito Cruz, Custódio Filipe de Jesus Pereira, Décio Lencioni Machado, Eunice Ribeiro Durham, Francisco José Carbonari, João Cardoso Palma Filho, Marcos Antonio Monteiro e Nelson Callegari.

Sala da Câmara de Educação Superior, em 19 de dezembro de 2007.
a) Cons. Francisco José Carbonari

Presidente da CES



DELIBERAÇÃO PLENÁRIA

O CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO toma conhecimento a decisão da Câmara de Educação Superior, nos termos do Voto do Relator.

Sala “Carlos Pasquale”, em 16 de janeiro de 2008.



PEDRO SALOMÃO JOSÉ KASSAB

Presidente

Publicado no DOE em 18/01/08 Seção I Página 33

Res. SEE de 06/02/08, public. em 07/02/08 Seção I Página 20



Portaria CEE GP n°. 57/2008



©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal