R. Bruce Carlton



Baixar 0.74 Mb.
Página3/12
Encontro19.07.2016
Tamanho0.74 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12

Processos avaliativos

Finalmente, após realizar todos os passos acima, devemos pensar em como vamos avaliar se nossos alvos foram atingidos. No ministério, as pessoas muitas vezes fracassam em avaliar seu trabalho. Contudo, a avaliação é uma parte importante do processo de planejamento. Os processos avaliativos tentam responder a pergunta: como saberemos que nossos alvos foram alcançados e estão nos ajudando a cumprir a visão de futuro?

Seguem alguns exemplos de processos avaliativos para os alvos de pesquisa descritos acima:


  • Cheque os mapas para se assegurar de que as informações são precisas. Designe alguém para ajudar a verificar as informações no que for necessário.

  • Após coletar informações sobre a cosmovisão, interrogue uma pessoa do grupo-alvo, a fim de verificar se os dados conferem.

  • Continue a reunir e avaliar informações à medida que o ministério se desenvolve, de modo a manter-se atualizado.

ATIVIDADE DE FIXAÇÃO


Na página seguinte, comece a construir seus próprios alvos, recursos, oportunidades a partir de obstáculos, planos e processos avaliativos para pesquisa. Lembre-se de colocar sua declaração de visão de futuro no topo da página. Em seguida, trabalhe em cada área passo a passo usando uma folha para cada alvo desenvolvido. Se você tiver alguma dúvida, peça ajuda aos componentes de seu grupo pequeno ou dos orientadores.
Resumo da declaração de visão de futuro

Pesquisa Área Chave de Resultados: Pesquisa



Alvo




Recursos





Obstáculos transformados em oportunidades




Planos de ação





Processos avaliativos






10

GUIA DE CAMINHADAS DE ORAÇÃO

As caminhadas de oração são uma coisa simples. Segue abaixo um modelo bastante simples, enfocando cinco diferentes pedidos de oração que podem ser objeto de intercessão enquanto se caminha pela comunidade. O modelo também sugere cinco tipos diferentes de lugares para onde se pode ir e orar pela comunidade. Podemos associar o modelo com os dez dedos de nossas mãos. A mão direita representa os cinco pedidos pelos quais devemos orar. A mão esquerda representa os cinco tipos de lugares onde podemos ir orar.

Caminhada de oração significa orar enquanto se caminha pelo povoado, vila ou cidade. Implica orar enquanto percebemos o ambiente através de nossos sentidos, ou seja, usando vista, sons, cheiros, toques e até mesmo sabores. À medida que caminhamos, devemos rogar a Deus que nos revele as necessidades daquela comunidade específica pela qual estamos andando.


Como se pode orar numa situação dessas? Os cinco dedos da mão direita nos lembram de cinco pedidos diferentes para orar enquanto andamos por nossas comunidades.


Céus abertos


Oh! se fendesses os céus, e descesses, e os montes tremessem à tua presença (Isaías 64.1).
O polegar direito nos lembra de orar para que os céus se abram. Como crentes, queremos que Deus derrame suas bênçãos sobre as pessoas para as quais Ele nos chamou. Não nos cabe pronunciar maldições sobre pessoas que adoram falsos deuses ou que estão cegos pelo príncipe deste mundo. Pelo contrário, devemos pedir a Deus que abra os céus e derrame Suas bênçãos sobre as pessoas que encontramos enquanto caminhamos pela comunidade. Obviamente, nosso desejo é que essas pessoas venham a conhecer Jesus como o Caminho, a Verdade e a Vida. À medida que eles venham a conhecer Aquele que é a verdade, Deus começará a derramar as bênçãos do alto.

Enquanto fazemos a caminhada de oração, devemos rogar a Deus que nos revele de que modo Ele deseja abençoar o povo. Talvez Deus queira livrá-los de sua pobreza. Talvez Deus deseje transformar sua situação política. Sabemos que com certeza Deus quer libertá-los dos laços da adoração de falsos deuses.


_____________________________________________


Corações abertos
E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos mancebos terão visões, os vossos anciãos terão sonhos; e sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão. E mostrarei prodígios em cima no céu; e sinais embaixo na terra, sangue, fogo e vapor de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e glorioso dia do Senhor. E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo (Atos 2.17-21).

O dedo indicador da mão direita nos lembra de que devemos orar por corações abertos. Rogue a Deus que libere o Seu Espírito Santo e toque os corações do povo. Ore por uma colheita no meio daquele povo. Ore para que a igreja possa discernir e superar as barreiras que separam o povo daquela comunidade da esperança e da restauração que o evangelho oferece. Ore pela liberação do Espírito Santo para abrandar e preparar os corações das pessoas para receberem o evangelho.


____________________________________________

Lares abertos


E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E cada dia acrescentava-lhes o Senhor os que iam sendo salvos (Atos 2.46-47).
O dedo médio da mão direita representa a oração por lares abertos. Durante a caminhada de oração pelas comunidades, passaremos por muitos lares adormecidos pela repetição de rituais, pelo aroma das cerimônias de apaziguamento e pela falta de esperança na vida futura. Ore a Deus por um despertamento espiritual no meio do povo. Ore para que Deus revele um “filho da paz” para aquela comunidade. Ore por experiências espirituais. Rogue a Deus que resgate os dons especiais das pessoas para o propósito de Seu reino. Ore para que famílias inteiras se acheguem a Cristo e que lares inteiros sejam redimidos. Ore para que lares se tornem lugares em que o único Deus vivo e verdadeiro seja adorado. Ore para que células de oração e igrejas sejam estabelecidas nos lares existentes em todas as comunidades onde o povo reside.
_____________________________________________



Estradas abertas

Eis a voz do que clama: Preparai no deserto o caminho do Senhor; endireitai no ermo uma estrada para o nosso Deus. Todo vale será levantado, e será abatido todo monte e todo outeiro; e o terreno acidentado será nivelado, e o que é escabroso, aplanado. A glória do Senhor se revelará; e toda a carne juntamente a verá; pois a boca do Senhor o disse (Isaías 40.3-5).

O dedo anelar da mão direita nos lembra que devemos orar por estradas abertas. O objetivo geral é que comece um movimento autóctone de plantação de igrejas no meio do grupo-alvo. Ore pela efetiva plantação e multiplicação de igrejas em cada comunidade. Ore para que oportunidades criativas de acesso se abram para aqueles que precisam criar plataformas para alcançar o grupo-alvo. Ore para que Deus abra um caminho para a Palavra de Deus entrar na comunidade. Ore para que Deus revele os métodos mais efetivos e apropriados que devem ser usados na proclamação das Boas Novas ao povo.

___________________________________________




Mãos abertas
E indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus. Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça daí (Mateus 10.7-8).
O dedo mínimo da mão direita nos lembra de orar por mãos abertas. Rogue a Deus que nos revele os atos de compaixão que devem ser realizados em nome de Jesus nas comunidades em que cada grupo-alvo reside. Peça a Deus que nos mostre como expressar atos de bondade incondicional para com o povo. Jesus nos mandou ir e pregar. Ele nos deu autoridade para curar e expulsar demônios. De graça recebemos de Cristo, de graça devemos mostrar o amor Dele às pessoas ao nosso redor.
________________________________________
Toda comunidade tem suas fortalezas. Elas muitas vezes se encontram em ambientes governamentais, educacionais, comerciais, religiosos ou comunitários. As fortalezas espirituais impedem que as pessoas respondam positivamente ao evangelho. Precisamos orar pela queda de todas as fortalezas, a fim de que barreiras sejam removidas e o povo possa reagir ao evangelho com corações e mentes abertas.
Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne, pois as armas da nossa milícia não são carnais, mas poderosas em Deus, para demolição de fortalezas; derribando raciocínios e todo baluarte que se ergue contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência a Cristo; e estando prontos para vingar toda desobediência, quando for cumprida a vossa obediência (2 Coríntios 10.3-6).
Enquanto faz a caminhada de oração, peça a Deus que revele as fortalezas existentes nas comunidades em que o grupo-alvo reside. Cada grupo-alvo tem diferentes fortalezas. Por exemplo, um lavador de roupas chamado Dhobi, da Índia, diz que adora a rocha porque é nela que ele lava suas roupas. É a rocha, diz ele, que o alimenta, portanto, ele diariamente a adora antes de começar a trabalhar. À medida que Deus nos revela as fortalezas, devemos usar nossa autoridade para destruí-las e libertar o povo de suas garras.
Ou, como pode alguém entrar na casa do valente, e roubar-lhe os bens, se primeiro não amarrar o valente? e então lhe saquear a casa (Mateus 12.29).
Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares, pois, na terra será ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus (Mateus 16.19).

Os cinco dedos da mão esquerda nos lembram de cinco lugares importantes aonde podemos ir e orar.


Sedes do governo
Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares, pois, na terra será ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus (Mateus 16.19).
O polegar esquerdo representa as sedes das autoridades governamentais. Algumas vezes, o governo oprime o povo. No mínimo, o governo exerce uma enorme influência sobre a vida diária, bem como sobre as perspectivas e planos futuros das pessoas. Quando o governo opera fora dos padrões dos princípios cristãos, a opressão se torna corriqueira, obscurecendo qualquer esperança real e duradoura para o presente e para o futuro.

À medida que caminhamos pelas comunidades em que os grupos populacionais residem, precisamos orar por lugares como tribunais, faculdades de direito, delegacias de polícia, lares e escritórios de autoridades governamentais, e sedes de partidos políticos. A Bíblia ordena que os cristãos orem de forma especial por aqueles que estão investidos de autoridade.

Ore para que esses lugares representativos do governo dirijam o povo com justiça e retidão. Peça ao Legislador que traga salvação a juízes, advogados, policiais, presidentes, primeiros-ministros e outras autoridades governamentais. Rogue ao Justo Juiz que a justiça seja administrada com a vara da retidão, e que ela flua como uma fonte desde os palácios de marfim dos dignitários até as favelas do povo negligenciado! Peça ao nosso Redentor que redima governantes e governados, que troque o espírito de opressão por vestes de louvor!
___________________________________



Instituições educacionais
Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele (Provérbios 22.6).
O dedo indicador de nossa mão esquerda nos lembra de orar pelas instituições educacionais. Alguém já disse que, aquele que controlar os corações e as mentes de crianças e jovens, controlará o futuro da nação. Outra pessoa afirmou que os professores afetam a eternidade; jamais será possível dizer até onde vai sua influência.

A escola é uma extensão da cultura. Com freqüência, as instituições educacionais se tornam lugares onde as crianças e os jovens aprendem ideologias contrárias à verdade de Deus – ateísmo, comunismo e falsas religiões. Um conhecimento alienado do Deus que conhece todas as coisas é o que mantém ativos o ateísmo, o comunismo, o animismo, o sincretismo, o budismo, o hinduísmo e o islamismo, acorrentando as pessoas às trevas.

Ore pelas escolas de ensino fundamental e médio, pelas universidades e escolas profissionalizantes. Peça a Deus que redima os corações daqueles que ensinam nesses lugares. Ore pelas crianças que passam de uniforme escolar e mochila nas costas. Ore pelos estudantes universitários reunidos em mesas de lanchonetes. Ore para que essas instituições educacionais se tornem lugares em que a verdade de Deus possa se manifestar.
____________________________________


Estabelecimentos comerciais
Seja a vossa vida isenta de ganância, contentando-vos com o que tendes; porque ele mesmo disse: Não te deixarei, nem te desampararei (Hebreus 13.5).
Nosso dedo médio esquerdo representa a necessidade de orar pelos lugares de comércio. O amor ao dinheiro é a raiz de todo o mal. O dinheiro se torna uma fortaleza quando é colocado acima de todas as coisas, quer seja ganho desonestamente ou não. É sabido que a maior parte das injustiças sociais é resultado da opressão dos pobres pelos ricos. Empresas e outros lugares de comércio freqüentemente se tornam poderosas fortalezas que impedem as pessoas de enxergar a verdadeira luz de Jesus Cristo.

Enquanto caminha pelos lugares de comércio, passando por lojas, armazéns, hotéis, restaurantes, bancos e casas de câmbio, ore para que Deus liberte aquela sociedade de tal forma que a justiça social venha a prevalecer. Ore para que os ricos não continuem oprimindo os pobres. Rogue ao Senhor de todos que crie corações novos em compradores e vendedores, tanto ricos como pobres. Peça ao Herdeiro de todas as coisas que os faça entender que Cristo deseja ser o seu suficiente Provedor, Sustentador, Redentor e Senhor.


_________________________________


Ambientes religiosos
Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças (Deuteronômio 6.5).
O dedo anelar da mão esquerda nos lembra de orar pelos ambientes religiosos. Religião e cultura estão profundamente interligadas. O estilo de vida de muitas e muitas pessoas é determinado, governado e ordenado por ritos e rituais, festas e festivais, sacerdotes e poções, deuses e deusas. Atos intermináveis e vazios são incapazes de trazer segurança para a eternidade e de conscientizar da necessidade de um Salvador. A adoração de deuses falsos impede que as pessoas enxerguem a verdade de que Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Ore para que as pessoas tenham os seus olhos abertos para ver que ninguém pode chegar à salvação a não ser por Jesus Cristo. Ore para que a idolatria, que é abominável a Deus, seja demolida e destruída. Ore para que as pessoas venham a adorar o único Deus vivo e verdadeiro. Peça a Jesus, o Amigo dos pecadores, que cure a terra e o povo, dando a todos que vierem um lar no céu juntamente com Ele, o seu Salvador. Peça ao nosso longânimo Pai que deixe o seu Espírito guiar cada coração à adoração de Deus somente.


____________________________________


Ambientes comunitários
Assim, pois, não sois mais estrangeiros, nem forasteiros, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus (Efésios 2.19).
O dedo mínimo da mão esquerda representa os lugares públicos da comunidade. Não precisamos olhar muito para perceber pessoas conversando em todos os lugares. Em cada comunidade, existem lugares onde as pessoas se reúnem para atividades sociais. Mercados, casas de chá, parques, paradas de ônibus, estações de trem, calçadas, bebedouros, salões de beleza, lugares de adoração, associações de moradores, cinemas e clubes noturnos são todos centros de vitalidade e, muitas vezes, também são lugares de rumores e fofocas.

Peça à Palavra da Vida que liberte esses lugares, de forma que as pessoas que se reúnem lá passem a se envolver em conversas sobre os caminhos de Deus. Ore para que o povo honre a Deus em suas palavras e comportamento. Peça àquele que é o nosso Lugar de Habitação que transforme cada comunidade. Peça que cada uma delas se torne uma comunidade de redimidos, concidadãos com os santos.


____________________________________
Algumas instruções úteis para a caminhada de oração
Antes da caminhada de oração:
Conclua os projetos de mapeamento discutidos na Sessão 6. Conhecer a demografia do grupo-alvo desde o início nos permite saber mais tarde se a comunidade mudou. A caminhada de oração não deve ser avaliada pelo número de igrejas novas ou convertidos. Em vez disso, ela deve ser avaliada com base na redenção da comunidade em todas as áreas.
Durante a caminhada de oração:


  • Siga preferencialmente em grupos de duas a quatro pessoas.

  • As primeiras orações feitas devem ser de louvor a Deus.

  • Um escudo de oração deve proteger os participantes da caminhada. O escudo de oração é um grupo de pessoas reunidas em um só lugar para interceder pelos que estão na caminhada de oração. O grupo orará pela proteção física e espiritual da equipe da caminhada durante todo o tempo em que eles estiverem fora percorrendo a comunidade.

  • Peça a Deus que revele onde estão as fortalezas. Quando você chegar a essas fortalezas, amarre imediatamente o valente e liberte as pessoas, orando pelo seu livramento (veja Mateus 12.28-30; 16.17-19).

  • Esteja alerta. O inimigo sabe o que você está fazendo e tentará frustrar os seus esforços. Os membros da equipe devem velar uns pelos outros durante a caminhada. Lembre-se, esta é uma batalha espiritual.

  • Não faça oração em voz alta. Ore silenciosamente ou sussurre. Não chame a atenção desnecessariamente para você ou para o restante da equipe. Quando estiver em frente a um edifício ou lugar de adoração religiosa, mantenha-se tranqüilo e pronuncie suavemente a sua oração diante de Deus.

  • Não leve consigo papel e caneta. Escrever em público pode atrair atenção indesejada. Tome nota mentalmente dos eventos importantes e escreva tudo mais tarde.

  • Peça a Deus que lhe traga à mente textos bíblicos específicos ou pedidos de oração específicos em favor das pessoas que você vê.

  • Não se recuse a falar com as pessoas quando surgirem as oportunidades. Deus pode colocar em sua vida um “filho da paz” durante a caminhada de oração (veja Lucas 10.1-7). Esteja preparado também para dar razão da esperança que há em você, se surgir uma oportunidade. Deus também pode transformar a caminhada de oração em uma oportunidade para que o evangelho comece a lançar raízes na comunidade.


Depois da caminhada de oração:
Reúna a equipe da caminhada com o grupo do escudo de oração e avalie. Ponha por escrito os eventos ou aspectos especiais que possam ter acontecido durante a caminhada. Reveja os nomes das pessoas que a equipe encontrou e que podem ser contatadas mais tarde para testemunho e como filhos da paz. Lembre-se de que o propósito de sua caminhada de oração é lançar por terra as fortalezas e libertar as pessoas, de forma que a igreja de Deus possa ser estabelecida naquele lugar. Você deve estar preparado para ajuntar a colheita no lugar onde você fez a caminhada de oração.
Outros textos bíblicos úteis para a caminhada de oração
Assim lhes direis: Os deuses que não fizeram os céus e a terra, esses perecerão da terra e de debaixo dos céus (Jeremias 10.11).
Mas que digo? Que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Ou que o ídolo é alguma coisa? Antes digo que as coisas que eles sacrificam, sacrificam-nas a demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios (1 Coríntios 10.19-20).
E procurai a paz da cidade, para a qual fiz que fôsseis levados cativos, e orai por ela ao Senhor: porque na sua paz vós tereis paz (Jeremias 29.7).
Pela bênção dos retos se exalta a cidade; mas pela boca dos ímpios é derrubada (Provérbios 11.11).

ATIVIDADE DE FIXAÇÃO


No espaço abaixo, escreva duas ou três coisas que você aprendeu nesse estudo e que você acredita que serão importantes para o seu ministério.
11

Experiência de caminhada de oração

Agora que você aprendeu os cinco pedidos pelos quais deve orar e os cinco lugares aonde deve ir quando estiver fazendo a caminhada de oração, sairemos para a comunidade, para de fato experimentar a caminhada.

Lembre-se da primeira regra da caminhada de oração: jamais saia sozinho. Iremos até a comunidade em grupos de dois a quatro, por cerca de 30 a 45 minutos.

Não leve nada consigo – caneta, lápis, papel ou Bíblia. Simplesmente vá e peça a Deus que se revele a você através de todos os seus sentidos.

Um pequeno grupo permanecerá no local de treinamento para formar o escudo de oração em favor dos que estão fazendo a caminhada de oração.

Quando você voltar, haverá um momento para escrever sobre as suas experiências, compartilhar com os outros participantes e comentar sobre onde você começou a perceber a ação de Deus.


ATIVIDADE DE FIXAÇÃO
Na página seguinte, escreva sobre suas experiências na caminhada de oração. Inclua tudo que Deus disse ou revelou a você hoje. Mencione tudo que lhe ocorreu enquanto orava por céus, corações, lares, estradas e mãos abertos. Conte quando você se deparou com alguma fortaleza importante, e compartilhe o que aconteceu quando você orou a respeito dessas fortalezas.

12

CONFLITO ESPIRITUAL
Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne, pois as armas da nossa milícia não são carnais, mas poderosas em Deus, para demolição de fortalezas; derribando raciocínios e todo baluarte que se ergue contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência a Cristo (2 Coríntios 10.3-5).
Neste estudo, pensaremos sobre o papel da guerra espiritual na facilitação de movimentos de plantação de igrejas entre os grupos populacionais alvos. O propósito geral das batalhas numa guerra espiritual é conquistar o terreno em que Deus quer que sua igreja seja plantada. Quando chegamos a um povoado ou ao bairro de uma cidade para nos envolver em guerra espiritual, devemos sempre antever que o resultado final será a plantação de uma igreja de Deus naquele lugar.

Deus nos deu autoridade e poder para lutar contra o mal nas comunidades em que nossos grupos populacionais vivem. Nossa luta é contra os principados, potestades, príncipes das trevas e hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes. Esses poderes prendem as pessoas em fortalezas que impedem as pessoas de entrar no reino de Deus. Através da guerra espiritual, procuramos derrubar por terra tudo que se exalta a si mesmo contra o conhecimento de Deus. Dessa forma, o Espírito Santo pode realizar os propósitos de Deus no meio do povo, levando-os à obediência de Cristo.

Antes de entrarmos em batalha contra o mal, precisamos primeiramente colocar uma armadura espiritual. Efésios 6.10-18 descreve a armadura de que precisamos para a batalha espiritual:
Finalmente, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo; pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes. Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça, e calçando os pés com a preparação do evangelho da paz, tomando, sobretudo, o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos (Efésios 6.10-18).




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal