Prova amarela



Baixar 284.01 Kb.
Página1/2
Encontro23.07.2016
Tamanho284.01 Kb.
  1   2
FUNDAÇÃO CESGRANRIO

CONCURSO PARA O BANCO DO BRASIL

- 10/10/99 -

PROVA AMARELA




CONHECIMENTOS BANCÁRIOS



1

Na nova metodologia de Meta de Inflação, o Banco Central (BC) é responsável por:

(A) gerenciar os elementos de política fiscal que garantam a Meta.

(B) gerenciar os elementos de política monetária que garantam a Meta.

(C) garantir a taxa de juros do mercado, via COPOM.

(D) estabelecer as responsabilidades das instituições financeiras.

(E) estabelecer os valores anuais de inflação a serem perseguidos.
2

Um banco de investimento que, ao final do dia, verifique uma necessidade emergencial de recursos para este mesmo dia, poderá obtê-los vendendo:

(A) Certificado de Depósito Interfinanceiro - CDI.

(B) Certificado de Depósito Interfinanceiro em Reserva – CDI Reserva.

(C) Certificados de Depósito Bancário - CDB.

(D) Títulos Públicos Estaduais de sua carteira.

(E) Títulos Públicos Federais de sua carteira.
3

Uma empresa de um setor em constante atualização tecnológica deseja adquirir um equipamento mais produtivo para a sua linha de produção. Sabemos que esta empresa é avessa à imobilização.

Sabe-se, também, que ela desejaria, através desta aquisição, ter um ganho fiscal máximo. Dadas estas condições, que alternativa de operação, em princípio, seu banco recomendaria?

(A) CDC.


(B) Compra.

(C) Finame.

(D) Leasing Financeiro.

(E) Leasing Operacional.


4

Nos momentos de crise, com tendência à elevação das taxas de juros, os bancos darão preferência à captação de recursos em CDB:

(A) pós-fixado em TR.

(B) pós-fixado em TBF.

(C) pós-fixado em TJLP.

(D) prefixado de prazo curto.

(E) prefixado de prazo longo.
5

As aplicações em fundos de investimento de renda fixa têm liquidez diária. Do ponto de vista da propensão ao risco do investidor, certamente tal fato o induz a aplicar em fundos:

(A) moderados.

(B) menos agressivos.

(C) menos conservadores.

(D) mais agressivos.

(E) mais conservadores.
6

Nas operações de crédito, os bancos, sempre, exigirão garanti-as aos seus devedores. De um modo geral, diante de devedores com diferentes riscos de crédito, como agirão os bancos?

(A) Darão preferência às garantias fidejussórias, não dependendo do risco do devedor.

(B) Darão preferência às garantias fidejussórias, dependendo do risco do devedor.

(C) Darão preferência às garantias reais, não dependendo do risco do devedor.

(D) Darão preferência às garantias reais, dependendo do risco do devedor.

(E) Serão indiferentes ao tipo de garantia, mas dependendo do risco do devedor.
7

A Cédula de Produto Rural (CPR) é um dos instrumentos de crédito que o Banco do Brasil disponibiliza para determinados pro dutores.



Originalmente, em que fase do ciclo produtivo ela é oferecida?

(A) Plantio.

(B) Custeio.

(C) Colheita.

(D) Armazenagem.

(E) Comercialização.


8

Alguns bancos comerciais e/ou bancos múltiplos com carteira comercial, ao receberem depósitos à vista de seus clientes, automaticamente aplicam esses recursos em um tipo de investimento em nome destes mesmos clientes. Podemos concluir que o principal motivo de tal ação é:

(A) fidelizar o cliente.

(B) evitar o pagamento da CPMF.

(C) evitar o recolhimento do Depósito Compulsório.

(D) aumentar o volume de recursos aplicados em investimentos.

(E) oferecer ganho aos clientes.
9

Um banco concede um ACC a um determinado cliente exporta-dor.

Dentro dos corretos parâmetros de gestão bancária, qual

deveria ser o funding desta operação?

(A) Depósito à Vista.

(B) Depósito a Prazo - CDB/RDB.

(C) Depósito Interfinanceiro - CDI.

(D) Linhas de Financiamento Externas.

(E) Linhas de Financiamento Internas.
10

Assinale a forma de pagamento de exportação que representa o maior risco do exportador ou a maior demonstração de confiança deste em relação ao importador.

(A) Carta de crédito.

(B) Pagamento antecipado.

(C) Cobrança a prazo.

(D) Cobrança à vista.

(E) Remessa sem saque.
11

Um cliente industrial deseja tomar recursos bancários para financiar suas vendas, de forma a otimizar sua receita e suas despesas fiscais. Que produto lhe seria corretamente recomendado?

(A) Vendor.

(B) CDC com Interveniência.

(C) Desconto de Duplicatas.

(D) Contrato de Abertura de Crédito Rotativo.

(E) Empréstimo para Capital de Giro.
12

Os Fundos de Investimento em Renda Variável, para terem o privilégio da alíquota de 10% de Imposto de Renda sobre ganhos de capital, devem estar aplicados, no mercado à vista de ações, num percentual de:

(A) 67% (B) 65% (C) 60% (D) 57% (E) 51%
13

Uma empresa pretende captar recursos para investimento no aumento de sua capacidade de produção, até o limite de seu capital próprio, com a possibilidade de parcelar esta captação de acordo com o ritmo do projeto de investimento, dando como garantia o total de seus ativos. Que alternativa seu banco, em princípio, sugeriria?

(A) Debêntures Simples com garantia real.

(B) Debêntures Simples com garantia flutuante.

(C) Debêntures Simples com garantia subordinada.

(D) Securitização de Recebíveis.

(E) Commercial Papers.
14

A opção de Put embutida em um título emitido no exterior dá ao investidor, em uma data estabelecida na emissão, o direito de:

(A) devolver o título.

(B) negociar a prorrogação do prazo de vencimento.

(C) negociar a antecipação do prazo de vencimento.

(D) negociar a devolução do título.

(E) renegociar as taxas com o emissor.
15

A oportunidade para uma operação de financiamento no mercado a termo de ações - compra das ações no mercado à vista e subseqüente venda coberta no mercado a termo - ocorre quando:

(A) a taxa de juros de mercado é maior que a taxa de juros implícita nesta operação.

(B) a taxa de juros de mercado é menor que a taxa de juros implícita nesta operação.

(C) a taxa de juros de mercado é igual à taxa de juros implícita nesta operação.

(D) há uma perspectiva de alta das ações no mercado à vista.

(E) há uma perspectiva de baixa das ações no mercado à vista.
16

A entrega ao investidor americano de um American Depositary Receipt (ADR), por um banco depositário nos EUA, pressupõe o depósito de uma determinada quantidade de ações correspondentes em um banco custodiante no Brasil. Os dólares correspondentes à aquisição das ações são registrados no Banco Central e representam dinheiro novo para a empresa emissora quando os ADR são do tipo:

(A) Nível I.

(B) Nível II.

(C) Nível III.

(D) Anexo IV.

(E) Normas 144A.
17

O titular de uma opção de venda de uma determinada ação assume tal posição porque acredita que essa ação:

(A) estará, na data de vencimento da opção, com um preço de mercado inferior ao preço de exercício dessa opção.

(B) estará, na data de vencimento da opção, com um preço de mercado superior ao preço de exercício dessa opção.

(C) estará, na data de vencimento da opção, com um preço de mercado igual ao preço de exercício dessa opção.

(D) diminuirá seu preço de mercado durante o período de validade da opção, permitindo o exercício antecipado dessa opção.

(E) aumentará seu preço de mercado durante o período de validade da opção, permitindo o exercício antecipado dessa opção.
18

Uma operação Box de quatro pontas no mercado de opções é montada a partir de:

(A) uma trava de alta com opções de venda e uma trava de baixa com opções de venda.

(B) uma trava de alta com opções de compra e uma trava de baixa com opções de compra.

(C) uma trava de alta com opções de compra e uma trava de baixa com opções de venda.

(D) duas travas de alta com opções de venda.

(E) duas travas de alta com opções de compra.
19

Uma operação de arbitragem de preços de um ativo, cotado em dois mercados diferentes, torna-se atrativa quando esses preços:

(A) permanecem iguais nas duas praças.

(B) igualam-se, após terem estado diferentes nas duas praças.

(C) diferenciam-se, após terem permanecido iguais nas duas praças.

(D) caem na mesma proporção, após terem permanecido iguais nas duas praças.

(E) sobem na mesma proporção, após terem permanecido iguais nas duas praças.
20

Um fundo de investimento em renda fixa, que deseje minimizar seu risco de mercado, deve reduzir suas aplicações em:

(A) ações.

(B) debêntures conversíveis.

(C) títulos pós-fixados.

(D) títulos prefixados de curto prazo.

(E) títulos prefixados de longo prazo.
PORTUGUÊS

Texto I

1895

(6 de janeiro)


Se a pedra de Sísifo não andasse já tão gasta, era boa ocasião de dar com ela na cabeça dos leitores, a propósito do ano que começa. Mas tanto tem rolado esta pedra, que não vale um dos paralelepípedos das nossas ruas. Melhor é dizer simplesmente que aí chegou um ano, que veio render o outro, montando guarda às nossas esperanças, à espera que venha rendê-lo outro ano, o de 1896, depois o de 1897, em seguida o de 1898, logo o de 1899, enfim o de 1900 ...

Que inveja que tenho ao cronista que houver de saudar desta mesma coluna o sol do século XX! Que belas cousas que ele há de dizer, erguendo-se na ponta dos pés, para crescer com o assunto, todo auroras e folhas verdes! Natural-mente maldirá o século XIX, com as suas guerras e rebeliões, pampeiros e terremotos, anarquia e despotismo, cousas que não trará consigo o século XX, um século que se respeitará, que amará os homens, dando-lhes a paz, antes de tudo, e a ciência, que é ofício de pacíficos.

A doutrina microbiana, vencedora na patologia, será aplicada à política, e os povos curar-se-ão das revoluções e maus governos, dando-se-lhes um mau governo atenuado e logo depois uma injeção revolucionária. Terão assim uma peque-na febre, suarão um tudo-nada de sangue e no fim de três dias estarão curados para sempre. Chamfort, no século XVIII, deu-nos a célebre definição da sociedade, que se compõe de duas classes, dizia ele, uma que tem mais apetite que jantares, outra que tem mais jantares que apetite.

Pois o século XX trará a equivalência dos jantares e dos apetites, em tal perfeição que a sociedade, para fugir à monotonia e dar mais sabor à comida, adotará um sistema de jejuns voluntários. Depois da fome, o amor. O amor deixará de ser esta cousa corrupta e supersticiosa: reduzido à função pública e obrigatória, ficará com todas as vantagens, sem nenhum dos ônus. (...)

Mas não roubemos o cronista do mês de janeiro de 1900.

Ele, se lhe der na cabeça, que diga alguma palavra dos seus antecessores, boa ou má, que é também um modo de louvar ou descompor o século extinto.



Machado de Assis – A Semana, Obras Completas.
Sísifo – Personagem da mitologia grega. Criminoso que, após sua morte, foi condenado, no inferno, a empurrar eternamente encosta acima uma enorme pedra, que caía sempre antes de atingir o cume da montanha.
21

A leitura do primeiro parágrafo, que se inicia com a alusão à pedra de Sísifo, leva o leitor à compreensão de que o autor:

(A) considera que ainda falta muito tempo para se chegar ao ano de 1900.

(B) espera que as novidades e surpresas se superem a cada ano.

(C) não se sente responsável pelo que se passa na cabeça dos leitores.

(D) acredita que a sucessão dos anos se dá à semelhança do movimento da pedra de Sísifo.

(E) privilegia o registro cronológico dos fatos para que se entenda o mundo.
22

Com a previsão da equivalência dos jantares e apetites, o autor quer dizer que:

(A) todos jejuarão compulsoriamente.

(B) haverá equilíbrio nas contas públicas.

(C) a alimentação do povo será balanceada.

(D) a sociedade, sem objetivos, tornar-se-á austera.

(E) as necessidades serão plenamente satisfeitas.
23

De acordo com o texto, assinale F (falso) ou V (verdadeiro) para as afirmações abaixo.

A seqüência correta é:

( ) Os males decorrentes da política são incuráveis.

( ) Espera-se que a aplicação da doutrina microbiana à política demonstre resultados não obtidos na patologia.

( ) O processo de cura dos povos pode ter paralelo no processo de cura dos indivíduos.

( ) Maus governos e revoluções podem ser transformados em remédios.
(A) F – F – F – V

(B) F – F – V – V

(C) F – V – V – F

(D) V – F – V – F

(E) V – V – F – F
24

Afirmando que, ao dizer alguma coisa de seus antecessores, o cronista estará louvando ou descompondo o século extinto, o autor mostra o “cronista” como o:

(A) escritor que se dedica à literatura leve, comentando fatos cotidianos.

(B) leitor atento, comprometido com a historiografia de sua época.

(C) observador pouco sagaz da realidade que o circunda.

(D) editor interessado na publicação de textos leves e irônicos

sobre uma época.

(E) autor de textos que tratam, de forma irônica e humorística, de fatos da mitologia grega.


Texto II

Novas maneiras de morrer pelo atacado
Não chega a ser necessário que o cidadão tenha um século com o seu nome — como Péricles, proprietário oficial do V a.C. — para praticar o chauvinismo cronológico. Isso explica o incessante elogio do XX d.C. pelos coetâneos. Os nossos cem anos, dizemos, têm sido marcados pelo progresso geométrico em todos os campos do conhecimento e da aventura.

Nenhum século anterior assistiu a tantas transformações, a tantas descobertas.

Tudo é verdade. Mas em algum lugar é preciso registrar: também não têm paralelo, em séculos menos votados, as novidades, a sofisticação em métodos, políticas e instrumentos de violência contra o gênero humano. Principalmente, o século XX inventou a guerra mundial. Tem, no entanto, uma hipótese de álibi: pode ser que, depois de duas experiências, ele também a tenha matado.

Quando ainda não se sabia que seria necessário numerá-las, a Primeira Guerra Mundial foi batizada de “A Grande Guerra”. (...)

Foram quatro anos de guerra, a partir de 28 de junho de 1914, quando mataram o herdeiro do Império Austro-Húngaro em Sarajevo, na Bósnia. Em pouco tempo, todas as potências européias estavam em armas; antes do armistício, quase todos os países do mundo tiveram alguma forma de envolvimento no conflito.(...)

Continuação de uma história mal acabada, certamente; mas o peso dos números dá à Segunda Guerra Mundial um lugar só seu, isolado, no pedestal das grandes matanças.

Sequer se sabe ao certo quantas pessoas morreram naqueles seis anos. (...)

Meio século de Guerra Fria fortalece a tese de que final-mente a Humanidade tem medo de sua capacidade de autodestruição. Diriam os cínicos que o medo é outro: o patamar insuportável atingido pela corrida armamentista é aquele em que não há mais segurança — pela primeira vez na História — para generais e chefes de governo. Da próxima vez, eles estarão desde os primeiros segundos da guerra (que podem ser os últimos) na mesma trincheira das buchas de canhão.

Por este ou aquele motivo, restou ao século voltar aos conflitos localizados: as guerras religiosas ou étnicas, das quais o resto do mundo toma conhecimento pela TV e por isolados atos de terrorismo. Pode-se concluir, assim, que, mesmo à sombra de massacres balcânicos e africanos, o XXI pode começar a vida sem os suores frios que acompanharam grande parte do XX.

A não ser por um detalhe: a questão das armas biológicas, desenvolvidas ao longo da Guerra Fria.


Luiz Garcia - Globo 2000 - O Globo - 1999



25

“Isso explica o incessante elogio do XX d.C. pelos coetâneos.”

(l. 3-4) A passagem transcrita encontra equivalente em:

(A) É preciso ser historiador para elogiar incessantemente.

(B) Coevos do século XX apregoam, sem cessar, fatos passados.

(C) O elogio do século XX é feito por um grupo de mesma faixa etária.

(D) Os contemporâneos de Péricles elogiariam o século XX.

(E) Os que vivem o século XX muito o enaltecem.


26

Após a leitura do texto pode-se afirmar que o segundo parágrafo se inicia:

(A) acrescentando o relato de alguns dados ao primeiro.

(B) contrapondo fatos às afirmações do primeiro.

(C) concluindo a idéia iniciada no primeiro.

(D) impondo uma condição para que algo se realize.

(E) mostrando um argumento para justificar a idéia do primeiro.
27

A partir da leitura do 4 o parágrafo pode-se dizer que:

(A) as potências européias só se desafiaram depois da assinatura dos tratados.

(B) ao assassinato do herdeiro do império Austro-Húngaro sucedeu o armistício.

(C) até a suspensão das hostilidades muitas nações se envolveram na luta.

(D) antes do fim da guerra havia poucos beligerantes.

(E) alguns países não se envolveram na guerra antes de receber armas.
28

Ainda não se sabia que seria necessário numerar as guerras porque:

(A) não se conhecia o final da guerra.

(B) aquela guerra foi o batismo de fogo de todas as nações.

(C) pensava-se que não tinha havido antes nem haveria depois guerra maior.

(D) os autores omitiram muitas notícias sobre a guerra.

(E) os compêndios de História não costumavam numerar as guerras.
29

O comentário de que os primeiros segundos de uma próxima guerra podem ser os últimos refere-se ao(à):

(A) poder de extermínio resultante de uma corrida armamentista.

(B) presságio pessimista do autor para o próximo século.

(C) esperança de que as guerras mundiais deixem de acontecer.

(D) realização imediata de uma Terceira Guerra Mundial.

(E) velocidade com que as mudanças ocorrem no mundo moderno.
Texto III

Muda tudo, estilo de vida, família, sexo, moral


E se a revolução dos costumes tiver sido a verdadeira revolução deste século? Não a soviética ou a chinesa, nem a cubana, nem a portuguesa, muito menos a de 64, mas a que fez o homem e a mulher do século XX mudarem seu estilo de vida e seu modo de estar no mundo, tendo ao fundo o rock como trilha sonora. (...)

O homem moderno nem sempre se deu conta de que ao lado das descobertas espetaculares que mudaram a cabeça do século XX, como a bomba atômica, a fertilização artificial, a TV a cores, a Internet, os transplantes, as viagens interplanetárias, houve muitos achados minúsculos, como a pílula anticoncepcional, e outros que pareciam não passar de insignificantes trivialidades, como o biquini, a minissaia ,

os blues jeans, o tênis, o rádio transistor, o clipe, o telefone celular, que transformaram nosso comportamento. (...)

Mas o comportamento não se destacou apenas pelos avanços.

Patologias e retrocessos, como o narcotráfico, a violência e a Aids, constituíram uma espécie ameaçadora de contra-revolução. A esperança é que aconteça agora o que ocorreu com o século passado, que terminou derrotado pela sífilis.

Era apenas uma derrota passageira.


Zuenir Ventura – Globo 2000 – O Globo – 1999



30

No primeiro parágrafo o autor situa, no século XX, dois tipos de revolução que teriam características diferentes, tais como as que:

(A) seriam consideradas universais e as que seriam apenas regionais.

(B) atingiram grupos sociais e as que se limitaram a indivíduos isolados.

(C) mudaram os rumos das nações e as que lutaram pelo conservadorismo.

(D) partiram de grupos políticos organizados e as que surgiram no dia-a-dia da sociedade.

(E) se deram nas metrópoles européias e as que se deram nas nações colonizadas.
31

O fragmento “... tendo ao fundo o rock como trilha sonora ...”

(l. 5-6) indica que o rock:

(A) ficou atrás de outros estilos musicais.

(B) dissociou a música de outras manifestações culturais.

(C) apontou os caminhos trilhados pelos que o apreciavam.

(D) trouxe indefinição à maneira de estar no mundo.

(E) acompanhou e simbolizou uma mudança de estilo de vida.


32

“... muitos achados minúsculos...” (l. 11) e “... insignificantes trivialidades

...” (l. 13) contribuíram para:

(A) abolir os valores morais.

(B) marcar uma mudança de costumes.

(C) regularizar a divulgação cultural.

(D) banalizar a moda jovem.

(E) ridicularizar o “choque de gerações”.


33

Para o autor do texto III, o progresso que ocorreu no nosso século:

(A) restringiu-se a algumas revoluções sucedidas em diferentes regiões geográficas.

(B) tornou-se um aliado à contra-revolução dos costumes promovida nos últimos cem anos.

(C) constituiu-se em inovações admiráveis que redefiniram as atitudes das sociedades.

(D) transformou-se em insignificantes trivialidades ignoradas pelas pessoas.

(E) foi derrotado pela sífilis, como aconteceu no século passado.
34

A partir da leitura dos três textos, considere as afirmações abaixo.

É(São) verdadeira(s) a(s) afirmação(ões):

I – De acordo com o texto II, o século XX frustrou a expectativa do cronista do texto I no que se refere às condições para fazer ciência.

II – Os autores dos textos I e III apresentam o século XX com igual distanciamento.

III – No texto III o autor confia que o século XXI experimente vitória igual à obtida pelo século XX no que se refere à sífilis.


(A) II, apenas.

(B) III, apenas.

(C) I e II, apenas.

(D) I e III, apenas.

(E) II e III, apenas.
35

Sobre os textos lidos NÃO se pode afirmar que:

(A) a ciência, no primeiro texto, é associada à paz e, no segundo, é vista como a responsável pela grande ameaça armamentista.

(B) o texto I faz prospecções e os textos II e III realizam uma retrospectiva sobre este século.

(C) para o texto II, os temores da guerra fria redirecionaram as grandes guerras para os conflitos localizados.

(D) o texto III procura mostrar que não são apenas as grandes invenções as causadoras das mudanças sociais.

(E) os três textos apresentam visões inteiramente opostas, porém complementares, sobre o mesmo século.

MATEMÁTICA


36

Quantos múltiplos de 7 existem entre 12 e 864?

(A) 122

(B) 112


(C) 102

(D) 92


(E) 82
37

Resolva o sistema:

x – 6y = 7
-x + 3y = 5


A solução do sistema acima é:

(A) (6; - 1/6)

(B) (1; - 1)

(C) (0; - 7/6)

(D) indeterminado

(E) impossível
38

O valor da expressão y = log2 1 + log2 2 + 3log3 27 2log5 1/25 é:

(A) 10 (B) 11 (C) 12 (D) 13 (E) 14
39

A solução correta da inequação 3x (x 2) / 4 < (1 2x) / 6 será:

(A) V = 4/37; + 

(B) V = + 37/4[

(C) V = + 4/37[

(D) V = 4/37[

(E) V = 37/4[
40

Dada a equação 2 x + 2 x-1 + 2 x-2 + 2 x-3 = 30, o valor de x é:

(A) 4 (B) 5 (C) 6 (D) 7 (E) 8
41

Um trabalhador recebe, por hora (t) trabalhada, o valor de R$ 10,00, o que nos indica a sua função salário: S(t) = 10t.

Supondo que a Receita Federal adote, para obter o Imposto de Renda (IR) a pagar a partir do salário (S), a seguinte função:

IR(S) = 0,15 (S 60), qual o valor, em reais, do IR a ser pago por esse trabalhador, caso ele trabalhe 80 horas?

(A) 74,00

(B) 88,80

(C) 103,60

(D) 111,00

(E) 148,00
42

Uma das principais propriedades de uma PA é que “a soma de dois termos eqüidistantes dos extremos é igual à soma desses extremos”. Assim, numa PA de 123 termos, em que a 55 e a p são eqüidistantes dos extremos, p corresponde a:

(A) 29 (B) 49 (C) 69 (D) 79 (E) 89
43

Uma LTN, cujo prazo a decorrer até o seu vencimento é de 36 dias, está sendo negociada com uma rentabilidade efetiva linear de 24% ao ano. A taxa de desconto anual embutida é de:

(A) 23,44%

(B) 23,46%

(C) 23,48%

(D) 23,50%

(E) 23,52%
44

Dada uma taxa efetiva anual i e , composta mensalmente, pode-se afirmar que sua taxa nominal anual i n correspondente é a taxa ______________ mensal da taxa efetiva i e , anualizada ______________.

Preenche corretamente as lacunas acima a opção:

(A) proporcional - linearmente.

(B) proporcional - exponencialmente.

(C) equivalente - linearmente.

(D) equivalente - exponencialmente.

(E) linear - exponencialmente.


45

Quando se converte uma mesma taxa de juros de um prazo maior em sua taxa equivalente ou proporcional de prazo menor, como, por exemplo, de um ano para um mês, a taxa de juros obtida no regime de capitalização simples, comparada ao outro resultado no regime de capitalização composta, é:

(A) menor.

(B) maior.

(C) igual.

(D) igual ou menor.

(E) igual ou maior.
46

Um empréstimo no valor de R$ 1.000,00 será devolvido

em 3 prestações mensais iguais e seguidas de valor igual a R$ 416,35. O financiamento foi realizado com uma taxa de juros de 12% ao mês. Ao analisar os valores de cada parcela da operação de financiamento, calculando os valores dos juros, amortização e saldo devedor, vemos que para a segunda prestação, estes valores, em reais, são, respectivamente:

(A) 67,54 - 348,81 - 388,59

(B) 72,88 - 343,47 - 383,25

(C) 77,24 - 339,11 - 378,89

(D) 80,18 - 336,17 - 375,95

(E) 84,44 - 331,91 - 371,74


47

Uma das grandes restrições ao Método da Taxa Interna de Retorno para a análise de um projeto é de que esse método pressupõe que a taxa interna calculada por ele:

Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):

I - anule o fluxo de caixa;

II - seja utilizada em todos os reinvestimentos do fluxo de caixa;

III - necessite do cálculo do valor presente líquido para a decisão final.


(A) I, apenas.

(B) II, apenas.

(C) III, apenas.

(D) I e III, apenas.

(E) II e III, apenas.
48

Um banco comprou para sua carteira própria, no primeiro dia de um mês de 31 dias corridos com 22 dias úteis, um BBC de 35

dias corridos com 25 dias úteis, cuja taxa de remuneração efetiva dia é de 0,07%. A taxa equivalente ao over deste título é:

(A) 2,45%

(B) 2,17%

(C) 2,10%

(D) 1,75%

(E) 1,54%


ATUALIDADES ECONÔMICAS,

POLÍTICAS E SOCIAIS
49

A evolução natural do Mercosul, atualmente uma Zona de Livre Comércio entre os países membros (bloco), o conduz para uma União Aduaneira. Um dos fatos que melhor caracteriza este movimento, no que tange às tarifas comerciais sobre os diversos produtos fabricados dentro e fora do bloco, é que:

(A) algumas tarifas preferenciais internas do bloco sejam zeradas, e não haja nenhuma modificação no tratamento das tarifas externas.

(B) algumas tarifas preferenciais internas do bloco sejam zeradas, e sejam criadas tarifas externas preferenciais.

(C) todas as tarifas preferenciais internas do bloco sejam zeradas, e não haja nenhuma modificação no tratamento das tarifas externas.

(D) as tarifas preferenciais internas do bloco sejam mantidas e seja criada uma tarifa externa comum.

(E) as tarifas zero internas do bloco migrem para uma tarifa externa comum.
50

Entre os países europeus que assinaram o Tratado de Maastricht mas que, por diversas razões, ainda não aderiram ao Euro encontram-se:

(A) Inglaterra e Suécia.

(B) Inglaterra e Irlanda.

(C) Grécia e Irlanda.

(D) Suíça e Noruega.

(E) Dinamarca e Noruega.
51

A economia na zona do Euro iniciou uma recuperação no segundo semestre de 1999. Alguns dos fatores que justificaram este fato foram:

Estão corretos os fatores:

I - a melhoria da economia da Grã-Bretanha;

II - a crise da Ásia;

III - o declínio do Euro frente ao dólar no primeiro semestre;

IV - o esgotamento dos estoques acumulados ao final de 1998;

V - o corte de 0,5% nas taxas de juros, feito pelo BCE;

VI - o vigoroso crescimento da economia suíça

(A) I, IV e VI, apenas.

(B) II, III e V, apenas.

(C) I, II, V e VI, apenas.

(D) I, III, IV e V, apenas.

(E) II, III, IV e VI, apenas.


52

Podemos afirmar que o ingresso da China na OMC é uma questão essencialmente:

(A) militar.

(B) comercial.

(C) econômica.

(D) política.

(E) financeira.
53

A demanda dos produtores rurais brasileiros pela renegociação das dívidas agrícolas está fundamentada, entre outros fatores, pela(o):

Estão corretos:

I - queda internacional do preço das commodities;

II - ausência de uma política de subsídios agrícolas;

III - desvalorização cambial do real;

IV - indefinição quanto aos rumos da política fiscal;

V - aumento das taxas de juros internas.


(A) I e III, apenas.

(B) I e V, apenas.

(C) II e V, apenas.

(D) III e IV, apenas.

(E) III e V, apenas.
54

A internacionalização da BM&F tem, certamente, algumas prováveis vantagens, entre as quais, NÃO se inclui o(a):

(A) aumento do acesso do produtor agrícola ao crédito bancário.

(B) aumento de liquidez nas operações físicas com produtos agrícolas.

(C) transferência da liquidez do mercado de Chicago, no período de entressafra no hemisfério norte.

(D) permissão para realizar operações de arbitragem entre algumas bolsas agrícolas internacionais.

(E) maior proteção contra a oscilação de preço dos produtos agrícolas.
55

No primeiro semestre de 1999, como em todo o ano passado, o maior importador de produtos brasileiros continuou sendo a(o):

(A) Ásia.

(B) União Européia.

(C) América do Norte.

(D) Mercosul.

(E) Sudeste Asiático.
56

Que país teve participação líder no recente processo de privatização de nossas estatais, passando a ser, então, um de nossos maiores investidores diretos?

(A) Alemanha.

(B) França.

(C) Espanha.

(D) Portugal.

(E) Itália.
57

Um dos principais interesses do Executivo é a votação do projeto da Lei de Responsabilidade Fiscal, que tem como objetivo central punir as(os):

(A) pessoas físicas e jurídicas que sonegam o fisco.

(B) deputados e senadores que sonegam o fisco.

(C) governantes que sonegam o fisco.

(D) governantes que extrapolam seus orçamentos.

(E) ministros de estado que não sejam austeros.
58

A emenda da reforma tributária do deputado Mussa Demes (PFL - PI) tem como enfoques a simplificação do sistema tributário, a redução do número de tributos e a ampliação da base de arrecadação. A mudança mais significativa se refere aos tributos que incidem sobre a(o):

(A) renda.

(B) patrimônio.

(C) consumo.

(D) investimento.

(E) faturamento.
59

No debate da emenda da Reforma do Judiciário, um dos gran-des

desacordos que vem polemizando as discussões entre os

Presidentes do Congresso e do Senado está num dos temas

apresentados abaixo. Indique-o.

(A) Extinção do TST.

(B) Poderes do STJ.

(C) Novo Código Penal.

(D) Remuneração dos Magistrados.

(E) Instituto de Previdência do Judiciário.


60

Com a Lei 9.613/98 o Brasil deu importante passo para combater a lavagem de dinheiro, pois todos os segmentos de mercado deverão informar, oficialmente, ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), qualquer operação suspeita, conforme os parâmetros definidos. Assim, têm de ser informadas movimentações em espécie acima de:

(A) R$ 5.000,00

(B) R$ 10.000,00

(C) R$ 15.000,00

(D) R$ 20.000,00

(E) R$ 25.000,00

NOÇÕES DE INFORMÁTICA


61

Recortar um texto de um arquivo aberto, colá-lo em outro e, em seguida, após adicionar uma palavra a este mesmo texto, cancelá-la, utilizando comandos do teclado de um PC em ambiente Windows, considerando um layout de teclado (Brasil/padrão) com o idioma em Português, exigirá o uso de uma seqüência de combinação de teclas selecionadas entre as seguintes:

I - Ctrl + X II - Ctrl + C

III - Ctrl + V IV - Ctrl + Z

V - Ctrl + A VI - Ctrl + B

VII - Alt + X VIII - Alt + C

A seqüência correta é:

(A) I - III - IV

(B) I - VI - III

(C) II - V – VI

(D) V - II - VII

(E) VII - IV - VIII


62

Estou utilizando o DOS e necessito copiar todo o conteúdo de um diretório, incluindo seus subdiretórios. O mais recomendável é utilizar o comando:

(A) XTREE

(B) XCOPY

(C) DIRCOPY

(D) TREECOPY

(E) COPY COM
63

Quando estamos navegando por um documento do MS Word 95 e precisamos abrir a caixa de diálogo Localizar e Substituir, a forma mais rápida é utilizar a tecla de atalho Shift +:

(A) F1 (B) F2 (C) F3 (D) F4 (E) F5
64

O Windows disponibiliza suas próprias ferramentas que podem ser utilizadas, regularmente, para manter o disco rígido em boas

condições operacionais. Dentre elas, destacamos o Scandisk, cuja função sobre o disco é:

(A) verificar a existência de vírus e eliminá-lo.

(B) verificar os erros e o estado da superfície física.

(C) desfragmentar os arquivos acelerando seu desempenho.

(D) aumentar o espaço disponível e agrupar os arquivos.

(E) pesquisar os clusters e organizar o FAT.


65

Podemos definir Protocolo de Rede como a(o):

(A) linguagem utilizada para se efetivar a comunicação.

(B) senha que viabiliza a conexão.

(C) software que permite a integração dos equipamentos à rede.

(D) hardware que permite o acesso físico do micro à rede.

(E) password comum a todos os micros conectados à rede.
66

Precisamos preparar uma capa com aspecto de capa de revista, o que exige uma impressora com a mais alta resolução gráfica possível. Seria recomendável, então, entre as impressoras abaixo, utilizar uma do tipo:

(A) matricial.

(B) laser.

(C) térmica.

(D) cera.

(E) jato de tinta.
67

Ao se criar um formulário para um determinado fim, dentro do MS Office, podemos fazê-lo utilizando os seguintes aplicativos:

I - MS Word;

II - MS Outlook;

III - MS Access;

IV - MS Excel.

Os aplicativos corretos são:

(A) I e II, apenas.

(B) I e III, apenas.

(C) I, II e III, apenas.

(D) I, II e IV, apenas.

(E) I, II, III e IV.


68

O Windows 95 introduziu novos recursos, entre os quais o MS Exchange, que se caracteriza como uma ferramenta:

(A) de pesquisa, gerenciamento de arquivos, unidades de disco e conexões de rede.

(B) de serviço on-line para comunicação com pessoas em todo o mundo, através de correio eletrônico, BBS e Internet.

(C) para jogos e melhoria do desempenho na reprodução de arquivos de vídeo e de som.

(D) para permitir a utilização simultânea de vários aplicativos com fácil navegação entre eles.

(E) para visualizar e trabalhar com todos os tipos de comunicações eletrônicas, inclusive correio eletrônico e fax.
69

Sobre o Windows 95 podemos afirmar que:

I - permite a colocação de senha na proteção de tela;

II - tem recursos de rede, mas não pode limitar o acesso de usuários às pastas compartilhadas;

III - sua Área de Trabalho recebe a denominação de Desktop;

IV -a opção Sistema do Painel de Controle permite alterar a quantidade de memória virtual;

V - o prompt do MS-DOS não pode ser mostrado na forma de janela;

VI -não podemos formatar um disco através do programa Drivespace.

Estão corretas as afirmativas:

(A) I, II e III, apenas.

(B) I, II e VI, apenas.

(C) I, III e IV, apenas.

(D) II, IV e V, apenas.

(E) IV, V e VI, apenas.


70

Um dos mais importantes comandos do MS-DOS é o CONFIG.SYS, cuja função primordial é:

(A) configurar os arquivos de programas e de dados ajustando-os ao sistema operacional.

(B) configurar as memórias alta e baixa adaptando-as ao processador do sistema operacional.

(C) configurar o sistema operacional e alocar os recursos de hardware ao tamanho dos softwares disponíveis.

(D) definir os controladores de dispositivo e a configuração do sistema operacional.

(E) inicializar o sistema operacional configurando os dispositivos de entrada e saída.
LÍNGUA INGLESA
Five years ago in Miami, the leaders of 34 of the 35 nations in the hemisphere (Cuba excepted) pledged to create a free-trade area by 2005 that stretched from Alaska to Argentina. It was a bold move, reflecting both a commitment to cooperation and confidence in the future. Will it happen? Probably not.

Does it matter? Not really.

In 1994, Presidents and Prime Ministers reflected the momentum and euphoria of success. For the first time in history all the nations of the hemisphere, with the notable exception of Cuba, boasted democratically elected governments. They

had successfully negotiated a new and much more ambitious basis for multilateral-trade cooperation, the World Trade Organization, and a series of regional pacts - including NAFTA and the southern hemispheric Mercosur - to take some nations even further.

What has happened since? Democracy remains firmly entrenched throughout Latin America. Market-based economic development is continuing to transform the southern half of the hemisphere. Summits, ministerial gatherings and literally dozens of lower-level meetings have maintained the pace of economic cooperation. A year ago in Santiago, at their second Summit of the Americas, leaders reiterated their dream of completing the free-trade process no later than 2005.

So why the skepticism?

Two reasons: the U.S. and Latin America. For most of Latin America and the Caribbean, the whole initiative revolves around the desire for parity with the free-trade deal of NAFTA.

The other countries of the region want the same guaranteed tariff-free access to the U.S. market for their goods. American political leaders, on the other hand, are increasingly convinced that the onus for liberalizing trade is on others. To make the point, the U.S. Congress denied President Clinton fast-track negotiating authority (which means a simple yes or no vote by Congress on any trade deal without amendment); without that authority, U.S. participation in the so-called Free Trade Area of the Americas process will remain largely rhetorical.



Time, June 28, 1999, p. 36
71

The author of the passage is primarily concerned with:

(A) analyzing the effects upon North and Latin America of the various features of modern economics.

(B) demonstrating the political impact of the free-trade agreement upon Latin America and the Caribbean.

(C) pointing out the political and economic difficulties of an effective Free Trade Area of the Americas (FTAA).

(D) arguing that the characteristics of the FTAA have changed the Central American political environment.

(E) tracing the development of the World Trade Organization and all the subsequent regional pacts.
72

The two pairs of questions and answers that conclude the first paragraph indicate that the author of the text:

(A) believes that the free-trade area may not be created, and is not very concerned about it.

(B) thinks it is probable that the free-trade area will not be necessary before 2005 due to political matters.

(C) feels that the free-trade area should not be established because it is not very important to the Americas.

(D) regrets that it is so unlikely that the free trade area becomes a reality, although it does not matter much.

(E) wishes that the free-trade area really happens, but also thinks that government leaders are not very keen on it.
73

“They” (line 10) and “their” (line 22) refer, respectively, to:

(A) all the nations - summits.

(B) all the nations of the hemisphere, with the exception of Cuba - leaders.

(C) democratically elected governments - lower-level meetings.

(D) governments - ministerial gatherings and lower-level meetings.

(E) Presidents and Prime Ministers - the Americas.
74

Mark the option that states the correct function of the text paragraphs.

Paragraph Function

(A) 1 narrates a series of past events and reveals future developments.

(B) 2 examines in detail the past events mentioned

in Paragraph 1.

(C) 2 provides plausible explanations for past situations and developments.

(D) 3 compares what happened in the last five years to predictions made in the first paragraph.

(E) 5 explains all NAFTA-related problems that Latin America and the Caribbean have been facing.
75

It can be inferred from the last paragraph that:

(A) Latin America and Central America have already guaranteed that they will have tariff-free access to the U.S. market.

(B) Latin America and the Caribbean have fewer chances of tariff-free access to the U.S. market than Canada or Mexico.

(C) after some Congressional resistance, President Clinton withheld authority on fast tracking for making FTAA viable.

(D) the North American Free Trade Agreement (NAFTA) is not really working well because of the U.S. Congress vote and restrictions.

(E) the Free Trade Area of the Americas (FTAA) will never be accomplished because of the U.S. Congress vote.
76

This passage is most likely entitled:

(A) The Global Trade Organization Effect.

(B) The Painful Legacy of WTO.

(C) The NAFTA Dynamics.

(D) The FTAA Process: a Waste of Time.

(E) The FTAA? Who Cares?
77

In line 29, “tariff-free access” refers to access that is free of tariffs.

Check the option in which the explanation of the expression is INCORRECT.

(A) Five-million-dollar project = a project that will cost five million dollars.

(B) Five-star no-smoking hotel = a hotel that has been awarded 5 stars and in which smoking is not allowed.

(C) Two-page agreement = an agreement that is two pages long.

(D) Three-hour program = a program that runs for three hours.

(E) Free-trade deal = a deal that is free of trade.


78

The words “entrenched” (line 17) and “revolves” (line 26) mean, respectively:

(A) confirmed and turns.

(B) fixed and resolves.

(C) entrusted and ponders.

(D) established and revises.

(E) surrounded and whirls.
79

Mark the item in which the idea denoted by the modal auxiliary is INCORRECT.

(A) The FTAA will be the richest free-trade zone in the history of the world. (Belief)

(B) Venezuela must open its border to Colombian trucks. (Obligation)

(C) Protectionism in the U.S. Congress should give Canada an advantage in talks. (Recommendation)

(D) Some South American countries may be reluctant to embrace new partners. (Possibility)

(E) Brazil estimates that it can lose $6 billion a year because of American tariffs. (Logical conclusion)
80

“If we had hemispheric free trade, Latin American gross domestic product would be 1.5% higher.” Report on what you heard Carterpillar’s vice-president say, by changing direct to indirect

speech.

(A) Carterpillar’s vice-president suggested that if we will have hemispheric free trade, Latin American gross domestic product would be 1.5% higher.



(B) Carterpillar’s vice-president pointed out that if we could have had free trade, Latin American gross domestic product would be 1.5% higher.

(C) Carterpillar’s vice-president assured that Latin American gross domestic product might be 1.5% higher if we should have hemispheric free trade.

(D) Carterpillar’s vice-president stated that if we had had hemispheric free trade, Latin American gross domestic product would have been 1.5% higher.

(E) Carterpillar’s vice-president believed that Latin American gross domestic product would be 1.5% higher if we might have had hemispheric free trade.



FUNDAÇÃO CESGRANRIO

BANCO DO BRASIL

SELEÇÃO 02/99

  1   2


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal