Protocolo sugerido para consulta com nefrologista



Baixar 367.83 Kb.
Página1/5
Encontro29.07.2016
Tamanho367.83 Kb.
  1   2   3   4   5
PROTOCOLO SUGERIDO PARA CONSULTA COM NEFROLOGISTA
Motivos Para Encaminhamento

  1. Alteração de exame de urina

  2. Edema a esclarecer com sedimento urinário alterado.

  3. Lesão renal em Diabetes, Hipertensão, doenças reumatológicas e auto-imune.


1. Alteração de exame de urina

HDA – Historia sucinta constando tempo de evolução, história pregressa e doenças associadas.

Exame Físico – Relatar os achados importantes, inclusive a medida da pressão arterial e volume urinário.

Exames Complementares Necessários- Sumário de urina, uréia, creatinina >= 2,0 mg/dl, e glicemia de jejum, hemograma completo, colesterol total e frações e triglicerideos.

Prioridade para a Regulação – Oligúria e/ou creatinina >= 2,0 mg/dl


Prazo de espera – 7 dias
2. Edema a esclarecer com sedimento urinário alterado

HDA – Historia sucinta constando tempo de evolução, história pregressa e doenças associadas.

Exame Físico – Relatar os achados importantes, inclusive a medida da pressão arterial

Exames Complementares Necessários - Sumário de urina I, uréia, creatinina, e glicemia de jejum.

Prioridade para a Regulação – Hematúria maciça

Prazo de espera – 48 horas
3. Lesão renal em diabetes, hipertensão, doenças reumatológicas e auto- imunes

HDA – Historia sucinta constando tempo de evolução, história pregressa e doenças associadas.

Exame Físico – Relatar os achados importantes, inclusive a medida da pressão arterial.

Exames Complementares Necessários - Sumário de urina I, uréia, creatinina, e glicemia de jejum.

Prioridade para a Regulação – creatinina >= 2,0 mg/dl.

Prazo de espera – 7 dias.
Outros motivos freqüentes de encaminhamento: Encaminhamento anual de diabéticos e hipertensos, Hematúria, Infecções urinárias de repetição e Cálculo Renal.
PROTOCOLO SUGERIDO PARA CONSULTA COM OFTALMOLOGISTA
Motivos para o encaminhamento:

  1. Déficit Visual;

  2. Cefaléia;

  3. Retinopatia Diabética / Hipertensiva;

  4. Inflamação Ocular;

  5. Catarata;

  6. Glaucoma

  7. Estrabismo infantil

Obs;Todo paciente encaminhado para o especialista continua sob a responsabilidade do médico que encaminhou e a ele deve voltar.
1. Déficit Visual

HDA – Encaminhar os pacientes com relato de: Déficit Visual ou queixas oculares: prurido, lacrimejamento. Encaminhar com história sucinta, citando presença de outras patologias (diabetes e hipertensão).

OBS: os pacientes com queixa de déficit visual devem ser submetidos pelo médico clínico ou outro profissional habilitado ao teste de Snellem.

Exame Físico – citar os achados significativos.

Prioridade para Regulação – Priorizar pacientes entre 0 a 9 anos e com mais de 40 anos para consultas de 1ª. Vez.

Prazo de Espera – até 30 dias.

Contra- referência – retorno à UBS para acompanhamento com o relatório do especialista.
2. Cefaléia

HDA – Encaminhar os pacientes com cefaléia persistente, frontal (após período escolar ou após esforços visuais), sem outras causas aparentes (ex: sinusite, inflamações dentárias e enxaquecas).

Obs.: Cefaléia Matinal ou no meio da noite não está relacionada a problemas oculares. Pacientes com queixas agudas, de forte intensidade com sintomas associados, deverão ser sempre encaminhados às urgências clínicas para avaliação inicial. Em caso suspeito de meningite realizar a notificação compulsória.

Exame Físico – aferição da Pressão Arterial.

Prioridade para Regulação – Priorizar pacientes entre 0 a 7 anos e com mais de 40 anos para consultas de 1ª. Vez.

Prazo de Espera – até 30 dias.
3. Pacientes com Diabetes/Hipertensão

HDA – descrever história clínica, tempo de evolução e complicações.

Exame Físico – relatar os achados importantes. Informar o valor da pressão arterial.

Exames Complementares – Diabetes: glicemia, triglicerídeos e colesterol (até 30 dias). Para Diabetes e Hipertensão, o paciente deve levar ao especialista os exames e relatórios oftalmológicos prévios.

Prioridade para Regulação – paciente diabético juvenil e outros com doença acima de 3 anos de duração.

Prazo de Espera – até 30 dias.
4. Inflamação Ocular

HDA – Encaminhar os pacientes com relato de ardor ou dor, secreção, hiperemia ocular, diplopia.

Exame Físico – citar os achados significativos.

Prioridade para Regulação – pacientes com dor e maior tempo de evolução.

Prazo de Espera – 03 dias.

5. Catarata

HDA – Encaminhar os pacientes com faixa etária > 50 anos com queixa de baixa progressiva da visão, vista enevoada, embaçada, com piora da acuidade para longe e melhora para perto. Também estão incluídos cataratas traumáticas e de origem metabólica e Leucocoria (pupila esbranquiçada), independente da idade.

Exame Físico – citar os achados significativos e relatar a presença ou não de leucocoria.

Prioridade para Regulação – paciente de olho único, com insucesso no uso de lentes corretivas.

Prazo de Espera – até 30 dias.
6. Glaucoma

HDA – Encaminhar os pacientes com história familiar de glaucoma.

Exame Físico – citar os achados significativos.

Prioridade para Regulação – pacientes com história familiar, mesmo que assintomático, acima de 35 anos.

Prazo de Espera – 30 dias.
7. Estrabismo

HDA – Encaminhar pacientes com desvio ocular e compensação do estrabismo pela posição de cabeça (diagnóstico diferencial do torcicolo congênito).

Exame Físico – citar os achados significativos.

Prioridade para Regulação – menores de 7 anos.

Prazo de Espera – 30 dias.
Protocolo sugerido para CONSULTA COM DERMATOLOGISTA
Motivos para o encaminhamento:

  1. Micoses

  2. Prurido/Eczema

  3. Dermatite de Contato

  4. Neoplasias Cutâneas / Diagnóstico Diferencial de Lesões Infiltradas

  5. Herpes Zoster

  6. Discromias (Vitiligo, Melasma)

  7. Hanseníase

  8. Urticária Crônica

  9. Dermatoses Eritêmato-Escamosas (Psoríase, Líquen-Plano, Pitiríase Rosa)

  10. Farmacodermias

  11. Buloses (Pêfigo, Penfigóide, Dermatite Herpetiforme)

  12. Lesões ulceradas (leshimaniose)

  13. Micoses profundas (lobomicoses, cromomicoses, Jorge-lobo, esporomicoses,, paracoccidioidomicose e tuberculose cutânea)

  14. DSTs

Obs: Lembrar que os pacientes com lesões dermatológicas tratadas sem sucesso, deverão suspender as medicações tópicas antes da consulta.

Todo paciente encaminhado para o especialista continua sob a responsabilidade do médico que encaminhou e a ele deve voltar.


1. Micoses

HDA: Encaminhar os pacientes tratados clinicamente sem melhora das queixas ou em casos de suspeita de micose profunda (cromomicose, lobomicose, etc), descrevendo a história sucinta constando data do início, evolução e tratamento instituído.

Exame Físico – Descrever o aspecto das lesões. Informar outros achados importantes.

Prioridade para a Regulação - Pacientes com queixas, lesões sugestivas e com resistência ao tratamento.

Prazo de espera – 15 dias.

Contra- referência – retorno à UBS para acompanhamento com o relatório do especialista.
2. Prurido / Eczema

HDA – Encaminhar os pacientes com queixas de prurido de difícil resolução, já afastadas possíveis causas orgânicas, de acordo com exame clínico. Ex: icterícia, causa medicamentosa, escabiose etc. Encaminhar paciente com historia sucinta constando inicio dos sinais e sintomas, localização, fatores desencadeantes, tratamentos instituídos e exames complementares (se houver).

Exame Físico – Descrever o aspecto das lesões. Informar outros achados importantes.

Prioridade para a Regulação - Pacientes com quadros extensos e/ou graves.

Prazo de espera – 15 dias.

Contra- referência – permanecer no nível secundário ou retorno à UBS para acompanhamento com o relatório do especialista.
3. Dermatite de Contato

HDA – Encaminhar somente casos sem causas definidas. Referir data do início dos sintomas, localização, fatores desencadeantes, freqüência, intensidade das crises, medidas de prevenção adotadas e tratamentos instituídos.

Exame físico – Descrever aspecto e localização da lesão.

Prioridade para a Regulação - Pacientes com queixas e com lesões extensas e/ou graves.

Prazo de espera – 30 dias.

Contra- referência – retornar a UBS para acompanhamento com relatório do especialista.
4. Neoplasias Cutâneas / Diagnóstico Diferencial de Lesões Infiltradas

HDA – Encaminhar os pacientes com lesões sugestivas. Ex: lesões com história de aumento progressivo, alteração das características iniciais (cor, aumento de espessura, bordas irregulares), presença de prurido e / ou sangramento.

Exame Físico – Descrever o aspecto, localização das lesões e presença de linfonodos.

Prioridade para a Regulação - Pacientes com suspeita de melanoma e enfartamento ganglionar.

Obs: Suspeita de melanomas (07 dias) e encaminhar para o CECON e FUAM.

Prazo de espera – 15 dias.


5. Herpes Zoster

HDA – Encaminhar somente casos graves com comprometimento do estado geral ou pacientes imunodeprimidos.Informar tratamentos instituídos.

Exame Físico – Descrever o aspecto das lesões.

Prazo de espera – 01 dia.
6. Discromias, Vitiligo

Prioridade para a Regulação - Pacientes com suspeita clínica.

Prazo de espera – 30 dias.
7. Hanseníase

HDA – Encaminhar os pacientes que apresentem dificuldade de diagnóstico, lesões extensas, resistência ao tratamento inicial ou complicações (comprometimento neurológico e reações hansênicas). Informar tratamento instituído e reações.

Obs: Lembrar que o paciente portador de Hanseníase é um paciente com necessidades de acompanhamento multidisciplinar, devendo ser encaminhado a outras especialidades diante da necessidade, como: cirurgião plástico, oftalmologista, neurologista, psicólogo, entre outros.

Exame Físico – Descrever o aspecto das lesões (tamanho, características e localização) e exame dermatoneurológico (palpação, teste de sensibilidade).

Prioridade para a Regulação - Pacientes com reação hansênica.

Prazo de espera – 7 dias.

OBS: Em caso de reação hansênica, priorizar para atendimento em 24h.
8. Urticária Crônica

HDA – Encaminhar os pacientes com queixas de prurido e / ou placas pelo corpo, com episódios de repetição e naqueles com quadros prolongados, sem melhora com tratamentos realizados por mais de 90 dias. Relatar medidas de prevenção adotadas.

Exame Físico – Descrever o aspecto das lesões.

Prazo de espera – 30 dias.
9. Dermatoses Eritêmato-Escamosas (Psoríase. Líquen-Plano, Pitiríase Rosa, Ictioses).

HDA – Encaminhar paciente com quadro clínico sugestivo e relatar tratamentos instituídos.

Prioridade para a Regulação - Pacientes com quadros extensos.

Prazo de espera –15 dias.
10. Farmacodermias

HDA – Encaminhar os pacientes com queixas de lesões de pele, associadas ao uso de medicações. Relatar freqüência e intensidade das crises, descrevendo todos os medicamentos usados e o tempo de uso.

Exame Físico – Descrever o aspecto das lesões.

Prioridade para a Regulação - Pacientes com queixas lesões na mucosa e sintomas sistêmicos.

Prazo de espera – 15 dias.
11. Buloses (Pênfigo, Penfigóide, Dermatite Herpetiforme)

Prioridade para a Regulação - Pacientes com quadro extenso e/ou com comprometimento de mucosas.

Prazo de espera –07 dias.

OBS: Em casos extensos e /ou com comprometimento de mucosas, priorizar atendimento para 24h.


  1. Lesões ulceradas (leshimaniose)

HDA – Encaminhar os pacientes com suspeita de lesões típicas de leishmaniose (com bordas elevadas, endurecidas que não cicatrizam há mais de 30 dias, mesmo instituído tratamento com antibioticoterapia).

Exame Físico – Descrever o aspecto das lesões e evolução.

Prioridade para a Regulação - Pacientes com queixas.

OBS: Encaminhar somente para FUAM e FMT.

Prazo de espera – até 15 dias.
14 . DST (condiloma, DIP, úlcera genital)

HDA - Encaminhar pacientes com lesões sugestivas.

Exame físico: Descrever aspecto da lesão.

Prioridade para regulação - Pacientes com lesões graves e/ou extensas e/ou gestantes.

Obs: Casos de DIP, encaminhar somente a FUAM.

Prazo de espera:- 07 dias.

OBS: Em casos de DIP, priorizar o atendimento para 24h.
Outros motivos freqüentes de encaminhamento

Acne: encaminhar com historia sucinta, relatando os medicamentos empregados, se for o caso, e enumerar as doenças de base.
Problemas estéticos – (melasma, cicatrizes de acne) evitar encaminhamento por este motivo ao dermatologista, avaliando –se obviamente, o grau de repercussão psico –social do problema.
Exame de pele (carteira) – encaminhar ao especialistas somente casos que estejam estabelecidos no protocolo.
PROTOCOLO SUGERIDO PARA CIRURGIAS AMBULATORIAIS
Motivos para encaminhamento

  1. Nevus: encaminhar pacientes que apresentam nevus com aumento de tamanho, mudança da cor, sangramento, ulceração, com comprometimento funcional, com lesões pigmentares palmo- plantar e congênitos > 6 cm.

  2. Verrugas: encaminhar pacientes com resistência ao tratamento clínico usual.

  3. Câncer de pele: encaminhar pacientes com qualquer lesão sugestiva.

  4. Lipoma: encaminhar pacientes com lipomas dolorosos e com tamanho de até 5 cm.

  5. Cistos sebáceos: Não encaminhar cisto com processo inflamatório, tratar antes.

  6. Fibromas moles: encaminhar pacientes com fibromas localizados em áreas de trauma.

  7. Onicocriptose: encaminhar casos reincindivantes de unha encravadas.

  8. Quelóides; encaminhar todos os casos.


Protocolo sugerido para Consulta com cardiologista
Motivos para encaminhamento:

  1. Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) de difícil controle

  2. Avaliação cardiológica para populações acima de 45 anos (sexo masculino) e 50 anos (sexo feminino).

  3. Insuficiência Cardíaca Congestiva (ICC)

  4. Insuficiência Coronariana

  5. Dor Torácica/Precordialgia

  6. Sopros/ Valvulopatias estabelecidas

  7. Parecer Cardiológico – Pré-Operatório

  8. Miocardiopatias.

  9. Avaliação para atividade física

  10. Arritmias

Obs: Todo paciente encaminhado para o especialista continua sob a responsabilidade do médico que encaminhou e a ele deve voltar.
1. Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) de difícil controle

HDA – Encaminhar os pacientes com HAS moderada ou severa, sem controle clínico, associado com a presença de alterações em órgão-alvo ou aqueles com co-morbidades, devendo o médico que solicitar a avaliação, justificar com clareza o que deseja do encaminhamento.

Encaminhar os pacientes hipertensos acima de 60 anos independente de complicações pelo menos duas consultas anuais.



Observações: Pacientes com HAS de diagnostico recente, leve, sem complicações ou doenças associadas, deverão ser acompanhados pelo clínico ou generalista em Unidade Básica de Saúde.

Exame Físico - Medida da pressão arterial + relatos importantes (descrever as alterações de ausculta cardíaca e respiratória, edema e visceromegalias, etc.)

Exames Complementares Necessários - Hemograma com plaquetas, glicemia de jejum, colesterol total e frações, triglicerídeos e creatinina, acido úrico, sumário de urina, uréia, sódio e potássio, eletrocadiograma (ECG) e RX de tórax.

Caso tenha feito outros exames, ex: Ecocardiograma (ECO), espirometria, ultra-sonografia de abdômen, orientar o paciente a levar para a consulta.



Prioridade para a Regulação - HAS severa com sinais de doenças associadas descompensada (ICC, diabetes mellitus (DM), doenças vascular periférica, doenças cerebro vascular (acidente isquêmico e hemorrágico.), coronariopatas (pós-cirurgia cardíaca), Insuficiência Renal Crônica (IRC)).

Prazo de espera – 15 dias para a 1ª consulta 30 dias para o retorno.

2. Avaliação cardiológica para pessoas acima de 45 anos (sexo masculino) e 50 anos (sexo feminino).

HDA – Encaminhar os pacientes com idade ≥ 45 anos para os homens e 50 anos para as mulheres, com ou sem fator de risco para doença cardiovascular.

Exame Físico - Medida da pressão arterial + relatos importantes (descrever as alterações de ausculta cardíaca e respiratória, edema e visceromegalias, etc.).

Exames Complementares Necessários - Hemograma com plaquetas, glicemia de jejum, colesterol total e frações, triglicerídeos e creatinina, acido úrico, sumário de urina, uréia e potássio. Caso tenha feito outros exames, ex: eletrocadiograma (ECG), Ecocardiograma (ECO), raio X de tórax, espirometria, ultra-sonografia de abdômen, orientar o paciente a levar para a consulta.

O usuário deve levar a primeira consulta do especialista o ECG e RX.



Prioridade para a Regulação – Paciente com história de Diabetes Mellitus (DM) e/ou dois fatores de risco maiores para Doença Arterial Coronariana (DAC).

Prazo de espera – 15 dias para a 1ª consulta, 30 dias para o retorno.
3. Insuficiência Cardíaca Congestiva

HDA – Encaminhar todos os pacientes de ICC.

Especificar os motivos de encaminhamento ao especialista, descrevendo os sinais e sintomas que justifiquem o encaminhamento.



Exame Físico – Medida da pressão arterial + relatos importantes da ausculta cardio-respiratória. Descrever a presença de dispnéia, visceromegalias e edema de MMII.

Exames Complementares Necessários: Hemograma com plaquetas, Glicemia de Jejum, Colesterol Total e frações, triglicerídeos, creatinina, uréia e potássio raio X e ECG. Caso tenha feito outros exames, tais como ECO, ergométrico, cateterismo, orientar o paciente a levar ao especialista.

Prioridade para a Regulação - ICC de difícil controle e/ou presença de doenças associadas com sinais de descompensação (HAS. DM, IRC).

Prazo de espera – 07 dias para a 1ª consulta, 15 dias para o retorno.

ICC independente de classe, apresentando uma ou mais patologias associadas: DM, obesidade, arritmia, IRC.



Prazo de espera – 15 dias para a 1ª consulta, 30 dias para o retorno.

Contra- referência – retornar ao nível secundário, mas com acompanhamento mais freqüente na UBS (com relatório do especialista).
4. Insuficiência Coronariana

HDA – Doenças Coronarianas (DC) estabelecida (pós-Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), pós-revascularização do miocárdio, pós-angioplastia)

Prioridades para regulação: dor torácica de inicio recente (em esforço ou repouso)

Prazo de espera: 07 dias para 1ª consulta e 15 para a consulta de retorno

Exame Físico – Medida da pressão arterial + relatos importantes. Presença visceromegalias importantes.

Exames Complementares Necessários – Hemograma com Plaquetas, Glicemia de Jejum, Colesterol Total e frações, triglicerídeos, creatinina, uréia, sódio e potássio, Rx de tórax e ECG. Caso tenha feito outros exames tais como, ECO, Ergométrico, Dosagem de Enzimas Cardíacas ou Cateterismo, orientar o paciente a levar ao especialista.

Prioridade para a Regulação – Pacientes pós-infarto, pós-revascularização e pós-angioplastia.

Prazo de espera – 07 dias para a 1ª consulta, 15 dias para o retorno.

Catálogo: Eventos -> encontro%20de%20regulacao -> protocolos
Eventos -> Características aerogeofísicas da Folha Luz (se 23 y d V) Interpretação e dados preliminares
Eventos -> Gestão compartilhada e democrática – pratica escolar que ensina a todos: um estudo sobre o centro de educaçÃo basica da universidade estadual de feira de santana. Sandra Maria Cerqueira da Silva Mattos1 José Raimundo Oliveira lima2
Eventos -> ContribuiçÕes da psicomotricidade no desenvolvimento global das crianças do ensino fundamental
Eventos -> Ilmenita em seropédica?
protocolos -> Protocolo sugerido para solicitaçÃo de ultrassonografia de mama
protocolos -> Protocolo sugerido para ressonância magnética nuclear de crânio e encéfalo
protocolos -> Protocolo sugerido para solicitaçÃo de doppler de carótidas e vertebrais
protocolos -> Protocolo sugerido para solicitaçÃo de cintilografia do sistema cardio-vascular
protocolos -> Protocolo sugerido para solicitaçÃo de densitometria óssea
protocolos -> Ginecológica e obstétrica


Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal