Primeiros socorros



Baixar 222.64 Kb.
Página3/6
Encontro06.08.2016
Tamanho222.64 Kb.
1   2   3   4   5   6





De acordo com a profundidade(*):

Queimadura de:

     Características

Primeiro Grau

Atinge somente a epiderme. Caracteriza-se pela vermelhidão, um certo inchaço e dor local.

Segundo Grau

Atinge derme e epiderme. Há dor intensa, inchaço, vermelhidão e bolhas.

Terceiro Grau

Considerada grave, pois atinge todas as camadas da pele, além de músculos e até mesmo os ossos. Pode não haver local, mas sim nas áreas ao redor, devido às queimaduras de 1º e 2º graus associadas(*). A lesão apresenta coloração escura e/ou esbranquiçada.

A foto abaixo mostra, da esquerda para a direita, os três tipos de queimadura: 1o., 2o. e 3o. graus.

(*) É importante que o socorrista saiba que a lesão não é uniforme, podendo ocorrer vários graus de profundidade em uma mesma lesão.



Tenha em mente que, quanto maior a extensão, maiores os riscos para a vítima, pois pode haver perda excessiva de líquidos do corpo, perda de temperatura e alto risco de infecções.
Baseados nestas informações e no local da queimadura, podemos dizer que:


Queimaduras Leves: são aquelas de 1º e 2º graus, afetando pequenas extensões do corpo e que correspondem à maioria absoluta dos acidentes desse tipo.

Queimaduras moderadas: são aquelas de 1º grau extensas e de 2º grau de média extensão.

Queimaduras Graves: são todas as de 3º grau e as de 2º grau que envolvem face, pescoço, tórax, mãos, pés, virilha e articulações, além das queimaduras extensas de 2º grau. As queimaduras químicas e por eletricidade são sempre consideradas graves.

Como socorrer... a vítima de queimaduras térmicas





  • Apague as chamas usando um cobertor ou rolando a vítima no chão.

  • Execute a avaliação primária da vítima.

  • Resfrie a região queimada com muita água corrente por 10 a 15 minutos.

  • Retire as roupas, relógios e pulseiras que não estiverem grudados.

  • Cubra toda a área queimada com gazes molhadas em soro fisiológico ou água limpa, envolvendo esse curativo com ataduras de crepe também umedecidas. Mantenha o curativo molhado usando frascos de soro ou água, até a chegada ao hospital.

  • Se a queimadura for extensa, preocupe-se em aquecer a vítima.

  • Não ofereça medicamentos ou alimentos à vítima.

  • Remova-a para o hospital mais próximo, mesmo quando as queimaduras forem de pequena extensão.


Cuidado!!!


Jamais aplique sprays, manteigas, cremes,

óleos, pasta de dente, vaselinas, pomadas,

gelo etc., sobre a área queimada.







O segredo é...

Água! Muita água! Somente água!

 Como socorrer... A vítima de inalação de fumaça
A fumaça de incêndios ou produtos químicos é altamente tóxica e pode provocar irritações nos olhos, lesões nas vias aéreas e até mesmo parada respiratória e morte. Seus sinais e sintomas mais comuns são:

  • Dificuldade de respirar.

  • Tosse.

  • Cheiro de fumaça ou produto químico no ar expirado e resíduos acinzentados ao redor da boca e nariz.

O que fazer?

  • Retire a vítima do ambiente e mantenha-a em local bem arejado, abrindo as janelas e portas para melhorar a ventilação.

  • Realize a avaliação primária.

  • Aqueça a vítima.

  • Se inconsciente, coloque a vítima deitada de lado.

  • Transporte-a imediatamente para o hospital.

Como socorrer... a vítima de queimaduras químicas

  • Utilize luvas e haja com cuidado!

  • Lave a região com muita água corrente por 10 a 15 minutos.

  • Remova roupas, pulseiras e relógios contaminados com a substância, desde que não estejam grudados.

  • Cubra toda a área queimada com gazes molhadas em soro fisiológico ou água limpa, envolvendo esse curativo com ataduras de crepe também umedecidas.

  • Se a queimadura for extensa, preocupe-se em aquecer a vítima.

  • Não ofereça medicamentos ou alimentos à vítima.

  • Remova-a para o hospital mais próximo, mesmo quando as queimaduras forem de pequena extensão, por se tratar de agentes químicos.

  • Se possível, tente identificar o agente químico, pois isso ajudará no atendimento médico definitivo.




O segredo é...
Para substâncias em pó ou pasta, primeiro remover
o excesso para depois lavar, para evitar que o produto queimante escorra!

Como socorrer... a vítima de queimadura química nos olhos

  • Lave os olhos da vítima imediatamente com água em abundância por 10 a 15 minutos.

  • Inicie o transporte da vítima rapidamente ao hospital e faça lavagem durante todo o trajeto, cobrindo ambos os seus olhos com gazes umedecidas, mesmo que apenas um deles tenha sido atingido.

  • Caso, após esse procedimento, a vítima volte a se queixa de ardor, torne a lavar os seus olhos com água.

Como socorrer... a vítima de queimadura elétrica
As queimaduras elétricas são consideradas gravíssimas, pois podem provocar alterações no funcionamento dos sistemas do corpo, levando até à morte por parada cardíaca.

Sinais e sintomas:

  • Sinal de queimadura em 2 pontos (*).

  • Tremores ou flacidez dos músculos.

  • Dificuldade respiratória.

  • Convulsões (em casos graves).

(*) Você sabia...
que a corrente elétrica provoca duas áreas de queimaduras: uma no ponto de entrada
e outra no ponto de saída da corrente?




Cuidado!!!
Não toque na vítima ainda ligada à corrente elétrica.
Garanta sua segurança, desligando a energia!

O que fazer?

  • Não se aproxime, caso haja corrente elétrica ativa, fios soltos ou água no chão.

  • Execute a avaliação primária.

  • Utilize água para aliviar o processo de queimadura e faça curativos molhados.

  • Aqueça a vítima.

  • Transporte-a sem demora.


1   2   3   4   5   6


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal