Pronunciamento do deputado federal capitão assumçÃO 09 de junho de 2009



Baixar 12.49 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho12.49 Kb.
PRONUNCIAMENTO DO DEPUTADO FEDERAL

CAPITÃO ASSUMÇÃO

09 DE JUNHO DE 2009

Rendo minhas homenagens ao Comandante da Capitania dos Portos do Espírito Santo, Walter Inglez, Capitão de mar e Guerra, ao Comandante da Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo Valtércio dos Santos Barros, Capitão de Fragata e aos assessores parlamentares em Brasília, Carlos André Macedo, Capitão de Fragata e José Archilles Teixeira, Capitao de Corveta.

Quero inicialmente falar da grata satisfação de estarmos aqui hoje, neste momento em que relembramos a passagem do centésimo quadragésimo quarto aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, momento histórico que marca a data magna dessa magnífica instituição que é a Marinha do Brasil.

Nesses instantes de júbilo lembramo-nos da história daqueles que cumpriram com o seu dever e honra nas batalhas empreendidas ao longo da história, de maneira tal que elas nos impulsionem para o enfrentamento das hodiernas lutas que perpassam pelo fim precípuo da manutenção da soberania nacional, bem como pelo papel de assistência cívico e social que alcançam os rincões de nosso extenso país.

Temos a certeza, que tal como a Almirante Tamandaré, os militares dessa força naval se esmeram na lida diária para manter acesa essa chama e manter vivo esse espírito, que é inerente àqueles que se abnegam nessa missão, eivada de dificuldades e obstáculos, é verdade, mas de maneira alguma inglória.

O enfrentamento a qualquer tipo de ameaça a soberania, que convenhamos, hoje em dia, não se configura somente a ameaças externas, requer instrumentos, treinamento e capacitação. Como egressos de uma instituição militar, sabemos que o treinamento metódico e disciplinado pode levar a exaustão, mas igualmente, nos leva a perfeição!

Dessa forma, é imperioso que as instituições tenham plena capacidade logística para garantir sua missão constitucional, além é claro , de ter reconhecida sua importância para a nação, através da valorização do ser humano, para que ele tenha condições de proporcionar uma vida digna aos seus familiares. Se, por qualquer razão que seja, não temos atendidas essas premissas, nossa comemoração perde um pouco da cor e nos empalidece.

Desde há muito as corporações militares continuam a pagar injustamente pela conta de um período histórico já superado e de triste lembrança para todos os brasileiros. Mas, como asseverado, hoje as lutas são outras e os governos não podem tratar a todos nós como filhos da falecida ditadura e dessa forma, muito convenientemente, manter achatados nossos soldos e diminuída nossa importância em um país cuja soberania de uma unidade federativa, por exemplo, é colocada em cheque em um estado de sítio declarado por uma Organização criminosa qualquer.

Nesse sentido, pensamos na imensidão que representa as águas territoriais brasileiras, bem como na, por assim dizer, malha hidroviária do nosso gigante país, que tal como veias povoam toda sua extensão, do coração até as extremidades desse estado colossal.

E por mais distante que estejam, lá chega a Marinha do Brasil que, por exemplo, com seus navios de assistência hospitalar, se estabelece como única oportunidade de várias populações ribeirinhas terem acesso a assistência médica e odontológica.

Isso é propagar a cidadania e não o contrário! Além disso, eles podem colaborar como efetivos membros da defesa civil em vários estados brasileiros.

Enaltecer o trabalho das capitanias dos portos, que tal como os DETRANS, desempenha papel importantíssimo na fiscalização e na legalização do transporte marítimo e hidroviário.

Para aqueles, do senso comum, que desprestigiam as forças armadas pela improbabilidade de uma guerra, destaco também o importante papel da Marinha na participação brasileira na missão das Nações Unidas no Haiti.

E quem não se lembra do recente e brilhante trabalho de resgate de um casal de velejadoras Sul-africano a cerca de 2000 km da costa brasileira.

Se alguém achar que isso é pouco, como não nos orgulhar com o profissionalismo e competência com que a Marinha do Brasil vem trabalhando no resgate das vítimas do fatídico vôo 477 da Air France.

O respeito às famílias e o cuidado com as armadilhas sensacionalistas comprovam incontestavelmente a seriedade e a capacidade imprescindíveis para com o trato de vidas humanas, tanto no que concernem as que se perderam na tragédia, quanto àquelas que terão sido marcadas para sempre com o abrupto fim do convívio com entes queridos em tal circunstância.

Nesse instante, não obstante os problemas que aqui relatamos, congratulamos a todos que trabalham e reconhecem a riqueza dessa força que singra as águas, marcando pontualmente a presença e força do Estado contra todo o tipo de tormenta.

Para aqueles que não atracam em um porto seguro esperando que a tempestade se dissipe, tenham por certo que o mar revolto impulsiona uma constante busca e configura-se no dínamo que move o motor da história de modo a promover a dignidade que todos vocês fazem por merecer.

Os meus parabéns Marinha do Brasil

Muito Obrigado.



Capitão Assumção

Deputado Federal-PSB/ES
Catálogo: sileg -> integras
integras -> Pronunciamento do Deputado Edinho Bez (pmdb-sc), em de abril de 2011 na Câmara dos Deputados sobre Reforma Tributária dando ênfase, nesta oportunidade, sobre a desoneração da folha de pagamentos
integras -> O sr. José pimentel – pt-ce (Pronuncia o seguinte discurso)
integras -> CÂmara dos deputados projeto de lei n.º 502, de 2003
integras -> Pronunciamento do deputado luiz moreira na sessão ordinária da câmara, em 24 de abril de 2002
integras -> A diversidade cultural brasileira sob o olhar de um deputado federal
integras -> Discurso proferido pelo deputado Sérgio Caiado
integras -> SR. carlos de souza
integras -> SR. giacobo (bloco pl/ pr) pronuncia o seguinte discurso Sr. Presidente, Sras e Srs. Deputados
integras -> Pronunciamento do deputado manato, pdt/ES, na tribuna da câmara, em sessão do dia 22 de outubro de 2003
integras -> Deputado vitor penido


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal