PRÉmios e premiados ‘sos azulejo 2015’ Prémio extra concurso “Obra de Vida”



Baixar 16.13 Kb.
Encontro31.07.2016
Tamanho16.13 Kb.
PRÉMIOS e PREMIADOS ‘SOS AZULEJO 2015’

- Prémio extra concurso “Obra de Vida”:

  • Pintora Graça Morais



- Prémio “Estudo e Divulgação” atribuído ex aequo a:

  • Escola Superior de Turismo e Hotelaria / Instituto Politécnico da Guarda / Diocese da Guarda por proposta do Observatório de Turismo da Serra da Estrela; Livro intitulado “PAR - Património Azulejar Religioso na Diocese da Guarda”, coordenação – Anabela Sardo; textos – Joana Pereira; fotografia – Joana Pereira e Vítor Roque;

  • Teresa Saporiti; Inventário da Azulejaria do Distrito de Portalegre e livros intitulados “Azulejaria do Distrito de Portalegre” e “Azulejos do Mosteiro de São Bernardo em Portalegre”, textos – Teresa Saporiti, fotografia – Raúl Ladeira et al.

Menção Honrosa ‘Estudo e Divulgação’:

  • João Alpuim Botelho, Santa Casa da Misericórdia de Viana do Castelo; Livro intitulado “Azulejos da Igreja da Misericórdia de Viana do Castelo - Representação das Obras de Misericórdia”, texto – João Alpuim Botelho, fotografia – Rui Carvalho e Carlos Valencia Maya.

- Prémio “Dissertação de Mestrado”:

  • Nisa Pereira Félix da Rocha, dissertação de mestrado em História de Arte pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto intitulada “Reflexo(s) do Porto: Processo para a Produção de um Guia do Azulejo na Cidade”;

Menção Honrosa “Tese de mestrado”:

  • Maria de Lurdes Gandarinho Carlos, dissertação de mestrado pelo Departamento de Matemática da Universidade de Aveiro intitulada "Aspetos matemáticos e históricos de um percurso pela arte dos azulejos e frescos de Aveiro";

Menção Honrosa “Tese de mestrado”:

  • Gisela Lopes Nunes, dissertação de mestrado pelo Instituto de Educação da Universidade do Minho intitulada "Azulejaria Portuguesa e a Valorização do Património: Interpretação de Fontes Patrimoniais Iconográficas por Alunos do 1.º e 2.º Ciclo do Ensino Básico".

- Prémio “Boas práticas” atribuído ex aequo a:

  • Município de Vila Franca de Xira, Departamento de Educação e Cultura: Intervenção de Conservação e Restauro dos Azulejos do Mercado Municipal de Vila Franca de Xira, obra efetuada em colaboração com: Centro de Estudos de Arte e Arqueologia / Departamento de Arte, Conservação e Restauro, Escola Superior de Tecnologia de Tomar, Instituto Politécnico de Tomar / Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro / Instituto Oceanográfico da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa;

  • Município de Lisboa, Unidade de Coordenação Territorial / Unidade de Intervenção Territorial Centro Histórico: Reabilitação dos azulejos na envolvente do conjunto edificado sito na Rua Norberto de Araújo, n.º 21-29 e do Miradouro de Santa Luzia, em colaboração com o ‘Atelier Samthiago’.

Menção Honrosa “Boas práticas”:

  • Município de Ovar, Divisão da Cultura / ACRA /: Espaço lúdico do azulejo (ELA) "Jogos de rua, sonhos de parede, e Recuperação dos painéis de azulejo da estação ferroviária de Ovar, em colaboração com Escola de Artes – Arte e Restauro, Escola do Porto da Universidade Católica Portuguesa.

- Prémio “Conservação e restauro” atribuído ex aequo a:

  • Santa Casa da Misericórdia de Braga: Intervenção de Conservação e Restauro do Património Azulejar do Palácio do Raio, em colaboração com a empresa ‘CRERE’.

  • Atelier Samthiago: Projeto de Requalificação da Sala D. Manuel, Museu Nacional do Azulejo.

Menção Honrosa “Conservação e restauro”:

  • Município de Torres Vedras, Divisão de Cultura Património Cultural e Turismo: Conservação e Restauro da Azulejaria do Claustro do Convento da Graça de Torres Vedras, em colaboração com a empresa ‘Nova Conservação Lda.’.

- Prémio “Inovação”:

  • Bonjardim Porto (WEDOEKO), Teresa Oliveira, Isabel Braga e Sónia Martins; Projeto de georreferenciação de azulejos de padrão de fachadas de casas portuguesas intitulado “Mapping Our Tiles”.

Outras Menções Honrosas:

- Menção Honrosa “História de arte”:

  • Gonçalo Couceiro; Estudo intitulado “Elementos para a História da Fábrica de Faiança e Azulejos Sant'Anna, desde 1741”;

- Menção Honrosa “Arte urbana”:

  • Joana Sofia Passos Mesquita de Abreu; Trabalho artístico intitulado “Preencher Vazios”;

- Menção Honrosa “Reinvenção do azulejo”:

  • Cortiço & Netos, AIAI Associação para a Interpretação do Azulejo Industrial; Divulgação e preservação do azulejo industrial português;

- Menção Honrosa “Formação escolar artística”:

  • Ana Patrícia Catrinão Alves, Escola Secundária Artística António Arroio; Trabalho escolar artístico - painel de azulejos intitulado “Homizio”;

  • Inês Carvalho de Almeida, Escola Secundária Artística António Arroio; Trabalho escolar artístico - painel de azulejos intitulado “Quimera”.




©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal