Programa de disciplina I – identificaçÃO



Baixar 30.55 Kb.
Encontro23.07.2016
Tamanho30.55 Kb.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA

CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - CCT

CURSO DE ENGENHARIA DA PRODUÇÃO - CA

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA E PRODUÇÃO - DEMECP





PROGRAMA DE DISCIPLINA



I – IDENTIFICAÇÃO


Disciplina

:

Gestão da Qualidade

Código da Disciplina

:




Pré-requisito

:




Período

:




Créditos

:

04

Carga Horária Semestral

:

60 horas

Carga Horária Semanal

:

04 horas



II. EMENTA

Qualidade Total: conceito básicos de TQC, TQC/CQTE – Qualidade Total em Toda Empresa. Ferramentas básicas de TQC. CCQ – Círculos de Controle de Qualidade. Os 14 pontos de DEMING. ISO 9000. Qualidade no Projeto. QFD – Quality Function Deployment. Conceitos básicos de Controle. Introdução à Metrologia Industrial. Controle Estatístico de Processo.



III. OBJETIVOS

1 – Gerais

Capacitar os alunos nos conceitos fundamentais de Gestão da Qualidade, Metrologia Industrial e Controle Estatístico de Processos


2 – Específicos

a - Capacitar os alunos nas ferramentas e na metodologia indispensáveis para a concepção e implantação de processos eficazes de mudança organizacional em Qualidade e Produtividade, de modo a otimizar a competitividade das organizações.
b – Apresentar as principais e atuais técnicas utilizadas na gestão da qualidade, mostrando exemplos de aplicação e estudando casos.
c – Apresentar conceitos e exemplos de aplicação de Metrologia Industrial.
d – Capacitar os alunos no uso adequado das ferramentas e gráficos básicos do Controle Estatístico de Processos.
IV. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1 – Histórico, Conceitos e Aplicação da Qualidade

Origem e Importância da Qualidade. História do Desenvolvimento da Qualidade. Conceitos de Qualidade. Etapas do Movimento da Qualidade. Qualidade e Globalização.


2 – Qualidade Total: conceito básicos de TQC, TQC/CQTE

Produtividade. Competitividade. Sobrevivência. Qualidade Total. Sistema. Processo. Controle. Controle de Processo. Indicadores de desempenho (itens de controle/verificação).


3 – Programas e ferramentas básicas de TQC

O Ciclo PDCA. Ferramentas básicas: estratificação; folha de verificação; gráfico de Pareto; diagrama de causa e efeito; histograma; 5W2H; relatório de três gerações; brainstorming e GUTI. O Programa 5S. Compreendendo o Programa 5S.


4 – CCQ – Círculos de Controle de Qualidade

Gerenciamento do crescimento do ser humano na empresa. Círculos de Controle de Qualidade – CCQ: objetivos, estrutura e problemas que podem ser resolvidos.


5 – Os 14 pontos de DEMING

Conceito de Qualidade de Deming. Os 14 princípios. As 5 doenças mortais da administração.


6 – Qualidade no Projeto

Planejamento, Garantia e Controle da Qualidade.


7 – Sistema da Garantia da Qualidade

7.1 – Necessidade de um SGQ

7.2 – Normas da Série ISO 9000

7.3 – Normas da série 14.000

7.4 – Responsabilidade social – SA 8000

7.5 – Auditorias

7.6 – Certificação
8 – Introdução à Metrologia Industrial

Sistemas de medidas. Instrumentos de medidas. Leitura dos sistemas de medidas. Noções da teoria dos erros. Análise e critérios de descarte de medições. Noções de sistema de tolerâncias e intercambialidade.


9 – Controle Estatístico de Processo

Conceitos estatísticos básicos. Causas comuns e especiais. Distribuições estatísticas: Distribuição Normal. Diagrama de dispersão. Coeficiente de correlação. Cartas de Controle. Índices de Capabilidade de Processos


10 – Novas Tecnologias da Qualidade

Reengenharia. Programa Seis Sigma. Outsourcing. Downsizing. Balanced Scored Card. Engenharia Simultânea. Benchmarking.


11 – QFD – Quality Function Deployment (Desdobramento da Função Qualidade)

Origem. Conceitos básicos. Importância. O Sistema QFD e seu uso. O Cliente e o QFD.

Noções Aplicações e benefícios do QFD.
V – PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS


  1. Aulas expositivas

  2. Debates

  3. Atividades práticas individuais e em grupos

  4. Estudos de casos

  5. Exercícios


VI – RECURSOS DIDÁTICOS

  1. Notebook e Projetor de Multimidia

  2. Quadro “magic board”

  3. Laboratório de Informática



VII – AVALIAÇÃO

Será realizada através de:



  1. Aplicação de provas avaliativas

  2. Trabalhos individuais ou em grupos



VIII. – REFERÊNCIAS

Básica

1 –


CAMPOS, Vicente Falconi. TQC: Controle de Qualidade Total (no estilo japonês). Belo Horizonte (MG) - Fundação Christiano Ottoni – Escola de Engª da UFMG. Rio de Janeiro: Bloch Editores S.A. 1992. 220 p.


2 –


WERKEMA, Maria Cristina Catarino. As Ferramentas Estatísticas Básicas para o Gerenciamento de Processos. Belo Horizonte (MG) – Fundação Christiano Ottoni – Escola de Engª da UFMG. 1995. 384 p.


3 –


LIRANI, João. Introdução à Metrologia Industrial. Apostila publicada pela USP/EESC. São Carlos: 1979, 79 p.


4 –


CAMPOS, Vicente Falconi. TQC: Gerenciamento da Rotina do Trabalho no dia-a-dia. Fundação Christiano Ottoni – Escola de Engª da UFMG. Rio de Janeiro: Bloch Editores S.A. 1994. 278 p.


5 –


AGOSTINHO, Osvaldo Luís et al. Tolerâncias, ajustes, desvios e análise de dimensões. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda, 1981, 295p


6 –


COSTA, Antonio Fernando Branco, EPPRECHT, Eugênio Kahn & CARPINETTI Luiz Sesar Ribeiro. Controle Estatístico de Qualidade. 2ª Edição. São Paulo: Editora Atlas S. A. 2005. 334 p.


7 –


CARPINETTI, Luiz Cesar Ribeiro. Gestão da Qualidade. Conceitos e Técnicas. São Paulo: Editora Atlas S.A., 2010. 241 p.


8 –

8.1 –


8.2 –

Normas ABNT

NBR ISO 9002 (dez 1994)

NBR ISO 14001 (out 1996)




IX. ELABORADOR (ES)

Prof. M. Sc. Antonio Pereira e Silva


Data:

X. APROVAÇÃO DA ASSEMBLÉIA DEPARTAMENTAL

Data:


XI. APROVAÇÃO NO COLEGIADO DE CURSO

Data:


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal