[presencial] D402 psicologia juridica



Baixar 60.67 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho60.67 Kb.
[PRESENCIAL] D402 - PSICOLOGIA JURIDICA

[NP1


De módulo 1 a 4

Exercícios on line



Conteúdo 2
MÓDULO 1_ O SUJEITO DE DIREITO E O APARATO PSÍQUICO: LEI, COMPORTAMENTO HISTÓRIA E INCONSCIENTE



Por que receber um nome é  importante para um ser humano recém nascido? 

A

a)      Quem não tem nome não tem personalidade na lei.

B

b)      Quem não tem nome não existe. 

C

c) Quem não tem nome tem dificuldade de construir uma identidade

D

d)      Quem não tem nome pode cometer  crimes futuramente. 

E

Nenhuma alternativa está correta.




Por que a norma é fundamental para a convivência humana? 

A

Porque a lei sempre existiu, mas nem sempre foi escrita.

B

a)      Porque cria objetivamente e subjetivamente os limites necessários para a cultura. 

C

a)      Porque se deve obedecer aos mais velhos. 

D

a)      Porque a lei é de origem divina. 

E

Nenhuma alternativa está correta.




Ainda no século XX, tinha se o costume de punir as crianças para que elas apreendessem.  O behaviorismo contribuiu para  o questionamento e a abolição dessa prática porque, segundo essa teoria

A

a)    os reforços são o único meio de modificação cognitiva

B

a)    o reforço primário é o melhor meio de modificação cognitiva

C

a)    o reforço secundário é o único meio de uma efetiva modificação cognitiva

D

a punição pode provocar processos de esquiva e de fuga

E

Nenhuma das respostas está correta




A identidade de uma pessoa depende para a psicologia sócio histórica, dentre outros, da atividade  humana. De acordo com a teoria 

A

a)    Atividade  é comportamento

B

a)    Atividade é o contrário de passividade 

C

a)    Atividade é o que temos em comum com os animais 

D

a)    Atividade é a ação transformadora do ser humano sobre o mundo

E

Nenhuma resposta está correta



Conteúdo 3
MÓDULO 2_ FAMÍLIA E CULTURA: SEXUALIDADE E COMPLEXO DE ÉDIPO



Édipo é um  filho que, sem saber, mata o pai e torna-se marido da mãe e rei de Thebas, infringindo com seu ato incestuoso a lei que garante a estrutura social, biológica, política e familiar daquela sociedade, embaralhando sua ordem . Para Sigmund Freud: 

A

O filho vive um conflito inconsciente entre a necessidade de amar o pai e o ódio que sente pelo fato do pai  não querer ser seu amante

B

O filho vive um conflito inconsciente, porque ama a mãe,  quer ser como ela, mas deve se identificar com o pai. 

C

O filho vive um conflito inconsciente entre a necessidade de se identificar com o pai e o ódio que sente, porque o pai é seu rival na disputa amorosa pela mãe.

D

O filho vive um conflito inconsciente, porque se sente ameaçado pelo pai, porque este é maior que ele impõe suas regras. 

E

Nenhuma alternativa está correta.




"NINGUÉM nasce mulher: torna-se mulher. Nenhum destino biológico, psíquico, econômico define a forma que a fêmea humana assume no seio da sociedade; é o conjunto da civilização  que elabora esse produto intermediário entre o macho e o castrado  que qualificam de feminino. Somente a mediação de outrem pode  constituir um indivíduo como um Outro." (BEAUVOIR, S. O segundo sexo. (1949) .Vol. II. A experiência da vida. São Paulo: DIFEL, 1967.)  A partir da teoria transcrita no trecho, há, hoje uma diferenciação teórica entre os termos "sexo" e "gênero": 

A

O uso do termo sexo conota que a diferença entre homens e mulheres é de ordem cultural

B

O uso do termo gênero conota que a diferença entre homens e mulheres é de ordem cultural; 

C

o uso do termo sexo conota que a diferença entre homens e mulheres é de ordem natural e cultural; 

D

o uso do termo gênero conota que a diferença entre homens e mulheres é de ordem natural 

E

O uso do termo sexo conota que não há diferença entre homens e mulheres




O complexo de Édipo é para Sigmund Freud a chave de compreensão do Inconsciente. Qual é a saída do Complexo de Édipo para o MENINO 

A

Esquecer a frustração da interdição da mãe e obedecer ao pai.

B

Hostilizar a mãe fazendo pacto com o pai.

C

Crescer, encontrar uma mulher que não é a mãe e ser pai.

D

Entrar na política e exercer um cargo de liderança.

E

Nenhuma das alternativas está correta.


_______________________________________

Conteúdo 4
MÓDULO 3_ FREUD, O EGO, O ID E O SUPEREGO: A TRADIÇÃO DA MORAL E DA LEI



De acordo com a chamada  Segunda Tópica de Freud, podemos dizer que o Ego é 

A

parte do nosso inconsciente  que nos liga às forças do Id 

B

algo que nos liga à realidade e pode ser chamado de consciência

C

a parte  mais alienada do aparato psíquico

D

a parte do inconsciente que reprime as pulsões




O que levou Freud a perceber a existência da pulsão de morte? 

A

A agressividade dos seus pacientes depois da experiência de guerra 

B

O suicídio de um dos seus pacientes, porque não suportou a guerra  

C

Os sonhos de morte de seus pacientes que retornavam da guerra 

D

A Primeira Guerra Mundial e as notícias da destruição que causou



Para Freud, os seres humanos possuem duas pulsões, Eros e Tânatos. 

A

Eros é a pulsão de vida responsável pelas loucuras que cometemos

B

Eros é a  pulsão de vida responsável pela sexualidade e pela  reprodução 

C

Tânatos é a pulsão de morte que constrói nossa civilização 

D

Tânatos  é a pulsão de  morte , responsável pela nossa sexualidade 

E





Conteúdo 5
MÓDULO 4_ NEUROSE, PSICOSE, PERVERSÃO: PSICOPATOLOGIA E NORMALIDADE



Qual é a crítica que a Antipsiquiatria faz ao conceito de doença mental ? 

A

Doença mental é um conceito muito vago do que realmente ocorre na loucura

B

Doença mental é um conceito ainda não suficientemente estabelecido 

C

Doença mental é um conceito comprometido com aqueles que querem manter uma determinada ordem social 

D

Doença mental é um conceito historicamente superado, porque  todos somos loucos




Para Sigmund Freud , o homem é um “animal” doente, uma vez que a civilização impõe sacrifícios que causam angústia. Diante disso, como lida o neurótico obsessivo com essa angústia? 

A

O neurótico obsessivo   tem uma obediência cega à lei e “enterra “ seu desejo nas convenções sociais

B

O neurótico obsessivo é um rebelde à lei.  Reclama que não pode realizar seus desejos, porque essa realização lhe é negado. 

C

O neurótico obsessivo  foge de lei, delirando. 

D

O neurótico obsessivo  não se importa com a lei. Passa por cima das normas. 




O termo “normalidade” significa encontrar-se dentro das normas.  No Código Penal brasileiro,  o doente mental  foge da normalidade e, consequentemente

A

É imputável

B

É inimputável 

C

É responsável pelos seus atos 

D

É retardado mental


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal