Prefeitura Municipal de São João do Itaperiú recebe exposição fotográfica Caminho do Peabiru o caminho do Peabiru é uma trilha que passa por Brasil, Bolívia, Peru e Paraguai



Baixar 5.64 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho5.64 Kb.
Prefeitura Municipal de São João do Itaperiú recebe exposição fotográfica Caminho do Peabiru

O Caminho do Peabiru é uma trilha que passa por Brasil, Bolívia, Peru e Paraguai
A exposição é uma parceria do gerente de cultura de São João do Itaperiú Joél Rocha com o Instituto Manoa. Que no ultimo fim de semana 29 março na festa de aniversário da cidade inauguraram em São João do Itaperiú a exposição fotográfica Caminho do Peabiru, sobre a famosa trilha que liga os oceanos Atlântico e Pacífico rodeada por misticismo e lendas. A exposição fotográfica que mostram as belezas naturais e um pouco mais da tradição da rota de cerca de 5 mil quilômetros. Considerado um roteiro histórico, com mais de dois mil anos de história, o Caminho do Peabiru, que sai do litoral catarinense até o Peru, passando por Bolívia e Paraguai, é reverenciado em São João do Itaperiú.
Na organização desta exposição está o Instituto Manoa, uma organização fundada em 2007 que realiza diversos trabalhos e estudos voltados para a manutenção do Patrimônio Histórico, desenvolvimento sustentável e manutenção da cultura local. Na equipe estão historiadores, gestores ambientais e educadores que recebem os visitantes do local e também comandam os projetos.

  A história do Caminho de Peabiru, cujo significado mais conhecido é Caminho de Grama Amassada, é uma rota muito antiga usada para ligar o Oceano Atlântico ao Pacífico, passando por quatro países: Brasil (em Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul), Bolívia, Peru e Paraguai. Este caminho liga a cidade de Cusco, no Peru, à antiga Capitania de São Vicente, e desce até Palhoça, no litoral catarinense. Segundo estudiosos, é o único caminho que liga os dois oceanos de ponta a ponta, não existindo ainda uma rota por ferrovias ou rodovias. Alguns historiadores dizem que o início do caminho é próximo a Foz do Rio Itapocu, em Barra Velha, cruzando a cidade de Garuva, na divisa do Estado.



A exposição ficará aberta ao público até o dia 11 de abril e é aberta para visitação gratuitamente no Hal da Prefeitura de São João do Itaperiú, localizado na rua José Bonifacio Pires, 45, das 07h30min às 11h30min e das 13h às 17h. O caminho é considerado um dos pontos de maior energização positiva do mundo e nele é possível reunir experiências de turismo, arqueologia, ecologia, religião e esoterismo.


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal