Projeto “planeta na mente, consumo consciente!” Enfoque



Baixar 18.54 Kb.
Encontro05.08.2016
Tamanho18.54 Kb.
PROJETO “PLANETA NA MENTE, CONSUMO CONSCIENTE!”



ENFOQUE
De acordo com o “dia mundial sem compras”, 26 de novembro de 2011, criamos o “PLANETA NA MENTE, CONSUMO CONSCIENTE!”.
Trata-se de uma Campanha que tem como objetivo promover a conscientização dos funcionários do Poder Judiciário em relação à temática do consumo e seus consequentes impactos sócio-ambientais, incentivando-os a realizarem mudanças no padrão de consumo e a adotarem um comportamento ecologicamente adequado em face do meio ambiente. A campanha servirá de alerta às condutas consumistas, ensejando novos critérios de sustentabilidade.
FINALIDADE: O projeto engloba três fins:


  1. Reduzir: implica em reduzir nosso patamar de consumo, deixar de consumir tudo o que o que não é realmente necessário. Se, por exemplo, uma tecla do seu telefone celular se quebrar, por que não consertá-la, em vez de comprar um aparelho novo? Ou se o modelo não é o mais recente, mas o aparelho ainda funciona, por que trocá-lo?

  2. Reutilizar: implica em utilizar um mesmo produto de várias maneiras, ao invés de descartá-lo. O exemplo mais comum é utilizar embalagens de vidro de conservas para guardar sal, açúcar, etc.

  3. Educar: para a prática do consumo consciente.

Este projeto engloba três fins: REDUZIR o consumo, REDUZIR a produção do resíduo sólido e REEDUCAR para a prática do consumo consciente.



EVIDÊNCIAS

É imperativo enfatizar que os atuais padrões de consumo são insustentáveis, do ponto de vista ambiental e social. A população é bombardeada diariamente com campanhas publicitárias induzindo-as ao “ato de comprar”. Para ser aceito na sociedade e pela necessidade de manter o “status quo”, as pessoas adquirem o hábito do consumo indiscriminado, comprando muito mais que o necessário, o que muitas vezes, acarreta num superendividamento, trazendo conseqüências graves para sua vida familiar e profissional.




AÇÕES A EMPREENDER
Buscando atingir os objetivos acima evidenciados, propomos duas datas de paralisação de 20min cada, abrangendo todo o Poder Judiciário, sendo a primeira no encerramento da Semana do Meio Ambiente do TJRS, dia 10 de junho, às 13h e 30min, e a segunda no início de dezembro com data a determinar. É importante que a hora prevista seja respeitada e todos os funcionários tenham acesso ao filme por meio de link disponibilizado pela Diretoria de Informática.

A Campanha será divulgada por meio de tela login, bem como por email para as chefias e diretores de foros para liberação dos funcionários na data prevista----------------

Trata-se do filme ----------------------------.

MOTIVAÇÃO
O tema sustentabilidade do planeta, atualmente em destaque em todos os setores da sociedade, torna todos os cidadãos responsáveis por suas ações e omissões que de alguma forma causam impactos ao meio ambiente.

Definitivamente foi-se o tempo em que consumir era algo despretensioso e que os desejos, por mais supérfluos que fossem, deveriam ser atendidos a qualquer preço. Hoje, a humanidade sente na pele as conseqüências de centenas de anos de consumo desenfreado e irresponsável, na forma do aquecimento global, poluição de águas, extinção de animais, volume excessivo de material para descarte (lixo seco) e outros desastres ecológicos.

Para mitigar esses impactos negativos, faz-se necessário não só uma mudança de atitude, mas principalmente formar consciência da responsabilidade de cada um. A idéia básica do consumo consciente é transformar o ato de consumo em uma prática permanente de cidadania. Por isso, é fundamental estar bem informado sobre os produtos e serviços que serão adquiridos ou contratados. O poder de transformação social está nas mãos dos consumidores, e cabe a eles escolher como fornecedoras empresas éticas, que respeitam os direitos humanos e os limites naturais do planeta.

ABRANGÊNCIA
Convém que a ação estenda-se por todo o Poder Judiciário.

Princípios do consumo consciente

Os 12 princípios norteadores do consumo consciente:

 

1- Planeje suas compras e não seja impulsivo. A impulsividade é inimiga do consumo consciente. Planeje antecipadamente e, com isso, compre menos e melhor.



 

2- Avalie os impactos do seu consumo. Leve em consideração o meio ambiente e a sociedade, em suas escolhas de consumo.

 

3- Consuma apenas o necessário. Reflita sobre as suas reais necessidades e procure viver com menos.



 

4- Reutilize produtos e embalagens. Não compre outra vez o que você pode consertar, transformar e reutilizar.

 

5- Separe o lixo. Recicle e contribua para a economia de recursos naturais, a redução da degradação ambiental e a geração de empregos.



 

6- Use crédito consciente. Pense bem se o que você vai comprar a crédito não pode esperar e esteja certo de que poderá pagar as prestações.

 

7- Conheça e valorize as práticas de responsabilidade social das empresas. Em suas escolhas de consumo, não olhe apenas preço e qualidade. Valorize as empresas em função de sua responsabilidade para com os funcionários, a sociedade e o meio ambiente.



 

8- Não compre produtos piratas ou contrabandeados. Compre sempre do comércio legalizado e, dessa forma, contribua para gerar empregos estáveis e para combater o crime organizado e a violência.

 

9- Contribua para a melhoria de produtos e serviços. Adote uma postura ativa. Envie às empresas sugestões e críticas sobre seus produtos e serviços.



 

10- Divulgue o consumo consciente. Seja um militante da causa: sensibilize outros consumidores e dissemine informações, valores e práticas do consumo consciente. Monte grupos para mobilizar seus familiares, amigos e pessoas mais próximas.

 

11- Cobre dos políticos. Exija de partidos, candidatos e governantes propostas e ações que viabilizem e aprofundem a prática do consumo consciente.



 

12- Reflita sobre seus valores. Avalie constantemente os princípios que guiam suas escolhas e seus hábitos de consumo.


Fonte: Instituto Akatu

Participe conosco. Os resultados beneficiarão a todos nós !!!


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal