Psicologia Analítica no Brasil, contribuições para a sua história



Baixar 3.92 Kb.
Encontro18.07.2016
Tamanho3.92 Kb.
A dissertação “Psicologia Analítica no Brasil, contribuições para a sua história”, de Arnaldo Alves da Motta, foi publicada pela Editora Casa do Psicólogo em 2010 com o título “Raízes da psicologia analítica no Brasil, pessoas e contexto”.

Segue o resumo do trabalho:


Resumo
O objetivo deste trabalho é o estudo da constituição da psicologia analítica no Brasil. Para esse fim, utilizou-se a abordagem social em história da psicologia buscando situar personagens e fatos no contexto geral, na medida em que se entende que a história está inserida em determinado tempo e lugar.

Foram identificados três personagens considerados pioneiros da disciplina no país – Nise da Silveira, Pethö Sándor e Leon Bonaventure, cujos percursos pessoais e profissionais são abordados, ao mesmo tempo em que são apontados eventos e situações mais amplos que podem estar relacionadas ao processo que levou tais pessoas a assumirem o papel de pioneiros.



Ao mapear-se a contribuição desses profissionais, para o campo da psicologia analítica, percebe-se o desenvolvimento de um trabalho criativo que não se limita à disseminação, no país, dos conceitos de Carl Gustav Jung, propondo métodos e técnicas próprias. Além disso, particularmente na obra dos dois primeiros pioneiros pesquisados, observa-se a colaboração para a constituição de uma psicologia analítica brasileira.


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal