Prefacio a 3á edi ao



Baixar 5.26 Mb.
Página76/77
Encontro29.07.2016
Tamanho5.26 Mb.
1   ...   69   70   71   72   73   74   75   76   77

Lassell, H. D.,132 Morgenstern, Oskar 470, 501

Lawler, III Edward E. 398 Morse, John J. 556

I,awrence, Paul R., 8,131,134,146, 414, 451, 545, Motta Fernando C. Prestes,149, 321, 326, 340,

556, 561 433 537

Leavitt, Harold J.,136,148, 506 Motta, Ivan de Sá 237

Lerner, D.,132 Mouton, Jane S. 419 424 442

Levenson, Bernasd, 290 Mouzefis, Nicos P., 278-280, 289, 325, 355

Levinson, HarrY, 262, 263

Levitt, Theodore, 2 Nascimento Kleber T.,145,148,149,151,153,

LóW-Strauss, C. 320 154 521, 523 538

Lewin, Kurt, 8, 97,103,104,118,128,139, 409 Negandhi Anant R. 332

Likert, Rensis 8 377, 380 Newcomb, T. M.,104,129

Lindzey, G.,125 Newmann Johann < n, 470, 501

Lippitt, Ronald,128-130 Newman W m H. 8 170,178, 207, 209, 210, 228

Litterer, Joseph A., 325 Newton, J. Wayne, 332

Lobos Júlio 461 Nielander William A., 208

Lodi, João Bosco,107,109,177, 247-251, 260, Nyquist, H., 484

261, 264, 326 346

Lorenz, Konrad 340 O'Donnelt Cyril, 8 22 164,177 178, 208, 210, 506

Lorsch, Jay W., 8,131,134,146, 224, 414, 451, Odiorne GeorBe 242, 243 257, 258

546, 556, 561 Optner Stanford L., 517, 518

Luthans, Fred, 77, 552 Owen, Robert, 36


Machline, Claude 237 Paine, Frank T.,12 224

Mackenzie, W. J. M., 329 Parkinson C. Northcote, 346-348 358

Machiavelli Nicoló, 352 Parsons, Talcott 275, 282, 307, 324, 331, 524

Maio, G. Elton, 97 98,106-108,150 Paterson, T. T., 521

Mannheim, Karl, 289 Perrow, Charles 154, 300, 305, 306, 322, 339, 401,

March James G., 57, 60, 85, 87, 237, 238, 296, 463 527, 535

299, 304, 312, 325 Peter, Lawrence J. 34,8 349, 358

Margulies, Newton, 427 Pfiffner, John M. 85 8,7

Marshall, Jr. Byron O. 503 Presthus, Robert V. 322

Marx, Karl, 23,163, 277, 320 Pugh, Derek S., 402

Maslow Abraham H., 366, 373, 400, 410

Massie Joseph L. 43 Raia, Anthony P. 427

Mayo, Elton, 8, 97,104,106,108,150, 320, 409 Rapoport A., 329

McCloskey, Joseph, 503 Reddin, Wilfiam J. 454

McEwen, William J., 339 Ricardo, David 30

McGregor, Douglas M., 8, 374, 380, 410, 430, 431 Rice, A. K., 534 536

Meigniez, Robert, 58, 59,152 Richards, Max D., 208

Merritl, Hai'wood F., 36 Robb, Russell, 36

Merton, Robert K. 284, 291, 296, 307, 310, 322 Roeber, Richard J. C., 426

Mescon, Michael H., 62 Roethlisberger Friz J. 98,105,108,123,136,144

Metcalfe, Henry, 36 Rose, Stephen M., 332

Michels, lìobert, 307 Rosenzweig, James E., 8, 310, 312, 515, 550, 556


INDICE ONOMASTICO 603
Rousseau, Jean-lacques, 23 Thompson, Victor A., 322, 349-352, 358

Tosi, Henry L. 578

Sbragia, Roberto, 234 Towne, Henry Robinson 36

Schein, Edgar H. 8 431, 527 Tragtenberg, Maurício, 27, 57, 59, 86,148-I50,

Schleh Edgard, 242 152,153

Schlender William E. 199 Trefethen, Florence N., 503

Schmidt, Warren H.,132,133 Trist, E. L., 8, 533

Schoderbeck, P. P. , 515

Schoeps Wolfgang 237 Udy, Jr. Stanley H. 307

Scott, W. Richard, 336, 337, 343 358 Ulhich, Robert A., 524

Scott, Witliam G. 58 86,147, 540 Uris, Auren,131
SeligmaH E R A á288 82 Urwick, Lyndall F., 71, 79, 81, 83,199

Selvin, H., 291, 307

Selznick, Philip, 276, 297, 298, 300, 332 Vazsonyi Andrew, 498

Shannon, Claude E., 470, 472, 484 Veblen, Thorstein, 293

Sheldon, Oliver, 36 Verhulst, Michel, 533

Sheppard, H. A., 341 Viet, Jean, 321, 322

Sherwood, Franck P., 85 Viteles, Morris S.,150

Shirley, Robert, 417

Siegel G. D. 499 Wadia, Maneck S., 88,178

Sills, David L., 338 Wahrlich Beatriz M. de Souza, 40, 41, 55, 59, 84, 85,

Silverman, David, 400 106, 306, 357

Simon Herbert A., 8 57, 58, 60, 85-87, 237, 238, Wa , thur H., 224

296, 299 304, 308, 312, 365, 386, 506 Walton, Richard E., 412

Skinner B. F., 546 Warren, Roland C., 332

Slevin, Dennis, P., 548 Watson, John B., 364

Slocum Jr., John W., 498, 548 Weaver, Warren, 470, 472

Smith, Adam, 30 Weber Max, 8 271 275-282, 287-291, 295, 299,

Stallcer, G. M., 545, 554-556 303, 305, 307, 311-313

Starr, Mart K., 478, 499 Weick, Karl E., 548

Stinchcombe, Arthur L., 325 Weil, Kurt E., 237

Stogdill Ralph M.,127,128, 220 White, Ralph K.,128-130

Stopford, John M., 545 Whyte, William F.,105,147,149

Strother, George B.,148, 313 Whyte, Jr., William F., 325, 326

Suojanen, Waino W., 86 Wieland, George F., 524

Swanson G. E. 104,129 Wiener, Norbert, 470, 471, 486, 488

Szilar, Leo, 484 Woodward, Joan, 8,146, 545, 570

Woodworth, Robert S., 364

'fannenbaum, Robert,132,133 Worthy, J. C., 56, 308

Taylor, Frederick W., 33-63,104,163,195, 409 Wortman, Jr., Max S., 77 1

Tenebeny, Shirley, 548

Tersine, Richard J. 387 Yanouzas, John N., 325

Thoffler, Alvin, 548

Thompson, James D., 220, 310, 322, 329, 339, 556, Zalesnick, Abraham, 410

564 Zander, Alvin,140,144


ÍNDICE ANALÍTICO

especiatização da 285-286

Abordagem estilos de, 313-384

ação actministrativa,167 F ceira, 2

ampliação da 355

clássica, 33-91 163-164, 320 Mercadoló ca 2

comportamental, 361~463 na Sociedade Moderna,10 e 11

contingencial 545-584 perspectivas futuras ,12,13

convergência de, 354 or objetivos 241-267

das ciências do comportamento 361-362

descritiva e explicativa 311 397, 584 psetica da, lú7

de sistema aberto 7 329-330 Primórdios da 17-31

de sistema fechado, 62, 88, 310, 329 processos da,167-168

do non-sense, vide Sátiras à Organ> ação teorias da, 6 7, 8, 9,10

estrutu s , 271-358 Administração Científica 33 3

humanística, 93-162, 361-362 apret ção críúca da 55 2

m istno da, 56-57

múltipla, 7, 327-333 rinci ais caractesísticas da 40-55

neoclássica,163-267

rescritra e normativa, 61-62, 84, 266, 391, 584 Adm> isu ão por o etivos, 241-267

p apreciação científica da A , 262-265

quantitativa, 493-507 c cterísticas da, 242

sistêmica, 467-542

situacional da liderança,131-133 ciclo da APO, 255: 258

sociotécnica, 533-537 críúca dé Levinson 262-263

tradicional, vide Abordagem clássica crítica de Lodi, 264

universalista, vide Teoria Neoclássica críticas à, 265

deftnições de, 242, 243, 246

Administração desenvolvimento de executivos, 259-262

antecedentes históricos da, 21-31 fucação de objetivns, 246-249

científica, 8

como ciência, 40 1, 60, 62 modelo de Humble, 255-257

como técnica soc> ,170-172 modeto de Odiorne 257-258

conceito de, 6,170,177-180 origens da, 242-246

conteúdo da, 6 a 8,10,11 planejamento estraté co 250-254

da Produção, 2 planejamento tático, 254-255

Administrador

de Pessoal, 2

desafios da,12-13 funções do,177-180

e organização, 74-75 Alcance de contiole, vide Amp de de controle


INDICE ANALlTICO
Alicientes, 392 Atvon de Decisões, 495

Ambiente Assessoria, vide Smjj

conceito de, 340 511, 518, 519, 520, 557 como função admin atnra, 81

condições do, 557-558 Associações de benefícios mútuos, 336-331

de tarefa, 558-559 Atitude,123

domínio, 558 Auto-avaliação do desempenho, 377

ênfass na, 7, 8, 9,10, 274 Auto-regulação, vide Homeostasia

estável, 559 Automação, 488 89 .

exigências do, 423 Autoridade

geral, 557-558 administrativa (hierarquia), 342-343, 351

heterogêneo, 559 carismáúca, 219-280

homogêneo, 559 conceito de, 80 190-191, 278, 394

incerteza ambiental, 559 conceito de Weber, 278

instável, 559 de comando, 80

macroambiente 551-558 do especiafista (conhecimento), 342-343, 351

organizacionat 340 e responsabiLdade,190-191

percepção ambiental,118 estrutura de, 284

púcológico,118 exibição de sinais de, 293

tipologia de, 559-561 funcional, 50-51, 80

Amplitude de controle, vide Princípio da Amplitude hierarquia de, 284

de controle leggt, racional ou burocrática, 280-282

Análise legitimação da, 27&282

ambiental, 7 linear, 80

comparativa das o ações, vide Anátise teoria da aceitação da, 394-395

organizacional tipos de, 278-282

do trabalho, 42-44 tradicional, 279

interorganizacional, 7, 332

intraorganizacional, 7, 332 Barreira,118,122

sistêmica, 7, 539 Behaviorismo

transacional, 434 39 na Administração, 364-365

Anelise organizacional na Psicolo a; 364-365

abordagem múttipla, 327-333 Beneficiários das orgarúzações, 336

a partir do cómportamento, 402 Black box, vide Caixa Negra

através de tipologias organizacionais, 333-337 Burocrsia

através dos objetivos organizacionais 337-339 ameaças relevantes à, 309-310

do ponto de vista estruturalista, 327 339, 355 aparecimento da, 271

interorganizacionat, 332-333 caráter formal da, 283

intraor izacional, 332 eareterlegat da, 283

Antig idade,17-20 caráter racionat da, 283-284

Aparato administrativo, 278-282 caráter impessoal da, 284

APO, vide Administração por Objetivos características principais da, h82-288

Apreciação crítica conseq ências deszjadas da 287 294 295 298

da Administração Científica, 55 2 conseq ências indes jadas da, 291-295, 298

Administração por objetivos (APO), 262-265 conservantismo da, 308-310

da Departamentalização 23 7-238 críticas à, 308-310, 311

da Teoria Comportamentat, 397 402 dilemas da, 290

da Teoria da Burocracia, 305, 313 dimensões da, 306-307

da Teoria da Contingência, 517-579 disfunções da, 291-295, 296

da Teoria das Relações Humanas,144-154 Gngida, 303

da Teoria de Sistemas, 537-541 funções das re as burocráticas, 283

da Teoria Estmturatista, 354-357 impacto sobre o indivíduo, vide disfunçóes de

da Teoria Matemática da Administração, 505-507 burocratia

do Desenvolvimento Organizacional, 460-463 interação com o ambiente, 297-300

Arabesco laterat, 348 modelo de Gouldner, 300-305

Aristocracia, 22 modelo de Merton, 295-296
606 INTRODUÇÃO A TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
modelo de Sehnick, 297-300 origens da, 471 72

modelo de Weber, 282-288 principais conceitos da, 472 78

origens da, 276-282 Ciclo adntinistrativo,177-180

posição na Teoria das Organizaçdes, 312-313 Ciclo motivacional,121-123

punitiva, 303 Ciência da Administração, 35, 40 1

racionafidade da, 289, 306 Ciências do comportamento, 361, 362, 400 401, 422

regras da, 283-285, 303 Círculo vicioso da supervisão fechada, 301-302

repres ntativa, 303 Civilização industrializada,106-108

Sociologia da, 276-282 Classificação das organizações, vide Tipologia

vantagens da, 288-289 Qientes

Lurocratas, vide Participantes conflitos com, vide Disfunções da burocracia

Burocratização dificuldades no atendimento a, vide Disfunções

conceito de, 289 da burocracia

crescente, 301 interação com a organização, 558

graus de, 300-305, 306-30? Clima organizacional

Buropatia, 350 oonceito de, 531

Burose, 350 dimensões de, 531

Coesáo grupal, vide Dinámica de Grupo

Cadeia escalar, 76-77 Colaboração

Caixa Negra, espontânea,105,108

como sistema homomórfico, 4?9-480 grupal,105

conceito, 479, 520 humana,109

: < po Comando, 72-73, 81

Capitalismo, 271-273, 277, 282 Comissão Hoxie, vide Pesquisa Hoxie

Teoriade,118-119 Comissnes, Comissário, 353

Canal, 485 86 características das 208-209

! Características principais compensação,122

da Administração Científca, 40-55

conceito de, 207

~ da Administração por Objetivos, 242 desvantagens das, 210

da Téoria Clássica, 76-84 esfera de apGcaçáo das, 210-211

da Teoria das Relações Humanas,117-144 formais, 208

da Teoria Neoclássica,166-170 informais, 208

do modelo burocrático de Weber, 282-288 relativamente permanentes, 208

Cargo temporárias, 208

conceito de, 46 vantagens das, 209-210

conteúdo do,106 Comportamento

Cargos dramatúrgico, 350

ampfiaçãode,377 humano,103-104, 118-119

desenho de, 46-47 rigidez no, vide Disfunções da burocracia

enriquecimento de, 371-372 Comportamento social,103-104

Carisma" 278, 279-280 Comportamento organizacional

Caso, método do,14-16 oonceito de, 392 .

Categorização, 292 oontribuição das Ciências do comportamento,

Centralização,173 361-362

Centros de poder, 334 Comunicação

Certeza, conceito de,133-134, 483-484, 485-486

conceito de, 329 e informação, 484

ênfase na, 310-329 em cadeia,135

Cibemética em círculo,135

advento da, 471-472 em roda,135

apHcações da, 488 89 Comunicações,

como ciência da comunicação e controle, 470 redes de,135-136

como ciência interdiscipfinar, 471 Concepção

conceito da, 470 71 moderna da Administração, vide Teoria Y

conseq ências na administração, 488-489 tradicional da Administração, vide Teoria X


INDICE , ) ALITI Q

607


ncorrentes, 558, 559

Condições ambientais ordena o

culturais 557 oomo função administrativa, 72-73, 8l-83,

demogr 'i s, 557 177-180

e l 8icas, 557 princípio de adr i o, 7g 0

eoonômicas, 557 coneeito de, 72-73, 79.80

legais, 557 CorPoração,176-177

polfticas, 557 M, vide Teor)a te ti

tecnológicas, 557 Crise de sucessão, vide Teoria da B

nftito C'<ítica

vide tambEm Sátiras à organ) o

anáGse do 501, 502 às estruturas convenáonais, 420-421

conceito de, 340 355 395, 502 Lodi à APO, 263

e operação,108, 340 de

de I,evinson à APO, 262

e dilema, 340-345 do D. O. 420-42I

entre a d da e do especialista e da CtonoIogia dos Frin pa E ntos
da Abordagem Clássica, 35

entre for s inovadoras e oonservadoras, 342

enue erarquia e conhecimento, 342 da Abordagem Estruturalista, 273

, 350 da Teoria ge horista, 362

entre )inl e staf 345-346 da Teoria das Relações Humanas, g5

entre objetivos o anizacinais e individuais, 395 da Teoria de Contingência, 548

entre público e funcionários, 294 da Teoria de Sistemas, 469

funções do 108 340-346 da Teoria Neoclássica,163

industrial 108,147 do D. O., 413

inevitabilidade do, 355 dos Pr)i, rdios da Administração,19

interno, 340 Ctti bono vide Beneficiários das orga es

Id1034- 343 Cultura organizacional, 416-417, 531-532

Conseqiiências

desejadas, vide Conseqiiências previstas Dado, 483-484

disfuncionais vide Conseq ências imprevistas Decisão

imprevistas, 291-295, 298-299

oonceito de, 386-387

indesejadas, vide Conseq ências imprevistas

previstas, 287, 294, 295, 298-299 elementos da 387-388

Consultoria, vide Sruff teoria da, 387-388

Contingência tomada de, 388

conceito de, 545-546, 551-552 Deásões

teoria da, 55l-583 árvores de, 495

Contribu;ções descentralir o das, 377

conceito de, 393 hierarquia das, 390

influências da organização nas, 3 0

Iaçdes d erca93bio, 393 3 o ogra eis, 496

- 94


utilidade das, 393 Participação nas, 377

Controle programáveis, 494, 496

relatividade'tias, 390

mo função administrativa, 72-73,177-180 sob certeza, 4g7

físico, 334

tnaterial, 334 sob incerteza, 498

meios de, 334 sob risco, 498

Teoria das, 387-388, 494

normativo 334 Definição funáonal, vide Princípio de Definição

Converseo, vide Processamento Funcional

Coopção, 298

ração Deformação profissional, vide Disfunções da

Coope burocracia

como ação conjunta, 384-386 Delegação de autoridadé, vide Descentra)iza o

conceito de, 384-385 Democraáa, 22

incent ivos à , 385

Cooptação, vide foopção Departamentalização

apreciação crítica da, 237-238


608 INTRODUÇÃO A TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
combinada, 237 428-429

como dívisão de trabalho, 78-79 modelos baseados em alterações estruturais e

oomo princípio de homogeneidade, 79 oomportamentais, 442-460

oonceito de, 79, 217-220 modelos de 428 60

escolhas de alternativas de, 235 origens do, 408-414

fatores de, 220 pressupostos básicos de, 423426

funcional, vide Departamentalização por funções processo de, 427-428

intermediária, 236-237 reuniões de confrontação, 439 440

por clienteh, 79, 220 seminários, 446

por funções, 79, 220, 221-224 230-231 suprimento de dados, 433 34

por localização geográfica, 79, 220, 228-230 teoria 3 D da eficácia gerenáal, 454 460

por outros critérios, 235 tratamento de conflito intergrupal, 440

por prooesso, 79, 220, 231-232 Despersonalização do relacionamento, 292

por produtos ou serviços, 224-228 Destino, 485-486

por projetos, 232-235 Diferenciação

por serviços, vide Departamentalização por oonceito, 451 529 561

produtos ou serviços e integração 451-452

prinápal, 236 requerida, 562

tipos de, 220-237 Dilema

Descentralização conceito de, 343-345 395

características da 173-175 e oonclito, 343-344

da autoridade,176-177 entre ooordenação X oomunicação livre, 344-345

da execução,176-177 entre disciplina burocrática X especialização

da organização,174 profissional, 344-345

desvantagens da,175-171 entre planejamento centralizado X inciiativa

fatores que afetam a,174-175 individual 344-345

vantagens da,175,177 tipos de, 343-345

Desempenho Dilemas

auto valiação do, 377 da burocracia, 290

individual,171 da

organização formal, 344

Desenho Dimensões

de cargos, 46 7 bipolares da Teoria Comportamental, 398

de tarefas, 46jl7 da burocracia, 306-307

Desenvolvimento Dinâmica ambiental, 560

conoeitos de, 418 19 Dinâmica de grupo

de executivos, 259-262 oonceito de,139-144

de equipes, 430-433 Escola da,144

sistemáticu, 419 Estudos sobre,143-144

Desenvolvimento Organizacional (D. O.) Direção

ação de intervenção, 453 como função administrativa 81-83,177-180

anáHse transacional, 434 39 l Disfunções da burocracia 291-295

apficações do, 426, 462 63 Divisão do trabalho 45-46, 75, 77-79,186-187, 217,

apreciação aítica do, 460 63 283-284, 333

oonceito de, 414, 422 Dominação

desenvnlvimento de equipes, 430 33 eonceito de, 278, 352

diagnóstioo organizacional, 452 53 estatal 281-282

grade gerencial, 442. 50 forma feudal de, 279, 352

grupos T, 441 forma patrimonial de, 279

laboratbrio de sensitividade, 440 41 Domínio

monagerint grid, 442 50 conceito de, 558

modelo de Lawrence e Lorsch 451 54 defesa do, 558-559

modelo sociotócnico de, 533-537 Dramaturgia administrativa, 349-352

modelos baseados em alterações comportamentais,

429 41

modelos baseados em alterações estruturais, Ecletismo,169-170


INDICE ANALITICO 609
Eoonomistas Gberais, 29-31 e homeostasia, 520

Efeito sinergístioo, 248-249, 540 externo,108-109

Eficácie externo,108-109

aumento da, 455-456, 459 interno,108-109

conceito de,171-173, 385, 395 psicolbgico,121,122

oonceito de Barnard, 385-386 social,109

gerenciel, 455-460 Escala hierárquica, vide Princípio Escalar

organiracional, 532 , Esoola da Administração Científica vide

Eficiência Administração Científica

administrativa, 70, 289, 532 Behaviorista, 364

ênfase na, 45-46, 49, 58 0, 70,108 Comportamental, 364

oonoeito de, 44 T6,107-108,171-173 da Administração por Objetivos, 241-267

segundo Barnard, 385-386, 395 da Anatomia e Fisiologia da Organização, vide

Elementos da Administração, 72, 80-83 Teoria Clássica

Elite administrativa,107 de Relações Humanas, vide Teoria das Relações

Elos de vinculação superposta, 381-382 Humanas

Empurrão, 348 do Processo Administrativo, vide Teoria

Neoclássica

na certeza, 310, 329 Funcional, vide Teoria Neoclássica da

na estrutura, 7, 8, 9,10, 33-34, 274 Administração

na incerteza, 329-330 Humanística, vide Teoria das Relações Humanas

na tecnologia, 7, 8, 9,10 Operacional, vide Teoria ÌVeoclássica

nas ciências oomportamentais, 361-362 UniversaGsta, vide Teoria Clássica

nas pessoas, 7, 8, 9,10, 274, 362, 397 Especialiração

nas tarefas, 7, 8, 9,10, 33-34 oomo atributo organiracional,187

no ambiente, 7, 8, 9,10, 274 oonceito de, 78-79

nos princfpios gerais da administração,167 . da organização, vide Departamentalização

Enfoque descritivo e explicatiw, 311, 397, 584 das tarefas,187

Enfoque p escritivo e normativo, 61-62, 84, 266, do operário, 45-46, 58-59

397, 584 6nfase na, 45 6, 58-59, ?8-79

Engenharia de eficiência, vide Administração horizontal da organi ação, 217-220

Cienti ica vertical da orgamzação, 217-218

Enriquecimento . EstabiHdade, 482 83

de cargos, vide Enriquecimento de tarefas Estado firme, vide Homeostasia

de tarefas, 371-372 Estática ambiental, 560

Ensaio de federaGsmo,176 Estiks de Adnúnistração .

Entrada gerenciais, 454 60

oomo parâmetro de sistema, 478-479, 519, 528 Sistemas de Administração, 377-384

oonceito de, 478-479, 528 Teoria X, 374

de dados, 528 Teoria Y, 375

tipos de, 479 Estratégia

Entrevista não diretiva, vide Experiência de oonceito de, 250-254

Hawthorne global, 250

Entropia planejamento estratégioo, 251-254

oonceito de, 487, 516 tipologia de, 251

negativa, 487; 529 Estrutura

negentropia, 487, 516, 529 oonceito de, 321-322

posítiva, 487 ênfase na, ?, 8

Envolvimento formal, vide Organização Formal

afienatório, 334 funcional, vide Organização Funcional

calculativo, 334 informal, vide Organização Informal

moral, 334 linear, vide Organização Linear

Eq ifinalidade, 529-530 mecanística, 554-555

Equilibrio orgânico,adaptativa, 555-556

dinâmico, 520 organiTacional, vide Tipos de Organização
610 INTRODUÇÃO À TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
Estruturalismo econômica,108-109

abstrato, 320 financeira, 71, 72

apreciação crítica da, 354-357 social,108-109

conceito de, 320-322 técnica, 71, 72

concreto, 320 Funções

aíticas à Teoria das Relações Humanas, 320, 322, da Empresa, 71-74

328 do administrador, 72-73, 75,177-180

dialético, 320 proporcionaLdade das, 73-74

fenomenológieo, 320 universais de Fayol, 73

influência do, 320

Zstudos de Tempos e Movimentos, 38, 42 45, 56-57

Ztapa Gerência Científica, vide Administração Científica

da natureza, 323 Gerêncía por Objetivos, vide Administração por

da organiração, 323 Objetivos

do capital, 323 globalismo, 516

do trabalho, 323 GerenciaGsmo, 271

I Ética Protestante, 277 Gigantismo tabulatório 349

F,xecutivos Grade Gerencial, 442 50

desenvolvimento de, 259-262 Grupo

,iÍ ExfoLação hierárquica, 348 como agente de mudança 141

', Exibição de sinais de autoridade, vide Disfunções da como instrumento de mudança,140

Burocracia como meta de mudança,141

Expansionismo, 468 de referência ou de controle, 98-101

! Experiência de Hawthorne, 97-106,124,147 dinâmica de,139-144

experimental, 98-101

social,103-106,107-108

Fadiga humana, 44-45, 58-60 Grupos

Fator fisiológico, 98 características dos,103-105 141-143



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   69   70   71   72   73   74   75   76   77


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal